Australian Open de 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Australian Open de 2019
Detalhes
Data 14 a 27 de janeiro
Edição 107ª
Local Melbourne Park
Austrália Melbourne, Austrália
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
Tennis Australia
Direção Craig Tiley
Categoria Grand Slam
Piso duro (Plexicushion)
Premiação total A$ 62.500.000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Sérvia Novak Djokovic
Simples feminino Japão Naomi Osaka
Duplas masculinas França Pierre-Hugues Herbert
França Nicolas Mahut
Duplas femininas Austrália Samantha Stosur
China Zhang Shuai
Duplas mistas República Checa Barbora Krejčíková
Estados Unidos Rajeev Ram
Juvenis
Simples masculino Itália Lorenzo Musetti
Simples feminino Dinamarca Clara Tauson
Duplas masculinas República Checa Jonáš Forejtek
República Checa Dalibor Svrčina
Duplas femininas Japão Natsumi Kawaguchi
Hungria Adrienn Nagy
Cadeirantes
Simples masculino Argentina Gustavo Fernández
Simples feminino Países Baixos Diede de Groot
Simples tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Duplas masculinas Bélgica Joachim Gérard
Suécia Stefan Olsson
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Austrália Dylan Alcott
Austrália Heath Davidson
Outros eventos
Duplas masculinas lendárias França Mansour Bahrami
Austrália Mark Philippoussis
Edições
Australian Open
2018
2020
Grand Slam

O Australian Open de 2019 foi um torneio de tênis disputado nas quadras duras do Melbourne Park, em Melbourne, na Austrália, entre 14 e 27 de janeiro.[1] Foi a 51ª edição da era aberta e a 107ª de todos os tempos.

Os campeões do ano anterior não conseguiram defender seus títulos. Roger Federer parou na 4ª fase, enquanto Caroline Wozniacki, caiu na rodada anterior. Novak Djokovic conquistou seu terceiro título de Grand Slam seguido, sendo o sétimo troféu em Melbourne[2], enquanto a jovem Naomi Osaka triunfou pela segunda vez, logo após o êxito no US Open de 2018. Com o resultado, a japonesa se tornou número 1 do mundo; a primeira asiática, em simples, na históra da WTA.[3]

Nas duplas, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut fecharam o Grand Slam não consecutivo.[4] A australiana Samantha Stosur voltou a conquistar um Grand Slam na terra natal, depois de algum tempo (a primeira e última vez foi em 2005, nas duplas mistas), ao lado da chinesa Zhang Shuai.[5] A tcheca Barbora Krejčíková, número dois do mundo nos pares femininos, e o americano Rajeev Ram levaram, pela primeira vez, o título de duplas mistas.[6]

Mudança de patrocínios[editar | editar código-fonte]

A Dunlop substituiu a Wilson como fornecedora oficial de bola de tênis para o torneio, em um contrato de cinco anos, iniciado em 2019.[7]

Já a marca de eletrônicos chinesa Hisense deixou de ceder os namings rights à terceira quadra mais importante do torneio. O contrato, que começou em 2008 e iria até 2017, mas foi estendido a 2018, se encerrou no ano passado. Em 2019, a Hisense Arena passa a se chamar Melbourne Arena pelos próximos cinco anos, já que a Tennis Australia é a nova detentora dos direitos de nome do espaço.[8]

Super tiebreak no set decisivo[editar | editar código-fonte]

A partir da edição de 2019, o Australian Open introduziu uma nova maneira de decidir os sets finais (terceiro set feminino e quinto masculino) em simples. No lugar dos sets longos, agora, após 6 games a 6, a partida será decidida no super tiebreak, de até 10 pontos.[9], o que já valia em duplas. A regra ocorre apenas nos jogos da chave principal.

O primeiro jogo que foi disputado nesse formato foi entre a britânica Katie Boulter e a russa Ekaterina Makarova, na primeira fase da chave feminina.

Qualificatório[editar | editar código-fonte]

O qualificatório de simples agora possui o mesmo número de competidores nos dois gêneros - 128 -, classificando 16 à chave principal, seguindo o US Open. Anteriormente, a chave feminina tinha apenas 96 jogadoras, com 12 qualificadas.[10]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[11]

Pontuação e premiação[editar | editar código-fonte]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

ATP[12] e WTA[13] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[14] e cadeirantes.[15]

Considerado torneio amistoso, o de duplas mistas não gera pontos.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações).

Profissional[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

Premiação[editar | editar código-fonte]

A premiação geral aumentou 14% em relação a 2018. Os títulos de simples tiveram um acréscimo de A$ 100.000 cada.

O Australian Open passa a possuir o mesmo número de participantes - 128 - nas chaves do qualificatório masculino e feminino, o que só acontecia no US Open. Os valores para duplas são por par. Diferentemente da pontuação, não há recompensa aos vencedores do qualificatório.

Entre os cadeirantes, além de simples e duplas, há a adição dos mesmos eventos para tetraplégicos, o que também ocorre no US Open. Contudo, os valores dos prêmios não são detalhados, constando o total em "Outros eventos". Os juvenis não são pagos.[16]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16 32 64
Simples (2) A$ 4.100.000 A$ 2.050.000 A$ 920.000 A$ 460.000 A$ 260.000 A$ 155.000 A$ 105.000 A$ 75.000 A$ 40.000 A$ 25.000 A$ 15.000
Duplas (2) A$ 750.000 A$ 375.000 A$ 190.000 A$ 100.000 A$ 55.000 A$ 32.500 A$ 21.000
Duplas mistas A$ 185.000 A$ 95.000 A$ 47.500 A$ 23.000 A$ 11.500 A$ 5.950

Total dos eventos acima: A$ 57.628.200

Outros eventos + per diem (estimado): A$ 4.871.800

Total da premiação: A$ 62.500.000

Cabeças de chave[editar | editar código-fonte]

Cabeças baseados(as) nos rankings de 7 de janeiro de 2019.

A colocação individual nos rankings de duplas masculinas e femininas ajudam a definir os cabeças de chaves nestas categorias e também na de mistas.

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminado
na
Eliminado por
1 1 Sérvia Novak Djokovic 9.135 180 2.000 11.135 Campeão
2 2 Espanha Rafael Nadal 7.480 360 1.200 8.320 F Sérvia Novak Djokovic [1]
3 3 Suíça Roger Federer 6.420 2.000 180 4.600 4ª fase Grécia Stefanos Tsitsipas [14]
4 4 Alemanha Alexander Zverev 6.385 90 180 6.475 4ª fase Canadá Milos Raonic [16]
5 6 África do Sul Kevin Anderson 4.810 10 45 4.845 2ª fase Estados Unidos Frances Tiafoe
6 7 Croácia Marin Čilić 4.160 1.200 180 3.140 4ª fase Espanha Roberto Bautista Agut [22]
7 8 Áustria Dominic Thiem 4.095 180 45 3.960 2ª fase, ab. Austrália Alexei Popyrin [WC]
8 9 Japão Kei Nishikori 3.750 0 360 4.110 QF, ab. Sérvia Novak Djokovic [1]
9 10 Estados Unidos John Isner 3.155 10 10 3.155 1ª fase Estados Unidos Reilly Opelka
10 11 Rússia Karen Khachanov 2.835 45 90 2.880 3ª fase Espanha Roberto Bautista Agut [22]
11 12 Croácia Borna Ćorić 2.435 10 180 2.605 4ª fase França Lucas Pouille [28]
12 13 Itália Fabio Fognini 2.315 180 90 2.225 3ª fase Espanha Pablo Carreño Busta [23]
13 14 Reino Unido Kyle Edmund 2.150 720 10 1.440 1ª fase República Checa Tomáš Berdych
14 15 Grécia Stefanos Tsitsipas 2.095 10 720 2.805 SF Espanha Rafael Nadal [2]
15 19 Rússia Daniil Medvedev 1.865 45 180 2.000 4ª fase Sérvia Novak Djokovic [1]
16 17 Canadá Milos Raonic 1.900 10 360 2.250 QF França Lucas Pouille [28]
17 18 Itália Marco Cecchinato 1.889 (29) 10 1.870 1ª fase Sérvia Filip Krajinović
18 16 Argentina Diego Schwartzman 1.925 180 90 1.835 3ª fase República Checa Tomáš Berdych
19 20 Geórgia Nikoloz Basilashvili 1.820 90 90 1.820 3ª fase Grécia Stefanos Tsitsipas [14]
20 21 Bulgária Grigor Dimitrov 1.790 360 180 1.610 4ª fase Estados Unidos Frances Tiafoe
21 22 Bélgica David Goffin 1.785 45 90 1.830 3ª fase Rússia Daniil Medvedev [15]
22 24 Espanha Roberto Bautista Agut 1.605 10 360 1.955 QF Grécia Stefanos Tsitsipas [14]
23 23 Espanha Pablo Carreño Busta 1.705 180 180 1.705 4ª fase Japão Kei Nishikori [8]
24 25 Coreia do Sul Chung Hyeon 1.585 720 45 910 2ª fase França Pierre-Hugues Herbert
25 27 Canadá Denis Shapovalov 1.440 45 90 1.485 3ª fase Sérvia Novak Djokovic [1]
26 28 Espanha Fernando Verdasco 1.410 45 90 1.455 3ª fase Croácia Marin Čilić [6]
27 29 Austrália Alex de Minaur 1.353 0 90 1.443 3ª fase Espanha Rafael Nadal [2]
28 31 França Lucas Pouille 1.245 10 720 1.955 SF Sérvia Novak Djokovic [1]
29 30 França Gilles Simon 1.280 45 45 1.280 2ª fase Austrália Alex Bolt [WC]
30 33 França Gaël Monfils 1.195 45 45 1.195 2ª fase Estados Unidos Taylor Fritz
31 34 Estados Unidos Steve Johnson 1.190 10 10 1.190 1ª fase Itália Andreas Seppi
32 32 Alemanha Philipp Kohlschreiber 1.215 10 45 1.250 2ª fase Portugal João Sousa
Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
5 Argentina Juan Martín del Potro 5.150 90 5.060 Lesão no joelho[17]
26 França Richard Gasquet 1.535 90 1.445 Lesão na virilha[18]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminada
na
Eliminada por
1 1 Roménia Simona Halep 6.642 1.300 240 5.582 4ª fase Estados Unidos Serena Williams [16]
2 2 Alemanha Angelique Kerber 5.505 780 240 4.965 4ª fase Estados Unidos Danielle Collins
3 3 Dinamarca Caroline Wozniacki 5.436 2.000 130 3.566 3ª fase Rússia Maria Sharapova [30]
4 4 Japão Naomi Osaka 5.270 240 2.000 7.030 Campeã
5 5 Estados Unidos Sloane Stephens 5.077 10 240 5.307 4ª fase Rússia Anastasia Pavlyuchenkova
6 7 Ucrânia Elina Svitolina 4.940 430 430 4.940 QF Japão Naomi Osaka [4]
7 8 República Checa Karolína Plíšková 4.750 430 780 5.100 SF Japão Naomi Osaka [4]
8 6 República Checa Petra Kvitová 5.000 10 1.300 6.290 F Japão Naomi Osaka [4]
9 9 Países Baixos Kiki Bertens 4.490 130 70 4.430 2ª fase Rússia Anastasia Pavlyuchenkova
10 10 Rússia Daria Kasatkina 3.415 70 10 3.355 1ª fase Suíça Timea Bacsinszky [PR]
11 11 Bielorrússia Aryna Sabalenka 3.365 10 130 3.485 3ª fase Estados Unidos Amanda Anisimova
12 14 Bélgica Elise Mertens 2.985 780 130 2.335 3ª fase Estados Unidos Madison Keys [17]
13 12 Letónia Anastasija Sevastova 3.160 70 240 3.330 4ª fase Japão Naomi Osaka [4]
14 13 Alemanha Julia Görges 3.055 70 10 2.995 1ª fase Estados Unidos Danielle Collins
15 15 Austrália Ashleigh Barty 2.985 130 430 3.285 QF República Checa Petra Kvitová [8]
16 16 Estados Unidos Serena Williams 2.976 0 430 3.406 QF República Checa Karolína Plíšková [7]
17 17 Estados Unidos Madison Keys 2.976 430 240 2.786 4ª fase Ucrânia Elina Svitolina [6]
18 18 Espanha Garbiñe Muguruza 2.865 70 240 3.035 4ª fase República Checa Karolína Plíšková [7]
19 19 França Caroline Garcia 2.660 240 130 2.550 3ª fase Estados Unidos Danielle Collins
20 20 Estónia Anett Kontaveit 2.525 240 70 2.355 2ª fase Bielorrússia Aliaksandra Sasnovich
21 21 China Wang Qiang 2.485 10 130 2.605 3ª fase Letónia Anastasija Sevastova [13]
22 22 Letónia Jeļena Ostapenko 2.362 130 10 2.242 1ª fase Grécia Maria Sakkari
23 23 Espanha Carla Suárez Navarro 2.153 430 70 1.793 2ª fase Ucrânia Dayana Yastremska
24 24 Ucrânia Lesia Tsurenko 1.896 70 70 1.896 2ª fase Estados Unidos Amanda Anisimova
25 26 Roménia Mihaela Buzărnescu 1.700 10 10 1.700 1ª fase Estados Unidos Venus Williams
26 25 Eslováquia Dominika Cibulková 1.735 10 10 1.735 1ª fase China Zhang Shuai
27 28 Itália Camila Giorgi 1.645 70 130 1.705 3ª fase República Checa Karolína Plíšková [7]
28 27 Taipé Chinesa Hsieh Su-wei 1.680 240 130 1.570 3ª fase Japão Naomi Osaka [4]
29 29 Croácia Donna Vekić 1.580 70 70 1.580 2ª fase Austrália Kimberly Birrell [WC]
30 30 Rússia Maria Sharapova 1.552 130 240 1.662 4ª fase Austrália Ashleigh Barty [15]
31 32 Croácia Petra Martić 1.465 240 130 1.355 3ª fase Estados Unidos Sloane Stephens [5]
32 34 República Checa Barbora Strýcová 1.331 240 10 1.101 1ª fase Cazaquistão Yulia Putintseva

Duplas[editar | editar código-fonte]

Mistas[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Equipe
1 13 Canadá Gabriela Dabrowski Croácia Mate Pavić
2 21 Estados Unidos Nicole Melichar Brasil Bruno Soares
3 22 República Checa Barbora Krejčíková Estados Unidos Rajeev Ram
4 29 Roménia Mihaela Buzărnescu Áustria Oliver Marach
5 31 Alemanha Anna-Lena Grönefeld Colômbia Robert Farah
6 35 Estados Unidos Abigail Spears Colômbia Juan Sebastián Cabal
7 39 Japão Makoto Ninomiya Japão Ben McLachlan
8 41 Rússia Ekaterina Makarova Nova Zelândia Artem Sitak

Convidados à chave principal[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Duplas[editar | editar código-fonte]

Masculinas Femininas Mistas

Qualificados à chave principal[editar | editar código-fonte]

O qualificatório aconteceu no Melbourne Park entre 8 e 11 de janeiro de 2019.[19]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino
  1. Japão Tatsuma Ito
  2. Estados Unidos Christopher Eubanks
  3. Estados Unidos Bjorn Fratangelo
  4. Reino Unido Daniel Evans
  5. Suíça Henri Laaksonen
  6. Índia Prajnesh Gunneswaran
  7. França Gleb Sakharov
  8. Itália Stefano Travaglia
  9. Alemanha Rudolf Molleker
  10. Austrália Thanasi Kokkinakis
  11. África do Sul Lloyd Harris
  12. Itália Luca Vanni
  13. Estados Unidos Mitchell Krueger
  14. Sérvia Viktor Troicki
  15. Polónia Kamil Majchrzak
  16. Sérvia Miomir Kecmanović
  1. Austrália Astra Sharma
  2. Japão Misaki Doi
  3. Suíça Viktorija Golubic
  4. Canadá Bianca Andreescu
  5. República Checa Karolína Muchová
  6. Polónia Iga Świątek
  7. Rússia Veronika Kudermetova
  8. Rússia Anna Kalinskaya
  9. Espanha Paula Badosa Gibert
  10. Reino Unido Harriet Dart
  11. China Zhu Lin
  12. Estados Unidos Varvara Lepchenko
  13. França Jessika Ponchet
  14. Bélgica Ysaline Bonaventure
  15. Rússia Natalia Vikhlyantseva
  16. Brasil Beatriz Haddad Maia

Dia a dia[editar | editar código-fonte]

Eliminações em simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Sérvia Novak Djokovic Espanha Rafael Nadal 6–3, 6–2, 6–3
principal
qualificatório
Feminino Japão Naomi Osaka República Checa Petra Kvitová 7–62, 5–7, 6–4
principal
qualificatório
Duplas Masculino França Pierre-Hugues Herbert
França Nicolas Mahut
Finlândia Henri Kontinen
Austrália John Peers
6–4, 7–61
principal
Feminino Austrália Samantha Stosur
China Zhang Shuai
Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
6–3, 6–4
principal
Misto República Checa Barbora Krejčíková
Estados Unidos Rajeev Ram
Austrália Astra Sharma
Austrália John-Patrick Smith
7–63, 6–1
principal

Juvenil[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Itália Lorenzo Musetti Estados Unidos Emilio Nava 4–6, 6–2, 7–6(14–12)
principal
qualificatório
Feminino Dinamarca Clara Tauson Canadá Leylah Annie Fernandez 6–4, 6–3
principal
qualificatório
Duplas Masculino República Checa Jonáš Forejtek
República Checa Dalibor Svrčina
Estados Unidos Cannon Kingsley
Estados Unidos Emilio Nava
7–65, 6–4
principal
Feminino Japão Natsumi Kawaguchi
Hungria Adrienn Nagy
Estados Unidos Chloe Beck
Estados Unidos Emma Navarro
6–4, 6–4
principal

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Simples Masculino Argentina Gustavo Fernández Suécia Stefan Olsson 7–5, 6–3
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot Japão Yui Kamiji 6–0, 6–2
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott Estados Unidos David Wagner 6–4, 7–62
principal
Duplas Masculino Bélgica Joachim Gérard
Suécia Stefan Olsson
França Stéphane Houdet
Austrália Ben Weekes
6–3, 6–2
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Países Baixos Marjolein Buis
Alemanha Sabine Ellerbrock
5–7, 7–64, [10–8]
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Austrália Heath Davidson
Reino Unido Andrew Lapthorne
Estados Unidos David Wagner
6–3, 66–7, [12–10]
principal

Outros eventos[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Duplas
lendárias
Masculino França Mansour Bahrami
Austrália Mark Philippoussis
Suécia Jonas Björkman
Suécia Thomas Johansson
4–3(5–3), 4–2
principal
Feminino
Evento sem final ou campeãs. Aconteceram apenas alguns jogos avulsos
principal

Referências

  1. «2019 Australian Open - Schedule of Play» (em inglês). grandslamtennistours.com. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2019 
  2. «Djokovic vence Nadal e conquista o Aberto da Austrália pela sétima vez». esporte.uol.com.br. 27 de janeiro de 2019 
  3. «Osaka supera Kvitova, conquista o Aberto da Austrália e assume ponta do ranking». esporte.ig.com.br. 26 de janeiro de 2019 
  4. «Herbert e Mahut conquistam o Australian Open e fecham o Grand Slam». lance.com.br. 27 de janeiro de 2019 
  5. «Stosur e Zhang conquistam o título de duplas no Australian Open». tenisnews.com.br. 25 de janeiro de 2019 
  6. «Krejcikova/Ram freiam embalo de dupla da casa e conquistam Australian Open nas mistas». revistatenis.uol.com.br. 26 de janeiro de 2019 
  7. «Dunlop becomes official ball partner of the Australian Open» (em inglês). dunlopsports.com. 26 de agosto de 2018 
  8. «Hisense Arena renamed Melbourne Arena» (em inglês). smh.com.au. 21 de agosto de 2018 
  9. «Australian Open anuncia super tie-break no quinto e decisivo set». bolamarela.pt. Dezembro de 2018 
  10. «"Increased women's qualifying..."» (em inglês). twitter.com/ausopen. Cópia arquivada em 6 de junho de 2019 
  11. «Broadcast Partners» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2019 
  12. «2019 ATP Tour: Media Guide» (PDF) (em inglês). atptour.com. p. 178 (arquivo); 176 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 19 de janeiro de 2019 
  13. «WTA 2019 Media Guide» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. p. 142 (arquivo e digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 7 de janeiro de 2019 
  14. «Ranking Points» (em inglês). itftennis.com. Consultado em 19 de janeiro de 2019 
  15. «Wheelchair Tennis Ranking System» (PDF) (em inglês). itffennis.com. p. 5. Consultado em 19 de janeiro de 2019 
  16. «Record $62.5 million in prize money for Australian Open 2019» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2019 
  17. «Del Potro anuncia desistência do Australian Open». revistatenis.uol.com.br. 31 de dezembro de 2018 
  18. «Pubalgia impedirá Gasquet de jogar em Melbourne». tenisbrasil.uol.com.br. 27 de dezembro de 2018 
  19. «Match Schedule: Qualifying» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]