Simone Biles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Simone Biles
Biles recebendo uma das medalhas de ouro nas Olimpíadas de 2016.
Informações pessoais
Nome completo Simone Arianne Biles
Modalidade Ginástica artística feminina
Representante Estados Unidos
Nascimento 14 de março de 1997 (20 anos)
Columbus, Ohio
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Compleição Altura: 1,45 m
Nível Sênior
Treinador Aimee Boorman
Coreógrafo Dominic Zito
Clube Bannon's Gymnastix Inc. (2003–14)
World Champions Centre (2015–)

Simone Arianne Biles (Columbus, 14 de março de 1997)[1] é uma ginasta profissional dos Estados Unidos, especialista na ginástica artística, vencedora de catorze medalhas em campeonatos mundiais, sendo dez delas de ouro. É a ginasta mais condecorada na história do seu país em mundiais.[2]

Biles obteve três títulos mundiais no individual geral (2013, 2014 e 2015), três títulos mundiais no solo (2013, 2014 e 2015), ouro na trave de equilíbrio em 2014 e 2015, e foi membro da equipe americana vencedora em 2014 e 2015.[2] Tornou-se a primeira ginasta em seu gênero a ganhar três Campeonatos Mundiais consecutivos no individual geral,[3] tendo sido ainda a primeira afro-americana a obter um título nessa prova.[4] A nível nacional também possui três títulos no all-around (2013, 2014 e 2015).[5]

Em 2016, foi incluída na lista de 100 mulheres mais inspiradoras e influentes pela BBC.[6]

Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira Olimpíada, no Rio de Janeiro em 2016, Simone Biles foi considerada um dos grandes destaques, com conquistas incontestáveis e grande clamor do público e mídia tanto nas provas individuais quanto de equipes.[7][8][9]

Rio 2016[editar | editar código-fonte]

Biles fez história nas Olimpíadas Rio 2016, subindo ao pódio cinco vezes, com quatro medalhas de ouro (equipes, salto, solo e individual geral) e uma de bronze (trave olímpica).[10]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «GymDivas.Us | Online Resource for Gymnasts in the United States». Web.archive.org. Consultado em 7 de julho de 2016. Arquivado do original em 13 de outubro de 2014 
  2. a b «Biles wins third straight women's World all-around title» (em inglês). USA Gymnastics. 29 de outubro de 2015. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  3. «Simone Biles wins historic third consecutive World All-around title» (em inglês). FIG. 29 de outubro de 2015. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  4. «Slur Highlights Race Problem in Gymnastics» (em inglês). The Root. 10 de outubro de 2013. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  5. «Former Women's National Champions» (em inglês). USA Gymnastics. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  6. «BBC 100 Women 2016: Who is on the list?» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  7. País, Ediciones El (12 de agosto de 2016). «Simone Biles revoluciona a Olimpíada». EL PAÍS 
  8. «Simone Biles brilha no salto e conquista terceiro ouro na Rio-2016» 
  9. «De infância difícil a supercampeã: o que torna a ginasta Simone Biles tão extraordinária». BBC Brasil (em inglês). 12 de agosto de 2016 
  10. «Ao som de 'Mas que nada', Simone Biles fecha seu show particular no Rio com mais um ouro». Consultado em 17 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]