Wonder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Wonder (filme))
Wonder
No Brasil Extraordinário
Em Portugal Wonder - Encantador
 Estados Unidos
2017 •  cor •  113[1] min 
Direção Stephen Chbosky
Produção David Hoberman
Todd Lieberman
Roteiro Jack Thorne
Steven Conrad
Stephen Chbosky
Baseado em Wonder, de R. J. Palacio
Elenco Julia Roberts
Owen Wilson
Jacob Tremblay
Noah Jupe
Izabela Vidovic
Mandy Patinkin
Daveed Diggs
Gênero comédia dramática
Música Marcelo Zarvos
Bea Miller
Cinematografia Don Burgess
Edição Mark Livolsi
Companhia(s) produtora(s) Lionsgate[2]
Mandeville Films[2]
Participant Media[2]
Walden Media[2]
TIK Films[2]
Distribuição
Lançamento Estados Unidos 17 de novembro de 2017
Brasil 23 de novembro de 2017
Portugal 7 de dezembro de 2017
Idioma inglês
Orçamento US$20 milhões[4]
Receita US$305,9 milhões[5]

Wonder (bra: Extraordinário[6]; prt: Wonder - Encantador[7][8]) é um filme de drama norte-americano de 2017 dirigido por Stephen Chbosky e escrito por Steve Conrad, baseado no romance homônimo de R. J. Palacio. É protagonizado por Julia Roberts, Owen Wilson, Jacob Tremblay, Noah Jupe, Izabela Vidovic, Mandy Patinkin, e Daveed Diggs. e estreou nos Estados Unido em 17 de novembro de 2017 pela Lionsgate. O filme retrata um garoto com uma deformidade facial conhecida como síndrome de Treacher Collins. Com apenas 10 anos, Auggie Pullman lida com sua nova vida na escola e faz grandes amigos com sua determinação. Ele é realmente extraordinário.

A inspiração para o livro Wonder veio quando a escritora Raquel J. Palacio levou seu filho para tomar um sorvete e lá eles encontraram uma criança com a Síndrome de Treacher Collins. O filho da escritora começou a chorar ao vê-lo e foi neste momento que Palacio pensou em escrever um livro sobre a história. Este acontecimento, inclusive, virou uma das cenas do próprio filme.[6]

Ele recebeu críticas positivas da crítica e do público, com muitos elogiando as performances de Tremblay e Roberts, direção, composição e trilha sonora e arrecadou US$305 milhões em todo o mundo com um orçamento de US$20 milhões. No Oscar 2018, o filme foi indicado para Melhor Maquiagem e Penteado.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

August "Auggie" Pullman é um garoto de 10 anos que mora no Brooklyn, Nova York, com sua mãe Isabel, pai Nate, irmã mais velha Olivia ("Via") e cachorro Daisy. Ele nasceu com uma rara deformidade facial médica, a que ele se refere como "disostose mandibulofacial", e passou por 27 cirurgias diferentes para ver, cheirar, falar e ouvir sem um aparelho auditivo. Auggie foi alfabetizado via ensino doméstico por sua mãe, mas quando ele se aproxima da quinta série, seus pais decidem matriculá-lo na Beecher Prep, uma escola particular. Antes do início do ano letivo, Auggie se reúne com o Sr. Tushman, o diretor, que organiza uma excursão para ele com outros três alunos: Jack Will, Julian Albans e Charlotte Cody. Quando a escola começa, Auggie é inicialmente excluído por quase todo o corpo discente, mas logo forma uma estreita amizade com Jack.

No Dia das Bruxas, Auggie se veste com uma máscara e uma capa Ghostface do ano passado, quando Daisy estraga a fantasia de Boba Fett que ele planejava usar. Ele percorre a escola otimista e confiante devido ao anonimato que sua roupa lhe proporciona. No entanto, ao entrar em sua sala de aula, ele ouve Jack, que não o reconhece, juntando-se a Julian e seus amigos para tirar sarro dele pelas costas, dizendo que "ele se mataria se parecesse com Auggie". Por conta desse episódio, Auggie passa mal, forçando sua mãe a abandonar seu dia livre (que ela havia planejado passar com sua filha Via) para trazê-lo para casa. Embora magoada com a situação, Via convence Auggie para ir para Travessuras ou Gostosuras com ela, uma vez que ela não tinha com quem ir.

Eventualmente, Auggie faz uma nova amizade com uma garota chamada Summer e confia nela sobre sua separação com Jack. Quando Jack pergunta a Summer por que Auggie o está evitando, ela apenas dá a ele a pista "Ghostface". Na aula de ciências, a realização começa com ele, e ele decide fazer parceria com Auggie em vez de Julian na feira de ciências da escola. Quando Julian confronta Jack no corredor e chama Auggie de "aberração", os dois começam a brigar, que é interrompida por Browne e outro professor. Depois de suspender Jack por dois dias, o Sr. Tushman mais tarde lê a carta de Jack sabendo que ele estava defendendo Auggie. Jack depois pede desculpas a Auggie via Minecraft e eles se reconciliam.

Enquanto isso, a Via se inscreve no Drama Club em sua escola depois de conhecer um estudante de teatro chamado Justin, com quem ela logo começa um relacionamento romântico. Via é selecionada como a substituta de Miranda para o papel principal na produção da escola de Our Town, mas na noite de abertura, Miranda vê que os pais de Via estão presentes enquanto os seus não estão, então ela finge doença para deixar Via tomar seu lugar. Via faz uma performance emocionante que lhe rende aplausos de pé, e ela e Miranda se reconciliam.

Auggie continua sendo assediado por Julian e seus amigos até o Sr. Browne tomar conhecimento da situação. Tushman confronta Julian e seus pais com as evidências de bullying, incluindo inúmeras recadinhos de ódio colocados em sua mesa e uma "exclusão" de Auggie de uma foto de classe em que ele havia sido fotografado. A mãe de Julian, admitindo que tirou Auggie de cena, defende as ações de Julian e afirma que os estudantes não devem ser expostos a Auggie. Apesar de suas ameaças de conseguir financiamento da escola, Tushman suspende Julian por dois dias — fazendo com que ele perdesse um retiro natural. Ao partirem, Julian pede desculpas ao Sr. Tushman e fica perturbado quando seus pais o tiram da escola, declarando que ele não voltará no outono.

No retiro da natureza, Auggie e Jack são ameaçados por um trio de alunos da sétima série de outra escola, mas os antigos amigos de Julian vêm em seu socorro. Auggie então se torna mais aceito por seus colegas de classe.

Na cerimônia de formatura do final do ano, Auggie recebe a Medalha Henry Ward Beecher por sua força e coragem e recebe uma ovação de pé. O filme termina com todos aplaudindo Auggie, e Isabel dizendo "você realmente é extraordinário, Auggie".

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 27 de novembro de 2012, foi anunciado que a Lionsgate estava desenvolvendo uma adaptação para o cinema do romance de estréia de R. J. Palacio, Wonder, e estava conversando com John August para escrever o roteiro.[9] David Hoberman e Todd Lieberman, da Mandeville Films, produziram o filme.[9]

Em 8 de maio de 2013, Jack Thorne foi contratado para adaptar o romance depois que August saiu do projeto.[10] Em outubro de 2014, foi relatado que John Krokidas iria dirigir o filme,[11] embora em abril de 2015, Paul King tenha sido contratado para dirigir mas saiu para dirigir Paddington 2.[6] Steven Conrad estava escrevendo o roteiro naquele momento.[12]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Em 14 de abril de 2016, Jacob Tremblay foi escalado para o papel principal, Auggie Pullman, enquanto Julia Roberts estava em negociações para interpretar a mãe de Auggie.[13] Em 5 de maio de 2016, Roberts foi confirmada e Stephen Chbosky foi escolhido como diretor do filme.[14] Jacob Tremblay e sua família visitaram uma associação infantil craniofacial, onde o ator pode conhecer crianças diagnosticadas com a Síndrome de Treacher Collins. Foi a primeira vez que os irmãos Jacob e Emma Tremblay atuam juntos. Jason Tremblay, o pai das crianças, também aparece no filme como o diretor do acampamento.[6]

Em 27 de junho de 2016, Owen Wilson se juntou para interpretar o pai de Auggie. [15] Em 11 de julho de 2016, o novato Noah Jupe se juntou ao elenco como o melhor amigo de Auggie na escola,[16] e em 15 de julho de 2016, Daveed Diggs foi escalado como Mr. Browne, um professor de inglês na escola.[17]

Em 19 de agosto de 2016, Sônia Braga se juntou ao elenco, representando o papel da mãe da personagem de Roberts.[18]

Efeitos visuais[editar | editar código-fonte]

A maquiagem protética de Tremblay, projetada e criada por Arjen Tuiten, levou uma hora e meia para ser aplicada. Consistia em uma touca de caveira com orelhas protéticas presas, uma prótese facial que cobria o rosto de Tremblay e uma peruca para amarrar tudo junto.[19]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram em vários locais na Colúmbia Britânica, no Canadá, e em Coney Island, Nova York, de 18 de julho a 13 de setembro de 2016.

Música[editar | editar código-fonte]

Marcelo Zarvos compôs a trilha sonora do filme.[20] Bea Miller compôs uma música para o filme, "Brand New Eyes". Foi lançada em 3 de agosto de 2017. A autora de Wonder, R. J. Palacio, muitas vezes creditou a canção de Natalie Merchant "Wonder", de seu álbum de 1995 Tigerlily, como inspiração para seu livro mais vendido e a convite da Merchant, a música foi apresentada na trilha sonora. A música é tocada durante os créditos finais do filme.[21]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A Lionsgate inicialmente havia programado o lançamento do Wonder nos Estados Unidos em 7 de abril de 2017.[22][23] Em 13 de fevereiro de 2017, foi anunciado que a data de lançamento havia sido adiada para 17 de novembro de 2017. [24] Wonder teve sua estreia mundial no Regency Village Theatre em Los Angeles em 14 de novembro de 2017.[25]

No lançamento para os cinemas do Brasil, a Paris Filmes e a Kinoplex anunciaram a doação de parte do valor da bilheteria para ajudar nas cirurgias de crianças com deformidades faciais, a ação foi feita junto com a Operação Sorriso,[26] e em parceria com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e as Secretarias Municipais de Educação de Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, o filme foi exibido para mil e quinhentos alunos e professores de escolas públicas na Cinemark,[27] também foi realizada uma sessão junto com o Cine Roxy.[28] E com o Portal Exibidor, foi enviado um boletim incentivando o mercado a praticar a gentileza.[29]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Wonder faturou US$132,4 milhões nos Estados Unidos e Canadá e US$173,2 milhões em outros territórios, num total mundial de US$305,6 milhões, contra um orçamento de produção de US$20 milhões.[5] Deadline Hollywood calculou que o filme obteve um lucro líquido de US$55,3 milhões, ao fatorar todas as despesas e receitas.[30]

Nos Estados Unidos e no Canadá, Wonder estreou ao lado da Liga da Justiça e de The Star e foi inicialmente projetado para arrecadar cerca de US$9 milhões em 3,096 cinemas em seu primeiro fim de semana.[31] No entanto, após arrecadar US$740,000 com as prévias de quinta-feira à noite e receber um grande número de vendas de ingressos para grupos, as projeções para o final de semana aumentaram para US$15 milhões.[32] As projeções do final de semana foram novamente aumentadas, desta vez para US$28 milhões, depois que o filme faturou US$9,4 milhões em seu primeiro dia. O filme estreou com US$27,1 milhões, terminando em segundo nas bilheterias, atrás da Liga da Justiça.[33] No segundo final de semana, o filme caiu apenas 17,7%, faturando US$22,7 milhões e terminando em terceiro nas bilheterias.[34]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme tem uma classificação de aprovação de 85% com base em 185 críticas e uma classificação média de 7/10.[35] Em Metacritic, o filme tem uma pontuação média ponderada de 66 em 100, com base em 33 críticos, indicando "críticas geralmente favoráveis".[36] As audiências consultadas pelo CinemaScore deram ao filme uma nota média de "A+" em uma escala de A+ a F, um dos menos de 90 filmes na história do serviço para receber a nota.[33]

Alguns críticos criticaram a decisão de escalar um ator sem a doença como Auggie por minar a mensagem do filme.[37][38]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio Data da cerimônia Categoria Destinatário(s) e nomeado(s) Resultado Ref.
AARP's Movies for Grownups Awards 5 de fevereiro de 2018 Melhor Filme Intergeracional Wonder Indicado [39]
Pesquisa dos Leitores Wonder Indicado
Academy Awards 4 de março de 2018 Melhor Maquiagem e Penteados Arjen Tuiten Indicado [40]
British Academy Film Awards 18 de fevereiro de 2018 Melhor Maquiagem e Caracterização Naomi Bakstad, Robert Pandini and Arjen Tuiten Indicado [41]
Casting Society of America 18 de janeiro de 2018 Grande Orçamento - Comédia Deborah Aquila, Kara Eide, Tricia Wood e Kris Woz Indicado [42]
Critics' Choice Movie Awards 11 de janeiro de 2018 Melhor Ator/Atriz Jovem Jacob Tremblay Indicado [43]
Melhor Roteiro Adaptado Jack Thorne, Steve Conrad e Stephen Chbosky Indicado
Melhor Cabelo e Maquiagem Wonder Indicado
Heartland Film Festival 31 de dezembro de 2017 Melhor Filme Stephen Chbosky Venceu [44]
Hochi Film Award 18 de dezembro de 2018 Melhor Filme Internacional Stephen Chbosky Venceu [45]
London Film Critics Circle 28 de janeiro de de 2018 Jovem Artista Britânico/Irlandês do Ano Noah Jupe Indicado [46]
Make-Up Artists and Hair Stylists Guild 24 de fevereiro de 2018 Filme: Melhor Maquiagem Contemporânea Naomi Bakstad, Jean Black e Megan Harkness Indicado [47]
Melhor Filme Contemporâneo: Melhor Estilo de Cabelo Contemporâneo Robert Pandini e Alisa Macmillan Indicado
Filme: Melhores Efeitos Especiais de Maquiagem Michael Nickiforek e Arjen Tuiten Indicado
Melhor Filme Contemporâneo: Melhor Estilo de Cabelo Contemporâneo Robert Pandini e Alisa Macmillan Indicado
Filme: Melhores Efeitos Especiais de Maquiagem Michael Nickiforek e Arjen Tuiten Indicado
Saturn Awards 27 de junho de 2018 Melhor desempenho de um ator mais jovem Jacob Tremblay Indicado [48]
Melhor Maquiagem Arjen Tuiten Indicado
Melhor Filme Independente Wonder Venceu
Seattle Film Critics Society 18 de dezembro de 2017 Melhor Performance Jovem Jacob Tremblay Indicado [49]
Washington D.C. Area Film Critics Association 8 de dezembro de 2017 Melhor Performance Jovem Jacob Tremblay Indicado [50]
Women Film Critics Circle 17 de dezembro de 2017 Melhor Filme de Família Wonder Indicado [51]
[52]
Teen Choice Awards 12 de agosto de 2018 Choice Drama Wonder Indicado [53]
Choice Drama Actor Jacob Tremblay Indicado
Choice Drama Actress Julia Roberts Indicado

Adaptação musical[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado em 9 de abril de 2019 que uma adaptação musical do filme está em andamento para a Broadway. Jill Furman (Hamilton) produzirá, R. J. Palacio escreverá o livro para a produção teatral.

Referências

  1. «WONDER». Lionsgate Press. Consultado em 26 de julho de 2017 
  2. a b c d e «Film releases». Variety Insight. Consultado em 10 de junho de 2017 
  3. «Extraordinário». Filme B. Consultado em 19 de março de 2021 
  4. «Will 'Justice League' Perform Like 'Wonder Woman' or 'Suicide Squad' at the Box Office?». TheWrap. 14 de novembro de 2017 
  5. a b «Wonder (2017)». Box Office Mojo. Consultado em 1 de outubro de 2018 
  6. a b c d «Extraordinário: Curiosidades». AdoroCinema. Brasil. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  7. «Wonder - Encantador». Cinecartaz. Portugal: Público. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  8. «Wonder - Encantador». SAPO Mag. Portugal. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  9. a b Sneider, Jeff (26 de novembro de 2012). «Lionsgate lining up John August to adapt 'Wonder'». Variety. Consultado em 28 de junho de 2016 
  10. Fleming, Mike, Jr. (8 de maio de 2013). «Lionsgate Taps Jack Thorne To Adapt R.J. Palacio Novel 'Wonder'». Consultado em 16 de julho de 2016 
  11. Ford, Rebecca; Kit, Borys (7 de outubro de 2014). «'Kill Your Darlings' Director to Helm YA Adaptation 'Wonder' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 16 de julho de 2016 
  12. Kit, Borys (23 de abril de 2015). «'Paddington' Director Books Lionsgate's YA Adaptation 'Wonder' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 16 de julho de 2016 
  13. Geier, Thom (14 de abril de 2016). «'Room' Star Jacob Tremblay in Talks for Lionsgate's 'Wonder'». TheWrap. Consultado em 16 de julho de 2016 
  14. Kit, Borys; Ford, Rebecca (5 de maio de 2016). «Julia Roberts to Play Jacob Tremblay's Mother in 'Wonder'». The Hollywood Reporter. Consultado em 16 de julho de 2016 
  15. Kroll, Justin (27 de junho de 2016). «Owen Wilson to Co-Star With Julia Roberts in 'Wonder' (EXCLUSIVE)». Variety. Consultado em 16 de julho de 2016 
  16. Kit, Borys (11 de julho de 2016). «'Night Manager' Actor Joins Julia Roberts, Jacob Tremblay in 'Wonder' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 16 de julho de 2016 
  17. Lincoln, Ross A. (15 de julho de 2016). «Tony Winner Daveed Diggs Joins Lionsgate's 'Wonder' In First Post-'Hamilton' Film Role». Deadline Hollywood. Consultado em 16 de julho de 2016 
  18. Kit, Borys (19 de agosto de 2016). «Sonia Braga Playing Julia Roberts' Mother in 'Wonder' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  19. Ator de ‘Extraordinário’ mostra processo de maquiagem para filme Veja
  20. «Marcelo Zarvos to Score Steven Chbsoky's 'Wonder'». FilmMusicReporter. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 13 de janeiro de 2017 
  21. «Wonder the Film». Natalie Merchant. 12 de junho de 2017. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  22. «Julia Roberts, Jacob Tremblay's Wonder gets spring 2017 release date». Entertainment Weekly. Time Inc. 8 de junho de 2016. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  23. «First Look! Julia Roberts and Jacob Tremblay Will Melt Your Heart in Wonder». People. 10 de agosto de 2016. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  24. «Julia Roberts' Drama 'Wonder' Pushed to November». The Hollywood Reporter. Prometheus Global Media, LLC. 13 de fevereiro de 2017. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  25. Saval, Malina (15 de novembro de 2017). «'Wonder' Premiere Celebrates Book's Six-Year Journey to Big Screen, 'Once-in-a-Lifetime Actor' Jacob Tremblay». Variety. Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  26. «KINOPLEX E PARIS FILMES DOARÃO PARTE DA RENDA DE "EXTRAORDINÁRIO" PARA CIRURGIAS DE CORREÇÃO FACIAL». Portal Exibidor. Consultado em 14 de junho de 2021 
  27. «PARIS FILMES PROMOVE SESSÕES DE "EXTRAORDINÁRIO" PARA ALUNOS E DOCENTES DA REDE PÚBLICA». Portal Exibidor. Consultado em 14 de junho de 2021 
  28. «CINE ROXY REALIZA EXIBIÇÃO INCLUSIVA DE "EXTRAORDINÁRIO" E PROMOVE HÁBITO CULTURAL DE IR AO CINEMA». Portal Exibidor. Consultado em 14 de junho de 2021 
  29. «PARIS FILMES INCENTIVA MERCADO A PRATICAR GENTILEZA EM CAMPANHA DE "EXTRAORDINÁRIO"». Portal Exibidor. Consultado em 14 de junho de 2021 
  30. D'Alessandro, Anthony (29 de março de 2018). «Small Movies, Big Profits: 2017 Most Valuable Blockbuster Tournament». Deadline Hollywood. Consultado em 29 de março de 2018 
  31. Anita Busch (14 de novembro de 2017). «The Tale Of Two Films: Walden Media's 'The Star' & 'Wonder' Bow On Same Day» 
  32. D'Alessandro, Anthony (17 de novembro de 2017). «'Justice League' Powers To $13M Thursday Night; Beats 'Wonder Woman' – Friday AM Update». Deadline Hollywood. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  33. a b D'Alessandro, Anthony (18 de novembro de 2017). «'Justice League' Encounters Kryptonite At The B.O. With $93M+ Opening: Why The DC Movie Weakened». Deadline Hollywood. Consultado em 18 de novembro de 2017 
  34. D'Alessandro, Anthony (26 de novembro de 2017). «Thanksgiving B.O. At $268M, +3% Over 2016 Spurred By 'Coco' & Holdovers». Deadline Hollywood. Consultado em 28 de novembro de 2017 
  35. «Wonder (2017)». Rotten Tomatoes. Fandango. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 
  36. «Wonder reviews». Metacritic. CBS Interactive Inc. Consultado em 11 de dezembro de 2017 
  37. Henley, Ariel. «What "Wonder" Gets Wrong About Disfigurement and Craniofacial Disorders». TeenVogue (em English). Consultado em 27 de janeiro de 2018 
  38. Barack, Lauren. «Critics Question the Representation of Disability in 'Wonder'». School Library Journal. Consultado em 16 de dezembro de 2017 
  39. Lee, Ashley (17 de janeiro de 2018). «AARP's Movies for Grownups Awards: 'The Post' Leads Nominees». The Hollywood Reporter. Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  40. «Oscars: 'Shape of Water' Leads With 13 Noms». The Hollywood Reporter. 23 de janeiro de 2018. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  41. Ritman, Alex (8 de janeiro de 2018). «BAFTA Awards: 'Shape of Water,' 'Three Billboards,' 'Darkest Hour' Lead Pack of Nominations». The Hollywood Reporter. Consultado em 8 de janeiro de 2018 
  42. Ford, Rebecca (2 de janeiro de 2018). «Artios Awards: Casting Society Reveals Film Nominees (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  43. «Critics' Choice Awards: 'The Shape of Water' Leads With 14 Nominations». The Hollywood Reporter. 6 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de dezembro de 2017 
  44. «Truly Moving Picture Award». Heartland film. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  45. «作品賞・海外部門「ワンダー 君は太陽」配給のキノフィルムズ・武部由実子社長「今後も精進して参りたいと思います」…報知映画賞表彰式». Sports Hochi (em Japanese). 19 de dezembro de 2018. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  46. Tartaglione, Nancy (19 de dezembro de 2017). «'Three Billboards' Leads London Critics' Circle Film Award Nominations». Deadline Hollywood. Consultado em 19 de dezembro de 2017 
  47. Giardina, Carolyn (5 de janeiro de 2018). «Makeup Artists and Hair Stylists Guild Awards: 'Darkest Hour,' 'Wonder' Lead Feature Nominees». Deadline Hollywood. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  48. McNary, Dave (15 de março de 2018). «'Black Panther,' 'Walking Dead' Rule Saturn Awards Nominations». Variety. Consultado em 15 de março de 2018. Cópia arquivada em 15 de março de 2018 
  49. «'Blade Runner 2049 Leads the 2017 Seattle Film Critics Society Nominations». Seattle Film Critics Society. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  50. «The 2017 WAFCA Awards». Washington D.C. Area Film Critics Association. 8 de dezembro de 2017. Consultado em 12 de dezembro de 2017 
  51. Neglia, Matt (12 de dezembro de 2017). «The 2017 Women Film Critics Circle (WFCC) Nominations». Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  52. Benardello, Karen (23 de dezembro de 2017). «The Women Film Critics Circle Awards 2017's Best Movies». Shockya.com. Consultado em 23 de dezembro de 2017 
  53. Douglas, Esme. «Teen Choice Awards 2018: See the full list of winners». EW. Consultado em 13 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]