Voo Flydubai 981

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Voo Flydubai 981
Acidente aéreo
Flydubai Boeing 737-800 (A6-FDN).jpg
Aeronave envolvida no acidente, no Aeroporto Internacional de Dubai, em 2011.
Sumário
Data 19 de março de 2016 (3 anos)
Causa Erro do piloto e falta de visibilidade
Local Rostov do Don,  Rússia
Coordenadas 47° 15′ 30″ N, 39° 49′ 06″ L
Origem =Emirados Árabes Unidos Aeroporto Internacional de Dubai, Dubai
Destino Rússia Aeroporto de Rostov do Don, Rostov do Don
Passageiros 55
Tripulantes 7
Mortos 62
Sobreviventes nenhum
Aeronave
Modelo Boeing 737-8KN
Operador =Emirados Árabes Unidos Flydubai
Prefixo A6-FDN
Primeiro voo 21 de dezembro de 2010 (7 anos)
Destroços da aeronave

O voo Flydubai 981 foi um voo comercial internacional partindo do Aeroporto Internacional de Dubai, Emirados Árabes Unidos, para o Aeroporto de Rostov do Don, Rússia, operado pela companhia árabe Flydubai, utilizando um Boeing 737-8KN. Em 19 de março de 2016, a aeronave fez duas tentativas fracassadas de pouso em Rostov do Don, durante uma tempestade severa. Depois de arremeter pela segunda vez, a aeronave subiu para 4 mil pés (1 200 metros) e, em seguida, desceu rapidamente e colidiu com o solo em alta velocidade.[1][2] Todas as 62 pessoas a bordo da aeronave morreram.[3][4]

Aeronave[editar | editar código-fonte]

A aeronave envolvida era um Boeing 737-800 de 5 anos de idade. Registrado como A6-FDN, ele era equipado com dois motores CFM56.[5] Seu primeiro voo foi em 21 de dezembro de 2010, e foi entregue à Flydubai em 24 de janeiro de 2011.[5]

Acidente[editar | editar código-fonte]

O Voo 981 da Flydubai foi programado para realizar a rota entre Dubai, nos Emirados Árabes Unidos e Rostov do Don, na Rússia.[6] O voo partiu às 2h20 (horário local) e chegou ao Aeroporto de Rostov-on-Don às 4h20 (hora local).[6] A aeronave abortou sua primeira tentativa de pouso em condições de má visibilidade e foi instruído para circular as proximidades durante duas horas.[7][8] A aeronave caiu durante sua segunda tentativa de pouso, já em aproximação final na pista 22.[1][7]

O site de rastreamento de voo Flightradar24[9] mostrou que a aeronave tentou pousar na pista 22, executou uma arremetida, fez dois giros de 360° e manteve-se circulando a região por mais de uma hora (7h24 - 8h23 UTC). Em seguida, ele iniciou uma nova aproximação na pista 22, alinhando-se com ela e iniciando sua descida final. No entanto, antes de chegar ao aeroporto, a aeronave começou a subir novamente. Após subir novamente para mais de 3000 pés, ele iniciou uma descida brusca e caiu às 8h41 (UTC), dentro de 100-300 metros da pista.

De acordo com um relatório, a aeronave caiu 50-100 metros (160-330 pés) à esquerda da pista.[1] Durante uma conferência de imprensa, o chefe dos Ministérios de emergência local afirmou que "o avião desintegrou completamente no início da pista."[10] O Ministério de emergência da Rússia informou que a aeronave atingiu o solo com sua asa antes do acidente.[11] Um vídeo enviado pela CCTV logo após o acidente, mostra a aeronave em uma descida acentuada ao solo, seguido de uma explosão, embora a autenticidade do vídeo não tenha sido confirmada.

Meteorologia[editar | editar código-fonte]

No momento do acidente a temperatura era de 6° C,[12] a visibilidade era de 3.500 m (11.500 pés)[13] com leves pancadas de chuva e nuvens esparsas a 1.800 pés (550 m).[12]

Além disso, o ATC informou que havia uma tesoura de vento no curso durante a aproximação final.[14][13] A velocidade do vento era de 14 m/s (31 mph; 27 kn), com rajadas 18 m/s (40 mph; 35 kn).[14]

Passageiros e tripulação[editar | editar código-fonte]

Passageiros por nacionalidade[15]
Nacionalidade Passageiros Tripulantes
 Rússia 44 1
 Ucrânia 8 0
 Índia 2 0
 Uzbequistão 1 0
 Espanha 0 2
 Colômbia 0 1
 Chipre 0 1
 Quirguistão 0 1
 Seicheles 0 1
Total 55 7

Havia 62 pessoas a bordo, 55 passageiros e 7 tripulantes.[15][16] Todos os 62 a bordo morreram no acidente.[15]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

O comandante, Aristos Sokratous, de 38 anos, era de Chipre, E possuía 5.965 horas de voo.[17][18][19] Sokratous foi promovido a comandante um ano e meio antes do acidente.[17] Ele estava prestes a deixar a companhia após aceitar emprego com a Ryanair, que o permitiria morar com sua família em Chipre.[17] Sua esposa estava prestes a dar luz ao seu primeiro filho poucas semanas após o acidente.[17] De acordo com vários funcionários da Flydubai, Sokratous decidiu deixar a companhia devido a problemas de fadiga e estilo de vida.[20]

O co-piloto, Alejandro Cruz Alava, de 37 anos, era espanhol.[16] Ele tinha 5.769 horas de voo.[18] Alejandro foi contratado pela Flydubai dois anos antes do acidente, tendo voado anteriormente por duas companhias aéreas regionais na Espanha.[21]

Ambos os pilotos tinham experiência em pouso no Aeroporto de Rostov do Don. [22]

A tripulação de cabine eram de cinco países diferentes, Rússia, Espanha, Seicheles, Colômbia e Quirguistão.[16]

Passageiros[editar | editar código-fonte]

Embora o avião possuísse 189 assentos,[23] havia apenas 55 passageiros a bordo: 44 russos, oito ucranianos, dois indianos e um do Uzbequistão.[15] Quatro dos passageiros eram crianças.[15]

Investigação[editar | editar código-fonte]

No dia do acidente, uma comissão foi criada pela Interstate Aviation Committee para investigar as circunstâncias e causas do acidente.[4] Enquanto a investigação estava sendo feita, a Comissão incluiu os representantes das autoridades de aviação dos Emirados Árabes Unidos e França.[4][24]

O Comitê de Investigação da Rússia também abriu uma investigação criminal sobre quaisquer violações de segurança possíveis que levaram ao acidente fatal.[25] Em um comunicado, foi enumerado "erro da tripulação, falha técnica, condições climáticas adversas e outros fatores", como possíveis razões do acidente.[23] Terrorismo foi imediatamente descartado como a causa do acidente.[26]

Ambas caixas-pretas foram recuperadas no local do acidente.[27]

Referências

  1. a b c «Rostov-On-Don Airport in Russia». Sputnik News. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  2. «A6-FDN - Boeing 737-8KN - FlyDubai - Flightradar24». Flightradar24.com. Consultado em 19 de março de 2016 
  3. «Statement relating to Flydubai FZ981». Flydubai. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016. Arquivado do original em 19 de março de 2016 
  4. a b c «Boeing 737-800 А6-FDN 19.03.2016». Interstate Aviation Committee. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  5. a b «Boeing 737 Next Gen MSN 40241». airfleets.net. Consultado em 19 de março de 2016 
  6. a b «Flight status (Flight FZ981)». flydubai. Consultado em 19 de março de 2016 
  7. a b Bearup, Benjamin (18 de março de 2016). «Crash of FlyDubai Flight 981». Airways News. Consultado em 19 de março de 2016 
  8. «Playback of FlyDubai flight FZ981». Flightradar24. Consultado em 19 de março de 2016 
  9. https://www.flightradar24.com/data/flights/fz981/#922b3bd
  10. «Flydubai flight FZ981 crash live updates». RT. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016. 3:42 GMT: “The plane completely disintegrated at the very beginning of the runway,” the local Emergencies Ministry chief, Igor Oder, said during a conference call held by the head of the Ministry, TASS reports. 
  11. «Уточненная информация об аварии с самолетом в г.Ростове-н/Д» [Updated information about the accident to the aircraft in Rostov-N/A] (em Russian). Russian Ministry of Emergency Situations. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  12. a b «ASN Aircraft accident Boeing 737-8KN A6-FDN Rostov Airport (ROV)». Aviation Safety Network. Consultado em 19 de março de 2016 
  13. a b «Крушение самолета в Ростове-на-Дону» [Aircraft crash in Rostov-on-Don]. Aviation Safety. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  14. a b «Последние переговоры пилотов упавшего "Боинга" с диспетчерами аэропорта Ростова: аудио» [The last communications between the pilots of the crashed Boeing with Rostov ATC: Audio]. DonDay. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  15. a b c d e «Statement relating to Flydubai flight FZ981». Flydubai. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016. Arquivado do original em 20 de março de 2016 
  16. a b c «Updated list of passengers and crew members of flight 981 – Dubai – Rostov-on-Don». Ministry of Emergency Situations. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  17. a b c d «Cyprus Pilot of Crashed FlyDubai Jet Had a New Job Elsewhere». The New York Times. Associated Press. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  18. a b «Flydubai plane crash: airline confirms flight recorders recovered». Gulf News. Dubai. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  19. «Captain». Flydubai. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  20. Fottrell, Stephen (24 de março de 2016). «FlyDubai crash pilot 'was due to leave job over fatigue'». BBC World Service. Consultado em 24 de março de 2016 
  21. Long, Natalie (19 de março de 2016). «Flydubai plane crash: Two Spaniards were from Canary Islands». Gulf News. Dubai. Consultado em 19 de março de 2016 
  22. Cornwell, Alexander (20 de março de 2016). «Flydubai chief executive: 'Airport was good enough to land'». Gulf News. Dubai. Consultado em 20 de março de 2016 
  23. a b Nechepurenko, Ivan (19 de março de 2016). «Wind Given as Possible Cause of Fatal Plane Crash in Russia». The New York Times. Consultado em 19 de março de 2016 
  24. «Boeing Statement on flydubai FZ981». Boeing. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 
  25. Roth, Andrew (19 de março de 2016). «Dubai passenger jet crashes in Russia, killing 62». The Washington Post. Consultado em 19 de março de 2016 
  26. Chance, Matthew; Cullinane, Susannah; Meilhan, Pierre (19 de março de 2016). «Flydubai plane crashes in Russia; 62 aboard reported dead». CNN. Consultado em 19 de março de 2016 
  27. «Statement relating to flydubai flight FZ981». Flydubai. 19 de março de 2016. Consultado em 19 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Voo Flydubai 981