ATP de Brisbane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o torneio feminino, veja WTA de Brisbane.
ATP de Brisbane
Torneio extinto
Inside of Pat Rafter Arena.JPG
Pat Rafter Area durante a edição de 2013
Detalhes da última edição
Nome Brisbane International
Local Queensland Tennis Centre
Austrália Brisbane, Austrália
Organização Associação de Tenistas Profissionais (ATP)
Direção Cameron Pearson
Categoria ATP 250
Piso duro
Premiação 28 simplistas (principal)
16 simplistas (qualificatório)
16 duplas
Participantes US$ 589.680
Quadras Pat Rafter Arena (5.500 lugares)
Show Court 1
Página oficial brisbaneinternational.com.au
Atualizado em: 15 de janeiro de 2020

O ATP de Brisbane – ou Brisbane International, na última edição – foi um torneio de tênis profissional masculino, de nível ATP 250.

Realizado em Brisbane, no oeste da Austrália, o torneio se deu em dois períodos, começando em 2009 o segundo e durando onze edições. Os jogos eram disputados em quadras duras durante o mês de janeiro.[1] Depois de 2019, devido à criação do ATP Cup, a parte masculina - era um evento combinado de ATP e WTA - foi extinta.[2]

Finais[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Vice-campeão Resultado
2019 Japão Kei Nishikori Rússia Daniil Medvedev 6–4, 3–6, 6–2
2018 Austrália Nick Kyrgios Estados Unidos Ryan Harrison 6–4, 6–2
2017 Bulgária Grigor Dimitrov Japão Kei Nishikori 6–2, 2–6, 6–3
2016 Canadá Milos Raonic Suíça Roger Federer 6–4, 6–4
2015 Suíça Roger Federer Canadá Milos Raonic 6–4, 26–7, 6–4
2014 Austrália Lleyton Hewitt Suíça Roger Federer 6–1, 4–6, 6–3
2013 Reino Unido Andy Murray Bulgária Grigor Dimitrov 7–60, 6–4
2012 Reino Unido Andy Murray Ucrânia Alexandr Dolgopolov 6–1, 6–3
2011 Suécia Robin Söderling Estados Unidos Andy Roddick 6–3, 7–5
2010 Estados Unidos Andy Roddick Chéquia Radek Stepanek 7–62, 7–67
2009 Chéquia Radek Stepanek Espanha Fernando Verdasco 3–6, 6–3, 6–4
Torneio não realizado entre 2008 e 1993
1992 França Guillaume Raoux Dinamarca Kenneth Carlsen 6–4, 7–610
1991 Itália Gianluca Pozzi Estados Unidos Aaron Krickstein 6–3, 7–64
1990 Estados Unidos Brad Gilbert Estados Unidos Aaron Krickstein 6–3, 6–1
1989 Suécia Nicklas Kroon Austrália Mark Woodforde 4–6, 6–2, 6–4
1988 Estados Unidos Tim Mayotte Estados Unidos Marty Davis 6–4, 6–4
1987 Nova Zelândia Kelly Evernden Alemanha Eric Jelen 3–6, 6–1, 6–1

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeões Vice-campeões Resultado
2019 Nova Zelândia Marcus Daniell
Países Baixos Wesley Koolhof
Estados Unidos Rajeev Ram
Reino Unido Joe Salisbury
6–4, 7–66
2018 Finlândia Henri Kontinen
Austrália John Peers
Argentina Leonardo Mayer
Argentina Horacio Zeballos
3–6, 6–3, [10–2]
2017 Austrália Thanasi Kokkinakis
Austrália Jordan Thompson
Luxemburgo Gilles Müller
Estados Unidos Sam Querrey
7–67, 6–4
2016 Finlândia Henri Kontinen
Austrália John Peers
Austrália James Duckworth
Austrália Chris Guccione
7–64, 6–1
2015 Reino Unido Jamie Murray
Austrália John Peers
Ucrânia Alexandr Dolgopolov
Japão Kei Nishikori
6–3, 7–64
2014 Polónia Mariusz Fyrstenberg
Canadá Daniel Nestor
Colômbia Juan Sebastián Cabal
Colômbia Robert Farah
46–7, 6–4, [10–7]
2013 Brasil Marcelo Melo
Espanha Tommy Robredo
Estados Unidos Eric Butorac
Austrália Paul Hanley
4–6, 6–1, [10–5]
2012 Bielorrússia Max Mirnyi
Canadá Daniel Nestor
Áustria Jürgen Melzer
Alemanha Philipp Petzschner
6–1, 6–2
2011 Chéquia Lukáš Dlouhý
Austrália Paul Hanley
Suécia Robert Lindstedt
Roménia Horia Tecău
6–4, ab.
2010 França Jérémy Chardy
França Marc Gicquel
Chéquia Lukáš Dlouhý
Índia Leander Paes
6–3, 7–65
2009 França Marc Gicquel
França Jo-Wilfried Tsonga
Espanha Fernando Verdasco
Alemanha Mischa Zverev
6–4, 6–3
Torneio não realizado entre 2008 e 1993
1992 Estados Unidos Steve DeVries
Austrália David Macpherson
Estados Unidos Patrick McEnroe
Estados Unidos Jonathan Stark
6–4, 6–4
1991 Austrália Mark Woodforde
Austrália Todd Woodbridge
Austrália John Fitzgerald
Canadá Glenn Michibata
7–6, 6–3
1990 Austrália Jason Stoltenberg
Austrália Todd Woodbridge
Estados Unidos Brian Garrow
Austrália Mark Woodforde
2–6, 6–4, 6–4
1989 Austrália Darren Cahill
Austrália Mark Kratzmann
Austrália Broderick Dyke
Austrália Simon Youl
6–4, 5–7, 6–0
1988 Alemanha Eric Jelen
Alemanha Carl-Uwe Steeb
Canadá Grant Connell
Canadá Glenn Michibata
6–4, 6–1
1987 Nova Zelândia Kelly Evernden
Estados Unidos Matt Anger
Austrália Broderick Dyke
Austrália Wally Masur
7–6, 6–2

Referências

  1. «Event guide» (em inglês). brisbaneinternational.com.au. Consultado em 12 de março de 2017 
  2. «Brisbane International revamp won't keep male stars away from Qld» (em inglês). brisbanetimes.com.au. 7 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]