Garbiñe Muguruza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tenista Garbiñe Muguruza
Garbine Muguruza 2016 crop2.jpg
Muguruza durante o Aberto da Austrália em 2016
País Flag of Spain.svg Espanha
Residência Barcelona, Espanha
Data de nascimento 8 de outubro de 1993 (24 anos)
Local de nasc. Guatire, Venezuela
Altura 1,82 m
Treinado por Sam Sumyk
Profissionalização 2 de março de 2012
Mão Destra (revés duas mãos)
Prize money US$ 17.036.691
Simples
Vitórias-Derrotas 340–171
Títulos 6 WTA 7 ITF
Melhor ranking 1 (11 de Setembro de 2017)
Ranking atual simples Nº 3 (9 de abril de 2018)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália QF: (2017)
Roland Garros V: (2016)
Wimbledon V: (2017)
US Open 4R: (2017)
Torneios principais
WTA Championships SF (2015)
Duplas
Vitórias-Derrotas 77–47
Títulos 5 WTA, 1 ITF
Melhor ranking Nº 10 (23 de fevereiro de 2015)
Open da Austrália 2R: (2014, 2015)
Roland Garros SF: (2014)
Wimbledon QF: (2015)
US Open 3R: (2014)
Última atualização em: 3 de julho de 2018.

Garbiñe Muguruza Blanco (Guatire, Venezuela, 8 de outubro de 1993) é uma tenista profissional hispano-venezuelana, sendo ex-número 1 do Mundo no Ranking WTA de singulares.[1] Desde que se tornou profissional em 2012, ela ganhou seis títulos de simples, tendo alcançado em 2015 sua primeira final em um torneio de Grand Slam, em Wimbledon, onde perdeu a final para Serena Williams. Depois disso ela venceu o torneio de Roland Garros de 2016, derrotando Serena Williams na final, e o o torneio de Wimbledon de 2017, derrotando Venus Williams na final.

Usou o nome completo até ao Torneio de Wimbledon de 2012. No torneio seguinte, o de Cincinnati, passou a apresentar-se somente como Garbiñe Muguruza. Em 11 de Setembro de 2017 ascendeu a número 1 do Mundo no Ranking da WTA de singulares. Muguruza também é bem sucedida em duplas, conquistando cinco títulos, tendo terminando em segundo lugar nas finais do WTA de 2015 e chegando às semifinais do Aberto da França de 2014. Ela conseguiu esses resultados com sua compatriota, Carla Suárez Navarro.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Garbiñe Muguruza nasceu em Caracas, Venezuela, em 8 de outubro de 1993. Ela é filha de uma mãe venezuelana, Scarlet Blanco e um pai espanhol basco, José Antonio Muguruza.[2] Ela tem dois irmãos mais velhos, chamados Asier e Igor, e tem dupla nacionalidade espanhola-venezuelana.[3] Muguruza começou a jogar tênis aos três anos de idade. Depois de se mudar para a Espanha com sua família quando tinha seis anos de idade,[4] Muguruza começou a treinar na Academia de Tênis Bruguera, perto de Barcelona.[5]

Defendendo a Espanha[editar | editar código-fonte]

Desde que entrou na WTA, Muguruza consta como espanhola nas chaves dos torneios. A residência de longos anos no país tornou essa opção natural. Contudo, nunca jogou a Fed Cup. Depois que se tornou uma jogadora de ranking consistente, precisava oficializar a escolha para defender um país no torneio de nações e, eventualmente, nos Jogos Olímpicos de Verão. Em vez de resgatar raízes com a Venezuela, preferiu continuar com a Espanha no final de 2014, sendo convocada pelo time nacional no ano seguinte.[6]

Grand Slam finais[editar | editar código-fonte]

Simples: 3 (2 títulos, 1 vice)[editar | editar código-fonte]

Resultado Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 2015 Wimbledon Grama Estados Unidos Serena Williams 4-6, 4-6
Campeã 2016 Roland-Garros Saibro Flag of the United States.svg Serena Williams 7-5, 6-4
Campeã 2017 Wimbledon Grama Flag of the United States.svg Venus Williams 7-5, 6-0

WTA Premier finais[editar | editar código-fonte]

Duplas: 2 (0 títulos)[editar | editar código-fonte]

Posição Ano Campeonato Superfície Parceira Adversária Placar
Vice 2014 Madrid Open Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Itália Sara Errani
Itália Roberta Vinci
4–6, 3–6
Vice 2015 Dubai Tennis Championships Duro Espanha Carla Suárez Navarro Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
3–6, 2–6
Vice 2015 Madrid Open Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Austrália Casey Dellacqua
Cazaquistão Yaroslava Shvedova
3–6, 7–6(7–4), [5–10]

WTA finais[editar | editar código-fonte]

Simples: 5 (3 títulos, 2 vices)[editar | editar código-fonte]

Legenda (pre/pos 2010)
Grand Slam (1–1)
WTA Tour (0–0)
Tier I / Premier Mandatory & Premier 5 (0–0)
Tier II / Premier (0–0)
Tier III, IV & V / International (1–1)
Resultado N. Data Torneio Piso Oponente Placar
Campeã 1. Janeiro 11, 2014 Hobart International, Hobart, Austrália Duro República Checa Klára Zakopalová 6–4, 6–0
Vice 1. Março 1, 2014 Brasil Tennis Cup, Florianópolis, Brasil Duro República Checa Klára Zakopalová 6–4, 5–7, 0–6
Vice 2. Julho 11, 2015 Wimbledon, Londres, Reino Unido Grama Estados Unidos Serena Williams 4–6, 4–6
Campeã 2. Outubro 11, 2015 Pequim, China Duro Flag of Switzerland.svg Timea Bacsinszky 7-5, 6-4
Campeã 3. Junho 4, 2016 Roland-Garros, Paris, França Saibro Flag of the United States.svg Serena Williams 7-5, 6-4

Duplas: 8 (4 títulos, 4 vices)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0–0)
WTA Tour (0–0)
Premier Mandatory & Premier 5 (0–3)
Premier (2–1)
International (2–0)
Resultado N. Data Torneio Piso Parceira Oponente Placar
Campeã 1. Janeiro 12, 2013 Hobart International, Hobart, Austrália Duro Espanha María Teresa Torró Flor Hungria Tímea Babos
Luxemburgo Mandy Minella
6–3, 7–6(7–5)
Campeã 2. Abril 27, 2014 Marrakech Grand Prix, Marrakesh, Marrocos Saibro Suíça Romina Oprandi Polónia Katarzyna Piter
Ucrânia Maryna Zanevska
4–6, 6–2, [11–9]
Vice 1. Maio 10, 2014 Madrid Open, Madrid, Espanha Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Itália Sara Errani
Itália Roberta Vinci
4–6, 3–6
Campeã 3. Agosto 3, 2014 Bank of the West Classic, Stanford, EUA Duro Espanha Carla Suárez Navarro Polónia Paula Kania
República Checa Kateřina Siniaková
6–2, 4–6, [10–5]
Vice 2. Setembro 20, 2014 Toray Pan Pacific Open, Toquio, Japão Duro Espanha Carla Suárez Navarro Zimbabwe Cara Black
Índia Sania Mirza
2–6, 5–7
Vice 3. Fevereiro 21, 2015 Dubai Tennis Championships, Dubai, EAU Duro Espanha Carla Suárez Navarro Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
3–6, 2–6
Vice 4. Maio 9, 2015 Mutua Madrid Open, Madrid, Espanha Saibro Espanha Carla Suárez Navarro Austrália Casey Dellacqua
Cazaquistão Yaroslava Shvedova
3–6, 7–6(7–4), [5–10]
Campeã 4. Junho 21, 2015 Aegon Classic, Birmingham, Reino Unido Grama Espanha Carla Suárez Navarro República Checa Andrea Hlaváčková
República Checa Lucie Hradecká
6–4, 6–4

Referências

  1. «Gargbine Muguruza» (em inglês). WTA. Consultado em 3 de junho de 2014. 
  2. Echániz, P (11 de dezembro de 2012). «Mi gran sueño es ganar el Open USA» [My great dream is to win the US Open]. Diario Vasco (em Spanish). Consultado em 9 de julho de 2015. 
  3. Addley, Esther (9 de julho de 2015). «Wimbledon: Muguruza surprises everyone - even herself - by reaching final» – via The Guardian 
  4. Rada Galindo, Nolan (29 de maio de 2014). «5 datos que debe saber sobre Garbiñe Muguruza» [5 things you should know about Garbiñe Muguruza]. Prodavinci (em Spanish). Consultado em 10 de julho de 2015. 
  5. «5 datos que debe saber sobre Garbiñe Muguruza, la caraqueña que eliminó a Serena Williams» (em espanhol). Prodavinci. 29 de maio de 2014 
  6. «Muguruza continuará a defender a Espanha». TenisBrasil. 17 de outubro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Garbiñe Muguruza