Mike Bryan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tenista Mike Bryan
Bryan M. RG19 (12) (48199368111).jpg
Bryan durante Roland Garros de 2019
Alcunha(s) Michael Carl Bryan
País  Estados Unidos
Residência Wesley Chapel, Estados Unidos
Data de nascimento 29 de abril de 1978 (42 anos)
Local de nasc. Camarillo, Estados Unidos
Altura 1,91 m
Peso 84 kg
Profissionalização 1998
Aposentadoria 2020
Mão destro (backhand de uma mão)
Prize money US$ 16.767.452
Simples
Vitórias-Derrotas 5–11
Títulos 0
Melhor ranking 246º (16/10/2000)
Duplas
Vitórias-Derrotas 1150–373
Títulos 124
Melhor ranking 1º (08/09/2003)
Open da Austrália V (2006, 2007, 2009, 2010, 2011, 2013)
Roland Garros V (2003, 2013)
Wimbledon V (2006, 2011, 2013, 2018)
US Open V (2005, 2008, 2010, 2012, 2014, 2018)
Tour Finals V (2003, 2004, 2009, 2014, 2018)
Duplas Mistas
Títulos 7
Resultados de Grand Slam de Duplas Mistas
Open da Austrália QF (2006, 2017)
Roland-Garros V (2003, 2015)
Wimbledon V (2012)
US Open V (2002)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Duplas
Ouro Londres 2012 Duplas mistas
Bronze Pequim 2008 Duplas
Jogos Pan-Americanos
Bronze Winnipeg 1999 Duplas
Última atualização em: 15 de setembro de 2020.

Michael "Mike" Carl Bryan (Camarillo, 29 de abril de 1978) é um ex-tenista profissional norte-americano.[1] A parceria de Mike e seu rmão Bob Bryan é considerada por diversos analistas esportivos, críticos de tênis e antigos tenistas como a melhor dupla do tênis de todos os tempos.[2][3][4][5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mike Bryan é mais novo que seu irmão Bob Bryan, e juntos compõem uma das duplas de tênis mais vitoriosas do circuito, com carreiras idênticas, com as mesmas conquistas, desde o tênis universitário, até ao topo do ranking da ATP, que aconteceu em 2003. Multicampeão, vencendo todos os 4 Grand Slam do circuito, e também 3 Master Cup no currículo. Nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 ele e Bob obtiveram a medalha de bronze. Mas nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, ele ganhou a medalha de ouro.[6]

Em 2004 e 2005, conquistou a corrida de duplas, no 1° posto está junto com o irmão desde 2003; em Duplas Mistas, Mike possui 2 títulos de Grand Slam, acumulando 10 triunfos em GS, os dois com a norte-americana Lisa Raymond. Ele também disputou as Olimpíadas de Sydney e representa os Estados Unidos na Copa Davis, tendo sido campeão em 2007.

Possui uma Década Slam no tênis, que ocorre quando durante dez anos consecutivos o tenista ganha pelo menos um dos torneios do Grand Slam por temporada. Não precisa ser o mesmo torneio do Grand Slam, mas tem que ser obrigatoriamente durante dez anos consecutivos e só em simples, duplas ou duplas mistas. O Mike Bryan ganhou em duplas pelo ao menos um torneio do Grand Slam de 2005 a 2014.

Em 2014, ao conquistar o Masters de Xangai, Mike e seu irmão Bob Bryan foram a primeira parceria da história do tênis a completar o ‘Career Golden Masters’, que consiste em conquistar todos os títulos de Masters 1000 possíveis.[7] Ainda em 2014, ao conquistar o Masters de Paris, Mike e seu irmão Bob Bryan também foram os primeiros tenistas, tanto de simples como em duplas, a vencerem seis títulos de Masters 1000 na mesma temporada.[8]

Também representou os Estados Unidos na Copa Davis, tendo sido campeão em 2007.

Em 27 de agosto de 2020, ao lado do irmão Mike, Bob anunciou a aposentadoria, aos 42 anos.[9]

Finais[editar | editar código-fonte]

Grand Slam[editar | editar código-fonte]

Duplas: 32 (18 títulos, 14 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Ano Torneio Piso Parceiro Adversárias Resultado
Venceu 18–14 2018 US Open duro Estados Unidos Jack Sock Polónia Łukasz Kubot
Brasil Marcelo Melo
6–3, 6–1
Venceu 17–14 2018 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Jack Sock África do Sul Raven Klaasen
Nova Zelândia Michael Venus
6–3, 76–7, 6–3, 5–7, 7–5
Perdeu 16–14 2017 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Finlândia Henri Kontinen
Austrália John Peers
5–7, 5–7
Perdeu 16–13 2016 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Espanha Feliciano López
Espanha Marc López
4–6, 7–66, 3–6
Perdeu 16–12 2015 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Croácia Ivan Dodig
Brasil Marcelo Melo
7–65, 56–7, 5–7
Venceu 15–12 2014 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Espanha Marcel Granollers
Espanha Marc López
6–3, 6–4
Perdeu 15–11 2014 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan Estados Unidos Jack Sock
Canadá Vasek Pospisil
56–7, 7–63, 4–6, 6–3, 5–7
Venceu 14–11 2013 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan Croácia Ivan Dodig
Brasil Marcelo Melo
3–6, 6–3, 6–4, 6–4
Venceu 13–11 2013 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan França Michaël Llodra
França Nicolas Mahut
6–4, 4–6, 7–64
Venceu 12–11 2013 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Países Baixos Robin Haase
Países Baixos Igor Sijsling
6–3, 6–4
Venceu 11–11 2012 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Índia Leander Paes
Chéquia Radek Štěpánek
6–3, 6–4
Perdeu 11–10 2012 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Bielorrússia Max Mirnyi
Canadá Daniel Nestor
4–6, 4–6
Perdeu 11–9 2012 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Índia Leander Paes
Chéquia Radek Štěpánek
16–7, 2–6
Venceu 10–9 2011 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan Suécia Robert Lindstedt
Roménia Horia Tecău
6–3, 6–4, 7–62
Venceu 9–9 2011 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Índia Mahesh Bhupathi
Índia Leander Paes
6–3, 6–4
Venceu 8–9 2010 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Índia Rohan Bopanna
Paquistão Aisam-ul-Haq Qureshi
7–65, 7–64
Venceu 7–9 2010 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Canadá Daniel Nestor
Sérvia Nenad Zimonjić
6–3, 56–7, 6–3
Perdeu 7–8 2009 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan Canadá Daniel Nestor
Sérvia Nenad Zimonjić
76–7, 7–63, 56–7, 3–6
Venceu 6–8 2009 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Índia Mahesh Bhupathi
Bahamas Mark Knowles
2–6, 7–5, 6–0
Venceu 5–8 2008 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Chéquia Lukáš Dlouhý
Índia Leander Paes
7–65, 7–610
Perdeu 5–7 2007 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan França Arnaud Clément
França Michaël Llodra
7–65, 3–6, 4–6, 4–6
Venceu 4–7 2007 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Suécia Jonas Björkman
Bielorrússia Max Mirnyi
7–5, 7–5
Venceu 3–7 2006 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan França Fabrice Santoro
Sérvia Nenad Zimonjić
6–4, 4–6, 6–4, 6–2
Perdeu 3–6 2006 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Suécia Jonas Björkman
Bielorrússia Max Mirnyi
7–65, 4–6, 5–7
Venceu 2–6 2006 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Chéquia Martin Damm
Índia Leander Paes
4–6, 6–3, 6–4
Venceu 1–6 2005 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Suécia Jonas Björkman
Bielorrússia Max Mirnyi
6–1, 6–4
Perdeu 1–5 2005 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Bob Bryan Austrália Stephen Huss
África do Sul Wesley Moodie
46–7, 3–6, 7–62, 3–6
Perdeu 1–4 2005 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Suécia Jonas Björkman
Bielorrússia Max Mirnyi
6–2, 1–6, 4–6
Perdeu 1–3 2005 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan Zimbabwe Wayne Black
Zimbabwe Kevin Ullyett
4–6, 4–6
Perdeu 1–2 2004 Australian Open duro Estados Unidos Bob Bryan França Michaël Llodra
França Fabrice Santoro
46–7, 3–6
Perdeu 1–1 2003 US Open duro Estados Unidos Bob Bryan Suécia Jonas Björkman
Suécia Jonas Björkma
7–5, 0–6, 5–7
Venceu 1–0 2003 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bob Bryan Países Baixos Paul Haarhuis
Rússia Yevgeny Kafelnikov
7–63, 6–3

Duplas mistas: 6 (4 títulos, 2 vices)[editar | editar código-fonte]

Status V–D Ano Torneio Piso Parceira Adversários Resultado
Venceu 4–2 2015 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands Chéquia Lucie Hradecká
Polónia Marcin Matkowski
7–63, 6–1
Venceu 3–2 2012 Torneio de Wimbledon grama Estados Unidos Lisa Raymond Rússia Elena Vesnina
Índia Leander Paes
6–3, 5–7, 6–4
Perdeu 3–1 2008 Torneio de Wimbledon grama Eslovénia Katarina Srebotnik Austrália Samantha Stosur
Estados Unidos Bob Bryan
5–7, 4–6
Venceu 2–1 2003 Torneio de Roland Garros saibro Estados Unidos Lisa Raymond Rússia Elena Likhovtseva
Índia Mahesh Bhupathi
6–3, 6–4
Venceu 1–1 2002 US Open Estados Unidos Lisa Raymond Eslovénia Katarina Srebotnik
Estados Unidos Bob Bryan
7–69, 7–61
Perdeu 0–1 2001 Torneio de Wimbledon África do Sul Liezel Huber Eslováquia Daniela Hantuchová
Chéquia Leoš Friedl
6–4, 3–6, 2–6

Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

Duplas: 2 (1 ouro, 1 bronze)[editar | editar código-fonte]

Status Ano Cidade Piso Parceira Adversários Resultado
Ouro 2012 Londres grama Estados Unidos Bob Bryan França Michaël Llodra
França Jo-Wilfried Tsonga
6–4, 7–62
Bronze 2008 Pequim duro Estados Unidos Bob Bryan França Arnaud Clément
França Michaël Llodra
3–6, 6–3, 6–4

Duplas mistas: 2 (1 bronze)[editar | editar código-fonte]

Status Ano Cidade Piso Parceira Adversários Resultado
Bronze 2012 Londres grama Estados Unidos Lisa Raymond Alemanha Sabine Lisicki
Alemanha Christopher Kas
6–3, 4–6, [10–4]

Referências

  1. «Mike Bryan | Overview | ATP World Tour | Tennis». ATP World Tour (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  2. «Melhores da história, irmãos Bryan elogiam dupla brasuca da Copa Davis». sportv.com. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  3. «Número um do mundo nas duplas, Marcelo Melo resume temporada: "Histórica"». ZH 2014. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  4. «A "dura" vida dos melhores duplistas da história». Feedback Magazine. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  5. «Cinco fatos que mostram que o tênis é o Come Quieto do esporte brasileiro». Esporte Final. Consultado em 30 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2016 
  6. «Correção: Irmãos Bryan vencem e levam ouro no tênis - Olimpíadas Londres 2012 - Rede Record». Londres 2012. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  7. Ltda., Inner Editora. «Irmãos Bryan completam "Carreer Golden Masters" com primeiro título em Xangai». revistatenis.uol.com.br. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  8. TenisBrasil. «TenisBrasil - Irmãos Bryan levam o tetra na capital francesa». TenisBrasil, a cobertura completa do circuito do tênis está aqui. Consultado em 30 de janeiro de 2016 
  9. «Irmãos Bryan se aposentam do tênis». lance.com.br. 26 de agosto de 2020 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mike Bryan

Ligações externas[editar | editar código-fonte]