Saltar para o conteúdo

Andrea Petkovic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Andrea Petkovic
Petkovic em Roland Garros (2022)
Alcunha(s) Petkorazzi; Petko
País  Alemanha
Residência Darmstadt, Alemanha
Data de nascimento 9 de setembro de 1987 (36 anos)
Local de nasc. Tuzla, RSF Iugoslávia
Altura 1,80m
Treinador(a) Petar Popović (2022–2021, 2014–2010)
Profissionalização 2006
Aposentadoria 30/08/2022
Mão destra
Prize money US$ 8.829.248
Simples
Vitórias-Derrotas 518–366 (58,6%)
Títulos 7 WTA, 9 ITF
Melhor ranking 9ª (10/10/2011)
Roland Garros SF (2014)
Wimbledon 3R (2011, 2014, 2015)
US Open QF (2011)
Duplas
Vitórias-Derrotas 106–120 (46,9%)
Títulos 1 WTA, 3 ITF
Melhor ranking 46ª (14/07/2014)
Roland Garros 3R (2011, 2014)
Wimbledon SF (2014)
US Open 2R (2009, 2011, 2016, 2021)
Duplas Mistas
Wimbledon 3R (2011)
US Open 1R (2012)
Última atualização em: 15 de setembro de 2022.

Andrea Petkovic (nome nativo: Андреа Петковић; nascida em 9 de Setembro de 1987) é uma ex-tenista profissional alemã, nascida na Bósnia e Herzegovina, de pais sérvios. Conhecida também por fazer a "Petkodance" ao final de cada partida após suas vitórias. Atualmente mora em Griesheim, cidade próxima a Darmstadt, na Alemanha. Seu pai Zoran Petkovic era tenista e jogou por duas vezes a Copa Davis de Tênis pela Iugoslávia e mais tarde passou a treinar Andrea. Andrea obteve a cidadania Alemã em 2001, após residir no país por 8 anos.

Em 28 de agosto de 2022, Petkovic anunciou que se aposentadoria durante o US Open, talvez estendendo a um torneio de despedida na Europa depois, próxima de família e amigos.[1] Perdeu na 1º fase do Slam norte-americano para Belinda Bencic, em três sets.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tornou-se profissional em 2006. Possui 3 títulos da WTA e 9 ITF para simples e 3 títulos ITF em duplas.

Andrea participou de seu primeiro Grand Slam em 2007 no Aberto da França (Roland Garros), mas foi eliminada na segunda rodada pela tenista francesa Marion Bartoli por 2 sets a 0. Em julho deste mesmo ano, após conquistar mais um titulo ITF, seu quinto da carreira, Andrea alcançou o top 100 no ranking da WTA. Participou do U.S. Open, mas também foi eliminada na segunda rodada pela tenista tcheca, Lucie Šafářová.

Em janeiro de 2008, no Aberto da Austrália, Andrea tem uma ruptura no ligamento do joelho direito após apenas 2 minutos de partida a afastando das quadras por 8 meses. Após recuperação Andrea voltou as quadras e, em Novembro de 2008, leva mais um titulo da ITF em Istambul.

Em 2009 novamente não passou da segunda fase do Aberto da Austrália. Continuou atuando no circuito ITF até julho quando ganhou seu primeiro torneio da WTA em Bad Gastein derrotando Ioana Raluca Olaru em 2 sets a o com parciais de 6–2, 6–3. Ainda em Bad Gastein Andrea, com sua parceira Tatjana Malek, chegou a final do torneio de duplas. Após estas duas semanas atingiu sua melhor posição, até o momento, ocupando o 52º lugar do ranking da WTA. Ainda em 2009 Andrea consegue sua primeira vitória contra tenistas do top 10 derrotando Svetlana Kuznetsova na segunda rodada do Toray Pan Pacific Open, disputado em Tokyo.

Seu primeiro torneio em 2010 foi em Brisbane alcançando pela primeira vez o top 50 após perder na semi-final para a futura campeã Kim Clijsters. Depois de ser eliminada dos Grand Slams anteriores, Andrea alcança sua melhor posição ao chegar a quarta rodada do U.S. Open o que lhe garantiu a 32ª posição no ranking mundial.

Retornando a Brisbane em 2011 Andrea alcança as finais onde foi derrotada pela tenista Petra Kvitová em 2 sets. No Aberto da Austrália, depois avançar sobre contuntida Venus Williams, número 4 do ranking, na terceira rodada e derrotar a russa Maria Sharapova, nº 14 do ranking, na quarta rodada, supera seu melhor desempenho da carreira em Grand Slams chegando pela primeira vez as Quartas de Finais, mas acabou sendo derrotada pela chinesa Na Li, atual nº 9 do ranking, em 2 sets a 0 com parciais de 6-2 e 6-4. No Aberto dos Estados Unidos repete sua melhor performance em Grands Slams chegando as quartas de finais, onde foi eliminada pela dinamarquesa Caroline Wozniacki, atual nº 1 do ranking.

Finais[editar | editar código-fonte]

Circuito WTA[editar | editar código-fonte]

Simples: 13 (7 títulos, 6 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Torneio Categoria Adversária Resultado
Data Cidade/país Piso
Campeã (7–6)
8 ago 2021
Winners Open
Roménia Cluj-Napoca, Romênia
WTA 250
saibro
Egito Mayar Sherif 6–1, 6–1
Vice (6–6)
11 jul 2021
Hamburg European Open
Alemanha Hamburgo, Alemanha
WTA 250
saibro
Roménia Elena-Gabriela Ruse 66–7, 4–6
Campeã (6–5)
15 fev 2015
BNP Paribas Fortis Diamond Games
Bélgica Antuérpia, Bélgica
WTA Premier
duro (c)
Espanha Carla Suárez Navarro w.o.
Campeã (5–5)
2 nov 2014
Garanti Koza WTA Tournament of Champions
Bulgária Sófia, Bulgária
Fim de temporada
duro (c)
Itália Flavia Pennetta 1–6, 6–4, 6–3
Campeã (4–5)
13 jul 2014
Nürnberger Gastein Ladies
Áustria Bad Gastein, Áustria
WTA International
saibro
Estados Unidos Shelby Rogers 6–3, 6–3
Campeã (3–5)
6 abr 2014
Family Circle Cup
Estados Unidos Charleston, Estados Unidos
WTA Premier
saibro (verde)
Eslováquia Jana Čepelová 7–5, 6–2
Vice (2–5)
4 ago 2013
Citi Open
Estados Unidos Washington, Estados Unidos
WTA International
duro
Eslováquia Magdaléna Rybáriková 4–6, 26–7
Vice (2–4)
15 jun 2013
Nürnberger Versicherungscup
Alemanha Nuremberg, Alemanha
WTA International
saibro
Roménia Simona Halep 3–6, 3–6
Vice (2–3)
9 out 2011
China Open
China Pequim, China
WTA Premier Mandatory
duro
Polónia Agnieszka Radwańska 5–7, 6–0, 4–6
Campeã (2–2)
21 mai 2011
Internationaux de Strasbourg
França Estrasburgo, França
WTA International
saibro
França Marion Bartoli 6–4, 1–0, ab.
Vice (1–2)
8 jan 2011
Brisbane International
Austrália Brisbane, Austrália
WTA International
duro
Chéquia Petra Kvitová 1–6, 3–6
Vice (1–1)
19 jun 2010
Unicef Open
Países Baixos 's-Hertogenbosch, Países Baixos
WTA International
grama
Bélgica Justine Henin 6–3, 3–6, 4–6
Campeã (1–0)
26 jul 2009
Nürnberger Gastein Ladies
Áustria Bad Gastein, Áustria
WTA International
saibro
Roménia Ioana Raluca Olaru 6–2, 6–3

Duplas: 3 (1 título, 2 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Torneio Categoria Parceira Adversárias Resultado
Data Cidade/país Piso
Campeã (1–2)
Out 2021
Chicago Tennis Fall Classic
Estados Unidos Chicago, Estados Unidos
WTA 500
duro
Chéquia Květa Peschke Estados Unidos Caroline Dolehide
Estados Unidos Coco Vandeweghe
6–3, 6–1
Vice (0–2)
Jan 2016
Brisbane International
Austrália Brisbane, Austrália
WTA Premier
duro
Alemanha Angelique Kerber Suíça Martina Hingis
Índia Sania Mirza
5–7, 1–6
Vice (0–1)
Jul 2009
Nürnberger Gastein Ladies
Áustria Bad Gastein, Áustria
WTA International
saibro
Alemanha Tatjana Malek Chéquia Andrea Hlaváčková
Chéquia Lucie Hradecká
2–6, 4–6

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]