Caroline Wozniacki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Tenista Caroline Wozniacki
US Open 2009 4th round 154.jpg
Caroline Wozniacki
País  Dinamarca
Residência Monte Carlo, Mônaco
Data de nasc. 11 de julho de 1990 (26 anos)
Local de nasc. Odense, Dinamarca
Altura 1,77 m
Peso 58 kg
Treinado por Piotr Wozniacki
Profissionalização 18 de julho de 2005
Mão destra, (esquerda com duas mãos)
Prize money US$ 23,259,918,00 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 534–217
Títulos 25 WTA, 4 ITF
Melhor ranking 1 (11 de outubro de 2010)
Ranking atual simples N° 5 (8 de junho de 2015)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália SF (2011)
Open da França QF (2010)
Wimbledon 4R (2009, 2010, 2011, 2014)
U.S. Open F (2009, 2014)
Torneios principais
WTA Championships F (2010)
Jogos Olímpicos QF (2012)
Duplas
Vitórias-Derrotas 36–55
Títulos 2 WTA
Melhor ranking Nº 52 (14 de setembro de 2009)
Resultados de Grand Slam de Duplas
Open da Austrália 2R (2008)
Open da França 2R (2010)
Wimbledon 2R (2009)
U.S. Open 3R (2009)
Última atualização em: 27 de abril de 2017.

Caroline Wozniacki (Odense, 11 de julho de 1990) é uma tenista profissional dinamarquesa que já foi N° 1 do ranking mundial feminino de simples.[1]

Em outubro de 2010, ao vencer por 6-3 e 6-2 a tcheca Petra Kvitová para chegar às quartas de final do Aberto da China, ela se tornou a primeira dinamarquesa a consagrar-se como a tenista número 1 do mundo. "Ser a primeira número 1 sempre foi um sonho para mim", disse Wozniacki ao público que a aplaudia, depois que ela recebeu um grande número 1 feito de flores.[1]

Em termos de Grand Slam, a dinamarquesa tenta preencher uma lacuna na carreira. Embora já tenha vencido 25 torneios do circuito da WTA, ela ainda busca um dos quatro maiores eventos do calendário. Wozniacki bateu na trave duas vezes, na final do US Open de 2009, quando tinha apenas 19 anos, e 2014, além de jogar outras três semifinais de Slam.[2]

Wozniacki já disputou dois Jogos Olímpicos. Ela caiu nas oitavas de final em Pequim, quando tinha apenas 18 anos, e nas quartas em Londres. Em ambos os casos, as algozes da dinamarquesa terminaram a semana como campeãs, Elena Dementieva em 2008 e Serena Williams em 2012.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Caroline Wozniacki é de uma família atlética, os pais são da Polônia. Piotr Wozniacki, é um de seus treinadores e jogou futebol pelos clubes Miedź Legnica ; Zagłębie Lubin e no Mannheim da Alemanha. Mudou-se para a Dinamarca quando assinou com o Boldklubben 1909. Sua mãe jogou na seleção polonesa de voleibol. Seu irmão mais velho Patrik é também jogador de futebol profissional, atua pelo BK Frem na Dinamarca. Desde o US Open 2009, Wozniacki é a garota propaganda da coleção de Stella McCartney na Adidas sportswear.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ela ganhou vários torneios na categoria júnior (incluindo o torneio de Wimbledon em 2006 e o Orange Bowl em 2005). Fez sua estreia na WTA no torneio de Cincinnati no dia 19 de julho de 2005 quando perdeu para a cabeça-de-chave Patty Schnyder na primeira rodada.

Em 2006, ela foi a cabeça-de-chave número 1 do Aberto da Austrália júnior, mas perdeu a final para e cabeça-de-chave número 8, Anastasia Pavlyuchenkova, da Rússia, com o placar de 6-1, 2-6 e 3-6. Ela foi cabeça-de-chave número 2 no torneio de duplas, com Anna Tatishvili, mas elas foram derrotadas na semifinal pela dupla da francesa Alize Cornet e da italiana Corinna Dentoni, que eram as cabeças-de-chave número 8.

Em fevereiro de 2006, ela alcançou sua primeira quartas-de-final em um torneio WTA, no WTA de Memphis, batendo Kristina Brandi e Ashley Harkleroad nas duas primeiras rodadas, antes de perder para a terceira cabeça-de-chave, a sueca Sofia Arvidsson.

Antes do torneio de Wimbledon, Wozniacki ganhou o torneio de Liverpool, vencendo Ashley Harkleroad na semifinal.

Mais tarde, em 2006 recebeu uma "wildcard" de qualificação sénior para o Torneio de Wimbledon. Na primeira rodada de qualificação perdeu para Miho Saeki em três sets: 6–3, 2–6, 3–6. No entanto, Wozniacki acabou por vencer o Torneio de Wimbledon, derrotando na categoria "single" feminina a Eslovaca Magdalena Rybarikova por 3–6, 6–1, 6–3.

2007[editar | editar código-fonte]

Em 4 de fevereiro de 2007 ganhou o título de simples no Ortisei, Itália, em um torneio ITF 75.000 dólares, batendo a jogadora italiana Alberta Brianti por 4-6 7-5 6-3. Em 4 de março de 2007 ganhou o torneio ITF $ 75.000 em Las Vegas, batendo Akiko Morigami 6-3, 6-2, na final.

Obteve um wild card para o 2007 Indian Wells Masters principal e fez a sua estreia em torneios WTA Tier I. Ela foi eliminada na primeira rodada por Martina Hingis, 6-1, 6-3. As duas se enfrentaram novamente em 27 de abril em Copenhagen para uma partida de exibição, onde Wozniacki voltou a perder por 6-7 (7-9), 6-3, 2-6.

Ela então fez as semifinais de Tóquio, em outubro, sua primeira semifinal da carreira e também a primeira mulher dinamarquesa a chegar a uma semifinal WTA desde Tine Scheuer-Larsen em 1986 em Bregenz. Wozniacki perdeu para Venus Williams 6-3 7-5.

2008[editar | editar código-fonte]

Em 2 de janeiro de 2008, Wozniacki participou de um torneio de exibição em Hong Kong. Ela perdeu o primeiro jogo para a ex-nº 1 Maria Sharapova em dois sets 6-2 e 6-2. Mas ela ganhou o torneio de duplas do evento com sua parceira, a campeã de simples Venus Williams.

No Open da Austrália de 2008, ela derrotou a Argentina Gisela Dulko (6-1, 6-1), a nº. 21 na época Alona Bondarenko da Ucrânia (7-6, 6-1) e a alemã Sabine Lisicki (4-6, 6-4, 6-3). Na quarta rodada, perdeu para a quarta do ranking, a Sérvia Ana Ivanović (6-1, 7-6).

Seu próximo torneio foi o Qatar Total Open em Doha, onde ela alcançou as quartas de final, mas foi esmagada pela cabeça de chave número 4 Maria Sharapova 6-0, 6-1.

Depois disso, ela jogou no Cellular South Cup, onde ela fez novamente as quartas de final, antes de perder de forma abrangente para a eventual campeã, Lindsay Davenport, 6-0, 6-2.

No Pacific Life Open, fez a quarta rodada, perdendo para a cabeça 2 Svetlana Kuznetsova 6-2, 6-3. Mais cedo no torneio, ela derrotou a cabeça 18, Rússia 's Maria Kirilenko em dois sets 6-2, 6-0.

Ela perdeu na quarta rodada do Miami Masters para Venus Williams.

O próximo torneio de Wozniacki foi o Bausch & Lomb Championships, onde ela sofreu um 3-6, 6-3, 3-6 para de Alona Bondarenko na segunda rodada. No WTA German Open em Berlim, ela caiu para Gisela Dulko 6-2, 7-5 novamente na segunda rodada. Seu próximo evento foi em Roma no Internazionali BNL d'Italia. Lá, ela caiu frente à recém-coroada número um do mundo, Maria Sharapova, 6-4, 7-6 (7-3).

No torneio de Roland-Garros de 2008, ela foi a trigésima cabeça de chave, fazendo deste o primeiro Grand Slam em que foi cabeça de chave. Em sua primeira rodada, ela derrotou Yvonne Meusburger da Áustria 6-0, 6-2. Sua adversária na segunda rodada foi Anastasiya Yakimova da Bielorrússia. Wozniacki venceu este jogo por 6-0, 6-4, mais uma vez criando um confronto com Ana Ivanovic, como ocorreu no Aberto da Austrália. Ivanovic derrotou Wozniacki em um torneio de Grand Slam pela segunda vez naquele ano com uma vitória por 6-4, 6-1.

Como aquecimento para a temporada de grama, como nos dois anos anteriores, Wozniacki havia jogado no torneio internacional de Liverpool, que não vale pontos para o ranking. Ela venceu o torneio batendo Michelle Larcher de Brito 6-2, 6-0, Tamaryn Hendler 6-2, 6-2, Katarzyna Piter 6-1, 6-1, Tamaryn Hendler (de novo) 6-3, 6-4 e Ashley Harkleroad (a vencedora de 2007) 4-6, 6-4, 10-5. Quando ela ganhou em Liverpool, em 2006, também derrotando Harkleroad, Wozniacki passou a ganhar o Wimbledon (Girl's) de título.

18 de junho Wozniacki teve seu primeiro top 5 do couro cabeludo, derrotando a nº 4 Svetlana Kuznetsova 6-2, 6-2 na segunda ronda no Open Internacional da Mulher em Eastbourne.

Wozniacki US Open 08.jpg

Em Wimbledon 2008, ela alcançou a terceira rodada, mas perdeu para a segunda cabeça de chave Jelena Jankovic 2-6, 6-4, 6-2.

Ela chegou à semifinal no Aberto Eslovénia em Portoroz, perdendo 6-4, 6-4 para a eventual campeã, Sara Errani.

Na Open Nordic Light, em Estocolmo, ela ganhou seu primeiro torneio WTA sem perder um único jogo, batendo tenistas ranqueadas entre as 10 primeiras como, Agnieszka Radwańska, 6-4, 6-1 na semifinal.

Nos Jogos Olímpicos de Pequim bateu a nº 12 do ranking, Daniela Hantuchova por 6-1 e 6-3 na segunda rodada. mas nas oitavas de final, ela caiu para a nº 7 do ranking e futura campeã, Elena Dementieva por 7-6 e 6-2.

Em New Haven bateu a nº 13, Marion Bartoli, 6-4, 6-0, no último trimestre. Na semifinal eliminou a nº 18, Alizé Cornet, 7-5, 6-4, (ganhando 11 de seus últimos 12 jogos). Na final ela derrotou Anna Chakvetadze, nº 11 do ranking, com parciais de 3-6, 6-4, 6-1 para ganhar seu primeiro torneio Tier II.

Caroline é a nº 21 no Aberto dos Estados Unidos, enfrentando os jogadores fora do top 100 nas duas primeiras rodadas. Ela ganhou duas partidas, perdendo apenas 3 games em cada um. Na terceira rodada, ela derrotou o nº 14 do ranking, Victoria Azarenka por 6-4, 6-4. É a sua 15 vitória em seus últimos 16 jogos. Na quarta rodada, perdeu para a nº2 do ranking e eventual vice-campeã Jelena Jankovic, parciais de 3-6, 6-2, 6-1, sua quarta perda de Grand Slam do ano contra uma atleta sérvia.

Suas vitórias-derrotas para o ano de torneios (exposição não incluído) é de 43-15. Ela está atualmente classificada como nº 17 em simples e 115 em duplas. Ela é atualmente nº 11 na corrida para o Sony Ericsson Championship, pouco menos de um dos pontos de reserva.

2009[editar | editar código-fonte]

Wozniacki disputou 8 finais ganhando 3 em 2009

Em seu primeiro torneio do ano, o ASB Classic em Auckland, perdeu nas quartas para a russa Elena Vesnina por 6-3, 0—6, 6-3. Em seguida, ela alcançou as quartas-de-final do Medibank Internacional em Sydney, onde perdeu para a número 2 do mundo Serena Williams 6-7 (5), 6-3, 7-6 (3), apesar de ter três match points ao servir para a partida em 6-5 no terceiro set. Iniciou no Open da Austrália de 2009 ocupando a posição nº 11 do ranking. Wozniacki avançou à terceira rodada do Slam quando perdeu para a australiana Jelena Dokić por 3-6, 6-1, 6-2.

Wozniacki alcançou as quartas-de-final do Pattaya Women's Open na Tailândia, mas perdeu para Magdalena Rybarikova 6-4, 6-1. No Cellular South Cup em Memphis, Wozniacki avançou à final mas perdeu para Bielorrussa Victoria Azarenka por 6-1, 6—3. Posteriormente, Azarenka e Wozniacki venceram o título de duplas, batendo Michaella Krajicek e Yuliana Fedak 6-1, 7-6 (2) na final.

Em seguida Wozniacki participou dos dois torneios do ano na América do Norte. No BNP Paribas Open em Indian Wells, Wozniacki perdeu nas quartas para a atual campeã Vera Zvonareva com parciais de 6-4, 6-2. No Sony Ericsson Open em Miami, Wozniacki avançou no torneio derrotando Patty Schnyder e a nº 4 do ranking Elena Dementieva na terceira e quarta rodadas, respectivamente. Ela perdeu para Svetlana Kuznetsova por 6-4, 6-7 (5), 6-1 nas quartas-de-final.

Wozniacki venceu seu primeiro título do ano no saibro verde da MPS Group Championships em Ponte Vedra Beach. Depois de sobreviver a uma partida dura no primeiro encontro com Samantha Stosur, então ela avançou no torneiro eliminando Virginie Razzano e Daniela Hantuchova em dois sets para chegar às semifinais, onde sobreviveu a quatro match points para derrotar Elena Vesnina 2-6, 6-3, 7-6 (5). Ela então derrotou o canadense Aleksandra Wozniak na final, 6-1, 6-2. Ranqueada como quinta do mundo sobre a argila verde na Family Circle Cup em Charleston, ela derrotou Elena Dementieva 6-4, 5—7, 7-5 nas semifinais, antes de perder por 6-2, 6-4 para Sabine Lisicki na final.

Wozniacki sofreu o abandono precoce em seus próximos dois torneios perdendo para Marion Bartoli 7-6 (6), 6-4 na segunda rodada, no Porsche Tennis Grand Prix em Stuttgart e perder na terceira rodada da Internazionali BNL d'Italia em Roma para Victoria Azarenka 6-2, 6-2. Wozniacki avança à final na inaugural Premier Obrigatória, a Mutua Madrileña Madrid Open, onde perdeu para a número 1 do mundo Dinara Safina 6-2, 6-4. Como nº 10 no Aberto da França em Paris, Wozniacki perdeu para o Sorana Cirstea da Roménia, parciais de 7-6 (3) 7-5. Formando dupla, Cirstea e Wozniacki perderam na primeira rodada do torneio de duplas para Maria Kirilenko e Flavia Pennetta por 6-4, 6-4.

Durante a temporada de grama, Wozniacki venceu seu segundo título do ano na AEGON Internacional em Eastbourne. Ela avançou para as semifinais, derrotando Alisa Kleybanova, Samantha Stosur e Ekaterina Makarova. Lá, ela enfrentou Aleksandra Wozniak do Canadá, se recuperando de uma sequência de baixos resultados, para ganhar por 2-6, 6-4, 6-4. Bateu Virginie Razzano no final, 7-6, 7-5.

Wozniacki foi semeado em 9 Wimbledon, e enfrentou Kimiko Date Krumm (20 anos mais velha) no primeiro turno, vencendo em três sets. Ela então bateu Maria Kirilenko, 6-0, 6-4, e as sementes # 20 Anabel Medina Garrigues 6-2, 6-2. Em seguida, ela caiu para Sabine Lisicki na quarta rodada, 6-4, 6-4.

Em seu aniversário de 19 anos, perdeu na final da Sueco Open 7-5, 6-4, Maria Jose Martinez Sanchez de Espanha. Em seu primeiro torneio de quadra dura, em preparação para o US Open de tênis, após ter recebido um bye na primeira rodada do LA Women's Tennis Championships perdeu na segunda rodada para Sorana Cirstea 1-6, 6-4, 7-6 (5). No Cincinnati Masters, Wozniacki avançou para as quartas de final, caindo para Elena Dementieva 6-2, 6-1. Na Rogers Cup de Toronto, perdeu na segunda rodada para Zheng Jie 7-5, 6-3. Ela então passou a defender o seu título no Pilot Pen Tennis em New Haven. No primeiro turno ela teve seu primeira vitória, 6-0, 6-0, sobreEdina Gallovits em 41 minutos. Na final do torneio challenger, bateu russa Elena Vesnina por 6-2, 6-4 para ganhar seu terceiro título da temporada.

No US Open de 2009. Ela ganhou facilmente seus primeiros três jogos, 6-4, 6-1, contra Galina Voskoboeva, 6-1, 6-0, sobre Petra Martic, e 6-3, 6-2 sobre a parceira de duplas Sorana Cirstea. Na quarta rodada, contra Svetlana Kuznetsova, Wozniacki fez 2 sets a 1, 2-6, 7-6 (5), 7-6 (3).

Nas quartas de final ela derrotou a demolidora de russas, a americana Melanie Oudin com um duplo 6-2, e na semifinal fez duplo 6-3 contra Yanina Wickmayer. Na final, porém, acabou não sendo páreo para a experiente belga Kim Clijsters que fez 2 sets a 0, 7-5 e 6-3.

2010[editar | editar código-fonte]

Wozniacki US Open 2010 no dia 4 de setembro de 2010

Wozniacki começou o ano com uma exibição no torneio de Hong Kong onde ela perdeu duas partidas de simples jogando para o Time da Europa, mas ganhou duas nas duplas com o parceiro Stefan Edberg. Seu primeiro torneio na WTA lhe concedeu uma derrota em um jogo de três sets para Li Na em Sydney.

Ela era cabeça de chave 4 no Open da Austrália de 2010, sua primeira vez como top-8 em um Grand Slam. Ela foi derrotada por Na Li da China na quarta rodada com parciais de, 6–4, 6–3, um reencontro de Medibank International. Depois de sair na quarta rodada do Aberto da Australia, Wozniacki chegou ao maior ranking da carreira até o momento No.3.

Como segunda cabeça de chave do torneio de BNP Paribas Open, Wozniacki chegou à final, onde ela foi derrotada por Jelena Janković, 6–2 6–4. De qualquer modo, seu lugar na final lhe garantiu um novo e melhor ranking na carreira No. 2.

No torneio Sony Ericsson Open em Miami, Wozniacki perdeu nas quartas de finais para Justine Henin com parciais de 6–7(5), 6–3, 6–4.

Seu próximo torneio seria MPS Group Championships na Florida. Nas semifinais, ela jogou contra Elena Vesnina e as parciais eram 1-6, 3-5, para ganhar a partida e avançar para a final teria que ganhar o segundo set que estava em desvantagem para levar o jogo ao terceiro set, 1-6, 7-6(4), 6-4. Wozniacki chegou a segunda final consecutiva no torneio, defenderia o título contra Olga Govortsova, 6-2, 7-5, e ainda salvou um set point no segundo set, algo que se perdesse levaria o jogo ao terceiro e poderia ter final completamente diferente .

O próximo torneio de Wozniacki foi Family Circle Cup. Ela era cabeça de chave número 1, chegou até às semifinais onde abandonou contra Vera Zvonareva. Estava perdendo por 4-2 para Zvonareva quando caiu e machucou o tornozelo ao tentar alcançar uma bola curta na rede.[3]

O tornozelo de Wozniacki continua a incomodá-la sentindo-o na segunda rodada contra Lucie Šafářová no Porsche Tennis Grand Prix.

Wozniacki era a segunda cabeça de chave do Internazionali BNL d'Italia na Roma. Sendo derrotada por María José Martínez Sánchez na terceira rodada.

Em 2010 Mutua Madrileña Madrid Open, onde ela havia chegado na final do ano anterior, acabou perdendo na segunda rodada em 6-2, 6-3 para Alona Bondarenko.

O próximo torneio de Wozniacki seria Polsat Warsaw Open. Cabeça de chave número 1, chegou às quartas de final onde abandonou o jogo contra Zheng Jie por sentir novamente dores no tornozelo.

Após alguns resultados na temporada de saibro, Wozniacki foi cabeça de chave 3 Roland-Garros de 2010, atrás apenas das irmãs Williams. Nas três primeiras rodadas obteve vitórias contra Alla Kudryavtseva, Tathiana Garbin e Alexandra Dulgheru, todas sem perder sequer um set. Já na quarta rodada precisou de um jogo de três sets e três horas para vencer Flavia Pennetta. Nas quartas de final acabou perdendo para outra italiana que viria ser campeã da competição, Francesca Schiavone.

Nas duplas Wozniacki formou parceria com Daniela Hantuchová. Elas ganharam a primeira partida contra as alemãs Tatjana Malek e Andrea Petković. Na segunda rodada elas deveriam ter jogado contra as irmãs Williams mas acabaram perdendo por W.O. devido a uma lesão no ombro direito de Hantuchova.

No torneio que precede Wimbledon, Eastbourne, Wozniacki defendia o título,porém foi eliminada logo na primeira rodada pela tenista francesa Aravane Rezai, perdendo pontos no ranking e caindo para a quarta posição.

Na estreia de Wimbledon a dinamarquesa passou fácil pela italiana Tathiana Garbin com duplo 6-1. Garantiu vaga na terceira rodada no Torneio de Wimbledon ao derrotar Chang Kai-chen, de Taiwan, por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-3. Caroline avança às oitavas de final ao vencer a russa Anastasia Pavlyuchenkova em 7-5 e 6-4. Foi eliminada nas oitavas de final pela tenista Petra Kvitova com parciais de 6-2 e 6-0. Logo após o término de Wimbledon Wozniacki volta ao top 3 do ranking da WTA.

Depois de tirar férias do circuito, Wozniacki retorna em um torneio no seu país natal, na cidade de Copenhague. Estreou com vitória de 6-3 e 6-2 contra a croata Petra Martic. Caroline teve um início de partida nas oitavas de final difícil contra a tcheca Iveta Benesova, onde acabou vencendo por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 6-2 e 6-0. A dinamarquesa venceu nas quartas de final a alemã Julia Goerges, cabeça de chave número 5, por 2 sets a 1, 3-6, 6-0 e 7-6(3), em 2 horas 04 minutos de partida. Venceu o jogo contra a Anna Chakvetadze, por 2 sets a 1 com parciais de 6-1 2-6 e 6-4, a partida válida pela semifinal teve duração de 1 hora e 47 minutos. Vai enfrentar na final a tcheca Klara Zakopalova cabeça de chave número 7 do torneio, que eliminou a chinesa Na Li, conhecida algoz da dinamarquesa. Na final derrotou a tcheca Klara Zakopalova em 6-2 e 7-6(5). Como prêmio, ganhou o troféu de porcelana e uma garrafa de champanhe. Foi o oitavo título da carreira, onde a torcida a ajudou a conquistá-lo.

Três dias após conquistar o oitavo título de simples da carreira no torneio de Copenhague, ocorrido em casa na Dinamarca iniciou sua participação, no torneio de Cincinnati um dos que precedem o US Open, com vitória, que teve direito a pneu, de 6-0 e 6-2 sobre a austríaca Sybille Bammer 72º do ranking. A dinamarquesa foi eliminada logo na sua segunda participação na competição pela francesa Marion Bartoli cabeça de chave número 16, com parciais de 6-4 6-1.

Caroline estreou no torneio de Montreal contra a Patty Schnyder originária da Suíça e obteve êxito, derrotando-a com duplo 7-5. Venceu a italiana Flavia Pennetta nas oitavas de final com parciais de 4-6,6-3 e 6-1. Nas quartas de final enfrentou sua algoz de Roland Garros uma outra italiana a Francesca Schiavone e venceu com parciais de 6-2 e 6-3. Na semifinal enfrentou a russa Svetlana Kuznetsova obteve vitória pelo placar de 6-2 e 6-3, tendo assim vaga na final, que aconteceria no mesmo dia, devido às chuvas que adiaram os jogos de semi e final. Na final enfrentou outra russa, Vera Zvonareva foi campeã com parciais de 6-3 e 6-2, esse foi seu terceiro título do ano e nono da carreira.

Em New Haven tenta defender o título de 2009, inicia o torneio com estreia sobre Dominika Cibulkova em 6-4 6-1. Sua próxima adversária seria Flávia Pennetta, porém esta se lesionou e desistiu de jogar o restante do torneio, nem chegando a entrar em quadra. Na semifinal teve o jogo mais complicado da competição para ela, contra Elena Dementieva venceu com parciais de 1-6 6-3 e 7-6. [4] Na final enfrentou outra russa Nadia Petrova e conquistou seu quarto título do ano em parciais de 6-3 3-6 6-3 .

No Aberto dos Estados Unidos buscava defender o vice campeonato, iniciou sua jornada contra a americana Chelsey Gullickson obteve fácil vitória com duplo 6-1. Na segunda rodada enfrentou a tenista Kai Chen Chang de Taiwan aplicando uma bicicleta em cima da adversária (6-0 6-0). Na terceira rodada enfrentou a compatriota de Kai Chen Chang a Yung-Jan Chan as parcias do jogo foram 6-1 e 6-0 a favor da dinamarquesa. Nas oitavas de final enfrentou a russa Maria Sharapova ex-número 1 do ranking e à derrotou em 6-3 6-4. Nas quartas de final enfrentou Dominika Cibulkova em um jogo muito difícil, principalmente por causa dos ventos fortes, Caroline conseguiu a vitória com parciais de 6-2 7-5. Avançou para a semifinal sem perder sequer um set no torneio, estando invicta há 14 partidas, enfrentou a russa Vera Zvonareva finalista em Wimbledon, a qual havia ganho na final do torneio de Montreal só que dessa vez quem se deu melhor foi a russa, vencendo com parciais de 6-4 6-3, acabando assim com o sonho de ganhar o primeiro Grand Slam e assumir o topo do ranking.

Depois do Grand Slam americano, voltou a jogar no Toray Pan Pacific Open em Tókio onde estreou com vitória de 6-1 6-3 sobre a húngara Greta Arn. Nas oitavas de final enfrentou a russa Anastasia Pavlyuchenkova, cabeça de chave nº16 vencendo por 6-1 6-2 a partida. Nas quartas de final enfrentou sua amiga polonesa Agnieszka Radwanska que acabou desistindo quando perdia por 5-0 para a dinamarquesa, devido a uma contusão no pé. Na semifinal enfrentou outra amiga, a bielorrussa Victoria Azarenka e venceu com parciais de 6-2,6-7(3) e 6-4. Na final enfrentou a russa Elena Dementieva, foi campeã de mais um título esse ano, quinto só em 2010, vencendo de virada por 1-6 6-2 e 6-3.[5]

Em outubro, no torneio de Pequim a dinamarquesa estreou com vitória contra a italiana Sara Errani, com parciais de 6/4 e 6/2. Em seguida, pelas oitavas de final, Wozniacki se tornou a primeira dinamarquesa a consagrar-se como a tenista número 1 do mundo ao vencer por 6-3 e 6-2 a tcheca Petra Kvitová.[1] Nas quartas de final enfrentou a sérvia e ex-número 1 mundial Ana Ivanovic e venceu com placar de 7-6(1) e 6-4. Na semifinal enfrentou a israelense Shahar Peer e obteve vitória por 2 sets a 0, parciais de 7-5 e 6-2, na final enfrentou a russa Vera Zvonareva e venceu por 2 sets a 1 com parciais 6-3, 3-6 e 6-3 consagrando-se campeã em Pequim levantando seu sexto troféu em 2010.[6] Em Doha, último torneio da WTA estreou com vitória em cima da russa Elena Dementieva com duplo 6-1. Ainda na fase de grupos enfrentou a australiana Samantha Stosur perdendo em parciais de 6-4 6-3. No último jogo no grupo enfrentou a italina Francesca Schiavone vencendo de virada em 3-6 6-1 6-1. Na semifinal enfrentou a russa Vera Zvonareva avançando para a final após ganhar com parciais de 7-5 6-0. Na final enfrentou a belga Kim Clijsters repetindo a final do US Open 2009, acabou ficando novamente com o vice campeonato em um jogo de números 6-3 7-5 e 6-3.[7]

2011[editar | editar código-fonte]

Abriu o ano em uma exibição contra a belga Kim Clijsters. O jogo ocorreu na Tailândia, terminando com parciais de 6-3, 4-6 e 12-10 (super tiebreak) a favor da belga.

No torneio-exibição de Hong Kong iniciou com vitória em cima da chinesa Li Na por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Depois enfrentou a russa Vera Zvonareva e foi derrotada com parciais de 6-1 6-0.

No torneio preparatório para o primeiro Grand Slam do ano o Aberto da Austrália, WTA Sydney foi cabeça de chave número 1, estreando já na segunda rodada. Enfrentou a eslovaca Dominika Cibulkova perdendo por duplo 6-3.

No Open da Austrália inicou o torneio com vitória sobre a argentina Gisela Dulko com parciais de 6-3 6-4. Na segunda rodada derrotou a americana Vania King por 2 sets a 0, parciais de 6-1 6-0. Na terceira rodada venceu a eslovaca Dominika Cibulkova por 6-4 6-3. Nas oitavas de final enfrentou a letã Anastasija Sevastova terminando em 2 sets a 0 a favor da dinamarquesa, parciais de 6-3 6-4. Nas quartas de final venceu de virada a italiana Francesca Schiavone por 3-6 6-3 6-3. Nas semifinais perdeu para a chinesa Li Na por 3-6 7-5 6-3.

No torneio de Dubai Duty Free a dinamarquesa estreou com vitória sobre a russa Anna Chakvetadze por 6-1 4-5, com desistência de sua oponente. Nas oitavas de final enfrentou a japonesa Ayumi Morita e venceu por parciais de 6-1 6-0. Nas quartas de final venceu a israelense Shahar Peer por 6-2 6-4. Na semifinal enfrentou a sérvia Jelena Jankovic,vencendo com parciais de 7-5 6-3. Na final enfrentou a russa Svetlana Kuznetsova sendo campeã com o placar de 6-1 6-3.

No torneio de Qatar Ladies Open em Doha estreou com vitória sobre a russa Nadia Petrova com parciais de 6-3 6-2. Na partida válida pelas quartas de final venceu a italiana Flavia Pennetta por 6-2 6-0. Na semifinal jogou contra a francesa Marion Bartoli e venceu com duplo 6-1. Na final contra a russa Vera Zvonareva foi derrotada com duplo 6-4.

No torneio BNP Paribas Open em Indian Wells estreou na segunda rodada com vitória sobre a norte-americana Sloane Stephens por 6-3 6-2. Na terceira rodada enfrentou a espanhola María José Martínez Sánchez e venceu com parciais de 6-1 6-3. Nas oitavas de final enfrentou a russa Alisa Kleybanova e saiu com vitória em 2-6 6-3 6-1. Nas quartas de final enfrentou sua amiga, a bielorrussa Victoria Azarenka que abandonou o jogo quando estava 3-0 a favor da dinamarquesa. Na semifinal enfrentou a russa Maria Sharapova e venceu por 6-1 6-2. Na final enfrentou a francesa Marion Bartoli, venceu por 6-1 2-6 6-3 e se sagrou campeã em Indian Wells.[8] No torneio ocorrido em Miami venceu na estreia a americana Bethanie Mattek-Sands por 6-2 7-5. Na terceira rodada enfrentou a eslovaca Daniela Hantuchova saindo vitoriosa por 6-1 7-6(7). Nas oitavas de final enfrentou a alemã Andrea Petkovic e acabou sendo eliminada em 5-7 6-3 3-6[9] No início da temporada no saibro, começou jogando no torneio Family Circle Cup, em Charleston. Na primeira partida teve resultado positivo contra Irina Falconi 6-1 6-1. Nas oitavas de final enfrentou a checa Barbora Záhlavová-Strýcová vencendo por 7-6 7-6. Nas quartas de final venceu a belga Yanina Wickmayer por 4-6 6-4 6-4. Já nas semifinais defrontou Jelena Jankovic vencendo por 6-4 6-4. Tal feito levou Wozniacki para a final, na qual acabou por defrontar e vencer a russa Elena Vesnina por 6-2 6-3, conquistando assim o seu 3º título do ano, 15º da sua carreira. No torneio de Stuttgart iniciou com vitória sobre a eslovaca Zuzana Kučová por 6-1 6-2. Nas quartas de final enfrentou a alemã Andrea Petkovic e venceu por 6-4 6-1. Na semifinal enfrentou a polonesa Agnieszka Radwańska saindo vitoriosa por 7-5 6-3. Na final perdeu para a alemã Julia Görges por 7-6(3) 6-3.

Grand Slam Finais[editar | editar código-fonte]

Simples: 2 (0–2)[editar | editar código-fonte]

Posição Ano Torneio Piso Oponente na final Placar da final
Vice

2009

US Open Dura Bélgica Kim Clijsters 7–5, 6–3
Vice

2014

US Open Dura Estados Unidos Serena Williams 6–3, 6–3

Títulos em simples da WTA[editar | editar código-fonte]

Vitórias (21)[editar | editar código-fonte]

WTA Finais[editar | editar código-fonte]

Simples: 31 (21 títulos, 10 vice-campeonatos)[editar | editar código-fonte]

Vencedora — Legenda (pré/pós 2009)
Torneios Grand Slam (0–1)
Torneios da WTA Tour (0–2)
Tier I / Premier Mandatory & Premier 5 (5–3)
Tier II / Premier (4–1)
Tier III, IV & V / International (5–3)
Finais por piso
Dura (11–6)
Grama (1–0)
Saibro (3–4)
Carpete (0–0)
Outcome No. Data Campeonato Surface Oponente na final Placar final
Vencedora 1. 8 de Agosto de 2008 Estocolmo, Suécia Dura Rússia Vera Dushevina 6–0, 6–2
Vencedora 2. 23 de Agosto de 2008 New Haven, Estados Unidos Dura Rússia Anna Chakvetadze 3–6, 6–4, 6–1
Vencedora 3. 5 de Outubro de 2008 Tóquio, Japão Dura Estónia Kaia Kanepi 6–2, 3–6, 6–1
2º lugar 1. 26 de Outubro de 2008 Cidade de Luxemburgo, Luxemburgo Dura (i) Rússia Elena Dementieva 2–6, 6–4, 7–6(4)
2º lugar 2. 21 de Fevereiro de 2009 Memphis, EUA Dura (i) Bielorrússia Victoria Azarenka 6–1, 6–3
Vencedora 4. 12 de Abril de 2009 Ponte Vedra Beach, EUA Saibro Canadá Aleksandra Wozniak 6–1, 6–2
2º lugar 3. 19 de Abril de 2009 Charleston, EUA Saibro Alemanha Sabine Lisicki 6–2, 6–4
2º lugar 4. 17 de Maio de 2009 Madrid, Espanha Saibro Rússia Dinara Safina 6–2, 6–4
Vencedora 5. 20 de Junho de 2009 Eastbourne, Reino Unido Grama França Virginie Razzano 7–6(5), 7–5
2º lugar 5. 11 de Julho de 2009 Båstad, Suécia Saibro Espanha María José Martínez Sánchez 7–5, 6–4
Vencedora 6. 29 de Agosto de 2009 New Haven, EUA (2) Dura Rússia Elena Vesnina 6–2, 6–4
2º lugar 6. 13 de Setembro de 2009 US Open, Nova York, EUA Dura Bélgica Kim Clijsters 7–5, 6–3
2º lugar 7. 21 de Março de 2010 Indian Wells, EUA Dura Sérvia Jelena Janković 6–2, 6–4
Vencedora 7. 11 de Abril de 2010 Ponte Vedra Beach, EUA(2) Saibro Bielorrússia Olga Govortsova 6–2, 7–5
Vencedora 8. 8 de Agosto de 2010 Copenhague, Dinamarca Dura (i) República Checa Klára Zakopalová 6–2, 7–6(5)
Vencedora 9. 23 de Agosto de 2010 Montreal, Canadá Dura Rússia Vera Zvonareva 6–3, 6–2
Vencedora 10. 28 de Agosto de 2010 New Haven, U.S. (3) Dura Rússia Nadia Petrova 6–3, 3–6, 6–3
Vencedora 11. 2 de Outubro de 2010 Tóquio, Japão Dura Rússia Elena Dementieva 1–6, 6–2, 6–3
Vencedora 12. 10 de Outubro de 2010 Pequim, China Dura Rússia Vera Zvonareva 6–3, 3–6, 6–3
2º lugar 8. 31 de Outubro de 2010 Doha, Catar Dura Bélgica Kim Clijsters 6–3, 5–7, 6–3
Vencedora 13. 20 de Fevereiro de 2011 Dubai, Emirados Árabes Unidos Dura Rússia Svetlana Kuznetsova 6–1, 6–3
2º lugar 9. 26 Fevereiro de 2011 Doha, Catar Dura Rússia Vera Zvonareva 6-4, 6-4
Vencedora 14. 20 de Março de 2011 Indian Wells, EUA Dura França Marion Bartoli 6-1, 2-6, 6-3
Vencedora 15. 10 de Abril de 2011 Charleston, EUA Saibro Rússia Elena Vesnina 6-2, 6-3
2º lugar 10. 24 de Abril de 2011 Stuttgart, Alemanha Saibro Alemanha Julia Görges 7-6, 6-3
Vencedora 16. 12 de Junho de 2011 Copenhague, Dinamarca (2) Dura República Checa Lucie Šafářová 6-1, 6-4

Títulos de duplas na WTA[editar | editar código-fonte]

Vitórias (2)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (6)
WTA Championships (3)
Tier I (7)
Tier II (11)
Tier III (09)
Tier IV (9)
Premier (12)
Internacional (1)
# Data Torneio Superfície Parceira Adversária da final Placar
1. 28 de setembro, 2008 China China Open, Pequim Rápida Espanha Anabel Medina Garrigues China Han Xinyun
China Xu Yi-Fan
6–1 6–3
2. 21 de fevereiro, 2009 Estados Unidos Regions Morgan Keegan Championships. Memphis, Tennessee Rápida (i) Bielorrússia Victoria Azarenka Ucrânia Yuliana Fedak
Países Baixos Michaella Krajicek
6–1, 7–6(2)

Performance de simples em Grand Slams - Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Torneio 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Career SR Career
Win-Loss
Grand Slam Tournaments
Aberto da Austrália A A A 4R 3R 4R SF 0 / 4 13–4
Torneio de Roland-Garros A A 1R 3R 3R QF 3R 0 / 5 10–5
Wimbledon A LQ 2R 3R 4R 4R 4R 0 / 6 12–6
US Open A A 2R 4R F SF SF 0 / 5 20–5
SR 0 / 0 0 / 1 0 / 3 0 / 4 0 / 4 0 / 4 0 / 4 0 / 0 0 / 20 -
Win-Loss 0–0 0–1 2–3 10–4 13–4 15–4 15-4 0-0 - 55–20

Referências

  1. a b c «Wozniacki é primeira dinamarquesa número 1 do mundo no tênis». Gazeta do Povo. plus.google.com/u/0/+gazetadopovo/. Consultado em 28 de dezembro de 2015 
  2. a b «TenisBrasil - Wozniacki projeta títulos de Slam e medalha no Rio». TenisBrasil, a cobertura completa do circuito do tênis está aqui. Consultado em 28 de dezembro de 2015 
  3. «The Latest Top 20 WTA Rankings as of December 2013 | Sony Ericsson WTA Tour». www.sonyericssonwtatour.com. Consultado em 17 de abril de 2010 
  4. «Sony Ericsson WTA Tour» (PDF) (em inglês). Consultado em 23 de novembro de 2014 
  5. «WTA tournament structure, categories, and format | Sony Ericsson WTA Tour». www.sonyericssonwtatour.com. Consultado em 23 de novembro de 2014 
  6. «Draws_China Open 2010». www.chinaopen.com.cn. Consultado em 23 de novembro de 2014 
  7. «Gazeta Esportiva.Net - Clijster e Wozniacki decidem o título do Masters de Doha». www.gazetaesportiva.net. Consultado em 23 de novembro de 2014 
  8. «Wozniacki derrota Bartoli e levanta o troféu do WTA de Indian Wells | globoesporte.com». globoesporte.globo.com. Consultado em 23 de novembro de 2014 
  9. «Wozniacki vence sétimo jogo seguido e avança à terceira rodada em Miami | globoesporte.com». globoesporte.globo.com. Consultado em 23 de novembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Caroline Wozniacki