WTA Finals

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
GNP Seguros WTA Finals Cancun
WTA Finals
Detalhes
Local Estadio Paradisus
México Cancún, México
Organização Associação de Tênis Feminino (WTA)
Direção Gustavo Santascoy Sr.
Gustavo Santascoy Jr.
Fabrice Chouquet
Categoria Torneio de fim de temporada
Piso duro (coberto)
Premiação US$ 9.000.000
Participantes 8 simplistas
8 duplas
Quadras Estadio Paradisus
Página oficial wtatennis.com
Edição atual
Atualizado em: 5 de novembro de 2023

O WTA Finals – ou GNP Seguros WTA Finals Cancun, atualmente – é um torneio de tênis profissional feminino de fim de temporada da WTA.

Com sede itinerante, estreou em 1972. A edição de 2023 será realizada em Cancún, sudeste do México. Os jogos são disputados em quadras duras durante os meses de outubro e novembro.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O evento estreou em 1972, em Boca Raton, no estado norte-americano da Flórida, como clímax da final da série de torneios patrocinados pela marca de cigarros Virginia Slims [en], chamado Circuito Virginia Slims. De 1972 a 1974, foi disputado em outubro; de 1975 a 1986, em março. A WTA, então, decidiu definir entre os meses de janeiro e novembro como uma temporada regular; o Finals foi transferido para o final de cada uma. Consequentemente, a fim de reparar a transição, houve duas edições do torneio em 1986.

Entre 1974 e 1976, os jogos ocorreram em Los Angeles, antes de se mudar para o Madison Square Garden, em Nova York, até 2000. Antes, no ano de 1978, excepcionalmente, ocorreu na cidade californiana de Oakland. Los Angeles ainda voltaria a ser sede, entre 2002 e 2002, mas 2001 ficou marcado como o ano em que o Finals saiu, pela primeira vez, dos Estados Unidos, desbravando outros continentes. Munique (2001), Madri (2006 a 2007), Doha (2008 a 2010) e Istambul (2011 a 2013) foram os anfitriões, antes de Singapura sê-lo por cinco anos.[2] Concorrendo com a cidade-Estado asiática, estavam Kazan, Cidade do México e Tianjin.[3]

De 1984 a 1998, a final do torneio foi disputada no formato de melhor de cinco sets, sendo a única ocasião em que isso ocorreu no circuito feminino da era aberta, mas só foi até o quinto set em três ocasiões.[4] Em 1999, o formato de melhor de três sets retornou. A partir de 2014, a chave de duplas aumentou para oito equipes.[5]

Desde 2014, a vencedora de simples é agraciada com o Troféu Billie Jean King,[6] enquanto a equipe campeã de duplas, com o Troféu Martina Navratilova.[7]

A edição de 2022 estava originalmente programada para acontecer no Centro de Esportes da Baía de Shenzhen em Shenzhen, China, como parte do contrato de dez anos do WTA Tour com Shenzhen, começando em 2019. No entanto, em 2 de dezembro de 2021, o presidente da WTA, Steve Simon, anunciou que todos os torneios programados para serem realizados na China e em Hong Kong seriam suspensos a partir de 2022, devido a preocupações com a segurança e o bem-estar da tenista Peng Shuai após suas alegações de agressão sexual contra Zhang Gaoli, um membro de alto escalão da o Partido Comunista Chinês[8] e as restrições de viagem devido à pandemia de COVID-19 na China continental.[9][10]

Com isso, o WTA Finals voltou a ser um torneio itinerante, sendo realizado em Zapopan, México em 2021, em Fort Worth, Estados Unidos em 2022 e em Cancun, México em 2023.[11] Sobre esse último, apesar das jogadoras tecerem elogios à organização local e ao "calor" da torcida, a WTA foi muito criticada, tanto pelas jogadoras quanto pela imprensa especializada.[a] O resultado de tudo isso foi que várias partidas foram interrompidas, algumas foram adiadas e as partidas finais que deveriam acontecer no domingo foram transferidas para segunda-feira 6 de novembro.[19]

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Para se qualificar para o WTA Finals, as jogadoras da WTA competem ao longo do ano em mais de 53 torneios WTA em todo o mundo, bem como nos quatro eventos do Grand Slam. As jogadoras ganham pontos de ranking na tabela de classificação Porsche Race To Shenzhen e os 7 melhores jogadores individuais (e geralmente os 8 primeiros) e as 8 melhores equipes de duplas nesta tabela de classificação no final do ano (a partir da segunda-feira após o torneio final da temporada regular) ganham o direito de competir no WTA Finals. Para simples, todos os resultados daquele ano contam para a classificação da jogadora. O oitavo lugar em simples não garante uma vaga no Finals, já que a WTA tem alguma margem de manobra de acordo com as regras da própria WTA.[20]

Nas simples, os totais de pontos são calculados combinando os totais de pontos de 16 torneios (excluindo os torneios ITF e WTA 125). Desses dezesseis torneios, os resultados de uma jogadora: dos quatro eventos do Grand Slam, dos quatro torneios WTA 1000 com 1.000 pontos para o vencedor e (para os jogadores que disputaram a chave principal em pelo menos 2 desses torneios) os melhores resultados de dois Os torneios WTA 1000 com 900 pontos no máximo devem ser incluídos, bem como pontos de outros 6 torneios contáveis. Nas duplas, os totais de pontos são calculados por qualquer combinação de onze torneios ao longo do ano, não obedecendo à regra obrigatória de Grand-Slam ou torneios de nível Premier como para simples.[21]

Finais[editar | editar código-fonte]

Entre 1978 e 1975, simples e duplas ocorreram em cidades diferentes.

1978: Oakland (S) e Salt Lake City (D); 1977: Nova York (S) e Tóquio (D); 1976–1975: Los Angeles (S) e Tóquio (D).

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeã Vice-campeã Resultado
2023 Polónia Iga Świątek Estados Unidos Jessica Pegula 6–1, 6–0
2022 França Caroline Garcia Bielorrússia Aryna Sabalenka 7–64, 6–4
2021 Espanha Garbiñe Muguruza Estónia Anett Kontaveit 6–3, 7–5
Torneio não realizado em 2020 devido à pandemia de COVID-19[22]
2019 Austrália Ashleigh Barty Ucrânia Elina Svitolina 6–4, 6–3
2018 Ucrânia Elina Svitolina Estados Unidos Sloane Stephens 3–6, 6–2, 6–2
2017 Dinamarca Caroline Wozniacki Estados Unidos Venus Williams 6–4, 6–4
2016 Eslováquia Dominika Cibulková Alemanha Angelique Kerber 6–3, 6–4
2015 Polónia Agnieszka Radwańska Chéquia Petra Kvitová 6–2, 4–6, 6–3
2014 Estados Unidos Serena Williams Roménia Simona Halep 6–3, 6–0
2013 Estados Unidos Serena Williams China Li Na 2–6, 6–3, 6–0
2012 Estados Unidos Serena Williams Rússia Maria Sharapova 6–4, 6–3
2011 Chéquia Petra Kvitová Bielorrússia Victoria Azarenka 7–5, 4–6, 6–3
2010 Bélgica Kim Clijsters Dinamarca Caroline Wozniacki 6–3, 5–7, 6–3
2009 Estados Unidos Serena Williams Estados Unidos Venus Williams 6–2, 7–64
2008 Estados Unidos Venus Williams Rússia Vera Zvonareva 5–7, 6–0, 6–2
2007 Bélgica Justine Henin Rússia Maria Sharapova 5–7, 7–5, 6–3
2006 Bélgica Justine Henin-Hardenne França Amélie Mauresmo 6–4, 6–3
2005 França Amélie Mauresmo França Mary Pierce 5–7, 7–63, 6–4
2004 Rússia Maria Sharapova Estados Unidos Serena Williams 4–6, 6–2, 6–4
2003 Bélgica Kim Clijsters França Amélie Mauresmo 6–2, 6–0
2002 Bélgica Kim Clijsters Estados Unidos Serena Williams 7–5, 6–3
2001 Estados Unidos Serena Williams Estados Unidos Lindsay Davenport w.o.
2000 Suíça Martina Hingis Estados Unidos Monica Seles 56–7, 6–4, 6–4
1999 Estados Unidos Lindsay Davenport Suíça Martina Hingis 6–4, 6–2
1998 Suíça Martina Hingis Estados Unidos Lindsay Davenport 7–5, 6–4, 4–6, 6–2
1997 Chéquia Jana Novotná França Mary Pierce 7–64, 6–2, 6–3
1996 Alemanha Steffi Graf Suíça Martina Hingis 6–3, 4–6, 6–0, 4–6, 6–0
1995 Alemanha Steffi Graf Alemanha Anke Huber 6–1, 2–6, 6–1, 4–6, 6–3
1994 Argentina Gabriela Sabatini Estados Unidos Lindsay Davenport 6–3, 6–2, 6–4
1993 Alemanha Steffi Graf Espanha Arantxa Sánchez Vicario 6–1, 6–4, 3–6, 6–1
1992 Iugoslávia Monica Seles Estados Unidos Martina Navrátilová 7–5, 6–3, 6–1
1991 República Socialista Federativa da Iugoslávia Monica Seles Estados Unidos Martina Navrátilová 6–4, 3–6, 7–5, 6–0
1990 República Socialista Federativa da Iugoslávia Monica Seles Argentina Gabriela Sabatini 6–4, 5–7, 3–6, 6–4, 6–2
1989 Alemanha Ocidental Steffi Graf Estados Unidos Martina Navrátilová 6–4, 7–5, 2–6, 6–2
1988 Argentina Gabriela Sabatini Estados Unidos Pam Shriver 7–5, 6–2, 6–2
1987 Alemanha Ocidental Steffi Graf Argentina Gabriela Sabatini 4–6, 6–4, 6–0, 6–4
1986 (nov.) Estados Unidos Martina Navrátilová Alemanha Ocidental Steffi Graf 7–66, 6–3, 6–2
1986 (mar.) Estados Unidos Martina Navrátilová Checoslováquia Hana Mandlíková 6–2, 6–0, 3–6, 6–1
1985 Estados Unidos Martina Navrátilová Checoslováquia Helena Suková 6–3, 7–5, 6–4
1984 Estados Unidos Martina Navrátilová Estados Unidos Chris Evert-Lloyd 6–3, 7–5, 6–1
1983 Estados Unidos Martina Navrátilová Estados Unidos Chris Evert-Lloyd 6–2, 6–0
1982 Alemanha Ocidental Sylvia Hanika Estados Unidos Martina Navrátilová 1–6, 6–3, 6–4
1981 Checoslováquia Martina Navrátilová Estados Unidos Andrea Jaeger 6–3, 7–63
1980 Estados Unidos Tracy Austin Checoslováquia Martina Navrátilová 6–2, 2–6, 6–2
1979 Checoslováquia Martina Navrátilová Estados Unidos Tracy Austin 6–3, 3–6, 6–2
1978 Checoslováquia Martina Navrátilová Austrália Evonne Cawley 7–6(5–0), 6–4
1977 Estados Unidos Chris Evert Reino Unido Sue Barker 2–6, 6–1, 6–1
1976 Austrália Evonne Cawley Estados Unidos Chris Evert 6–3, 5–7, 6–3
1975 Estados Unidos Chris Evert Checoslováquia Martina Navrátilová 6–4, 6–2
1974 Austrália Evonne Goolagong Estados Unidos Chris Evert 6–3, 6–4
1973 Estados Unidos Chris Evert Estados Unidos Nancy Richey 6–3, 6–3
1972 Estados Unidos Chris Evert Austrália Kerry Melville 7–5, 6–4

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeãs Vice-campeãs Resultado
2023 Alemanha Laura Siegemund
Rússia Vera Zvonareva
Estados Unidos Nicole Melichar-Martinez
Austrália Ellen Perez
6–4, 6–4
2022 Rússia Veronika Kudermetova
Bélgica Elise Mertens
Chéquia Barbora Krejčíková
Austrália Kateřina Siniaková
6–2, 4–6, [11–9]
2021 Chéquia Barbora Krejčíková
Chéquia Kateřina Siniaková
Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
Bélgica Elise Mertens
6–3, 6–4
Torneio não realizado em 2020 devido à pandemia de COVID-19[22]
2019 Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
Chéquia Barbora Strýcová
6–1, 6–3
2018 Hungria Tímea Babos
França Kristina Mladenovic
Chéquia Barbora Krejčíková
Chéquia Kateřina Siniaková
6–4, 7–5
2017 Hungria Tímea Babos
Chéquia Andrea Hlaváčková
Países Baixos Kiki Bertens
Suécia Johanna Larsson
4–6, 6–4, [10–5]
2016 Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands
Chéquia Lucie Šafářová
7–65, 6–3
2015 Suíça Martina Hingis
Índia Sania Mirza
Espanha Garbiñe Muguruza
Espanha Carla Suárez Navarro
6–0, 6–3
2014 Zimbabwe Cara Black
Índia Sania Mirza
Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
China Peng Shuai
6–1, 6–0
2013 Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
China Peng Shuai
Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
6–4, 7–5
2012 Rússia Maria Kirilenko
Rússia Nadia Petrova
Chéquia Andrea Hlaváčková
Chéquia Lucie Hradecká
6–1, 6–4
2011 Estados Unidos Liezel Huber
Estados Unidos Lisa Raymond
Chéquia Květa Peschke
Eslovénia Katarina Srebotnik
6–4, 6–4
2010 Argentina Gisela Dulko
Itália Flavia Pennetta
Chéquia Květa Peschke
Eslovénia Katarina Srebotnik
7–5, 6–4
2009 Espanha Nuria Llagostera Vives
Espanha María José Martínez Sánchez
Zimbabwe Cara Black
Estados Unidos Liezel Huber
7–60, 5–7, [10–7]
2008 Zimbabwe Cara Black
Estados Unidos Liezel Huber
Chéquia Květa Peschke
Austrália Rennae Stubbs
6–1, 7–5
2007 Zimbabwe Cara Black
Estados Unidos Liezel Huber
Eslovénia Katarina Srebotnik
Japão Ai Sugiyama
5–7, 6–3, [10–8]
2006 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Samantha Stosur
Zimbabwe Cara Black
Austrália Rennae Stubbs
3–6, 6–3, 6–3
2005 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Samantha Stosur
Zimbabwe Cara Black
Austrália Rennae Stubbs
56–7, 7–5, 6–4
2004 Rússia Nadia Petrova
Estados Unidos Meghann Shaughnessy
Zimbabwe Cara Black
Austrália Rennae Stubbs
7–5, 6–2
2003 Espanha Virginia Ruano Pascual
Argentina Paola Suárez
Bélgica Kim Clijsters
Japão Ai Sugiyama
6–4, 3–6, 6–3
2002 Rússia Elena Dementieva
Eslováquia Janette Husárová
Zimbabwe Cara Black
Rússia Elena Likhovtseva
4–6, 6–4, 6–3
2001 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Rennae Stubbs
Zimbabwe Cara Black
Rússia Elena Likhovtseva
7–5, 3–6, 6–3
2000 Suíça Martina Hingis
Rússia Anna Kournikova
Estados Unidos Nicole Arendt
Países Baixos Manon Bollegraf
6–2, 6–3
1999 Suíça Martina Hingis
Rússia Anna Kournikova
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
Letónia Larisa Neiland
6–4, 6–4
1998 Estados Unidos Lindsay Davenport
Bielorrússia Natasha Zvereva
França Alexandra Fusai
França Nathalie Tauziat
66–7, 7–5, 6–3
1997 Estados Unidos Lindsay Davenport
Chéquia Jana Novotná
França Alexandra Fusai
França Nathalie Tauziat
56–7, 6–3, 6–2
1996 Estados Unidos Lindsay Davenport
Estados Unidos Mary Joe Fernández
Chéquia Jana Novotná
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
6–3, 6–2
1995 Chéquia Jana Novotná
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
Estados Unidos Gigi Fernández
Bielorrússia Natasha Zvereva
6–2, 6–1
1994 Estados Unidos Gigi Fernández
Bielorrússia Natalia Zvereva
Chéquia Jana Novotná
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
6–3, 46–7, 6–3
1993 Estados Unidos Gigi Fernández
Bielorrússia Natalia Zvereva
Chéquia Jana Novotná
Letónia Larisa Neiland
6–3, 7–5
1992 Espanha Arantxa Sánchez Vicario
Checoslováquia Helena Suková
Checoslováquia Jana Novotná
Letónia Larisa Neiland
7–64, 6–1
1991 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Estados Unidos Gigi Fernández
Checoslováquia Jana Novotná
4–6, 7–5, 6–4
1990 Estados Unidos Kathy Jordan
Austrália Elizabeth Smylie
Argentina Mercedes Paz
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
7–64, 6–4
1989 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
União Soviética Larisa Savchenko
União Soviética Natalia Zvereva
6–3, 6–2
1988 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
União Soviética Larisa Savchenko
União Soviética Natalia Zvereva
6–3, 6–4
1987 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch
Checoslováquia Helena Suková
6–1, 6–1
1986 (nov.) Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch
Checoslováquia Helena Suková
1–6, 6–1, 6–1
1986 (mar.) Checoslováquia Hana Mandlíková
Austrália Wendy Turnbull
Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch
Checoslováquia Helena Suková
6–4, 46–7, 6–3
1985 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch
Checoslováquia Helena Suková
46–7, 6–4, 7–65
1984 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Reino Unido Jo Durie
Estados Unidos Ann Kiyomura
6–3, 6–1
1983 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch
Alemanha Ocidental Eva Pfaff
7–5, 6–2
1982 Estados Unidos Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Estados Unidos Kathy Jordan
Estados Unidos Anne Smith
6–4, 6–3
1981 Checoslováquia Martina Navrátilová
Estados Unidos Pam Shriver
Estados Unidos Barbara Potter
Estados Unidos Sharon Walsh
6–0, 7–66
1980 Estados Unidos Billie Jean King
Checoslováquia Martina Navrátilová
Estados Unidos Rosie Casals
Austrália Wendy Turnbull
6–3, 4–6, 6–3
1979 França Françoise Dürr
Países Baixos Betty Stöve
Reino Unido Sue Barker
Estados Unidos Ann Kiyomura
7–6, 7–6
1978 Estados Unidos Billie Jean King
Checoslováquia Martina Navrátilová
França Françoise Dürr
Reino Unido Virginia Wade
6–4, 6–4
1977 Checoslováquia Martina Navrátilová
Países Baixos Betty Stöve
França Françoise Dürr
Reino Unido Virginia Wade
7–5, 6–3
1976 Estados Unidos Billie Jean King
Países Baixos Betty Stöve
Estados Unidos Mona Guerrant
Estados Unidos Ann Kiyomura
6–3, 6–2
1975 Austrália Margaret Court
Reino Unido Virginia Wade
Estados Unidos Rosie Casals
Estados Unidos Billie Jean King
26–7, 7–62, 6–2
1974 Estados Unidos Rosie Casals
Estados Unidos Billie Jean King
França Françoise Dürr
Países Baixos Betty Stöve
6–1, 26–7, 7–5
1973 Estados Unidos Rosie Casals
Austrália Margaret Court
França Françoise Dürr
Países Baixos Betty Stöve
6–2, 6–4
Torneio de duplas não realizado em 1972

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Critérios de desempate: 1) total de títulos; 2) total de vice-campeonatos; 3) Modalidade (simples > duplas); 4) Ordem alfabética, por sobrenome ou nome do país. Um título ou vice-campeonato de duplas conquistado por duas compatriotas conta como um título para o país na tabela correspondente.

Simples[editar | editar código-fonte]

Por jogadora[editar | editar código-fonte]

Pos. Jogadora Títulos Edição(ões) Vices Edição(ões)
Checoslováquia/Estados Unidos Martina Navrátilová 8 1986 (nov.), 1986 (mar.), 1985, 1984,
1983, 1981, 1979, 1978
6 1992, 1991, 1989, 1982, 1980, 1975
Estados Unidos Serena Williams 5 2014, 2013, 2012, 2009, 2001 2 2004, 2002
Alemanha Ocidental/Alemanha Steffi Graf 5 1996, 1995, 1993, 1989, 1987 1 1986 (nov.)
Estados Unidos Chris Evert/Evert-Lloyd 4 1977, 1975, 1973, 1972 4 1984, 1983, 1976, 1974
República Socialista Federativa da Iugoslávia/Iugoslávia/Estados Unidos Monica Seles 3 1992, 1991, 1990 1 2000
Bélgica Kim Clijsters 3 2010, 2003, 2002
Suíça Martina Hingis 2 2000, 1998 2 1999, 1996
Argentina Gabriela Sabatini 2 1994, 1988 2 1990, 1987
Austrália Evonne Cawley/Goolagong 2 1976, 1974 1 1978
10ª Bélgica Justine Henin/Henin-Hardenne 2 2007, 2006
11ª Estados Unidos Lindsay Davenport 1 1999 3 2001, 1998, 1994
12ª França Amélie Mauresmo 1 2005 2 2006, 2003
Rússia Maria Sharapova 1 2004 2 2012, 2007
Estados Unidos Venus Williams 1 2008 2 2009, 2017
15ª Estados Unidos Tracy Austin 1 1980 1 1979
Chéquia Petra Kvitová 1 2011 1 2015
Dinamarca Caroline Wozniacki 1 2017 1 2010
18ª Ucrânia Elina Svitolina 1 2018 1 2019
Austrália Ashleigh Barty 1 2019
Eslováquia Dominika Cibulková 1 2016
França Caroline Garcia 1 2022
Alemanha Ocidental Sylvia Hanika 1 1982
Espanha Garbiñe Muguruza 1 2021
Chéquia Jana Novotná 1 1997
Polónia Agnieszka Radwańska 1 2015
Polónia Iga Świątek 1 2023
27ª França Mary Pierce 2 2005, 1997
28ª Bielorrússia Victoria Azarenka 1 2011
Reino Unido Sue Barker 1 1977
Roménia Simona Halep 1 2014
Alemanha Anke Huber 1 1995
Estados Unidos Andrea Jaeger 1 1981
Alemanha Angelique Kerber 1 2016
Estónia Anett Kontaveit 1 2021
China Li Na 1 2013
Checoslováquia Hana Mandlíková 1 1986 (mar.)
Austrália Kerry Melville 1 1972
Estados Unidos Jessica Pegula 1 2023
Estados Unidos Nancy Richey 1 1973
Bielorrússia Aryna Sabalenka 1 2022
Espanha Arantxa Sánchez Vicario 1 1993
Estados Unidos Pam Shriver 1 1988
Estados Unidos Sloane Stephens 1 2018
Checoslováquia Helena Suková 1 1985
Rússia Vera Zvonareva 1 2008

Por país[editar | editar código-fonte]

Pos. País Títulos Edição(ões) Vices Edição(ões)
 Estados Unidos 17 2014, 2013, 2012, 2009,
2008, 2001, 1999, 1986 (nov.),
1986 (mar.), 1985, 1984, 1983,
1980, 1977, 1975, 1973,
1972
21 2023, 2017, 2009, 2004, 2002,
2001, 2000, 1998, 1994,
1992, 1991, 1989, 1988,
1984, 1983, 1982, 1981,
1979, 1976, 1974, 1973
 Alemanha
(Inclui Alemanha Ocidental)
6 1996, 1995, 1993, 1989,
1987, 1982
3 2016, 1995, 1986 (nov.)
 Chéquia
(Inclui Tchecoslováquia)
5 2011, 1997, 1981, 1979,
1978
5 2015, 1986 (mar.), 1985, 1980,
1975
 Bélgica 4 2010, 2007, 2006, 2003,
2002
 Austrália 3 2019, 1976, 1974 2 1978, 1972
 Iugoslávia 3 1992, 1991, 1990
 França 2 2022, 2005 4 2006, 2005, 2003, 1997
 Argentina 2 1994, 1988 2 1990, 1987
 Suíça 2 2000, 1998 2 1999, 1996
10ª  Polónia 2 2015, 2023
11ª  Rússia 1 2004 3 2012, 2008, 2007
12º  Dinamarca 1 2017 1 2010
 Espanha 1 2021 1 1993
 Ucrânia 1 2018 1 2019
15º  Eslováquia 1 2016
16º  Bielorrússia 2 2022, 2011
17º  China 1 2013
 Grã-Bretanha 1 1977
 Roménia 1 2014

Duplas[editar | editar código-fonte]

Por jogadora[editar | editar código-fonte]

Pos. Jogadora Títulos Edição(ões) Vices Edição(ões)
Checoslováquia/Estados Unidos Martina Navrátilová 13 1991, 1989, 1988, 1987,
1986 (nov.), 1985, 1984, 1983,
1982, 1981, 1980, 1978, 1977
Estados Unidos Pam Shriver 10 1991, 1989, 1988, 1987,
1986 (nov.), 1985, 1984, 1983,
1982, 1981
Estados Unidos Billie Jean King 4 1980, 1978, 1976, 1974 1 1975
Estados Unidos Lisa Raymond 4 2011, 2006, 2005, 2001
Zimbabwe Cara Black 3 2014, 2008, 2007 6 2009, 2006, 2005, 2004, 2002, 2001
União Soviética/Bielorrússia/Bielorrússia Natalia/Natasha Zvereva 3 1998, 1994, 1993 3 1995, 1989, 1988
Estados Unidos Liezel Huber 3 2011, 2008, 2007 1 2009
Países Baixos Betty Stöve 3 1979, 1977, 1976 2 1974, 1973
Hungria Tímea Babos 3 2019, 2018, 2017
Estados Unidos Lindsay Davenport 3 1998, 1997, 1996
Suíça Martina Hingis 3 2015, 2000, 1999
12ª Checoslováquia/Chéquia Jana Novotná 2 1997, 1995 5 1996, 1994, 1993, 1992, 1991
13ª Espanha Arantxa Sánchez Vicario 2 1995, 1992 4 1999, 1996, 1994, 1990
14ª Estados Unidos Rosie Casals 2 1974, 1973 2 1980, 1975
Estados Unidos Gigi Fernández 2 1994, 1993 2 1995, 1991
16ª Austrália Margaret Court 2 1975, 1973
Rússia Anna Kournikova 2 2000, 1999
França Kristina Mladenovic 2 2019, 2018
Rússia Nadia Petrova 2 2012, 2004
Austrália Samantha Stosur 2 2006, 2005
Índia Sania Mirza 2 2015, 2014
22ª França Françoise Dürr 1 1979 4 1978, 1977, 1974, 1973
Austrália Rennae Stubbs 1 2001 4 2008, 2006, 2005, 2004
Checoslováquia Helena Suková 1 1986 (mar.) 4 1987, 1986 (nov.), 1986 (mar.), 1985
25ª Taipé Chinesa Hsieh Su-wei 1 2013 3 2021, 2019, 2014
26ª Chéquia Barbora Krejčíková 1 2021 2 2022, 2018
Chéquia Kateřina Siniaková 1 2021 2 2022, 2018
Reino Unido Virginia Wade 1 1975 2 1978, 1977
29ª Chéquia Andrea Hlaváčková 1 2017 1 2012
Estados Unidos Kathy Jordan 1 1990 1 1982
Rússia Ekaterina Makarova 1 2016 1 2013
Bélgica Elise Mertens 1 2022 1 2021
China Peng Shuai 1 2013 1 2014
Austrália Wendy Turnbull 1 1986 (mar.) 1 1980
Rússia Elena Vesnina 1 2016 1 2013
36ª Rússia Elena Dementieva 1 2002
Argentina Gisela Dulko 1 2010
Estados Unidos Mary Joe Fernández 1 1996
Eslováquia Janette Husárová 1 2002
Rússia Maria Kirilenko 1 2012
Rússia Veronika Kudermetova 1 2022
Espanha Nuria Llagostera Vives 1 2009
Checoslováquia Hana Mandlíková 1 1986 (mar.)
Espanha María José Martínez Sánchez 1 2009
Itália Flavia Pennetta 1 2010
Espanha Virginia Ruano Pascual 1 2003
Estados Unidos Meghann Shaughnessy 1 2004
Alemanha Laura Siegemund 1 2023
Argentina Paola Suárez 1 2003
Austrália Elizabeth Smylie 1 1990
Rússia Vera Zvonareva 1 2023
52ª Alemanha Ocidental Claudia Kohde-Kilsch 5 1987, 1986 (nov.), 1986 (mar.), 1985, 1983
União Soviética/Letónia Larisa Savchenko/Neiland 5 1999, 1993, 1992, 1989, 1988
52ª Estados Unidos Ann Kiyomura 3 1984, 1979, 1976
Eslovénia Katarina Srebotnik 3 2011, 2010, 2007
Chéquia Květa Peschke 3 2011, 2010, 2008
57ª França Alexandra Fusai 2 1998, 1997
Rússia Elena Likhovtseva 2 2002, 2001
Japão Ai Sugiyama 2 2007, 2003
França Nathalie Tauziat 2 1998, 1997
61ª Estados Unidos Nicole Arendt 1 2000
Reino Unido Sue Barker 1 1979
Países Baixos Manon Bollegraf 1 2000
Bélgica Kim Clijsters 1 2003
Reino Unido Jo Durie 1 1984
Estados Unidos Mona Guerrant 1 1976
Chéquia Lucie Hradecká 1 2012
Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands 1 2016
Estados Unidos Nicole Melichar-Martinez 1 2023
Espanha Garbiñe Muguruza 1 2015
Espanha Carla Suárez Navarro 1 2015
Argentina Mercedes Paz 1 1990
Austrália Ellen Perez 1 2023
Alemanha Ocidental Eva Pfaff 1 1983
Estados Unidos Barbara Potter 1 1981
Chéquia Lucie Šafářová 1 2016
Estados Unidos Anne Smith 1 1982
Chéquia Barbora Strýcová 1 2019
Estados Unidos Sharon Walsh 1 1981

Por país[editar | editar código-fonte]

Pos. País Títulos Edição(ões) Vices Edição(ões)
 Estados Unidos 28 2011, 2008, 2007, 2006, 2005, 2004, 2001, 1998, 1997, 1996, 1994, 1993, 1991, 1990, 1989, 1988, 1987, 1986 (nov.), 1985, 1984, 1983, 1982, 1981, 1980, 1978, 1976, 1974, 1973 13 2023, 2016, 2009, 2000, 1995, 1991, 1984, 1982, 1981, 1980, 1979, 1976, 1975
 Chéquia
(Inclui Tchecoslováquia)
10 2021, 2017, 1997, 1995, 1992, 1986 (mar.), 1981, 1980, 1978, 1977 17 2022, 2019, 2018, 2016, 2012, 2011, 2010, 2008, 1996, 1994, 1993, 1992, 1991, 1987, 1986 (nov.), 1986 (mar.), 1985
 Rússia
(Inclui União Soviética)
8 2023, 2022, 2016, 2012, 2004, 2002, 2000, 1999 5 2013, 2002, 2001, 1989, 1988
 Austrália 7 2006, 2005, 2001, 1990, 1986 (mar.), 1975, 1973 6 2023, 2008, 2006, 2005, 2004, 1980
 França 3 2019, 2018, 1979 6 1998, 1997, 1978, 1977, 1974, 1973
 Zimbabwe 3 2014, 2008, 2007 6 2009, 2006, 2005, 2004, 2002, 2001
 Países Baixos 3 1979, 1977, 1976 3 2000, 1974, 1973
 Bielorrússia 3 1998, 1994, 1993 1 1995
 Hungria 3 2019, 2018, 2017
 Suíça 3 2015, 2000, 1999
11º  Argentina 2 2010, 2003 1 1990
12º  Índia 2 2015, 2014
13º  Alemanha
(Inclui Alemanha Ocidental)
1 2023 5 1987, 1986 (nov.), 1986 (mar.), 1985, 1983
14º  Grã-Bretanha 1 1975 4 1984, 1979, 1978, 1977
 Taipé Chinesa 1 2013 3 2021, 2019, 2014
16º  Bélgica 1 2022 2 2021, 2003
17º  China 1 2013 1 2014
18º  Eslováquia 1 2002
 Itália 1 2010
20º  Espanha 5 2015, 1999, 1996, 1994, 1990
21º  Eslovénia 3 2011, 2010, 2007
 Letónia 3 1999, 1993, 1992
23º  Japão 2 2007, 2003

Notas

  1. As principais críticas foram sobre a demora para a definição do local escolhido, o que só ocorreu em setembro,[1] sobre as condições da quadra e do estádio que foram feitos às pressas com várias improvisações, e as condições climáticas locais típicas nessa época do ano.[12][13][14][15][16][17][18]

Referências

  1. a b «2023 edition of WTA Finals to be held in Cancun, Mexico» (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2023 
  2. «WTA picks Singapore to host its tennis Championships form 2014» (em inglês). BBC. 8 de maio de 2013 
  3. «WTA narrows 2014 Championships host field to three finalists» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. 29 de janeiro de 2013 
  4. «40 Love History: Five Set Finals» (em inglês). wtatennis.com. 18 de outubro de 2013 
  5. «WTA Championships awarded to Singapore» (em inglês). wtatennis.com. 8 de maio de 2013 
  6. «Billie Jean King named official ambassador of WTA Finals in Singapore» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. 30 de junho de 2014 
  7. «Tennis: Martina Navratilova WTA Finals Doubles Trophy unveiled» (em inglês). SportAsia. 21 de outubro de 2014 
  8. «Chinese tennis star accuses former top Communist Party leader of sexual assault». CNN. 3 de novembro de 2021. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  9. Simon, Steve (2 de dezembro de 2021). «Steve Simon announces WTA's decision to suspend tournaments in China». Women's Tennis Association. Consultado em 2 de dezembro de 2021 
  10. Futterman, Matthew (2 de dezembro de 2021). «WTA Suspends Tournaments in China Over Treatment of Peng Shuai». New York Times. Consultado em 2 de dezembro de 2021 
  11. WTA Staff (24 de outubro de 2023). «WTA Finals 2023: Dates, format and everything you need to know» (em inglês). WTA. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  12. WTA Staff (29 de outubro de 2023). «How players are adapting to the windy conditions of Cancun» (em inglês). WTA. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  13. Jamie Braidwood (31 de outubro de 2023). «WTA Finals players feel 'disrespected' by event's poor organisation, says Aryna Sabalenka» (em inglês). independent.co.uk. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  14. Mike Dickson (1 de novembro de 2023). «MATCH POINT: As world No 1 Aryna Sabalenka complains about hastily laid, uneven court surfaces at the Mexican Open - players deserve better at tour finals... it has been a balls-up!» (em inglês). dailymail.co.uk. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  15. «Tennis champions revolt over 'very sad' WTA Finals debacle» (em inglês). news.com.au. 1 de novembro de 2023. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  16. Barbara Wancke (2 de novembro de 2023). «Cancun  • Is the WTA facing a mid-life crisis?» (em inglês). tennisthreads.net. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  17. «'You have been heard': WTA apologises to players for Cancún conditions» (em inglês). theguardian.com. 3 de novembro de 2023. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  18. Lucy Whalen (3 de novembro de 2023). «"The WTA leadership is failing": Fans criticize journalist Ben Rothenberg for defending 2023 WTA Finals condition» (em inglês). tennisuptodate.com. Consultado em 4 de novembro de 2023 
  19. Lucy Whalen (5 de novembro de 2023). «Iga Swiatek tops Aryna Sabalenka at the WTA Finals to reach the title match and get a shot at No. 1» (em inglês). apnews.com. Consultado em 6 de novembro de 2023 
  20. «WTA Finals and WTA Elite Trophy rules» (PDF). Cópia arquivada (PDF) em 21 de setembro de 2017 
  21. «2022 WTA Official Rulebook» (PDF). WTA. Consultado em 31 de outubro de 2022. Cópia arquivada (PDF) em 26 de outubro de 2022 
  22. a b «Shiseido WTA Finals Shenzhen Meet You in 2021» (em inglês). shiseidowtafinalsshenzhen.com. Cópia arquivada em 26 de julho de 2020 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]