Rod Laver

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tenista Rod Laver
Rodney George Laver.jpg
País  Austrália
Residência Carlsbad, CA, EUA
Data de nascimento 9 de agosto de 1938 (80 anos)
Local de nasc. Rockhampton, Austrália
Altura 1,73 m
Peso 68 kg
Profissionalização 1962
Mão Esquerda
Prize money US$ 1 565 413 [1]
Inter. Tennis HOF 1981
Simples
Vitórias-Derrotas 540–135
Títulos 198 (42 pela ATP)
Melhor ranking Nº 3 (9 de agosto de 1974)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália V (1960,1962,1969)
Roland Garros V (1962,1969)
Wimbledon V (1961,62,68,69)
US Open V (1962,1969)
Torneios principais
Tour Finals F (1970)
Duplas
Vitórias-Derrotas 237–77
Títulos 28
Melhor ranking -
Última atualização em: 31 de janeiro de 2010.

Rodney George "Rod" Laver (9 de agosto de 1938, Rockhampton (Queensland), Austrália) é um ex-tenista australiano que detém o recorde de títulos conquistados na carreira. Ele é o único tenista da história a ter vencido todos os 4 torneios do Grand Slam em simples na mesma temporada em duas ocasiões distintas – primeiro como amador, em 1962, e depois como profissional, em 1969. Por tal façanha, Laver é considerado por muitos fãs de tênis o melhor tenista de todos os tempos. Em 1967 ele também ganhou Profissional Grand Slam. A quadra central do Open da Austrália é, em sua homenagem, chamada de Rod Laver Arena.[1]

Muitos dizem que Roger Federer só detêm o recorde de títulos de Grand Slam (20 títulos), porque Laver (11 títulos) foi impedido de jogar entre 1963 e 1967 por ter se tornado um tenista profissional, sendo que, naquela época, os torneios do Grand Slam só podiam ser disputados por tenistas amadores e 3 dos 4 torneios eram disputados na grama. Em 1969 a proibição de tenistas profissionais disputarem Grand Slams foi retirada, o que deu início à Era Open.

Laver entrou para o International Tennis Hall of Fame em 1981.

Em 2014, Laver foi considerado pela Revista Tênis um dos "10 tenistas que transformaram a forma como o tênis é jogado". Segundo a revista, "o maior expoente do estilo moderno de “jogador de quadra toda”, ou “all-court player” como os norte-americanos chamam, o australiano canhoto não tinha falhas técnicas e era dotado de uma força desproporcional a seu tamanho".[2]

Major finais[editar | editar código-fonte]

Grand Slam finais[editar | editar código-fonte]

Simples: 17 finais (11 títulos, 6 vices)[editar | editar código-fonte]

Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 1959 Wimbledon Grama Estados Unidos Alex Olmedo 4–6, 3–6, 4–6
Campeão 1960 Australian Open Grama Austrália Neale Fraser 5–7, 3–6, 6–3, 8–6, 8–6
Vice 1960 Wimbledon Grama Austrália Neale Fraser 4–6, 6–3, 7–9, 5–7
Vice 1960 US Open Grama Austrália Neale Fraser 4–6, 4–6, 7–9
Vice 1961 Australian Open Grama Austrália Roy Emerson 6–1, 3–6, 5–7, 4–6
Campeão 1961 Wimbledon Grama Estados Unidos Chuck McKinley 6–3, 6–1, 6–4
Vice 1961 U.S. Open Grama Austrália Roy Emerson 5–7, 3–6, 2–6
Campeão 1962 Australian Open (2) Grama Austrália Roy Emerson 8–6, 0–6, 6–4, 6–4
Campeão 1962 Aberto da França Saibro Austrália Roy Emerson 3–6, 2–6, 6–3, 9–7, 6–2
Campeão 1962 Wimbledon (2) Grama Austrália Marty Mulligan 6–2, 6–2, 6–1
Campeão 1962 U.S. Open Grama Austrália Roy Emerson 6–2, 6–4, 5–7, 6–4
↓ Era Aberta ↓
Vice 1968 Aberto da França Saibro Austrália Ken Rosewall 3–6, 1–6, 6–2, 2–6
Campeão 1968 Wimbledon (3) Grama Austrália Tony Roche 6–3, 6–4, 6–2
Campeão 1969 Australian Open (3) Grama Espanha Andrés Gimeno 6–3, 6–4, 7–5
Campeão 1969 Aberto da França (2) Saibro Austrália Ken Rosewall 6–4, 6–3, 6–4
Campeão 1969 Wimbledon (4) Grama Austrália John Newcombe 6–4, 5–7, 6–4, 6–4
Campeão 1969 US Open (2) Grama Austrália Tony Roche 7–9, 6–1, 6–2, 6–2

Duplas: 12 finais (6 títulos, 6 vices)[editar | editar código-fonte]

Resultado Ano Campeonato Parceiro Oponentes Placar
Campeão 1959 Australian Open Austrália Robert Mark Austrália Don Candy
Austrália Bob Howe
9–7, 6–4, 6–2
Vice 1959 Wimbledon Austrália Robert Mark Austrália Roy Emerson
Austrália Neale Fraser
6–8, 3–6, 16–14, 7–9
Campeão 1960 Australian Open Austrália Robert Mark Austrália Roy Emerson
Austrália Neale Fraser
1–6, 6–2, 6–4, 6–4
Vice 1960 US Open Austrália Bob Mark Austrália Roy Emerson
Austrália Neale Fraser
7–9, 2–6, 4–6
Campeão 1961 Australian Open Austrália Robert Mark Austrália Roy Emerson
Austrália Martin Mulligan
6–3, 7–5, 3–6, 9–11, 6–2
Campeão 1961 Aberto da França Austrália Roy Emerson Austrália Bob Howe
Austrália Bob Mark
3-6, 6-1, 6-4
↓ Era Aberta ↓
Vice 1968 Aberto da França Austrália Roy Emerson Austrália Ken Rosewall
Austrália Fred Stolle
3–6, 4–6, 3–6
Campeão 1969 Australian Open Austrália Roy Emerson Austrália Ken Rosewall
Austrália Fred Stolle
6–4, 6–4
Vice 1969 Aberto da França Austrália Roy Emerson Austrália John Newcombe
Austrália Tony Roche
6–4, 1–6, 6–3, 4–6, 4–6
Vice 1970 US Open Austrália Roy Emerson França Pierre Barthès
Iugoslávia Nikola Pilić
3–6, 6–7, 6–4, 6–7
Campeão 1971 Wimbledon Austrália Roy Emerson Estados Unidos Arthur Ashe
Estados Unidos Dennis Ralston
4–6, 9–7, 6–8, 6–4, 6–4
Vice 1973 US Open Austrália Ken Rosewall Austrália Owen Davidson
Austrália John Newcombe
5–7, 6–2, 5–7, 5–7

Duplas Mistas: 3 finais (3 títulos)[editar | editar código-fonte]

Resultado Ano Campeonato Parceira Oponentes Placar
Campeão 1959 Wimbledon Estados Unidos Darlene Hard Austrália Neale Fraser
Brasil Maria Bueno
4–6, 3–6
Campeão 1960 Wimbledon Estados Unidos Darlene Hard Austrália Robert Howe
Brasil Maria Bueno
13–11, 3–6, 8–6
Campeão 1961 Aberto da França Estados Unidos Darlene Hard Checoslováquia Věra Suková
Checoslováquia Jiří Javorský
0–6, 6–2, 3–6

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rod Laver