Simona Halep

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tenista Simona Halep
Simona Halep em 2021
Alcunha(s) Simo
País Roménia
Residência Constança, Romênia
Data de nascimento 27 de setembro de 1991 (32 anos)
Local de nasc. Constança, Romênia
Altura 1,68 m
Treinado por Patrick Mouratoglou (2022–)[1]
Profissionalização 2007
Mão Destra
Material Esportivo Lululemon Athletica
Asics (calçado)
Prize money US$ 40,203,437
Simples
Vitórias-Derrotas 579–238 (70,9%)
Títulos 24 WTA, 30 ITF[2]
Melhor ranking N° 1 (09 de outubro de 2017)
Ranking atual simples N° 26 (24 de abril de 2023)
Open da Austrália F (2018)
Roland Garros V (2018)
Wimbledon V (2019)
US Open SF (2015)
Tour Finals F (2014)
Jogos Olímpicos 1R (2012)
Duplas
Vitórias-Derrotas 67–71 (48,6%)
Títulos 1 WTA, 5 ITF[3]
Melhor ranking N° 71 (15 de maio de 2017)
Ranking atual duplas NR (24 de abril de 2023)
Open da Austrália 1R (2011, 2012, 2013, 2014, 2021, 2022)
Roland Garros 2R (2012)
Wimbledon 1R (2011, 2012, 2013, 2015)
US Open 2R (2011)
Torneios principais de duplas
Duplas Mistas
US Open QF (2015)
Medalhas
Copa Billie Jean King
BJK Cup SF (2019)
Última atualização em: 24 de abril de 2023[4].

Simona Halep (pronúncia romena: [siˈmona haˈlep];[5] nascida em 27 de setembro de 1991) é uma tenista profissional romena. Ela foi classificada como número 1 do mundo em simples duas vezes entre 2017 e 2019, por um total de 64 semanas,[6] ocupando o décimo primeiro lugar na história do ranking da Women's Tennis Association (WTA). Halep foi a número 1 no final do ano em 2017 e 2018.[6] Ela ganhou dois títulos de Grand Slam: o Aberto da França de 2018 e o Torneio de Wimbledon de 2019. De 27 de janeiro de 2014 a 8 de agosto de 2021, Halep foi classificado entre as 10 primeiras por 373 semanas consecutivas,[7] a oitava sequência mais longa da história do WTA. Durante esse período de sete anos, ela terminou todos os anos classificada como nº 4. Ela ganhou 24 títulos de simples do WTA Tour[4] e foi vice-campeã 18 vezes.

Campeã júnior do Aberto da França e ex-número 1 mundial júnior, Halep entrou pela primeira vez no top 50 do mundo no final de 2011, no top 20 em agosto de 2013 e no top 10 em janeiro de 2014.[8] Ela ganhou seus primeiros seis títulos WTA no mesmo ano civil em 2013, e foi a primeira a fazê-lo desde Steffi Graf em 1986. Isso a levou a ser nomeada a jogadora que mais evoluiu no ano pela WTA. Halep alcançou três finais importantes no Aberto da França de 2014, no Aberto da França de 2017 e no Australian Open de 2018 antes de ganhar seu primeiro título importante no Aberto da França de 2018 sobre Sloane Stephens. Halep também foi vice-campeã do WTA Finals de 2014 para Serena Williams, apesar de ter derrotado Williams na fase round-robin. Ela não derrotou Williams pela segunda vez até a final do Torneio de Wimbledon de 2019. Halep foi nomeada a jogadora mais popular do ano da WTA em 2014 e 2015, bem como a jogadora individual favorita dos fãs da WTA em 2017, 2018 e 2019. Ela recebeu a Cruz Patriarcal da Romênia e a Ordem da Estrela da Romênia e foi nomeada cidadã honorária de Bucareste. Ela é a terceira romena a chegar ao top 10 do ranking WTA depois de Virginia Ruzici e Irina Spîrlea, e a segunda mulher romena a ganhar um título importante de simples depois de Ruzici. Ela também é a primeira mulher romena a ser classificada como a número 1 do mundo e a primeira romena a ganhar um título de simples em Wimbledon. Halep é considerada uma das melhores devolvedoras de saque do WTA Tour, ao mesmo tempo em que constrói seu jogo em torno da "agressividade controlada" e é capaz de acertar "winners" em posições defensivas.

Em outubro de 2022, Halep foi suspensa provisoriamente por doping pela International Tennis Integrity Agency (ITIA) por ter sido detectado no fim de agosto que o material coletado no US Open estava contaminado com a substância proibida Roxadustat.[9] A tenista negou ter feito uso consciente da substância e afirmou que vai provar sua inocência.[10]

Início da vida e antecedentes[editar | editar código-fonte]

Simona Halep nasceu em 27 de setembro de 1991 em Constança, Romênia, filha de Stere e Tania Halep, descendentes de arromenos.[11][12] Ela tem um irmão Nicolae que é cinco anos e meio mais velho.[13] O pai de Halep jogou futebol nas divisões inferiores do ACS Săgeata Stejaru e trabalhou como técnico em zootecnia antes de se tornar proprietário de uma fábrica de laticínios.[14][15] Ele desenvolveu um interesse em apoiar os empreendimentos atléticos de seus filhos como consequência de se perguntar o quanto ele teria progredido como jogador de futebol se seus pais pudessem ter lhe dado mais apoio financeiro quando ele estava crescendo.[15] Quando Halep tinha quatro anos, ela começou a jogar tênis depois de assistir a um dos treinos de seu irmão. Embora seu irmão tenha parado de praticar o esporte depois de alguns anos, Halep começou a praticar duas vezes por semana com o técnico local Hugh Ghass até os seis anos, quando passou a praticar diariamente. Embora ela se concentrasse no tênis, ela também jogou futebol e handebol enquanto crescia.[11] Crescendo em Constanța, ela treinava rotineiramente nas praias e nas águas do mar Negro.[16] Quando adolescente, ela foi parcialmente patrocinada por Corneliu Idu, o proprietário do principal clube de tênis de Constanța.[17] Quando Halep tinha dezesseis anos, ela se mudou para longe de sua família para treinar em Bucareste.[12]

Carreira júnior[editar | editar código-fonte]

Halep é ex-número 1 júnior do mundo.[18] Ela começou a jogar no ITF Junior Circuit em 2005 aos 13 anos e terminou como vice-campeã de um torneio de nível inferior Grau 4,[a] o "Mamaia-Sen Junior ITF Tournament" na Romênia em seu segundo evento de carreira. No ano seguinte, Halep venceu todos os quatro eventos de simples da ITF em que participou, incluindo o torneio Mamaia-Sen, que foi reclassificado para Grau 3 de nível médio.[18] Ela também representou a Romênia na Junior Fed Cup naquele ano ao lado de Irina-Camelia Begu e Andreea Mitu. A equipe terminou em nono lugar.[18] Halep subiu para eventos de nível superior em 2007 e ganhou seu primeiro e único título de Grau 1 no Memorial Perin em Umag em abril. Ela também fez sua estreia no Grand Slam júnior naquele ano, perdendo na terceira rodada no Aberto da França, Wimbledon e no US Open.[18]

Halep melhorou seu desempenho no Grand Slam júnior em 2008, seu último ano na turnê júnior. Ela participou de apenas quatro eventos naquele ano. Na Austrália, ela foi vice-campeã para Arantxa Rus em Nottinghill e depois perdeu para a australiana Jessica Moore nas semifinais do Australian Open. Depois de se concentrar em torneios profissionais, Halep voltou ao circuito júnior em maio e ganhou seu primeiro título de Grau A no Trofeo Bonfiglio sem perder um set.[18] Ela então terminou sua carreira júnior ao ganhar seu único título júnior de Grand Slam no Aberto da França. Como a nona cabeça-de-chave, ela derrotou a quinta cabeça-de-chave Moore e a segunda cabeça-de-chave Rus a caminho de chegar à final sem perder um set. Halep derrotou a compatriota Elena Bogdan em três sets na final para se tornar a segunda garota romena a ganhar um título de simples júnior do Grand Slam depois que Mariana Simionescu venceu o Aberto da França de 1974.[19] Com o título, ela também se tornou a jogadora júnior nº 1 do ranking mundial.[18]

Finais[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (2–3)
WTA Finals (0–1)
WTA 1000 (9–9)
WTA 500 (3–2)
WTA 250 (9–3)
Finais por Piso
Duro (13–9)
Grama (2–0)
Saibro (9–9)
Carpete (0–0)

Grand Slams: 5 (2–3)[editar | editar código-fonte]

Status Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Campeã 2019 Wimbledon Grama Estados Unidos Serena Williams 6-2, 6-2
Campeã 2018 Roland Garros Saibro Estados Unidos Sloane Stephens 3-6, 6-4, 6-1
Vice 2018 Australian Open Duro Dinamarca Caroline Wozniacki 6-7(2-7), 6-3, 4-6
Vice 2017 Roland Garros Saibro Letónia Jeļena Ostapenko 6-4, 4-6, 3-6
Vice 2014 Roland Garros Saibro Rússia Maria Sharapova 4–6, 7–6(7–5), 4–6

WTA Finals: 1 (1 vice)[editar | editar código-fonte]

Status Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Vice 2014 Singapura Duro (i) Estados Unidos Serena Williams 3–6, 0–6

WTA 1000[editar | editar código-fonte]

Simples: 18 (9 títulos, 9 vices)[editar | editar código-fonte]

Status Ano Campeonato Piso Oponente Placar
Campeã 2014 Qatar Open Duro Alemanha Angelique Kerber 6–2, 6–3
Vice 2014 Madrid Open Saibro Rússia Maria Sharapova 6–1, 2–6, 3–6
Campeã 2015 Dubai Tennis Championships Duro Chéquia Karolína Plíšková 6–4, 7–6(7–4)
Campeã 2015 Indian Wells Masters Duro Sérvia Jelena Janković 2–6, 7–5, 6–4
Vice 2015 Canadian Open Duro Suíça Belinda Bencic 6–7(5–7), 7–6(7–4), 0–3 (ret.)
Vice 2015 Cincinnati Open Duro Estados Unidos Serena Williams 3–6, 6–7(5–7)
Campeã 2016 Madrid Open Saibro Sérvia Dominika Cibulková 6-2,6-4
Campeã 2016 Canada Open Duro Estados Unidos Madison Keys 7-6(7/2), 6-3
Campeã 2017 Madrid Open Saibro França Kristina Mladenovic 7-5, 6-7, 6-2
Vice 2017 Italian Open Saibro Ucrânia Elina Svitolina 6–4, 5–7, 1–6
Vice 2017 Cincinnati Open Hard Espanha Garbiñe Muguruza 1–6, 0–6
Vice 2017 China Open Duro França Caroline Garcia 4–6, 6–7(3–7)
Vice 2018 Italian Open Saibro Ucrânia Elina Svitolina 0–6, 4–6
Campeã 2018 Canadian Open (2) Duro Estados Unidos Sloane Stephens 7–6(8–6), 3–6, 6–4
Vice 2018 Cincinnati Open Duro Países Baixos Kiki Bertens 6–2, 6–7(6–8), 2–6
Vice 2019 Madrid Open Saibro Países Baixos Kiki Bertens 4–6, 4–6
Campeã 2020 Italian Open Saibro Chéquia Karolína Plíšková 6–0, 2–1 (ret.)
Campeã 2022 Canadian Open (3) Duro Brasil Beatriz Haddad Maia 6–3, 2–6, 6–3

Duplas[editar | editar código-fonte]

Status Ano Campeonato Piso Parceira Oponente Placar
Vice 2016 Canadian Open Duro Roménia Monica Niculescu Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
3–6, 6–7(5–7)

Notas

  1. Os torneios juniores de nível superior têm números de grau mais baixos, do Grau 5 ao Grau 1. O Grau A é o mais alto e o único nível acima do Grau 1.

Referências

  1. «Team Simo» (em inglês). simonahalep.com. Consultado em 25 de abril de 2023 
  2. «Simona Halep Women's Singles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 25 de abril de 2023 
  3. «Simona Halep Women's Doubles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 25 de abril de 2023 
  4. a b «Simona Halep - Overview» (em inglês). WTA. 24 de abril de 2023. Consultado em 25 de abril de 2023 
  5. «Simona a explicat cum se pronunta correct numele ei de familie» [Simona explicou como pronunciar seu sobrenome corretamente]. Sport.ro (em romeno). Consultado em 8 de maio de 2016. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2015 
  6. a b «WTA TENNIS RANKINGS HISTORY - The No. 1 Players» (em inglês). tennis-x.com. Consultado em 25 de abril de 2023 
  7. John Berkok (15 de agosto de 2022). «Ranking Reaction: Simona Halep is back up to No. 6, kicking off 374th career week in Top 10» (em inglês). tennis.com. Consultado em 25 de abril de 2023 
  8. «Simona Halep - Rankings History» (em inglês). WTA. 24 de abril de 2023. Consultado em 25 de abril de 2023 
  9. Redação do ge (21 de outubro de 2022). «Simona Halep, ex-número 1 do tênis, é suspensa por doping». ge.globo.com. Consultado em 25 de abril de 2023 
  10. Simona Halep [@@Simona_Halep] (21 de outubro de 2022). «Hoje começa o jogo mais difícil da minha vida...» (Tweet) – via Twitter 
  11. a b Cristina, Melnic (17 de fevereiro de 2014). «Simona Halep: aromânca de care este mândră România întreagă» [Simona Halep: a arromena que a Romênia se orgulha]. Femei din sport. Consultado em 3 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 23 de maio de 2014 
  12. a b Thomas, Louisa (29 de maio de 2019). «The Particular Drama of Simona Halep». The New Yorker. Consultado em 3 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2019 
  13. Bocai, Marian (12 de setembro de 2014). «Cumnata Simonei Halep este fata lui Iorghi Nicolae, de la formaţia Kavalla» [A cunhada de Simona Halep é filha de Iorghi Nicolae, da banda Kavalla]. Ziua de Constanța. Consultado em 3 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 3 de agosto de 2019 
  14. «Getting to Know... Simona Halep». WTA Tennis. 2 de maio de 2010. Consultado em 5 de maio de 2010. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2010 
  15. a b «Părinţii Simonei Halep se împrumută la bănci pentru ca ea să facă performanţă» [Pais de Simone Halep estão pegando empréstimos em bancos para ela se preparar]. Adevărul (em romeno). 8 de março de 2010. Consultado em 4 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 10 de novembro de 2013 
  16. «"We're just like a little family" Simona Halep insiders view on her success». Tennishead.net. 27 de novembro de 2019. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  17. Newman, Paul. «Simona Halep enjoys rapid rise up the rankings». Independent. Consultado em 3 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 13 de julho de 2019 
  18. a b c d e f «Simona Halep». ITF World Tennis Tour. Consultado em 27 de julho de 2019. Cópia arquivada em 21 de junho de 2017 
  19. «10 ani de la victoria junioarei Simona Halep la Roland Garros. Cum arată Elena Bogdan, învinsa din finală» [10 anos desde a vitória da junior Simona Halep em Roland Garros. Como é Elena Bogdan, a perdedora da final]. Libertatia. 8 de junho de 2018. Consultado em 27 de julho de 2019. Cópia arquivada em 27 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Simona Halep