Saltar para o conteúdo

Garbiñe Muguruza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Garbiñe Muguruza
Muguruza em 2024
Nome completo Garbiñe Muguruza Blanco
Alcunha(s) Garbi
País Espanha
Residência Genebra, Suíça
Data de nascimento 08 de outubro de 1993 (30 anos)
Local de nasc. Guatire, Venezuela
Altura 1,82 m
Treinador(a) Conchita Martínez (2017–2018, 2020–2023)
Profissionalização 2 de março de 2012
Aposentadoria 20 de abril de 2024
Mão destra (backhand de duas mãos)
Prize money US$ 24.813.379
Simples
Vitórias-Derrotas 449–238 (65,4%)
Títulos 10 WTA, 17 ITF[1]
Melhor ranking N° 1 (11 de setembro de 2017)
Australian Open F (2020)
Roland Garros V (2016)
Wimbledon V (2017)
US Open 4R (2017, 2021)
WTA Finals V (2021)
Jogos Olímpicos QF (2021)
Duplas
Vitórias-Derrotas 82–51 (61,7%)
Títulos 5 WTA, 6 ITF[2]
Melhor ranking N° 10 (23 de fevereiro de 2015)
Australian Open 2R (2014, 2015)
Roland Garros SF (2014)
Wimbledon QF (2015)
US Open 3R (2014)
Torneios principais de duplas
WTA Finals F (2015 [en])
Jogos Olímpicos QF (2016)
Medalhas
Hopman Cup RR (2019)
BJK Cup Recorde: 10–4 (71,4%)
Última atualização em: 21 de abril de 2024[3].

Garbiñe Muguruza Blanco (Guatire, Venezuela, 8 de outubro de 1993) é uma ex-tenista profissional hispano-venezuelana inativa, sendo ex-número 1 do Mundo no Ranking WTA de singulares.[4] Desde que se tornou profissional em 2012, ela ganhou seis títulos de simples, tendo alcançado em 2015 sua primeira final em um torneio de Grand Slam, em Wimbledon, onde perdeu a final para Serena Williams. Depois disso ela venceu o torneio de Roland Garros de 2016, derrotando Serena Williams na final, e o o torneio de Wimbledon de 2017, derrotando Venus Williams na final.

Usou o nome completo até ao Torneio de Wimbledon de 2012. No torneio seguinte, o de Cincinnati, passou a apresentar-se somente como Garbiñe Muguruza. Em 11 de setembro de 2017 ascendeu a número 1 do Mundo no Ranking da WTA de singulares. Muguruza também é bem sucedida em duplas, conquistando cinco títulos, tendo terminando em segundo lugar nas finais do WTA de 2015 e chegando às semifinais do Aberto da França de 2014. Conseguiu esses resultados com sua compatriota, Carla Suárez Navarro.

Disputou o último jogo da carreira em janeiro de 2023, pelo WTA de Lyon. Anunciou a aposentadoria em 20 de abril de 2024.[5]

Garbiñe Muguruza nasceu em Caracas, Venezuela, em 8 de outubro de 1993. Ela é filha de uma mãe venezuelana, Scarlet Blanco e um pai espanhol basco, José Antonio Muguruza.[6] Ela tem dois irmãos mais velhos, chamados Asier e Igor, e tem dupla nacionalidade espanhola-venezuelana.[7] Muguruza começou a jogar tênis aos três anos de idade. Depois de se mudar para a Espanha com sua família quando tinha seis anos de idade,[8] Muguruza começou a treinar na Academia de Tênis Bruguera, perto de Barcelona.[9] Em 2023, ela anunciou seu noivado com seu fã Arthur Borges.[10]

Carreira profissional

[editar | editar código-fonte]

2012-13: Início da carreira profissional

[editar | editar código-fonte]

Depois de se tornar profissional em 2 de março de 2012, Muguruza recebeu um "wild card" para sua primeira aparição nna chave principal do WTA Tour no Miami Open.[11] Lá, ela derrotou a ex-número 2 do mundo, Vera Zvonareva, e a ex-número 10 do mundo, Flavia Pennetta, antes de cair nas oitavas de final para a eventual campeã, Agnieszka Radwańska, em sets diretos.[12] No US Open de 2012, ela se qualificou para a chave principal de um torneio de Grand Slam pela primeira vez, após a desistência de várias jogadoras; ela perdeu em três sets para a décima cabeça de chave Sara Errani na primeira rodada.[13][nota 1]

No Australian Open de 2013, Muguruza chegou à chave principal, após a desistência de várias jogadoras que não disputaram a qualificatória, ela perdeu para Serena Williams em sets diretos na segunda rodada. Em Indian Wells, ela se qualificou para a chave principal onde chegou às oitavas de final, onde caiu para a eventual semifinalista Angelique Kerber. Ela então recebeu um "wild card" para a chave principal do Miami Open mais uma vez, onde igualou o resultado do ano anterior, registrando vitórias sobre Kateřina Siniaková, a 23ª "cabeça de chave" Anastasia Pavlyuchenkova e a nona cabeça de chave Caroline Wozniacki a caminho das oitavas de final, onde perdeu para a quinta cabeça de chave, Li Na.[13][nota 1] Depois de Wimbledon, Muguruza passou por uma cirurgia no tornozelo direito e perdeu o resto da temporada.[14] Ela continuou a treinar batendo bola sentada e fez mais uma cirurgia para corrigir um desvio de cepto.[15] Ela terminou aquele ano como número 63 do mundo em simples e número 153 em duplas.[16]

Muguruza no Miami Open, 2012
Muguruza no Miami Open, 2012
Muguruza em Roland Garros, 2013
Muguruza em Roland Garros, 2013

2014: Primeiro título WTA, resultados estáveis e melhora nas duplas

[editar | editar código-fonte]
Muguruza no Aberto de Madri, 2014.

Muguruza começou a temporada chegando às quartas de final no Auckland Open, onde perdeu para o ex-número 1 do mundo e eventual vice-campeã, Venus Williams.[13][nota 1] Na semana seguinte, Muguruza se classificou e acabou conquistando seu primeiro título de simples WTA no Hobart International ao derrotar Klára Zakopalová na final em sets diretos.[17]

No Australian Open, Muguruza se recuperou de um set abaixo para derrotar a décima cabeça de chave, Caroline Wozniacki em três sets[18] para chegar à quarta rodada pela primeira vez, onde perdeu em dois sets para a quinta cabeça de chave, Agnieszka Radwańska.[19] Ela e Arantxa Parra Santonja também chegaram à segunda rodada da chave de duplas; elas perderam em dois sets para a dupla, Raquel Kops-Jones e Abigail Spears.[13][nota 1]

Depois de uma derrota por três sets para Kimiko Date-Krumm na primeira rodada do Thailand Open, Muguruza chegou à segunda final de simples do ano na Brasil Tennis Cup, onde perdeu em três sets para Klára Zakopalová apesar de ter liderado por um set e 5–2.[20] Muguruza então perdeu na segunda rodada em Indian Wells e Miami, após ficar de "bye" na rodada de abertura, mas chegou às quartas de final deste último torneio em duplas onde ela e sua parceira, Carla Suárez Navarro, perderam em três sets para a dupla 8ª cabeça de chave, Raquel Kops-Jones e Abigail Spears.[13][nota 1]

Muguruza se recuperou da derrota na primeira rodada do Abierto Monterrey ao chegar às semifinais do Marrakech Grand Prix, onde perdeu para a eventual campeã, María Teresa Torró Flor, em sets diretos. Porém, ela e Romina Oprandi conseguiram vencer a prova de duplas ao derrotar Katarzyna Piter e Maryna Zanevska na final em jogo de três sets.[13][nota 1] No Aberto de Madri, Muguruza perdeu na segunda rodada para a ex-campeã do US Open, Samantha Stosur,[21] mas chegou à final da chave de duplas com Carla Suárez Navarro, onde perdeu em sets diretos para a a dupla italiana, cabeça de chave N° 2, Sara Errani e Roberta Vinci.[13][nota 1]

Depois de uma derrota na segunda rodada para a ex-campeã do Aberto da França, Francesca Schiavone, no Aberto da Itália, Muguruza avançou para sua primeira quarta de final de Major no Aberto da França, tendo no caminho, inflingido à número 1 do mundo e defensora do título, Serena Williams, sua pior derrota em um torneio Major, perdendo apenas quatro games na segunda rodada,[22] antes de perder para a eventual campeã, Maria Sharapova, em jogo de três sets.[23] Muguruza também chegou às semifinais da chave de duplas com Suárez Navarro, onde a dupla perdeu em três sets para a dupla primeira cabeça de chave e eventuais campeãs, Peng Shuai e Hsieh Su-wei.[13][nota 1] Como resultado de seu forte desempenho no evento, Muguruza alcançou as melhores classificações de simples e duplas no 27º e 36º lugar do mundo, respectivamente.[16]

Muguruza começou sua temporada em quadras de grama no Topshelf Open , onde chegou às quartas de final antes de perder para a vinda da qualificatória e eventual campeã, a americana CoCo Vandeweghe em sets diretos, depois de liderar o primeiro set por 5–2.[24] Em Wimbledon, Muguruza foi a 27ª cabeça de chave, mas foi derrotada por Vandeweghe na primeira rodada, em jogo de três sets.[25] Como 16ª cabeça de chave, na chave de duplas com Suárez Navarro, Muguruza e sua parceira derrotaram Ajla Tomljanović e Christina McHale, e Monica Niculescu e Klára Koukalová para chegar à terceira rodada, onde perderam em dois sets para Andrea Petkovic e Magdaléna Rybáriková.[26]

Muguruza começou a temporada norte-americana de quadras duras no Bank of the West Classic. Ela derrotou a sexta cabeça de chave e defensora do título, Dominika Cibulková, em jogo de três sets[27] e a não cabeça de chave Daniela Hantuchová[28] para chegar às quartas de final, onde perdeu em sets diretos para a terceira cabeça de chave Angelique Kerber.[29] Como terceira cabeça de chave na prova de duplas com Suárez Navarro, a dupla derrotou Eva Hrdinová e Andreja Klepač, Caroline Garcia e Zhang Shuai e a dupla segunda cabeças de chave, Anastasia Rodionova e Alla Kudryavtseva, para chegar à final, onde derrotaram Paula Kania e Kateřina Siniaková em jogo de três sets para ganhar o título.[30] No Aberto do Canadá da semana seguinte, Muguruza superou a vinda da qualificatória local, Stéphanie Dubois na primeira rodada antes de cair em três sets para a quarta cabeça de chave, Maria Sharapova.[31] Na chave de duplas, Muguruza e Suárez Navarro avançaram para a segunda rodada, onde perderam para a dupla segunda cabeça de chave, Hsieh Su-wei e Peng Shuai.[32] No Cincinnati Open, Muguruza perdeu na primeira rodada para a alemã Annika Beck,[33] mas chegou às quartas de final em duplas, onde ela e Suárez Navarro perderam para Kimiko Date-Krumm e Andrea Hlaváčková, em sets diretos.[34] No Connecticut Open, Muguruza derrotou a sétima cabeça de chave Sara Errani[35] antes de derrotar a vinda da qualificatória Peng Shuai[36] para chegar às quartas de final, onde perdeu em três sets para a não cabeça de chave Camila Giorgi.[37] Ela e Suárez Navarro também perderam para Marina Erakovic e Arantxa Parra Santonja na primeira rodada da prova de duplas.[38] O próximo evento de Muguruza foi o US Open, onde competiu como 25ª cabeça de chave. No entanto, ela perdeu para a vinda da qualificatória, Mirjana Lučić-Baroni na primeira rodada em sets diretos. Ela e Suarez Navarro também chegaram à terceira rodada do evento de duplas, derrotando Alizé Cornet e Kirsten Flipkens e Marina Erakovic e Arantxa Parra Santonja no caminho antes de perder para as irmãs Williams, não cabeças de chave.[39]

Muguruza começou o giro asiático competindo no Pan Pacific Open. Ela derrotou Anastasia Pavlyuchenkova,[40] quarta cabeça de chave Jelena Janković[41] e Casey Dellacqua[42] a caminho das semifinais, onde caiu em três sets para a segunda cabeça de chave e eventual vice-campeã, Caroline Wozniacki.[43] Muguruza também chegou à final da prova de duplas com Suárez Navarro, derrotando Pavlyuchenkova e Lucie Šafářová, Jarmila Gajdošová e Arina Rodionova e a dupla segunda cabeça de chave, Raquel Kops-Jones e Abigail Spears no caminho, antes de perder para a a dupla primeira cabeça de chave, Cara Black e Sania Mirza em sets diretos.[44] Muguruza competiu em seguida na edição inaugural do Wuhan Open, onde alcançou a terceira rodada de simples, derrotando María Teresa Torró Flor[45] e a número 2 do mundo, Simona Halep, no caminho.[46] Na chave de duplas, chegou à segunda rodada com Suárez Navarro depois de derrotar Torró Flor e Sílvia Soler Espinosa na primeira rodada,[47] mas acabou sendo forçada a desistir do evento devido a uma gastrite.[48] No Aberto da China da semana seguinte, Muguruza sofreu uma derrota de três sets na primeira rodada para Ekaterina Makarova,[49] mas chegou às quartas de final do evento de duplas com Suárez Navarro.[50]

O último evento do ano de Muguruza foi o Torneio das Campeãs que encerrou a temporada em Sófia, Bulgária. Apesar de estar invicta na fase round-robin com vitórias sobre a primeira cabeça de chave, Ekaterina Makarova,[51] a terceira cabeça de chave Flavia Pennetta[52] e a sexta cabeça de chave Alizé Cornet.[53] Muguruza caiu para a eventual campeã, Andrea Petkovic, nas semifinais em sets diretos.[54] Ela terminou o ano no ranking mais alto de sua carreira, ocupando o 21º lugar mundial em simples e o 16º em duplas.[16]

Defendendo a Espanha

[editar | editar código-fonte]

Desde que entrou na WTA, Muguruza consta como espanhola nas chaves dos torneios. A residência de longos anos no país tornou essa opção natural. Contudo, nunca jogou a Fed Cup. Depois que se tornou uma jogadora de ranking consistente, precisava oficializar a escolha para defender um país no torneio de nações e, eventualmente, nos Jogos Olímpicos de Verão. Em vez de resgatar raízes com a Venezuela, preferiu continuar com a Espanha no final de 2014, sendo convocada pelo time nacional no ano seguinte.[55]

Grand Slam finais

[editar | editar código-fonte]

Simples: 3 (2 títulos, 1 vice)

[editar | editar código-fonte]
Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 2015 Wimbledon Grama Estados Unidos Serena Williams 4-6, 4-6
Campeã 2016 Roland-Garros Saibro Serena Williams 7-5, 6-4
Campeã 2017 Wimbledon Grama Venus Williams 7-5, 6-0

WTA Premier finais

[editar | editar código-fonte]

Duplas: 2 (0 títulos)

[editar | editar código-fonte]
Posição Ano Campeonato Superfície Parceira Adversária Placar
Vice 2014 Madrid Open Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Itália Sara Errani
Itália Roberta Vinci
4–6, 3–6
Vice 2015 Dubai Tennis Championships Duro Espanha Carla Suárez Navarro Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
3–6, 2–6
Vice 2015 Madrid Open Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Austrália Casey Dellacqua
Cazaquistão Yaroslava Shvedova
3–6, 7–6(7–4), [5–10]

Simples: 5 (3 títulos, 2 vices)

[editar | editar código-fonte]
Legenda (pre/pos 2010)
Grand Slam (1–1)
WTA Tour (0–0)
Tier I / Premier Mandatory & Premier 5 (0–0)
Tier II / Premier (0–0)
Tier III, IV & V / International (1–1)
Resultado N. Data Torneio Piso Oponente Placar
Campeã 1. Janeiro 11, 2014 Hobart International, Hobart, Austrália Duro Chéquia Klára Zakopalová 6–4, 6–0
Vice 1. Março 1, 2014 Brasil Tennis Cup, Florianópolis, Brasil Duro Chéquia Klára Zakopalová 6–4, 5–7, 0–6
Vice 2. Julho 11, 2015 Wimbledon, Londres, Reino Unido Grama Estados Unidos Serena Williams 4–6, 4–6
Campeã 2. Outubro 11, 2015 Pequim, China Duro Timea Bacsinszky 7-5, 6-4
Campeã 3. Junho 4, 2016 Roland-Garros, Paris, França Saibro Serena Williams 7-5, 6-4

Duplas: 8 (4 títulos, 4 vices)

[editar | editar código-fonte]
Legenda
Grand Slam (0–0)
WTA Tour (0–0)
Premier Mandatory & Premier 5 (0–3)
Premier (2–1)
International (2–0)
Resultado N. Data Torneio Piso Parceira Oponente Placar
Campeã 1. Janeiro 12, 2013 Hobart International, Hobart, Austrália Duro Espanha María Teresa Torró Flor Hungria Tímea Babos
Luxemburgo Mandy Minella
6–3, 7–6(7–5)
Campeã 2. Abril 27, 2014 Marrakech Grand Prix, Marrakesh, Marrocos Saibro Suíça Romina Oprandi Polónia Katarzyna Piter
Ucrânia Maryna Zanevska
4–6, 6–2, [11–9]
Vice 1. Maio 10, 2014 Madrid Open, Madrid, Espanha Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Itália Sara Errani
Itália Roberta Vinci
4–6, 3–6
Campeã 3. Agosto 3, 2014 Bank of the West Classic, Stanford, EUA Duro Espanha Carla Suárez Navarro Polónia Paula Kania
Chéquia Kateřina Siniaková
6–2, 4–6, [10–5]
Vice 2. Setembro 20, 2014 Toray Pan Pacific Open, Toquio, Japão Duro Espanha Carla Suárez Navarro Zimbabwe Cara Black
Índia Sania Mirza
2–6, 5–7
Vice 3. Fevereiro 21, 2015 Dubai Tennis Championships, Dubai, EAU Duro Espanha Carla Suárez Navarro Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
3–6, 2–6
Vice 4. Maio 9, 2015 Mutua Madrid Open, Madrid, Espanha Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Austrália Casey Dellacqua
Cazaquistão Yaroslava Shvedova
3–6, 7–6(7–4), [5–10]
Campeã 4. Junho 21, 2015 Aegon Classic, Birmingham, Reino Unido Grama Espanha Carla Suárez Navarro Chéquia Andrea Hlaváčková
Chéquia Lucie Hradecká
6–4, 6–4

Notas

  1. a b c d e f g h Para obter os dados dessa referência, selecione o ano correspondente no site da WTA ou da ITF.

Referências

  1. «Garbiñe Muguruza Women's Singles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 21 de abril de 2024 
  2. «Garbiñe Muguruza Women's Doubles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 21 de abril de 2024 
  3. «Garbiñe Muguruza - Overview» (em inglês). WTA. 21 de abril de 2024. Consultado em 21 de abril de 2024 
  4. «Gargbine Muguruza» (em inglês). WTA. Consultado em 3 de junho de 2014 
  5. «WTA celebrates Garbiñe Muguruza as she retires from professional tennis» (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada em 20 de abril de 2024 
  6. Echániz, P (11 de dezembro de 2012). «Mi gran sueño es ganar el Open USA» [My great dream is to win the US Open]. Diario Vasco (em Spanish). Consultado em 9 de julho de 2015 
  7. Addley, Esther (9 de julho de 2015). «Wimbledon: Muguruza surprises everyone - even herself - by reaching final» – via The Guardian 
  8. Rada Galindo, Nolan (29 de maio de 2014). «5 datos que debe saber sobre Garbiñe Muguruza» [5 things you should know about Garbiñe Muguruza]. Prodavinci (em Spanish). Consultado em 10 de julho de 2015 
  9. «5 datos que debe saber sobre Garbiñe Muguruza, la caraqueña que eliminó a Serena Williams» (em espanhol). Prodavinci. 29 de maio de 2014 
  10. WTA Staff (26 de maio de 2023). «Muguruza announces engagement to Arthur Borges» (em inglês). WTA. Consultado em 21 de abril de 2024 
  11. Juan José Mateo e Rob Train (26 de março de 2012). «Muguruza's Miami arrival» (em inglês). elpais.com. Consultado em 21 de abril de 2024 
  12. «Radwanska pone fin al sueño de Garbiñe Muguruza en Miami» (em espanhol). deportes.terra.es. 26 de março de 2012. Consultado em 21 de abril de 2024 
  13. a b c d e f g h WTA Staff (21 de abril de 2024). «Garbiñe Muguruza - Matches» (em inglês). WTA. Consultado em 21 de abril de 2024 
  14. Matt Cronin (5 de julho de 2013). «Muguruza undergoes foot surgery, out for season» (em inglês). tennis.com. Consultado em 21 de abril de 2024 
  15. Jake Davies (16 de julho de 2013). «Update on Garbine Muguruza's ankle surgery and breathing problems» (em inglês). Inside-Out Tennis. Consultado em 21 de abril de 2024 
  16. a b c WTA Staff (21 de abril de 2024). «Garbiñe Muguruza - Rankings History» (em inglês). WTA. Consultado em 21 de abril de 2024 
  17. «Garbine Muguruza defeats Klara Zakopalova to win Hobart International» (em inglês). abc.net.au. 11 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  18. «Australian Open: Caroline Wozniacki shocked by Garbine Muguruza as Maria Sharapova advances» (em inglês). abc.net.au. 18 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  19. Agence France-Presse (20 de janeiro de 2014). «Australian Open 2014: Agnieszka Radwanska beats Garbine Muguruza to make quarters» (em inglês). sports.ndtv.com. Consultado em 5 de junho de 2024 
  20. «Klara Zakopalova beats Garbine Muguruza in Brazil Cup final» (em inglês). Sports Illustrated. 1 de março de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  21. Linda Pearce (29 de maio de 2014). «Sam Stosur's French Open optimism against Australian Open finalist Dominika Cibulkova» (em inglês). smh.com.au. Consultado em 5 de junho de 2024 
  22. Linda Pearce (29 de maio de 2014). «French Open: Garbine Muguruza beats Serena Williams at the French Open» (em inglês). smh.com.au. Consultado em 5 de junho de 2024 
  23. Telegraph Sport (3 de junho de 2014). «French Open 2014: Maria Sharapova advances to semi-finals after beating Spain's Garbine Muguruza» (em inglês). telegraph.co.uk. Consultado em 5 de junho de 2024 
  24. «Vandeweghe sees off Muguruza» (em inglês). sportal.com.au. 19 de junho de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  25. Samuel Petrequin (23 de junho de 2014). «CoCo Vandeweghe upsets Garbine Muguruza for first win at Wimbledon» (em inglês). pjstar.com. Consultado em 5 de junho de 2024 
  26. «Wimbledon Women's Doubles Draw» (PDF) (em inglês). wimbledon.com. 6 de julho de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  27. Andre Terry (30 de julho de 2014). «Defending champion Dominika Cibulkova stunned by Garbine Muguruza in Stanford» (em inglês). tennisworldusa.org. Consultado em 5 de junho de 2024 
  28. Rick Eymer (31 de julho de 2014). «Williams, Ivanovic reach Bank of West quarters» (em inglês). sandiegouniontribune.com. Consultado em 5 de junho de 2024 
  29. «Petkovic beats Venus Williams at Stanford» (em inglês). usatoday.com. 1 de agosto de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  30. WTA Staff (3 de agosto de 2014). «2014 Bank of The West Classic – Women's Doubles Draw» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  31. Reuters (7 de agosto de 2014). «Power and order restored as Maria Sharapova advances in Montreal» (em inglês). ibnlive.in.com. Consultado em 5 de junho de 2024 
  32. WTA Staff (10 de agosto de 2014). «COUPE ROGERS présentée par Banque Nationale - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  33. «Sports results for Wednesday, August 13» (em inglês). smh.com.au. 13 de agosto de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  34. WTA Staff (17 de agosto de 2014). «Western & Southern Open - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  35. «Samantha Stosur wins Connecticut Open first-round match» (em inglês). smh.com.au. 19 de agosto de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  36. «Bouchard, Wozniacki upset at Connecticut Open» (em inglês). usatoday.com. 20 de agosto de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  37. «Stosur through to last four in Connecticut» (em inglês). au.news.yahoo.com. 22 de agosto de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  38. WTA Staff (23 de agosto de 2014). «Connecticut Open presented by United Technologies - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  39. WTA Staff (6 de setembro de 2014). «US Open 2014 - Women's Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  40. «Safarova beats Keys in Tokyo tennis» (em inglês). sbs.com.au. 15 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  41. «Casey Dellacqua through to Pan Pacific Open quarter-finals; Jarmila Gajdosova out» (em inglês). news.com.au. 19 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  42. «Dellacqua goes down to Muguruza» (em inglês). tennis.com.au. 19 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  43. «Caroline Wozniacki beats Garbine Muguruza to set up Pan Pacific Open final clash with Ana Ivanovic» (em inglês). abc.net.au. 20 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  44. WTA Staff (21 de setembro de 2014). «Toray Pan Pacific Open - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  45. «Tennis: Maria Sharapova has secured her place in the third round of the inaugural Dongfeng Motor Wuhan Open» (em inglês). skysports.com. 22 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  46. «Wuhan Open: Simona Halep and Serena Williams make early exits in China» (em inglês). skysports.com. 23 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  47. WTA Staff (27 de setembro de 2014). «2014 Dongfeng Motor Wuhan Open - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  48. «Australian Casey Dellacqua humbled by Caroline Wozniacki's quick win at Wuhan Open» (em inglês). couriermail.com.au. 25 de setembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  49. WTA Staff (5 de outubro de 2014). «China Open 2014 - Main Draw Singles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  50. WTA Staff (5 de outubro de 2014). «China Open 2014 - Main Draw Doubles» (PDF) (em inglês). WTA. Consultado em 5 de junho de 2024 
  51. «Muguruza beats Makarova at WTA Tournament of Champions» (em inglês). foxsports.com. 29 de outubro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  52. «Petkovic into Sofia WTA semis» (em inglês). sbs.com.au. 31 de outubro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  53. «Navarro, Muguruza into Sofia semi-finals» (em inglês). au.news.yahoo.com. 1 de novembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  54. «Flavia Pennetta to meet Andrea Petkovic in WTA Tournament of Champions final» (em inglês). abc.net.au. 1 de novembro de 2014. Consultado em 5 de junho de 2024 
  55. «Muguruza continuará a defender a Espanha». TenisBrasil. 17 de outubro de 2014 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Garbiñe Muguruza