US Open de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
US Open de 2021
Detalhes
Data 30 de agosto a 12 de setembro
Edição 141ª
Local USTA Billie Jean King National Tennis Center
Estados Unidos Nova York, Estados Unidos
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
United States Tennis Association (USTA)
Direção Stacey Allaster
Categoria Grand Slam
Piso duro (Laykold)
Premiação total US$ 57.462.000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Rússia Daniil Medvedev
Simples feminino Reino Unido Emma Raducanu
Duplas masculinas Estados Unidos Rajeev Ram
Reino Unido Joe Salisbury
Duplas femininas Austrália Samantha Stosur
China Zhang Shuai
Duplas mistas Estados Unidos Desirae Krawczyk
Reino Unido Joe Salisbury
Juvenis
Simples masculino Espanha Daniel Rincón
Simples feminino Estados Unidos Robin Montgomery
Duplas masculinas França Max Westphal
Hong Kong Coleman Wong
Duplas femininas Estados Unidos Ashlyn Krueger
Estados Unidos Robin Montgomery
Cadeirantes
Simples masculino Japão Shingo Kunieda
Simples feminino Países Baixos Diede de Groot
Simples tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Duplas masculinas Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
Edições
US Open
2020
2022
Grand Slam

O US Open de 2021 foi um torneio de tênis disputado nas quadras duras do USTA Billie Jean King National Tennis Center, no Flushing Meadows-Corona Park, no distrito do Queens, em Nova York, nos Estados Unidos, entre 30 de agosto e 12 de setembro.[1] Foi a 54ª edição da era aberta e a 141ª de todos os tempos.

Na busca pelo raro Calendar Grand Slam (ou Verdadeiro Grand Slam) e assumir a liderança de maior vencedor de torneios desse tipo, Novak Djokovic teve as expectativas frustradas ao ser derrotado por Daniil Medvedev na final em sets diretos. É o primeiro major do jogador russo.[2] Entre as mulheres, uma surpresa maior: a britânica de 18 anos Emma Raducanu venceu dez jogos em Nova York para conquistar o primeiro Slam, sobre a também jovem Leylah Fernandez. Ela é a primeira tenista da história vinda do qualificatório a levantar o caneco do principal tipo de evento tenístico.[3]

Nas duplas, Joe Salisbury levantou a taça nas duas chaves que disputou: com Rajeev Ram nas masculinas[4] e Desirae Krawczyk nas mistas. Krawczyk foi quase dominante nas mistas em 2021, sendo este o terceiro Slam seguido dela.[5] Uma sequência menor, mas também existosa foi de Samantha Stosur e Zhang Shuai. Depois do triunfo, há duas semanas, no WTA de Cincinnati, a dupla superou Cori Gauff e Catherine McNally na final de Nova York.[6]

Se Djokovic teve a chance e não conseguiu capturar uma sequência de títulos importantes na temporada e fazer História, o mesmo não aconteceu entre os cadeirantes. Com finalmente a categoria tendo os quatro Slam à disposição, mais a Paralimpíada no mesmo ano (antigamente, o US Open não ocorria em detrimento dessa), quatro atletas foram contemplados. Em simples feminino e tetraplégico, Diede de Groot e Dylan Alcott completaram o singular Golden Slam (os quatro Slam, mais a medalha de ouro).[7] Nas duplas masculinas, Alfie Hewett e Gordon Reid foram mais modestos, e levaram o Calendar Grand Slam.[8]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[9]

Pontuação e premiação[editar | editar código-fonte]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

ATP[11] e WTA[12] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[13] e cadeirantes.[14]

Considerado torneio amistoso, o de duplas mistas não gera pontos.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações).

Profissional[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

Premiação[editar | editar código-fonte]

A premiação geral aumentou 8% em relação a 2020. Os títulos de simples tiveram um decréscimo de US$ 500.000 cada.

O US Open possui o mesmo número de participantes - 128 - nas chaves do qualificatório masculino e feminino, igual ao Australian Open e ao Torneio de Wimbledon, que estrearam essa configuração em 2019. Os valores para duplas são por par. Diferentemente da pontuação, não há recompensa aos vencedores do qualificatório.

Não houve enveto para convidados. Os juvenis não são pagos.[15][16][nota 2]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16 32 64
Simples (2) US$ 2.500.000 US$ 1.250.000 US$ 675.000 US$ 425.000 US$ 265.000 US$ 180.000 US$ 115.000 US$ 75.000 US$ 53.120 US$ 29.880 US$ 18.260
Duplas (2) US$ 660.000 US$ 330.000 US$ 164.000 US$ 93.000 US$ 54.000 US$ 34.000 US$ 20.000
Duplas mistas US$ 160.000 US$ 78.000 US$ 40.000 US$ 22.000 US$ 13.400 US$ 7.800

Total dos eventos acima: US$ 53.759.440

Outros eventos: US$ 600.000

Per diem (estimado): US$ 3.102.560[nota 3]

Total da premiação: US$ 57.462.000

Cabeças de chave[editar | editar código-fonte]

Cabeças baseados(as) nos rankings de 23 de agosto de 2021. Os rankings e pontos são de 30 de agosto de 2021.[17][18]

Em Pontos a defender, trata-se do melhor resultado do jogador na edição de 2019 ou 2020.

A colocação individual nos rankings de duplas masculinas e femininas ajudam a definir os cabeças de chaves nestas categorias e também na de mistas.

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminado
na
Eliminado por
1 1 Sérvia Novak Djokovic 11.113 180 1.200 12.133 F Rússia Daniil Medvedev [2]
2 2 Rússia Daniil Medvedev 9.980 1.200 2.000 10.480 Campeão
3 3 Grécia Stefanos Tsitsipas 8.350 (150)† 90 8.290 3ª fase Espanha Carlos Alcaraz
4 4 Alemanha Alexander Zverev 8.240 1.200 720 7.760 SF Sérvia Novak Djokovic [1]
5 7 Rússia Andrey Rublev 6.400 360 90 6.130 3ª fase Estados Unidos Frances Tiafoe
6 8 Itália Matteo Berrettini 5.533 720 360 5.173 QF Sérvia Novak Djokovic [1]
7 10 Canadá Denis Shapovalov 3.580 360 90 3.310 3ª fase África do Sul Lloyd Harris
8 11 Noruega Casper Ruud 3.455 90 45 3.265 2ª fase Países Baixos Botic van de Zandschulp [Q]
9 12 Espanha Pablo Carreño Busta 3.325 720 10 2.615 1ª fase Estados Unidos Maxime Cressy [Q]
10 13 Polónia Hubert Hurkacz 3.128 45 45 3.128 2ª fase Itália Andreas Seppi
11 14 Argentina Diego Schwartzman 2.980 360 180 2.800 4ª fase Países Baixos Botic van de Zandschulp [Q]
12 15 Canadá Félix Auger-Aliassime 2.828 180 720 3.368 SF Rússia Daniil Medvedev [2]
13 16 Itália Jannik Sinner 2.750 35 180 2.895 4º fase Alemanha Alexander Zverev [4]
14 17 Austrália Alex de Minaur 2.555 360 10 2.205 1ª fase Estados Unidos Taylor Fritz
15 18 Bulgária Grigor Dimitrov 2.511 720 45 1.836 2ª fase, ab. Austrália Alexei Popyrin
16 19 Chile Cristian Garín 2.510 45 45 2.510 2ª fase Suíça Henri Laaksonen [Q]
17 20 França Gaël Monfils 2.503 360 90 2.233 3ª fase Itália Jannik Sinner [13]
18 21 Espanha Roberto Bautista Agut 2.405 90 90 2.405 3ª fase Canadá Félix Auger-Aliassime [12]
19 22 Estados Unidos John Isner 2.238 90 10 2.158 1ª fase Estados Unidos Brandon Nakashima [WC]
20 23 Itália Lorenzo Sonego 2.227 45+125‡ 10+20 2.087 1ª fase Alemanha Oscar Otte [Q]
21 25 Rússia Aslan Karatsev 2.109 (125)§ 90 2.074 3ª fase Estados Unidos Jenson Brooksby [WC]
22 24 Estados Unidos Reilly Opelka 2.206 45 180 2.341 4ª fase África do Sul Lloyd Harris
23 26 França Ugo Humbert 2.090 45+90‡ 10+45 2.010 1ª fase Alemanha Peter Gojowczyk [Q]
24 27 Reino Unido Daniel Evans 2.074 90 180 2.164 4ª fase Rússia Daniil Medvedev [2]
25 28 Rússia Karen Khachanov 2.010 90 10 1.930 1ª fase África do Sul Lloyd Harris
26 29 Reino Unido Cameron Norrie 1.975 45 10 1.940 1ª fase Espanha Carlos Alcaraz
27 30 Bélgica David Goffin 1.933 180 10 1.763 1ª fase Estados Unidos Mackenzie McDonald
28 31 Itália Fabio Fognini 1.734 10 10 1.734 1ª fase Canadá Vasek Pospisil
29 32 Espanha Alejandro Davidovich Fokina 1.723 180+194‡ 10+60 1.419 1ª fase Argentina Marco Trungelliti [Q]
30 36 Croácia Marin Čilić 1.650 90 10 1.570 1ª fase, ab. Alemanha Philipp Kohlschreiber [PR]
31 37 Cazaquistão Alexander Bublik 1.633 90 45 1.588 2ª fase Estados Unidos Jack Sock [WC]
32 38 Sérvia Filip Krajinović 1.589 90 10 1.509 1ª fase Argentina Guido Pella

† Como a edição de 2020 não foi obrigatória, o jogador está defendendo, no lugar, 150 pontos do 19º melhor resultado em vez de 90 pontos do US Open passado.

‡ O jogador também defende a pontuação de um ou mais torneios do circuito ATP Challenger de 2019. Esses pontos foram congelados em 2020 como resultado de ajustes relacionados à pandmeia no sistema de classificação.

§ O jogador não se classificou para o torneio em 2019 ou 2020, e está defendendo pontos de um ATP Challenger (Ostrava) no lugar.

Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
5 Espanha Rafael Nadal 7.815 2.000 5.815 Lesão no pé esquerdo[19]
6 Áustria Dominic Thiem 6.995 2.000 4.995 Lesão no punho direito[20]
9 Suíça Roger Federer 4.125 360 3.765 Cirurgia no joelho direito[21]
33 Suíça Stan Wawrinka 1.715 360 1.355 Lesão no pé esquerdo[22]
34 Canadá Milos Raonic 1.694 45 1.649 Lesão na perna direita[23]
35 Croácia Borna Ćorić 1.674 360 1.314 Lesão no ombro direito[24]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminada
na
Eliminada por
1 1 Austrália Ashleigh Barty 10.185 240 130 10.075 3ª fase Estados Unidos Shelby Rogers
2 2 Bielorrússia Aryna Sabalenka 7.010 70 780 7.720 SF Canadá Leylah Fernandez
3 3 Japão Naomi Osaka 6.666 2.000 130 4.796 3ª fase Canadá Leylah Fernandez
4 4 Chéquia Karolína Plíšková 5.530 240+470 430+65 5.315 QF Grécia Maria Sakkari [17]
5 5 Ucrânia Elina Svitolina 5.210 780 430 4.860 QF Canadá Leylah Fernandez
6 7 Canadá Bianca Andreescu 4.537 2.000 240 2.777 4ª fase Grécia Maria Sakkari [17]
7 8 Polónia Iga Świątek 4.461 130 240 4.571 4ª fase Suíça Belinda Bencic [11]
8 9 Chéquia Barbora Krejčíková 4.237 (35)† 430 4.668 QF Bielorrússia Aryna Sabalenka [2]
9 10 Espanha Garbiñe Muguruza 4.210 70 240 4.380 4ª fase Chéquia Barbora Krejčíková [8]
10 11 Chéquia Petra Kvitová 4.170 240 130 4.060 3ª fase Grécia Maria Sakkari [17]
11 12 Suíça Belinda Bencic 4.170 780 430 3.820 QF Reino Unido Emma Raducanu [Q]
12 13 Roménia Simona Halep 3.881 70 240 4.051 4ª fase Ucrânia Elina Svitolina [5]
14 15 Rússia Anastasia Pavlyuchenkova 3.420 70 240 3.590 4ª fase Chéquia Karolína Plíšková [4]
15 16 Bélgica Elise Mertens 3.330 430 240 3.140 4ª fase Bielorrússia Aryna Sabalenka [2]
16 17 Alemanha Angelique Kerber 3.245 240 240 3.245 4ª fase Canadá Leylah Fernandez
17 18 Grécia Maria Sakkari 3.210 240 780 3.750 SF Reino Unido Emma Raducanu [Q]
18 19 Bielorrússia Victoria Azarenka 3.160 1.300 130 1.990 3ª fase Espanha Garbiñe Muguruza [9]
19 20 Cazaquistão Elena Rybakina 3.083 70+180 130+105 3.068 3ª fase Roménia Simona Halep [12]
20 21 Tunísia Ons Jabeur 2.975 130 130 2.975 3ª fase Bélgica Elise Mertens [15]
21 23 Estados Unidos Cori Gauff 2.875 130 70 2.815 2ª fase Estados Unidos Sloane Stephens
22 24 Chéquia Karolína Muchová 2.862 240 10 2.632 1ª fase Espanha Sara Sorribes Tormo
23 25 Estados Unidos Jessica Pegula 2.425 130 130 2.425 3ª fase Suíça Belinda Bencic [11]
24 26 Espanha Paula Badosa 2.343 30+110 70+30 2.303 2ª fase Rússia Varvara Gracheva
25 27 Rússia Daria Kasatkina 2.340 10 130 2.460 3ª fase Ucrânia Elina Svitolina [5]
26 29 Estados Unidos Danielle Collins 2.270 70 130 2.330 3ª fase Bielorrússia Aryna Sabalenka [2]
28 28 Estónia Anett Kontaveit 2.315 240 130 2.205 3ª fase Polónia Iga Świątek [7]
29 31 Rússia Veronika Kudermetova 2.040 10+110 10+100 2.030 1ª fase Roménia Sorana Cîrstea
30 32 Croácia Petra Martić 2.005 240+305 70+55 1.585 2ª fase Croácia Ajla Tomljanović
31 33 Cazaquistão Yulia Putintseva 1.910 430 10 1.490 1ª fase Estónia Kaia Kanepi
32 34 Rússia Ekaterina Alexandrova 1.866 70 70 1.866 2ª fase Rússia Kamilla Rakhimova [LL]

† A jogadora não se classificou para o torneio em 2019 ou 2020. No lugar, os pontos de seu 16º melhor resultado no período são deduzidos.

Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
6 Estados Unidos Sofia Kenin 5.030 240+100 4.691 Diagnosticada com COVID-19[25]
14 Estados Unidos Jennifer Brady 3.489 780+29 2.695 Lesão no joelho[26][nota 4]
22 Estados Unidos Serena Williams 2.891 1.300 1.591 Lesão na coxa direita[27]
30 Letónia Jeļena Ostapenko 2.170 130 2.040 Razão médica não definida[28][nota 5]

Duplas[editar | editar código-fonte]

Mistas[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Equipe
1 24 Estados Unidos Nicole Melichar-Martinez Croácia Ivan Dodig
2 25 Estados Unidos Desirae Krawczyk Reino Unido Joe Salisbury
3 33 Chile Alexa Guarachi Reino Unido Neal Skupski
4 37 Brasil Luisa Stefani Brasil Marcelo Melo
5 37 Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands Reino Unido Jamie Murray
6 39 Japão Ena Shibahara Japão Ben McLachlan
7 41 Taipé Chinesa Chan Hao-ching Nova Zelândia Michael Venus
8 45 Países Baixos Demi Schuurs Bélgica Sander Gillé

Convidados à chave principal[editar | editar código-fonte]

Os jogadores a seguir receberam convite para disputar diretamente a chave principal, baseados em seleção interna ou desempenhos recentes.

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Duplas[editar | editar código-fonte]

Masculinas Femininas Mistas

Qualificados à chave principal[editar | editar código-fonte]

O qualificatório aconteceu no USTA Billie Jean King National Tennis Center entre 24 de 27 de agosto de 2021.[1]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino
  1. Estados Unidos Maxime Cressy
  2. Rússia Evgeny Donskoy
  3. Estados Unidos Christopher Eubanks
  4. Alemanha Peter Gojowczyk
  5. França Quentin Halys
  6. França Antoine Hoang
  7. Turquia Cem İlkel
  8. Croácia Ivo Karlović
  9. Suíça Henri Laaksonen
  10. Polónia Kamil Majchrzak
  11. Alemanha Maximilian Marterer
  12. Eslováquia Alex Molčan
  13. Alemanha Oscar Otte
  14. Dinamarca Holger Rune
  15. Argentina Marco Trungelliti
  16. Países Baixos Botic van de Zandschulp
  1. Reino Unido Katie Boulter
  2. Espanha Cristina Bucșa
  3. Sérvia Olga Danilović
  4. Reino Unido Harriet Dart
  5. Hungria Dalma Gálfi
  6. Grécia Valentini Grammatikopoulou
  7. Croácia Ana Konjuh
  8. Estados Unidos Jamie Loeb
  9. Canadá Rebecca Marino
  10. Espanha Rebeka Masarova
  11. Espanha Nuria Párrizas Díaz
  12. Chéquia Kristýna Plíšková
  13. Reino Unido Emma Raducanu
  14. Roménia Elena-Gabriela Ruse
  15. Eslováquia Anna Karolína Schmiedlová
  16. Austrália Astra Sharma

Lucky losers

  1. Cazaquistão Mikhail Kukushkin
  2. Japão Yūichi Sugita
  3. Espanha Bernabé Zapata Miralles
  1. Eslováquia Kristína Kučová
  2. Bélgica Greet Minnen
  3. Rússia Kamilla Rakhimova
  4. Egito Mayar Sherif
  5. Bulgária Viktoriya Tomova
  6. Suíça Stefanie Vögele

Dia a dia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: US Open de 2021 - Dia a dia

Eliminações em simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Rússia Daniil Medvedev Sérvia Novak Djokovic 6–4, 6–4, 6–4
principal
qualificatório
Feminino Reino Unido Emma Raducanu Canadá Leylah Fernandez 6–4, 6–3
principal
qualificatório
Duplas Masculino Estados Unidos Rajeev Ram
Reino Unido Joe Salisbury
Reino Unido Jamie Murray
Brasil Bruno Soares
3–6, 6–2, 6–2
principal
Feminino Austrália Samantha Stosur
China Zhang Shuai
Estados Unidos Cori Gauff
Estados Unidos Catherine McNally
6–3, 3–6, 6–3
principal
Misto Estados Unidos Desirae Krawczyk
Reino Unido Joe Salisbury
México Giuliana Olmos
El Salvador Marcelo Arévalo
7–5, 6–2
principal

Juvenil[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Espanha Daniel Rincón China Shang Juncheng 6–2, 7–66
principal
qualificatório
Feminino Estados Unidos Robin Montgomery Bielorrússia Kristina Dmitruk 6–2, 6–4
principal
qualificatório
Duplas Masculino França Max Westphal
Hong Kong Coleman Wong
Ucrânia Viacheslav Bielinskyi
Bulgária Petr Nesterov
6–3, 5–7, [10–1]
principal
Feminino Estados Unidos Ashlyn Krueger
Estados Unidos Robin Montgomery
Estados Unidos Reese Brantmeier
Estados Unidos Elvina Kalieva
5–7, 6–3, [10–4]
principal

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Simples Masculino Japão Shingo Kunieda Reino Unido Alfie Hewett 6–1, 6–4
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot Japão Yui Kamiji 6–3, 6–2
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott Países Baixos Niels Vink 7–5, 6–2
principal
Duplas Masculino Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Argentina Gustavo Fernández
Japão Shingo Kunieda
6–2, 6–1
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Japão Yui Kamiji
Reino Unido Jordanne Whiley
6–1, 6–2
principal
Tetraplégico Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
Austrália Dylan Alcott
Austrália Heath Davidson
6–3, 6–2
principal

Notas

  1. Não inclui a Argélia.
  2. Não foi informada a premiação das fases do qualificatório no primeiro link. Na notícia do segundo, há a afirmação de que houve um aumento de 66% nessas rodadas (Q3, Q2 e Q1) em relação a 2019, já que 2020 não teve. Restou, portanto, fazer o cálculo manual dos 66%.
  3. Houve uma diferença de US$ 2.560 não contabilizada pelo site oficial, que acrescentei ao per diem, oficialmente informado de US$ 3.100.000, para o total geral coincidisse.
  4. Anunciou desistência depois que a chave tinha sido sorteada. Era a cabeça 13.
  5. Anunciou desistência depois que a chave tinha sido sorteada. Era a cabeça 27.

Referências

  1. a b «2021 Tournament Schedule» (em inglês). usopen.org. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2021 
  2. «Medvedev conquista o US Open e adia sonho de Djoko». tenisbrasil.com.br. 12 de setembro de 2021 
  3. «Raducanu fecha US Open dos sonhos com o 1º Slam». tenisbrasil.com.br. 11 de setembro de 2021 
  4. «Bruno Soares e Murray levam virada, e Ram e Salisbury vencem US Open». globo.com. 10 de setembro de 2021 
  5. «Krawczyk/Salisbury Capture US Open Mixed Doubles Title» (em inglês). atptour.com. 11 de setembro de 2021 
  6. «Stosur e Zhang vencem 11ª seguida e conquistam NY». tenisbrasil.com.br. 12 de setembro de 2021 
  7. «Alcott e De Groot conquistam o raro Golden Slam». tenisbrasil.com.br. 12 de setembro de 2021 
  8. «Cadeirantes: Hewett e Reid completam o Grand Slam». tenisbrasil.com.br. 11 de setembro de 2021 
  9. «International TV Schedule» (em inglês). usopen.org. Cópia arquivada em 1º de setembro de 2021 
  10. «Quando é o US Open 2021? Confira a data e onde assistir ao vivo». dci.com.br. Cópia arquivada em 1º de setembro de 2021 
  11. «2021 ATP Media Guide» (pdf) (em inglês). atptour.com. p. 54 (arquivo); 105 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  12. «WTA Tour: 2021 Media Guide - All-Time Rankings & Statistics (2021 WTA Ranking System)» (pdf) (em inglês). wtatennis.com. p. 152 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  13. «2021 ITF World Tennis Tour Juniors Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 19 (arquivo); 13 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  14. «2021 Wheelchair Tennis Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 67 (arquivo); 64 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  15. «2021 US Open Prize Money» (em inglês). usopen.org. Cópia arquivada em 15 de agosto de 2021 
  16. «2021 US Open offers record prize money, $57.5 million in total player compensation» (em inglês). usopen.org. Cópia arquivada em 24 de agosto de 2021 
  17. «2021 US Open ATP Entry List Including Djokovic, Medvedev, Tsitsipas and Zverev» (em inglês). tennisuptodate.com. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2021 
  18. «2021 US Open WTA Entry List Including Barty, Osaka and Andreescu» (em inglês). tennisuptodate.com. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2021 
  19. «Rafael Nadal encerra a temporada por problemas no pé». gazetaesportiva.com.br. 20 de agosto de 2021 
  20. «Atual campeão, Dominic Thiem desiste do US Open e não joga mais em 2021». superesportes.com.br. 18 de agosto de 2021 
  21. «Federer anuncia nova cirurgia no joelho e desiste de US Open». terra.com.br. 15 de agosto de 2021 
  22. «Wawrinka desiste do US Open, e Murray herda vaga na chave principal». globo.com. 9 de agosto de 2021 
  23. «Raonic é mais uma baixa no US Open». tenisnews.com.br. 26 de agosto de 2021 
  24. «Coric forfait pour l'US Open» (em francês). sports.fr. 16 de agosto de 2021 
  25. «Kenin é diagnosticada com Covid e não joga o US Open». tenisbrasil.com.br. 25 de agosto de 2021 
  26. «American Jennifer Brady, Australian Open finalist, withdraws from US Open with injury» (em inglês). espn.com. 30 de agosto de 2021 
  27. «Lesão na coxa direita tira Serena do US Open». tenisbrasil.com.br. 25 de agosto de 2021 
  28. «Jelena Ostapenko se baja a última hora del US Open 2021» (em espanhol). puntodebreak.com. 30 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]