Iga Świątek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Iga Świątek
Swiatek RG19 (1) (48199020336).jpg
Świątek durante Roland Garros de 2019
País Polônia
Residência Raszyn, Polônia
Data de nascimento 31 de maio de 2001 (21 anos)
Local de nasc. Varsóvia, Polônia
Altura 1,76 m
Mão destra (backhand com as duas mãos)
Material Esportivo Asics
Prize money US$ 11,256,372
Simples
Vitórias-Derrotas 190–49
Títulos 9
Melhor ranking 1ª (04/04/2022)
Ranking atual simples 1ª (06/06/2022)
Open da Austrália SF (2022)
Roland Garros V (2020, 2022)
Wimbledon 4R (2021)
US Open 4R (2021)
Duplas
Vitórias-Derrotas 27–14
Títulos 0
Melhor ranking 29ª (14/02/2022)
Ranking atual duplas 285ª (06/06/2022)
Roland Garros F (2021)
US Open 2R (2019)
Duplas Mistas
Open da Austrália QF (2020)
Última atualização em: 06 de junho de 2022.

Iga Natalia Świątek[1] (Varsóvia, 31 de maio de 2001) é uma tenista profissional polonesa (português brasileiro) ou polaca (português europeu). Ela atualmente tem como melhor ranking o número 1 do mundo em simples. Seu primeiro título profissional foi um Grand Slam, o de Roland Garros de 2020, aos 19 anos, sendo uma das mais dominantes da competição, cedendo apenas 28 games, sem perder nenhum set e derrotando duas campeãs de majors no caminho.[2][3] Em maio de 2021, conquistou o Aberto de Roma, vencendo Karolína Pliskova em duplo 6-0 na final.[4]

No dia 25 de março de 2022 foi anunciado que ela se tornaria a tenista número 1 do mundo da WTA na semana seguinte, após a aposentadoria repentina da então líder do ranking, a australiana Ashleigh Barty. Ela conseguiu o feito após vencer a suíça Viktorija Golubic na estreia do WTA de Miami. Iga foi a primeira polonesa na história a conseguir chegar ao topo do ranking mundial.[5] Tornou-se oficialmente número um no dia 4 de abril de 2022, logo após vencer o WTA de Miami.[6] Em 4 de junho do mesmo ano, conquistou novamente o Torneio de Roland Garros, derrotando a Coco Gauff na final por 6-1 e 6-3.[7]

Seu pai, Tomasz Świątek, é um atleta olímpico de canoagem. No juvenil, Iga conquistou dois títulos de Slam: o de duplas no Torneio de Roland Garros de 2018, ao lado de Catherine McNally, e o de simples no Torneio de Wimbledon de 2018. Também liderou a Polônia à taça juvenil da Fed Cup, em 2016, e ganhou a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2018 ao lado da eslovena Kaja Juvan.

Świątek começou a jogar regularmente no circuito WTA em 2019. Entrou no top 50 no mesmo ano, após chegar na final de competição de nível internacional e 4ª fase do Torneio de Roland Garros de 2019.[8]

Possui um estilo de jogo em que se sente confortável em qualquer parte da quadra. Venceu o prêmio da WTA Jogada Favorita do Torcedor em 2019 com um drop shot executado da linha de fundo,[9] e ficando em segundo no prêmio da WTA Jogadora de Simples Favorita do Torcedor, perdendo para Halep, do mesmo ano.[10]

Finais[editar | editar código-fonte]

Circuito WTA[editar | editar código-fonte]

Categoria S D DM
Grand Slam 2–0 0–0 0–0
Fim de temporada 0–0 0–0
Jogos Olímpicos 0–0 0–0 0–0
WTA 1000 5–0 0–0
WTA 500 2–0 0–0
International / WTA 250 0–1 0–0
Piso S D DM
duro 4–0 0–0 0–0
saibro 5–1 0–0 0–0
grama 0–0 0–0 0–0
carpete 0–0 0–0 0–0

Simples: 10 (9 títulos, 1 vice)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Torneio Cidade/país Categoria Piso Adversária Resultado
Venceu 9–1 4 de junho de 2022 Torneio de Roland Garros França Paris, França Grand Slam saibro Estados Unidos Coco Gauff 6–1, 6–3
Venceu 8–1 15 de maio de 2022 Internazionali BNL d'Italia Itália Roma, Itália WTA 1000 saibro Tunísia Ons Jabeur 6–2, 6–2
Venceu 7–1 24 de abril de 2022 Porsche Tennis Grand Prix Alemanha Stuttgart, Alemanha WTA 500 saibro Bielorrússia Aryna Sabalenka 6–2, 6–2
Venceu 6–1 2 de abril de 2022 Miami Open Estados Unidos Miami, Estados Unidos WTA 1000 duro Japão Naomi Osaka 6–4, 6–0
Venceu 5–1 20 de março de 2022 BNP Paribas Open Estados Unidos Indian Wells, Estados Unidos WTA 1000 duro Grécia Maria Sakkari 6–4, 6–1
Venceu 4–1 26 de fevereiro de 2022 Qatar TotalEnergies Open Catar Doha, Catar WTA 1000 duro Estónia Anett Kontaveit 6–2, 6–0
Venceu 3-1 16 de maio de 2021 Internazionali BNL d'Italia Itália Roma, Itália WTA 1000 saibro Chéquia Karolína Pliskova 6–0, 6–0
Venceu 2–1 27 de fevereiro de 2021 Adelaide International Austrália Adelaide, Austrália WTA 500 duro Suíça Belinda Bencic 6–2, 6–2
Venceu 1–1 10 de outubro de 2020 Torneio de Roland Garros França Paris, França Grand Slam saibro Estados Unidos Sofia Kenin 6–4, 6–1
Perdeu 0–1 14 de abril de 2019 Samsung Open Suíça Lugano, Suíça International saibro Eslovénia Polona Hercog 3–6, 6–3, 3–6

Circuito ITF[editar | editar código-fonte]

Simples: 7 (7 títulos)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Cidade/país Categoria Piso Adversária Resultado
Venceu 7–0 Setembro de 2018 Suíça Montreux, Suíça 60 000 saibro Bélgica Kimberley Zimmermann 6–2, 6–2
Venceu 6–0 Setembro de 2018 Hungria Budapeste, Hungria 60 000 saibro Ucrânia Katarina Zavatska 6–2, 6–2
Venceu 5–0 Abril de 2018 Estados Unidos Pelham, Estados Unidos 25 000 saibro Estados Unidos Allie Kick 6–2, 6–0
Venceu 4–0 Fevereiro de 2018 Egito Xarmel Xeique, Egito 15 000 duro Bélgica Britt Geukens 6–3, 6–1
Venceu 3–0 Fevereiro de 2018 Hungria Győr, Hungria 15 000 saibro Chéquia Gabriela Horáčková 6–2, 6–2
Venceu 2–0 Fevereiro de 2018 Itália Bérgamo, Itália 15 000 saibro (coberto) Itália Martina Di Giuseppe 6–4, 3–6, 6–3
Venceu 1–0 Fevereiro de 2018 Suécia Estocolmo, Suécia 10 000 duro (coberto) Roménia Laura-Ioana Paar 6–4, 6–3

Duplas: 1 (1 vice)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Cidade/país Categoria Piso Parceira Adversárias Resultado
Perdeu 0–1 Fevereiro de 2018 Egito Xarmel Xeique, Egito 15 000 duro Alemanha Constanze Stepan Rússia Anna Morgina
Rússia Valeria Solovyeva
4–6, 2–6

Grand Slam juvenil[editar | editar código-fonte]

Simples: 1 (1 título)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Torneio Cidade/país Piso Adversária Resultado
Venceu 1–0 Julho de 2018 Torneio de Wimbledon Reino Unido Londres, Reino Unido grama Suíça Leonie Küng 6–4, 6–2

Duplas: 2 (1 titulo, 1 vice)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Torneio Cidade/país Piso Parceira Adversárias Resultado
Venceu 1–1 Junho de 2018 Torneio de Roland Garros França Paris, França saibro Estados Unidos Catherine McNally Japão Yuki Naito
Japão Naho Sato
6–2, 7–5
Perdeu 0–1 Janeiro de 2017 Australian Open Austrália Melbourne, Austrália duro Polónia Maja Chwalińska Canadá Bianca Andreescu
Estados Unidos Carson Branstine
1–6, 46–7

Referências

  1. «Buenos Aires 2018 - Tennis - Women's Doubles». International Olympic Committee (em inglês). 24 de outubro de 2018. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  2. «Swiatek brilha de novo e conquista Roland Garros». tenisbrasil.com.br. 10 de outubro de 2020 
  3. «Título de Swiatek foi o mais dominante desde Graf». tenisbrasil.com.br. 10 de outubro de 2020 
  4. «Swiatek whitewashes Pliskova to capture Rome title and break Top 10». Women's Tennis Association (em inglês). Consultado em 16 de maio de 2021 
  5. «Swiatek vence na estreia em Miami e é a nova Nº1 do mundo». Lance!. Consultado em 26 de março de 2022 
  6. «From Grand Slam champ to World No.1, the rise of Iga Swiatek» (em inglês). WTA. Consultado em 4 de junho de 2022 
  7. Clarey, Christopher (4 de junho de 2022). «Iga Swiatek Dominates in French Open Final for Championship». The New York Times (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2022 
  8. «Starstruck Swiatek on Osaka practice: 'I'm new here, I'm not used to talking to celebrities'» (em inglês). wtatennis.com. 27 de agosto de 2019 
  9. «Swiatek's deft dropshot crowned 2019 WTA Shot of the Year» (em inglês). wtatennis.com. 20 de dezembro de 2020 
  10. «Simona Halep clinches her third consecutive WTA Fan Favourite win» (em inglês). ubitennis.net. 22 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Iga Świątek

Precedido por
Ashleigh Barty
Nº 1 do mundo da WTA (simples)
4 de abril de 2022 – presente
Sucedido por
Atual