Virgínia Coutinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Virgínia Coutinho
Nascimento Moreira de Cónegos
Morte 20 de abril de 2021
Cidadania Portugal
Alma mater London College of Fashion, Escola Superior de Educação de Coimbra, ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa
Ocupação professora universitária, escritora
Empregador Google, Facebook

Virgínia Coutinho (Moreira de Cónegos), foi uma figura de destaque e referência do marketing digital em Portugal. Fundou a Lisbon Digital School e foi responsável pela criação do Upload Lisboa.

Percurso[editar | editar código-fonte]

Virgínia Manuela Coutinho Pereira, nasceu no concelho de Guimarães em Moreira de Cónegos. [1]

Estudou gestão de espaço e merchandising visual na London College of Fashion da University of the Arts. Seguiu-se a Escola Superior de Educação de Coimbra onde fez a licenciatura em Comunicação de Marketing e o Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa onde obtém o mestrado em Gestão de Empresas.[2][3]

O seu percurso profissional teve inicio em 2009 na agência Ivity Brand Corp tendo passado pela EDP, onde integrou a equipa de comunicação e marca, e pelas agências Stepvalue e Up Partner, antes de partir para o Brasil em 2014. [4][1][5][6]

No Brasil, foi morar e trabalhar na Socialbakers em São Paulo, onde começou como consultora em social media e marketing digital na América do sul. Durante este período, também trabalhou como representante do Facebook Brasil junto de empresas. [7][8]

Em 2016, foi nomeada Diretora de Estratégia de Produto da Socialbakers, mudando-se para Praga, onde são os escritórios centrais da empresa[9], tendo sido promovida no mesmo ano a Directora de Marketing Global.[10][11]

Depois de três anos a trabalhar na Socialbakers, Virgínia Coutinho despediu-se em dezembro de 2016 e inscreveu-se numa ação de voluntariado em Xai-Xai, Gaza, Moçambique, através da Associação Um Pequeno Gesto, em fevereiro de 2017. Durante dois meses, deu aulas a crianças dos três aos cinco anos e apoio escolar até ao sexto, bem como apoio na distribuição local de comida. De Moçambique trouxe um conjunto de capulanas e a ideia de criar uma marca solidária de moda que contribuísse para ajudar vários projetos em Moçambique, a Kutsaka, que quer dizer felicidade em changana, um dos dialetos locais. O lucro das vendas da marca, cujos tecidos usados nas peças são comprados aos comerciantes e fabricantes locais, revertia totalmente para duas instituições: a Um Pequeno Gesto e a Makobo.[12][13][14]

Regressa a Portugal em 2017, onde integra o projecto de formação da Google denominado de Atelier Digital, do qual se torna formadora. [15][7]

Funda, em 2018, a Lisbon Digital School, uma escola de formação dedicada à área do marketing digital. O lançamento oficial foi assinalado com um evento, no Palácio Sotto Mayor, em Lisboa, a 5 de Maio desse ano.[16][17] Em 2019, a escola estabeleceu uma parceria com o INDEG-ISCTE para lançar três programas avançados direcionados a executivos na área do marketing digital.[18][19]

Também em 2019, retoma o Upload Lisboa, evento que criara em 2009, quando o marketing digital ainda estava na fase inicial, e que teve mais quatro edições até 2014, ano em que Virgínia Coutinho se mudou para o Brasil.[20][21][22][23] Em 2019, a 6ª edição do Upload Lisboa foi organizada pela Lisbon Digital School e contou com oradores com carreiras profissionais internacionais como o estrategista Rob Campbell, o data scientist Ricardo Cappra e o diretor criativo Hugo Veiga.[5][7][24][25]

Em Fevereiro de 2021, Virgínia Coutinho foi a convidada especial da sessão do workshop "Falando da Europa" dedicada ao tema "Competências Digitais" e organizada pelo MediaLab do Diário de Notícias e do Espaço Europa, com o apoio da Representação da Comissão Europeia e do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal. Neste workshop, cujo objectivo era explicar o mundo digital e as profissões do futuro, participaram os alunos da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e da Escola Secundária Quinta das Palmeiras.[26]

Virgínia Coutinho, faleceu vitima de cancro no dia 20 de Abril de 2021, dois meses após o diagnóstico. [2][1]

Legado[editar | editar código-fonte]

Nas suas últimas semanas de vida, Virgínia Coutinho dedicou-se à criação do Fundo Virgínia Coutinho. Este fundo irá apoiar o projecto de mentoria Tech4Good da associação moçambicana Girls Move, através do qual se pretende preparar futuras líderes. [4][1][6]

Prémios e Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Foi galardoada com um dos Oscares do Marketing Digital Feminino, atribuídos pela E-Goi em 2017. [27]

Participou como júri nos Prémios Eficácia em 2020 que galardoam o trabalho das agências de publicidade e anunciantes. [28]

Em 2021, o então presidente da comissão executiva do INDEG – ISCTE, José Crespo de Carvalho, instituiu o Prémio Virgínia Coutinho que visa distinguir o grupo de alunos da pós-graduação em applied digital marketing. [29][4][1]

A Assembleia da República portuguesa emitiu um voto de pesar pela sua morte. [30]

Obras Seleccionadas[editar | editar código-fonte]

Foi colunista de publicações como Imagens de Marca e da revista Meios & Publicidade para a qual escrevia mensalmente uma crónica sobre o Facebook. [31][4]

Para além disto foi autora e co-autora de livros sobre as redes sociais e marketing digital:

  • 2014 - The Social Book: Tudo o que precisa de saber sobre o Facebook, editora Almedina, ISBN 9789896940706 [32][33]
  • 2019 - Marketing Digital para Empresas, Perfil Criativo Edições, ISBN 9789895413942 [34]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Guimarães, Mais (21 de abril de 2021). «Faleceu Virgínia Coutinho». Mais Guimarães. Consultado em 21 de abril de 2021 
  2. a b Bandeira, Mariana (21 de abril de 2021). «Fundo Virgínia Coutinho vai apoiar mulheres líderes em Moçambique». O Jornal Económico. Consultado em 21 de abril de 2021 
  3. «Virgínia Coutinho's email & phone | Lisbon Digital School's Fundadora E Chief Executive Officer email». RocketReach (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2021 
  4. a b c d «Criado fundo Virgínia Coutinho para apoiar nova geração de mulheres líderes em Moçambique». Meios & Publicidade. 21 de abril de 2021. Consultado em 21 de abril de 2021 
  5. a b André, João Gabriel Ribeiro, Rita Pinto, Mário Rui; Shifter, Redacção (27 de setembro de 2019). «Upload Lisboa está de regresso para mostrar o que mudou em 10 anos». Shifter. Consultado em 21 de abril de 2021 
  6. a b ECO (21 de abril de 2021). «Fundo Virgínia Coutinho para mulheres líderes em Moçambique». ECO. Consultado em 22 de abril de 2021 
  7. a b c «Virgínia Coutinho - Livro Marketing Digital Para Empresas». 25 de setembro de 2018. Consultado em 21 de abril de 2021 
  8. «Virgínia Coutinho da Socialbakers é a convidada especial do Digital Drink». Digital Marketers - Associação de Marketing Digital 
  9. «Virgínia Coutinho na direcção da Socialbakers – Marketeer». 12 de janeiro de 2016. Consultado em 21 de abril de 2021 
  10. «InRetail revela um novo tipo de consumidor». Smartpayments News. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 21 de abril de 2021 
  11. News (14 de dezembro de 2016). «Virgínia Coutinho da Socialbakers é a convidada especial do Digital Drink». Digital Marketers. Consultado em 21 de abril de 2021 
  12. «Kutsaka: a nova marca solidária de capulanas». NiT. Consultado em 22 de abril de 2021 
  13. «Kutsaka: um projeto com missão social». Link to Leaders. 4 de dezembro de 2017. Consultado em 22 de abril de 2021 
  14. Paes, Margarida (17 de fevereiro de 2018). «Moda paga dois projetos solidários em Moçambique». Delas.pt. Consultado em 21 de abril de 2021 
  15. «Morreu Virgínia Coutinho, fundadora e presidente da Lisbon Digital School». TVI24. Consultado em 21 de abril de 2021 
  16. «Virgínia Coutinho cria Lisboa Digital School». Meios & Publicidade. 23 de abril de 2018. Consultado em 21 de abril de 2021 
  17. «Virgínia Coutinho funda Lisbon Digital School – Marketeer». 19 de abril de 2018. Consultado em 21 de abril de 2021 
  18. Tojal, FIlipa (27 de outubro de 2020). «ISCTE Executive Education com oferta formativa avançada em Marketing Digital». Mais Superior. Consultado em 21 de abril de 2021 
  19. «INDEG-ISCTE e Lisbon Digital School criam programas para executivos em marketing digital». RHmagazine. 29 de maio de 2019. Consultado em 21 de abril de 2021 
  20. «Como será o Upload Lisboa». Meios & Publicidade. 14 de outubro de 2011. Consultado em 22 de abril de 2021 
  21. alfredobeleza. «Comunicado: Evento UPLOAD Lisboa 2014 realiza-se no próximo sábado - TecheNet». Consultado em 22 de abril de 2021 
  22. «UPLOAD LISBOA REGRESSA EM OUTUBRO COM A MELHOR EDIÇÃO DE SEMPRE | e-cultura». www.e-cultura.pt. Consultado em 22 de abril de 2021 
  23. «Upload Lisboa regressa em Outubro – Marketeer». 27 de junho de 2019. Consultado em 22 de abril de 2021 
  24. DIGITAL, ACT. «Upload Lisboa 2019». uploadlisboa.com. Consultado em 21 de abril de 2021 
  25. B!T, Redação (27 de junho de 2019). «Upload Lisboa celebra 10 anos com regresso à capital». B!t Magazine. Consultado em 22 de abril de 2021 
  26. «Lisbon Digital School explica o mundo digital e as profissões do futuro no ″Falando da Europa″». www.dn.pt. Consultado em 21 de abril de 2021 
  27. «Os Oscars (sem polémica) do Marketing Digital Feminino». E-goi. 2 de março de 2017. Consultado em 21 de abril de 2021 
  28. «Virgínia Coutinho». Prémios Eficácia. Consultado em 21 de abril de 2021 
  29. Carvalho, José Crespo de. «Virgínia Coutinho». Observador. Consultado em 21 de abril de 2021 
  30. «AR unânime no pesar pelas mortes de Dória Nóbrega e Virgínia Coutinho». Notícias ao Minuto. 22 de abril de 2021. Consultado em 22 de abril de 2021 
  31. «Terminou a quinta edição do Upload Lisboa». Imagens de Marca. Consultado em 21 de abril de 2021 
  32. Coutinho, Virginia. «The Social Book: The Social Book - Tudo o que precisa de saber sobre o Facebook». catalogo.bnportugal.pt. Biblioteca Nacional de Portugal. Consultado em 21 de abril de 2021 
  33. Coutinho, Virginia (5 de dezembro de 2018). The Social Book - Tudo o que precisa de saber sobre o Facebook. [S.l.]: Leya 
  34. «Marketing Digital para Empresas - Livro - WOOK». www.wook.pt. Consultado em 21 de abril de 2021 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]