Naomi Osaka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tenista Naomi Osaka
大坂 なおみ
Osaka WMQ15 (6) (19957109051).jpg
Naomi Osaka
País Japão
Residência Beverly Hills, Estados Unidos
Data de nascimento 16 de outubro de 1997 (23 anos)
Local de nasc. Osaka, Japão
Altura 1,80 m
Treinado por Wim Fissette (presente–2020)
Profissionalização 09/2013
Mão destra (backhand de duas mãos)
Prize money US$ 14.770.234
Simples
Vitórias-Derrotas 233–133
Títulos 6
Melhor ranking 1ª (28/01/2019)
Open da Austrália V (2019)
Roland Garros 3R (2016, 2018, 2019)
Wimbledon 3R (2017, 2018)
US Open V (2018, 2020)
WTA Championships RR (2018, 2019)
Duplas
Vitórias-Derrotas 2–14
Melhor ranking 324ª (03/04/2017)
Open da Austrália 1R (2017)
Roland Garros 2R (2016)
Wimbledon 1R (2017)
US Open 1R (2016)
Última atualização em: 12 de setembro de 2020.

Naomi Osaka (Osaka, 16 de outubro de 1997) é uma tenista profissional japonesa[1]

Em 2018, Naomi tornou-se a primeira japonesa a ganhar um torneio Grand Slam de simples, ao derrotar a americana Serena Williams na final do US Open daquele ano.[2] A 28 de Janeiro de 2019, após vencer o Australian Open, tornou-se a primeira asiática a chegar a número 1 mundial do ranking da WTA.[3]

Nascida no Japão, filha de pai haitiano e mãe japonesa, Osaka vive e estuda nos Estados Unidos desde os três anos de idade. Ela ganhou destaque aos dezesseis anos, quando derrotou a ex-campeã do US Open Samantha Stosur em sua estreia no WTA Tour no Stanford Classic 2014. Dois anos depois, ela alcançou sua primeira final WTA no Pan Pacific Open 2016 no Japão para entrar no top 50 do ranking WTA. Osaka fez sua descoberta no escalão superior do tênis feminino em 2018, quando ganhou seu primeiro título WTA no Indian Wells Open. No final do ano, ela derrotou Serena Williams, 23 vezes campeã de singles do Grand Slam, na final do US Open, tornando-se a primeira jogadora japonesa a ganhar um título de Grand Slam de simples.

Com seu status de várias vezes campeã de singles do Grand Slam, sua origem multiétnica e sua personalidade sincera, Osaka é uma das atletas mais vendáveis do mundo. Ela foi a atleta feminina com maior ganho de todos os tempos por renda anual em 2020, e ficou em 29º lugar entre todos os atletas. Na quadra, Osaka tem um estilo de jogo agressivo com um saque poderoso que pode chegar a 125 milhas por hora (200 km/h).

Finais[editar | editar código-fonte]

Circuito WTA[editar | editar código-fonte]

Categoria S D DM
Grand Slam 3–0 0–0 0–0
Fim de temporada 0–0 0–0
Jogos Olímpicos 0–0 0–0 0–0
Premier Mandatory 2–0 0–0
Premier 5 0–1 0–0
Premier 1–2 0–0
International 0–0 0–0
Piso S D DM
duro 6–3 0–0 0–0
saibro 0–0 0–0 0–0
grama 0–0 0–0 0–0
carpete 0–0 0–0

Simples: 10 (6 títulos, 3 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Torneio Cidade/país Categoria Piso Adversária Resultado
Venceu 6–3 12 de setembro 2020 US Open Nova York, Estados Unidos Grand Slam duro Bielorrússia Victoria Azarenka 1–6, 6–3, 6–3
Perdeu 5–3 29 de agosto de 2020 Western & Southern Open Nova York, Estados Unidos Premier 5 duro Bielorrússia Victoria Azarenka w.o.
Venceu 5–2 6 outubro de 2019 China Open Pequim, China Premier Mandatory duro Austrália Ashleigh Barty 3–6, 6–3, 6–2
Venceu 4–2 22 setembro de 2019 Toray Pan Pacific Open Osaka, Japão Premier duro Rússia Anastasia Pavlyuchenkova 6–2, 6–3
Venceu 3–2 26 janeiro de 2019 Australian Open Melbourne, Austrália Grand Slam duro Chéquia Petra Kvitová 7–62, 5–7, 6–4
Perdeu 2–2 23 setembro de 2018 Toray Pan Pacific Open Tóquio, Japão Premier duro (coberto) Chéquia Karolína Plíšková 4–6, 4–6
Venceu 2–1 8 setembro de 2018 US Open Nova York, Estados Unidos Grand Slam duro Estados Unidos Serena Williams 6–2, 6–4
Venceu 1–1 18 março de 2018 BNP Paribas Open Indian Wells, Estados Unidos Premier Mandatory duro Rússia Daria Kasatkina 6–3, 6–2
Perdeu 0–1 25 setembro de 2016 Toray Pan Pacific Open Tóquio, Japão Premier duro Dinamarca Caroline Wozniacki 5–7, 3–6

Circuito WTA 125K[editar | editar código-fonte]

Simples: 1 (1 vice)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Torneio Cidade/país Piso Adversária Resultado
Perdeu 0–1 15 novembro de 2015 EA Hua Hin WTA 125 Series Hua Hin, Tailândia duro Cazaquistão Yaroslava Shvedova 4–6, 7–68, 4–6

Circuito ITF[editar | editar código-fonte]

Simples: 4 (4 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Data Cidade/país Categoria Piso Adversária Resultado
Perdeu 0–4 Junho de 2015 Surbiton, Londres, Reino Unido 50.000 grama Rússia Vitalia Diatchenko 56–7, 0–6
Perdeu 0–3 Maio de 2015 Gifu, Japão 75.000 duro China Zheng Saisai 6–3, 5–7, 4–6
Perdeu 0–2 Março de 2014 Irapuato, México 25.000 duro Países Baixos Indy de Vroome 6–3, 4–6, 1–6
Perdeu 0–1 Junho de 2013 El Paso, Estados Unidos 25.000 duro Estados Unidos Sanaz Marand 4–6, 4–6

Referências

  1. «Naomi Osaka - Player Stats» (em inglês). wtatennis.com. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  2. «Serena Williams Accuses Official of Sexism in U.S. Open Loss to Naomi Osaka» (em inglês). nytimes.com. 8 de setembro de 2018 
  3. «Australian Open: Naomi Osaka bate Petra Kvitova, é campeã e torna-se primeira asiática número 1 do mundo». espn.com.br. 26 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Media relacionados com Naomi Osaka no Wikimedia Commons