A Testemunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Witness
A testemunha (PT/BR)
Pôster original do filme
 Estados Unidos
1985 • cor • 112 min 
Direção Peter Weir
Roteiro William Kelley
Earl W. Wallace
Elenco Harrison Ford
Kelly McGillis
Lukas Haas
Danny Glover
Josef Sommer
Género policial
Idioma inglês / alemão
Página no IMDb (em inglês)

Witness (br/pt: A testemunha) é um filme estadunidense de 1985, do gênero policial, dirigido por Peter Weir e baseado em história de Pamela Wallace, William Kelley e Earl W. Wallace.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A viúva Rachel e seu filho amish Samuel, de oito anos, pretendem viajar para Baltimore mas, na estação de trens da Filadélfia, o menino presencia o assassinato de um policial e reconhece outro policial como o assassino do Gama Wokker . Para protegê-los, John Book, o policial encarregado do caso, resolve levá-los de volta para a comunidade a que eles pertencem e que recusa os benefícios da vida moderna. Ao ser ferido pelos assassinos, o detetive precisa permanecer na comunidade até que se recupere e encontra dificuldades para se adaptar ao novo estilo de vida. Ao final os suspeitos e John travam uma batalha final.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1986 (EUA)

Globo de Ouro 1986 (EUA)

  • Recebeu seis indicações nas categorias de melhor filme - drama, melhor diretor, melhor ator - drama (Harrison Ford), melhor atriz coadjuvante (Kelly McGinnis), melhor roteiro e melhor trilha sonora.

BAFTA 1986 (Reino Unido)

  • Venceu na categoria de melhor trilha sonora.
  • Indicado nas categorias de melhor filme, melhor ator (Harrison Ford), melhor atriz (Kelly McGinnis), melhor fotografia, melhor roteiro original e melhor montagem.

Prêmio Eddie 1986 (American Cinema Editors, EUA)

  • Venceu na categoria de melhor montagem em cinema.

Academia Japonesa de Cinema 1986 (Japão)

  • Venceu na categoria de melhor filme estrangeiro.

Prêmio Edgar 1986 (Edgar Allan Poe Awards, EUA)

  • Venceu na categoria de melhor filme.

Grammy Awards 1986 (EUA)

  • Indicado na categoria de melhor álbum de trilha sonora original para cinema ou televisão.

Kansas City Film Critics Circle Awards 1986 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor filme e melhor ator (Harrison Ford).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O roteiro original de A testemunha era focado na personagem "Rachel Lapp" e foi idéia do diretor Peter Weir trocar o foco da história, voltando-o para a comparação entre violência e pacifismo através da perspectiva do personagem "John Book".
  • A personagem "Rachel" pergunta a "Book" se ele entende de carpintaria e ele responde que conhece um pouco. A ironia do diálogo é que Harrison Ford trabalhou como carpinteiro antes de se tornar famoso.
  • Foi o filme de estréia de Viggo Mortensen.
  • David Cronenberg esteve cotado para dirigir o filme A testemunha.
  • Sylvester Stallone recusou o papel de "John Book".
  • Wonderful World, a canção da cena da serenata, foi escolhida por Harrison Ford, pois o diretor Peter Weir disse que uma vez que Ford teria que cantá-la e dançá-la, ele deveria ser capaz de escolher a canção que desejava para a cena.
  • Na preparação para o seu papel, Kelly McGillis viveu na casa de uma verdadeira viúva amish e seus sete filhos por um período de tempo antes do início das filmagens, para aprender a cadência da sua fala e observar o seu dia-a-dia.
  • Os verdadeiros amish não participaram das filmagens, pois como o próprio filme mostra, eles não gostam de tirar fotografia. Contudo, eles mostraram-se muito interessados nas filmagens e a observaram de fora do alcance das câmeras.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]