Daniil Medvedev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Daniil Medvedev
Medvedev WM18 (10) (43213515034).jpg
Medvedev no Wimbledon de 2018.
País Rússia
Residência Monte Carlo, Mónaco
Data de nascimento 11 de fevereiro de 1996 (26 anos)
Local de nasc. Moscou, Rússia
Altura 1.98 m
Treinado por Gilles Cervara
Profissionalização 2014
Mão Destro (backhand de duas mãos)
Material Esportivo Lacoste
Prize money US$ 24,151,740 [1]
Simples
Vitórias-Derrotas 231–101
Títulos 13
Melhor ranking N° 1 (28 de fevereiro de 2022)
Ranking atual simples N° 1 (11 de julho de 2022)
Open da Austrália F (2021, 2022)
Roland Garros QF (2021)
Wimbledon 4R (2021)
US Open V (2021)
Torneios principais
Tour Finals V (2020)
Jogos Olímpicos QF (2020)
Duplas
Vitórias-Derrotas 16–21
Títulos 0
Melhor ranking N° 170 (19 de agosto de 2019)
Roland Garros 1R (2017)
US Open 2R (2017)
Última atualização em: 11 de julho de 2022[2].

Daniil Sergeyevich Medvedev (em russo: Дании́л Серге́евич Медве́дев, pronunciado [dənʲɪˈiɫ mʲɪdˈvʲedʲɪf]; Moscou, 11 de fevereiro de 1996), ou simplesmente Daniil Medvedev, é um tenista russo e atual numero 1 no ranking ATP. Ele possui dez títulos ATP em simples, incluindo dois títulos de Masters 1000 em Cincinnati[3] e Shangai[4] conquistados no ano de 2019. Alcançou pela primeira vez na carreira o posto de número 1 do Mundo no dia 28 de fevereiro de 2022.

Em outubro de 2019, a chegar à final em Shangai, Medvedev se tornou o 13.º jogador desde 1990 a alcançar a três finais consecutivas do ATP Masters 1000[5] e o 7.º jogador masculino desde 2000 a conseguir nove ou mais finais do torneio ATP em apenas uma temporada.[6] No US Open de 2019, Medvedev terminou com o vice-campeonato após ser derrotado em 5 sets por Rafael Nadal.

Em 22 de novembro de 2020, Medvedev venceu o ATP Finals, derrotando o austríaco Dominic Thiem na final, conquistando assim o título mais importante de sua carreira.[7] No caminho para a final, Medvedev derrotou os então primeiro e segundo colocados do ranking ATP, Novak Djokovic e Rafael Nadal.

Em 2021, Medvedev chegou à final do Australian Open, onde foi derrotado por Djokovic. Em 12 de setembro do mesmo ano, conquistou seu primeiro título de Grand Slam a derrotar o Djokovic por 3–0 em sets (6-4, 6-4 e 6-4) na final do US Open.[8]

Em 30 de janeiro de 2022 como 2º do Mundo e contra Rafael Nadal (3º), Medvedev chega novamente à final do Australian Open. Com duração de 05h24 e apesar de ganhar os dois primeiros sets, Medvedev perde a partida por 2–3 (6-2, 7-6, 4-6, 4-6 e 5-7) e termina com o segundo vice-campeonato seguido no campeonato em Melbourne.

Referências

  1. «Daniil Medvedev». ATP Tour. Consultado em 11 de julho de 2022 
  2. «ATP Rankings - Daniil Medvedev» (em inglês). ATP. Consultado em 25 de abril de 2022 
  3. Morgado, José (18 de agosto de 2019). «Imparável, Medvedev é campeão em Cincinnati». Bola Amarela. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  4. Chaves, Nuno (13 de outubro de 2019). «Medvedev: «É escandaloso o que me está a acontecer nestes últimos meses»». Bola Amarela. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  5. «Daniil Medvedev downs Stefanos Tsitsipas to extend streak» (em inglês). Tennis World USA. 12 de outubro de 2019. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  6. «Medvedev Extends Finals Streak In Shanghai» (em inglês). ATP Tour. Consultado em 13 de outubro de 2019 
  7. https://www.atptour.com/en/news/thiem-medvedev-nitto-atp-finals-2020-championship
  8. Elliott, Helene (12 de setembro de 2021). «Daniil Medvedev wins U.S. Open title, thwarting Novak Djokovic's bid at history». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Novak Djokovic
Tenista nº 1 do mundo da ATP (simples)
28 de fevereiro de 202220 de março de 2022
Sucedido por
Novak Djokovic