Adalberto da Itália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adalberto da Itália
Conde de Saboia
Brasão de Armas do Marquesado de Ivrea - Dinastia Anscárida - Adalberto da Itália ou Adalberto II de Ivrea, Atualmente faz parte das Armas da cidade de Milão.
Governo
Reinado Marquês de Ivrea e rei da Itália
Consorte Gerberga de Chalon
Vida
Nome completo Adalberto da Itália
Nascimento 931
Morte 975 (44 anos)
Autun
Pai Berengário II de Itália
Mãe Vila III de Arles

Adalberto da Itália ou Adalberto II de Ivrea (931Autun, 975) foi o sexto marquês de Ivrea e rei da Itália, de 950 a 962 (a partir de 951, em disputa com imperador Romano-Germânico, Oto I da Germânia).

Adalberto foi levado ao trono da Itália por seu pai, em 950. Vencido seu pai, em 963, por Oto I, Adalberto continuou a luta contra o imperador, mas acabou por ter de se refugiar em Constantinopla ao saber que perdera a contenda.[1] [2]

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Filho Berengário II de Itália também denominado Berengário de Ivrea (ca. 900 — Bamberg, 6 de julho de 966[3] ) que foi marquês de Ivrea, entre 928 e 950 e rei da Itália, de 950 a 961, e de Vila III de Arles (912-970), filha do conde da Provença e marquês de Toscana, Bosão de Arles e Avinhão (885-936), e de Vila II de Borgonha, filha do rei de Borgonha Rodolfo I da Germânia (1 de maio de 1218 - 15 de julho de 1291) e de Vila de Provença.

Por volta de 960, Adalberto casou-se com Gerberga de Chalon (947 - 980), filha de Lamberto de Chalon (930- 22 de fevereiro de 979), e de Adelaide de Vermandois (925 - 980), filha de Roberto I de Vermandois (c. 910 - 966) e de Adelaide Verra da Borgonha (930 - 987), de quem teve:

  1. Otão Guilherme de Borgonha (c.960-1026), que, ainda criança quando o pai morreu, foi adotado pelo segundo esposo de sua mãe, de quem herdou o Condado da Borgonha.
  2. Gisele de Borgonha (983-1020) casada com o marquês Anselmo I de Monferrato, senhor de Monferrato,
  3. Harduíno de Borgonha (? - 1015) marquês de Ivrea,
  4. Gilberto de Borgonha (? - 1030) marquês de Ivrea,
  5. Amadeu de Borgonha

Em 972, após a morte do marido Gerberga voltou a casar, desta feita Odo-Henrique, Duque da Borgonha (946 - 15 de outubro de 1002), conde de Nevers, duque de Borgonha.

Referências

  1. Les Comtes Palatins de Bourgogne, Thierry Le Hête, Thierry Le Hête, 1ª Edição, La Bonneville-sur-Iton, 1995, pg. 25
  2. A dinastia dos Capetos, Thierry Le HETE, Edição Autor do, 1 ª edição, A Bonneville-sur-Iton, 1998, pg. 13
  3. Stewart Baldwin: Berengario II in: Henry Project
Precedido por
Berengário II
Rei da Itália
(com Berengário II)

951
Sucedido por
Oto I


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.