Australian Open de 2023

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Australian Open de 2023
Detalhes
Data 16 a 29 de janeiro
Edição 111ª
Local Melbourne Park
Melbourne, Austrália
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
Tennis Australia
Direção Craig Tiley
Categoria Grand Slam
Piso duro
Premiação total A$ 76.500.000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Sérvia Novak Djokovic
Simples feminino Bielorrússia Aryna Sabalenka
Duplas masculinas Austrália Rinky Hijikata
Austrália Jason Kubler
Duplas femininas Chéquia Barbora Krejčíková
Chéquia Kateřina Siniaková
Duplas mistas Brasil Luisa Stefani
Brasil Rafael Matos
Juvenis
Simples masculino Bélgica Alexander Blockx
Simples feminino Rússia Alina Korneeva
Duplas masculinas Estados Unidos Learner Tien
Estados Unidos Cooper Williams
Duplas femininas Eslováquia Renáta Jamrichová
Itália Federica Urgesi
Cadeirantes
Simples masculino Reino Unido Alfie Hewett
Simples feminino Países Baixos Diede de Groot
Simples tetraplégico Países Baixos Sam Schröder
Duplas masculinas Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
Edições
Australian Open
2022
2024
Grand Slam

O Australian Open de 2023 foi um torneio de tênis disputado nas quadras duras do Melbourne Park, em Melbourne, na Austrália, entre 16 e 29 de janeiro. Corresponde à 55.ª edição da era aberta e à 111.ª de todos os tempos.[1]

Depois de ter sido deportado em 2022 por não estar vacinado contra a COVID-19, Novak Djokovic voltou a disputar o torneio, com o abrandamento das medidas sanitárias na Austrália.[2] Após a desistência ou queda dos principais adversários - Rafael Nadal, por exemplo, defensor do título, foi eliminado na segunda fase – o cabeça de chave 4 se tornou o favorito. Em sete jogos, perdeu apenas um set. O décimo Australian Open veio na final contra o grego Stefanos Tsitsipas. O sérvio se tornou o maior campeão do torneio e, em títulos do Grand Slam, voltou a empatar na liderança com Nadal, com 22 conquistas.[3]

O primeiro título de Slam veio para jogadores de três modalidades: a bielorrussa Aryna Sabalenka derrotou Elena Rybakina, a última campeã de Wimbledon, na final, por dois sets a um.[4] O jogo decisivo de duplas masculinas e mistas não contou com cabeças de chave e também teve debutantes. No primeiro, o troféu para Rinky Hijikata e Jason Kubler foi o primeiro deles no circuito ATP. Foi o segundo ano seguido de uma parceria australiana vencendo modalidade.[5] Em mistas, deu Brasil: Luisa Stefani e Rafael Matos derrotaram a experiente dupla indiana Sania Mirza e Rohan Bopanna. É o sexto êxito do país na modalidade, mas a primeira ocasião em que os dois jogadores defendem o verde e amarelo.[6]

Nas duplas femininas, a hegemonia das tchecas Barbora Krejčíková e Kateřina Siniaková continua. Defenderam o feito australiano e acumularam o sétimo título do Grand Slam na carreira.[7]

Cadeirantes[editar | editar código-fonte]

Com exceção dos eventos para tetraplégicos (quad), os para cadeirantes – masculino e feminino – tiveram o número de participantes dobrado.[8]

Modalidade Submodalidade 2022 2023
Simples Masculino 8 16
Feminino 8 16
Tetraplégico 8 8
Duplas Masculinas 4 8
Femininas 4 8
Tetraplégicas 4 4

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[9]

Pontuação e premiação[editar | editar código-fonte]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

ATP[11] e WTA[12] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[13] e cadeirantes.[14]

Considerado torneio amistoso, o de duplas mistas não gera pontos.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações).

Profissional[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

Premiação[editar | editar código-fonte]

A premiação geral aumentou 2% em relação a 2022. Os títulos de simples tiveram um acréscimo de A$ 100.000 cada.

Juvenis não são pagos. Outras disputas, como a de cadeirantes, não tiveram os valores detalhados; estão inclusos em "Outros eventos".[15]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16 32 64
Simples (2) A$ 2.975.000 A$ 1.625.000 A$ 925.000 A$ 555.250 A$ 338.250 A$ 227.925 A$ 158.850 A$ 106.250 A$ 55.150 A$ 36.575 A$ 26.000
Duplas (2) A$ 695.000 A$ 370.000 A$ 210.000 A$ 116.500 A$ 67.250 A$ 46.500 A$ 30.975
Duplas mistas A$ 157.750 A$ 89.450 A$ 47.500 A$ 25.250 A$ 12.650 A$ 6.600

Total dos eventos acima: A$ 70.346.000

Outros eventos + per diem (estimado): A$ 6.154.000

Total da premiação: A$ 76.500.000

Cabeças de chave[editar | editar código-fonte]

Cabeças baseados(as) nos rankings de 9 de janeiro de 2023. Dados de ranking e pontos anteriores são de 16 de janeiro de 2023.[16][17]

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminado
na
Eliminado por
1 2 Espanha Rafael Nadal 5.770 2.000 45 3.815 2ª fase Estados Unidos Mackenzie McDonald
2 3 Noruega Casper Ruud 5.720 0 45 5.765 2ª fase Estados Unidos Jenson Brooksby
3 4 Grécia Stefanos Tsitsipas 5.715 720 1.200 6.195 F Sérvia Novak Djokovic [4]
4 5 Sérvia Novak Djokovic 5.070 0 2.000 7.070 Campeão
5 6 Rússia Andrey Rublev 3.930 90 360 4.200 QF Sérvia Novak Djokovic [4]
6 7 Canadá Félix Auger-Aliassime 3.895 360 180 3.715 4ª fase Chéquia Jiří Lehečka
7 8 Rússia Daniil Medvedev 3.860 1.200 90 2.745 3ª fase Estados Unidos Sebastian Korda [29]
8 9 Estados Unidos Taylor Fritz 3.545 180 45 3.410 2ª fase Austrália Alexei Popyrin [WC]
9 10 Dinamarca Holger Rune 2.876 10 180 3.046 4ª fase Rússia Andrey Rublev [5]
10 11 Polónia Hubert Hurkacz 2.860 45 180 2.995 4ª fase Estados Unidos Sebastian Korda [29]
11 12 Reino Unido Cameron Norrie 2.680 10 90 2.760 3ª fase Chéquia Jiří Lehečka
12 13 Alemanha Alexander Zverev 2.560 180 45 2.425 2ª fase Estados Unidos Michael Mmoh [LL]
13 14 Itália Matteo Berrettini 2.490 720 10 1.780 1ª fase Reino Unido Andy Murray
14 15 Espanha Pablo Carreño Busta 2.420 180 45 2.285 2ª fase França Benjamin Bonzi
15 16 Itália Jannik Sinner 2.375 360 180 2.195 4ª fase Grécia Stefanos Tsitsipas [3]
16 17 Estados Unidos Frances Tiafoe 2.260 45 90 2.305 3ª fase Rússia Karen Khachanov [18]
17 19 Itália Lorenzo Musetti 1.925 10 10 1.925 1ª fase África do Sul Lloyd Harris [PR]
18 20 Rússia Karen Khachanov 1.885 90 720 2.515 SF Grécia Stefanos Tsitsipas [3]
20 22 Canadá Denis Shapovalov 1.830 360 90 1.560 3ª fase Polónia Hubert Hurkacz [10]
21 23 Croácia Borna Ćorić 1.760 0 10 1.770 1ª fase Chéquia Jiří Lehečka
22 24 Austrália Alex de Minaur 1.710 180 180 1.710 4ª fase Sérvia Novak Djokovic [4]
23 26 Argentina Diego Schwartzman 1.550 45 45 1.550 2ª fase Estados Unidos J. J. Wolf
24 25 Espanha Roberto Bautista Agut 1.675 90 180 1.765 4ª fase Estados Unidos Tommy Paul
25 30 Reino Unido Daniel Evans 1.380 90 90 1.380 3ª fase Rússia Andrey Rublev [5]
26 27 Sérvia Miomir Kecmanović 1.445 180 10 1.275 1ª fase Chile Nicolás Jarry [Q]
27 28 Bulgária Grigor Dimitrov 1.395 45 90 1.440 3ª fase Sérvia Novak Djokovic [4]
28 29 Argentina Francisco Cerúndolo 1.383 16+80 90+0 1.377 3ª fase Canadá Félix Auger-Aliassime [6]
29 31 Estados Unidos Sebastian Korda 1.325 90 360 1.595 QF Rússia Karen Khachanov [18]
30 32 Espanha Alejandro Davidovich Fokina 1.325 45 45 1.325 2ª fase Estados Unidos Tommy Paul
31 33 Japão Yoshihito Nishioka 1.212 10+80 180+0 1.302 4ª fase Rússia Karen Khachanov [18]
32 34 Países Baixos Botic van de Zandschulp 1.205 90 45 1.160 2ª fase Países Baixos Tallon Griekspoor

† O jogador não se classificou à chave principal em 2022. No lugar, defende os pontos de dois torneios Challenger (Concepción e Santa Cruz).

Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
1 Espanha Carlos Alcaraz 6.820 90 6.730 Lesão na perna direita[18]
18 Croácia Marin Čilić 1.970 180 1.790 Lesão no joelho[19]
21 Austrália Nick Kyrgios 1.870 45 1.825 Lesão no joelho. Desistiu antes de a chave ser sorteada. Era o cabeça 19[20]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminada
na
Eliminada por
1 1 Polónia Iga Świątek 11.025 780 240 10.485 4ª fase Cazaquistão Elena Rybakina [22]
2 2 Tunísia Ons Jabeur 5.140 0 70 5.210 2ª fase Chéquia Markéta Vondroušová [PR]
3 3 Estados Unidos Jessica Pegula 5.000 430 430 5.000 QF Bielorrússia Victoria Azarenka [24]
4 4 França Caroline Garcia 4.415 10 240 4.645 4ª fase Polónia Magda Linette
5 5 Bielorrússia Aryna Sabalenka 4.340 240 2.000 6.100 Campeã
6 6 Grécia Maria Sakkari 3.921 240 130 3.811 3ª fase China Zhu Lin
7 7 Estados Unidos Coco Gauff 3.762 10 240 3.992 4ª fase Letónia Jeļena Ostapenko [17]
8 8 Rússia Daria Kasatkina 3.500 130 10 3.380 1ª fase Rússia Varvara Gracheva
9 9 Rússia Veronika Kudermetova 2.800 130 70 2.740 2ª fase Estados Unidos Katie Volynets [Q]
10 13 Estados Unidos Madison Keys 2.318 780 130 1.668 3ª fase Bielorrússia Victoria Azarenka [24]
12 10 Suíça Belinda Bencic 2.735 70 240 2.905 4ª fase Bielorrússia Aryna Sabalenka [5]
13 11 Estados Unidos Danielle Collins 2.388 1.300 130 1.218 3ª fase Cazaquistão Elena Rybakina [22]
14 14 Brasil Beatriz Haddad Maia 2.255 70 10 2.195 1ª fase Espanha Nuria Párrizas Díaz
15 15 Chéquia Petra Kvitová 2.221 10 70 2.281 2ª fase Ucrânia Anhelina Kalinina
16 19 Estónia Anett Kontaveit 1.909 70 70 1.909 2ª fase Polónia Magda Linette
17 17 Letónia Jeļena Ostapenko 2.040 130 430 2.340 QF Cazaquistão Elena Rybakina [22]
18 20 Rússia Liudmila Samsonova 1.905 70 70 1.905 2ª fase Croácia Donna Vekić
19 18 Rússia Ekaterina Alexandrova 1.910 10 130 2.030 3ª fase Polónia Magda Linette
20 23 Chéquia Barbora Krejčíková 1.600 430 240 1.410 4ª fase Estados Unidos Jessica Pegula [3]
21 21 Itália Martina Trevisan 1.672 110 10 1.572 1ª fase Eslováquia Anna Karolína Schmiedlová [Q]
22 25 Cazaquistão Elena Rybakina 1.585 70 1.300 2.815 F Bielorrússia Aryna Sabalenka [5]
23 22 China Zhang Shuai 1.600 130 240 1.710 4ª fase Chéquia Karolína Plíšková [30]
24 24 Bielorrússia Victoria Azarenka 1.598 240 780 2.138 SF Cazaquistão Elena Rybakina [22]
25 26 Chéquia Marie Bouzková 1.581 70 10 1.521 1ª fase Canadá Bianca Andreescu
26 32 Bélgica Elise Mertens 1.449 240 130 1.339 3ª fase Bielorrússia Aryna Sabalenka [5]
27 30 Roménia Irina-Camelia Begu 1.472 70 70 1.472 2ª fase Alemanha Laura Siegemund [PR]
28 27 Estados Unidos Amanda Anisimova 1.535 240 10 1.305 1ª fase Ucrânia Marta Kostyuk
29 28 China Zheng Qinwen 1.534 110+80 70+1 1.415 2ª fase Estados Unidos Bernarda Pera
30 31 Chéquia Karolína Plíšková 1.450 0 430 1.880 QF Polónia Magda Linette
31 29 Estónia Kaia Kanepi 1.472 430 10 1.052 1ª fase Austrália Kimberly Birrell [WC]
32 33 Suíça Jil Teichmann 1.429 70 70 1.429 2ª fase China Zhu Lin
Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
12 Roménia Simona Halep 2.381 240 2.141 Suspensão provisória por testar positivo no teste antidoping[21]
16 Espanha Paula Badosa 2.102 240 1.862 Lesão no abdutor direito. Desistiu antes de a chave ser sorteada. Era a cabeça 11[22]

Duplas[editar | editar código-fonte]

Mistas[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Equipe
1 14 México Giuliana Olmos El Salvador Marcelo Arévalo
2 15 Estados Unidos Jessica Pegula Estados Unidos Austin Krajicek
3 19 Estados Unidos Desirae Krawczyk Reino Unido Neal Skupski
4 26 Japão Ena Shibahara Países Baixos Wesley Koolhof
5 26 Países Baixos Demi Schuurs Croácia Nikola Mektić
6 31 Austrália Ellen Perez Finlândia Harri Heliövaara
7 38 Polónia Alicja Rosolska Países Baixos Jean-Julien Rojer
8 40 Canadá Gabriela Dabrowski Austrália Max Purcell

Convidados à chave principal[editar | editar código-fonte]

Os convites foram definidos em 5 de janeiro.[23]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Duplas[editar | editar código-fonte]

Masculinas Femininas Mistas

Qualificados à chave principal[editar | editar código-fonte]

O qualificatório aconteceu entre 9 e 12 de janeiro.[24]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino
  1. Itália Mattia Bellucci
  2. Bélgica Zizou Bergs
  3. França Enzo Couacaud
  4. México Ernesto Escobedo
  5. Alemanha Yannick Hanfmann
  6. Estados Unidos Brandon Holt
  7. Taipé Chinesa Hsu Yu-hsiou
  8. Chile Nicolás Jarry
  9. Ucrânia Oleksii Krutykh
  10. França Laurent Lokoli
  11. Austrália Max Purcell
  12. China Shang Juncheng
  13. Alemanha Jan-Lennard Struff
  14. Chéquia Dalibor Svrčina
  15. Austrália Aleksandar Vukic
  16. Japão Yosuke Watanuki
  1. Chéquia Sára Bejlek
  2. Espanha Cristina Bucșa
  3. França Clara Burel
  4. Chéquia Brenda Fruhvirtová
  5. Países Baixos Arianne Hartono
  6. França Séléna Janicijevic
  7. Rússia Polina Kudermetova
  8. Alemanha Eva Lys
  9. Eslováquia Anna Karolína Schmiedlová
  10. Canadá Katherine Sebov
  11. Rússia Oksana Selekhmeteva
  12. Rússia Diana Shnaider
  13. Itália Lucrezia Stefanini
  14. Ucrânia Lesia Tsurenko
  15. Estados Unidos CoCo Vandeweghe
  16. Estados Unidos Katie Volynets

Lucky losers

  1. Rússia Pavel Kotov
  2. Estados Unidos Denis Kudla
  3. Estados Unidos Michael Mmoh
  4. Peru Juan Pablo Varillas
  1. França Léolia Jeanjean
  2. Estados Unidos Elizabeth Mandlik
  3. Brasil Laura Pigossi

Dia a dia[editar | editar código-fonte]

Eliminações em simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s) Ref.
Simples Masculino Sérvia Novak Djokovic Grécia Stefanos Tsitsipas 6–3, 7–64, 7–65
principal
qualificatório
[3]
Feminino Bielorrússia Aryna Sabalenka Cazaquistão Elena Rybakina 4–6, 6–3, 6–4
principal
qualificatório
[4]
Duplas Masculino Austrália Rinky Hijikata
Austrália Jason Kubler
Mónaco Hugo Nys
Polónia Jan Zieliński
6–4, 7–64
principal
[5]
Feminino Chéquia Barbora Krejčíková
Chéquia Kateřina Siniaková
Japão Shuko Aoyama
Japão Ena Shibahara
6–4, 6–3
principal
[7]
Misto Brasil Luisa Stefani
Brasil Rafael Matos
Índia Sania Mirza
Índia Rohan Bopanna
7–62, 6–2
principal
[6]

Juvenil[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s) Ref.
Simples Masculino Bélgica Alexander Blockx Estados Unidos Learner Tien 6–1, 2–6, 7–6(11–9)
principal
qualificatório
[25]
Feminino Rússia Alina Korneeva Rússia Mirra Andreeva 26–7, 6–4, 7–5
principal
qualificatório
[26]
Duplas Masculino Estados Unidos Learner Tien
Estados Unidos Cooper Williams
Bélgica Alexander Blockx
Brasil João Fonseca
6–4, 6–4
principal
[27]
Feminino Eslováquia Renáta Jamrichová
Itália Federica Urgesi
Japão Hayu Kinoshita
Japão Sara Saito
7–65, 1–6, [10–7]
principal
[28]

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave Ref.
Simples Masculino Reino Unido Alfie Hewett Japão Tokito Oda 6–3, 6–1
principal
[29]
Feminino Países Baixos Diede de Groot Japão Yui Kamiji 0–6, 6–2, 6–2
principal
[30]
Tetraplégico Países Baixos Sam Schröder Países Baixos Niels Vink 6–2, 7–5
principal
[29]
Duplas Masculino Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Países Baixos Maikel Scheffers
Países Baixos Ruben Spaargaren
6–1, 6–2
principal
[31]
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Japão Yui Kamiji
China Zhu Zhenzhen
6–3, 6–2
principal
[31]
Tetraplégico Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
África do Sul Donald Ramphadi
Brasil Ymanitu Silva
6–1, 6–3
principal
[31]

Referências

  1. «Australian Open final 2023: date, time, how to watch men's, women's and doubles tennis finals» (em inglês). reuters.com. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2023 
  2. «Djokovic tem recepção calorosa, mas perde 1º jogo no retorno à Austrália». Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2023 
  3. a b «Djokovic fatura 10º Australian Open e volta a ser nº 1 do mundo». globo.com. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2023 
  4. a b «Sabalenka bate Rybakina e é campeã do Australian Open». globo.com. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2023 
  5. a b «Australianos Hijikata e Kubler são campeões nas duplas do Aberto da Austrália». yahoo.com. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2023 
  6. a b «Luisa Stefani e Rafa Matos vencem indianos e são campeões do Australian Open». globo.com. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2023 
  7. a b «Krejcikova e Siniakova conquistam o 7º Slam juntas». tenisbrasi.com.br. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2023 
  8. «Shake-ups expected at Australian Open as new Grand Slam year begins» (em inglês). paralympic.org. Cópia arquivada em 24 de janeiro de 2023 
  9. «Broadcast Partners» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2023 
  10. «Australian Open 2023: saiba datas e onde assistir ao primeiro Grand Slam de tênis do ano». lance.com.br. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2023 
  11. «Media Guide 2023: ATP Tour» (pdf) (em inglês). atptour.com. p. 95 (arquivo); 93 (digitalização). Consultado em 27 de janeiro de 2023 
  12. «WTA Tour: 2023 Official Guide» (pdf) (em inglês). wtatour.com. p. 29 (arquivo online); 157 (arquivo e digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 27 de janeiro de 2023 
  13. «ITF World Tennis Tour Juniors: 2023 Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 17 (arquivo); 11 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 27 de janeiro de 2023 
  14. «ITF: Regulations for Wheelchair Tennis 2023» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 67 (arquivo); 64 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 27 de janeiro de 2023 
  15. «Australian Open Prize Money 2023» (em inglês). perfect-tennis.com. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2023 
  16. «2023 Australian Open ATP Entry List including Nadal, Djokovic, Medvedev» (em inglês). tennisuptodate.com. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2023 
  17. «2023 Australian Open WTA Entry List including Swiatek, Jabeur, Pegula, Garcia, Gauff, Raducanu and Fernandez» (em inglês). tennisuptodate.com. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2023 
  18. «Número 1 do mundo, Carlos Alcaraz sofre lesão e desiste do Australian Open». lance.com.br. 6 de janeiro de 2023 
  19. «Marin Cilic está fora do Aberto da Austrália por lesão no joelho». flashscore.com.br. 11 de janeiro de 2023 
  20. «Kyrgios desiste do Australian Open por lesão». terra.com.br. 16 de janeiro de 2023 
  21. «Simona Halep, ex-número 1 do tênis, é suspensa por doping». globo.com. 21 de outubro de 2022 
  22. «Badosa e Tomljanovic desistem do Australian Open e Pigossi é uma das lucky losers». bolamarela.pt. 14 de janeiro de 2023 
  23. «Millman, Fourlis awarded Australian Open wildcards» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2023 
  24. «Australian Open qualifying: Purcell, Vukic, Vandeweghe reach 2023 main draw» (em inglês). sportingnews.com. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2023 
  25. «Le Belge Alexander Blockx remporte l'Open d'Australie chez les juniors» (em francês). rtbf.be. 28 de janeiro de 2023 
  26. «Tears everywhere as Alina Korneeva wins epic Australian Open girls' final over close friend Mirra Andreeva» (em inglês). 7news.com.au. 28 de janeiro de 2023 
  27. «Fonseca fica com vice nas duplas juvenil do Australian Open». lance.com.br. 27 de janeiro de 2023 
  28. «Australian Open, la fanese Urgesi trionfa in coppia con Jamrichova nel doppio junior: compirà 18 anni domenica» (em italiano). corriereadriatico.it. 27 de janeiro de 2023 
  29. a b «Hewett enfim campeão, Schroder vence no Quad». tenisbrasil.com.br. 28 de janeiro de 2023 
  30. «De Groot é penta na Austrália e chega ao 17º Slam». tenisbrasil.com.br. 28 de janeiro de 2023 
  31. a b c «Career Golden Slam e tetra, os feitos dos cadeirantes». tenisbrasil.com.br. 27 de janeiro de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Australian Open de 2023