Anexo:Lista de prefeitos de Teresina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de prefeitos de Teresina, no estado do Piauí.

Presidentes do Conselho de Intendência do Município de Teresina:

O segundo intendente (presidente do Conselho) foi o Barão de Castelo Branco.

O governador Taumaturgo de Azevedo deixa o governo à 4 de junho de 1890 e no dia 27 de dezembro toma posse o governador Álvaro Mendes, que decreta a Constituição do Piauí ad referendum do congresso constituinte. No dia 13 de junho de 1892, já promulgada a Constituição, realiza-se a primeira eleição para escolha do intendente de Teresina, do vice intendente e dos conselheiros municipais.

Foram eleitos:

  • Intendente – Manuel Raimundo da Paz
  • Vice-Intendente – Honório Parentes
  • Conselheiros – militar Raimundo Antônio de Farias, farmacêutico Alfredo Gentil de Albuquerque, Joaquim José da Cunha, Raimundo Elias de Sousa, Leôncio Pereira de Araújo, Jardelino Francisco Barbosa de Amorim, Viriato Rios do Carmo, Francisco da Silva Rabelo, Manuel Lopes Correia Lima.

Relação dos Intendentes de Teresina (Informações gerais):

  • De 07.01.1893 a 07.01.1897 - Manuel Raimundo da Paz, piauiense, nascido no município de Humildes (atual Alto Longá) em 1838. Faleceu em Teresina.
  • De 07.01.1897 a 14.03.1900 - Antônio Gonçalves Pedreira Portelada, que permanece no cargo até 07 de janeiro de 1901.
  • De 07.01.1901 a 01.01.1905 - Benjamim de Sousa Martins, sendo o vice-intendente Antônio Francisco Ribeiro.
  • De 20.02.1905 a 07.01.1909 - Domingos Monteiro. Militar. Enquanto aguardava licença do Exército para assumir, a Intendência foi ocupada pelo vice Afonso Ribeiro de Albuquerque, de 01.01 a 20.02.1905.
  • De 07.01.1909 a 06.09.1909 - Emílio César Burlamaqui, que renunciou em 06.09.1909 para assumir o cargo de delegado fiscal. O vice Adão de Medeiros Soares permanece na Intendência até 30.10.1909.
  • De 30.10.1909 a 29.03.1910 - José Pires Rebelo, engenheiro civil, foi deputado federal e senador pelo Piauí. Natural de Piripiri, morreu no Rio de Janeiro. Em 29.03.1910 renuncia para assumir o cargo de diretor de Obras Públicas. Assume o vice-intendente Adão de Medeiros Soares, que permanece até 11.09.1910.
  • De 11.09.1910 a 07.01.1913 - Tersandro Gentil Pedreira Paz. Nascido em Teresina. Farmacêutico, foi comerciante e industrial. Morreu no Rio de Janeiro.
  • De 07.01.1913 a 01.01.1917 - Tersandro Gentil Pedreira Paz. Reeleito.
  • De 01.01.1917 a 24.01.1921 - Antônio da Costa Araújo. Engenheiro militar, foi comandante do 25º BC. Natural de Campo Maior, morreu em Teresina.
  • De 24.01.1921 a 27.04.1924 - Manuel Raimundo da Paz Filho. Oficial do Exército. Natural de Campo Maior. Teve administração tumultuada por desentendimentos políticos. O ex-governador João Luis Ferreira é eleito para o quadriênio seguinte, mas não assume. A Intendência é dirigida e por todo o período pelo vice-intendente Anfrísio Lobão Veras Filho. Com o afastamento de Manuel Raimundo da Paz Filho, assume a Intendência o presidente do Conselho João da Cruz Monteiro, de 27.01.1924 a 02.01.1925.
  • De 02.01.1925 A 02.10.1929 - Anfrísio Lobão Veras Filho. Médico.Natural de União, morreu em Teresina.
  • De 02.01.1929 a 06.10.1930 - Domingos Monteiro. Reeleito. Mandato interrompido pela Revolução de 1930, que leva Getúlio Vargas à chefia da Nação. O governador João de Deus Pires Leal é deposto. Assume o Executivo estadual o vice-governador Humberto de Arêa Leão. Monteiro recusa continuar no cargo e Raimundo de Arêa Leão assume a Intendência na condição de Prefeito.

Relação dos intendentes de Teresina[editar | editar código-fonte]

Apresentamos aqui os intendentes de Teresina que administraram a cidade durante a República Velha, período histórico brasileiro compreendido entre a Proclamação da República em 1889 e a Revolução de 1930.[1]

Nome Partido Naturalidade Unidade federativa Início do mandato Fim do mandato
1 João da Cruz e Santos (Barão de Uruçuí)
2 Mariano Gil Castelo Branco José de Freitas  Piauí
3 Manoel Raimundo da Paz Alto Longá  Piauí 07/01/1893 07/01/1897
4 Antônio Gonçalves Pedreira Portelada 07/01/1897 07/01/1901
5 Benjamim de Sousa Martins 07/01/1901 01/01/1905
6 Afonso Ribeiro de Albuquerque 01/01/1905 20/02/1905
7 Domingos Monteiro 20/02/1905 07/01/1909
8 Emílio César Burlamaqui[2] 07/01/1909 06/09/1909
9 Adão de Medeiros Soares 06/09/1909 30/10/1909
10 José Pires Rebelo[3] Piripiri  Piauí 30/10/1909 29/03/1910
11 Adão de Medeiros Soares 29/03/1910 11/09/1910
12 Tersandro Gentil Pedreira Paz Teresina  Piauí 11/09/1910 07/01/1913
Tersandro Gentil Pedreira Paz[4] Teresina  Piauí 07/01/1913 01/01/1917
13 Antônio da Costa Araújo Campo Maior  Piauí 01/01/1917 24/01/1921
14 Manoel Raimundo da Paz Filho Campo Maior  Piauí 24/01/1921 27/04/1924
15 João da Cruz Monteiro 27/04/1924 02/01/1925
16 Anfrísio Lobão Veras Filho[5] União  Piauí 02/01/1925 02/10/1929
17º Domingos Monteiro[6] 02/01/1929 06/10/1930

Relação dos prefeitos de Teresina[editar | editar código-fonte]

A relação a seguir apresenta os prefeitos de Teresina durante o Governo Vargas, a Segunda República, o Regime Militar de 1964 e a Redemocratização.[1]

Nome Partido Naturalidade Unidade federativa Início do mandato Fim do mandato
18 Raimundo de Arêa Leão Teresina  Piauí 6 de outubro de 1930 25 de dezembro de 1930
19 João Martins do Rego 25 de dezembro de 1930 28 de fevereiro de 1931
20 Domingos Monteiro 2 de março de 1931 8 de março de 1932
21 Agenor Monte São Luís do Quitunde  Alagoas 8 de março de 1932 17 de março de 1932
22 Luís Pires Chaves 17 de março de 1932 10 de maio de 1935
23 Osvaldo da Costa e Silva Amarante  Piauí 17 de maio de 1935 14 de setembro de 1935
24 Francisco do Rego Monteiro 14 de setembro de 1935 1 de fevereiro de 1936
25 Lindolfo do Rego Monteiro 1 de fevereiro de 1936 11 de novembro de 1945
26 José Martins Leite Pereira 11 de novembro de 1945 14 de março de 1946
27 Celso Pinheiro Filho 14 de março de 1946 31 de dezembro de 1946
28 Durvalino Couto 12 de janeiro de 1947 28 de abril de 1947
29 Godofredo Freire da Silva Teresina  Piauí 7 de junho de 1947 9 de janeiro de 1948
30 José Virgílio Castelo Branco da Rocha 10 de janeiro de 1948 21 de abril de 1948
31 José Martins Leite Pereira[7] 21 de abril de 1948 13 de junho de 1948
32 José Ribamar de Castro Lima[8] Parnaíba  Piauí 13 de junho de 1948 31 de janeiro de 1951
33 João Mendes Olímpio de Melo Tarauacá  Acre 31 de janeiro de 1951 31 de janeiro de 1955
34 Agenor Barbosa de Almeida 31 de janeiro de 1955 31 de janeiro de 1959
35 Petrônio Portela Nunes[9] Valença do Piauí  Piauí 31 de janeiro de 1959 31 de janeiro de 1963
36 Hugo Bastos 31 de janeiro de 1963 31 de janeiro de 1967
37 Jofre do Rego Castelo Branco[10] Miguel Alves  Piauí 31 de janeiro de 1967 10 de outubro de 1969
38 José Raimundo Bona Medeiros[10] União  Piauí 10 de outubro de 1969 31 de maio de 1970
39 Wagner Saraiva de Lima[11] [10] 14 de maio de 1970 29 de junho de 1970
40 Haroldo Borges[10] 29 de junho de 1970 18 de março de 1971
41 Joel da Silva Ribeiro[10] Guadalupe  Piauí 18 de março de 1971 18 de março de 1975
42 Raimundo Wall Ferraz[10] Teresina  Piauí 18 de março de 1975 23 de março de 1979
43 José Raimundo Bona Medeiros[10] União  Piauí 23 de março de 1979 14 de maio de 1982
44 Jesus Elias Tajra[10] Teresina  Piauí 14 de maio de 1982 21 de março de 1983
45 Antônio de Almendra Freitas Neto[10] Teresina  Piauí 21 de março de 1983 1 de janeiro de 1986
46 Raimundo Wall Ferraz[12] Teresina  Piauí 1 de janeiro de 1986 31 de dezembro de 1988
47 Heráclito de Sousa Fortes Teresina  Piauí 1º de janeiro de 1989 31 de dezembro de 1992
48 Raimundo Wall Ferraz[13] Teresina  Piauí 1º de janeiro de 1993 22 de março de 1995
49 Francisco Gerardo da Silva[14] Aracaju  Sergipe 22 de março de 1995 31 de dezembro de 1996
50 Firmino da Silveira Soares Filho Teresina  Piauí 1º de janeiro de 1997 31 de dezembro de 2000
Firmino da Silveira Soares Filho[15] Teresina  Piauí 1º de janeiro de 2001 31 de dezembro de 2004
51 Sílvio Mendes de Oliveira Filho Campo Maior  Piauí 1º de janeiro de 2005 31 de dezembro de 2008
Sílvio Mendes de Oliveira Filho[15] [16] Campo Maior  Piauí 1º de janeiro de 2009 31 de março de 2010
52 Elmano Férrer de Almeida[8] Lavras da Mangabeira  Ceará 31 de março de 2010 31 de dezembro de 2012
53 Firmino da Silveira Soares Filho Teresina  Piauí 1º de janeiro de 2013 em exercício
Legenda
Cor Significado
Verde Mandatários eleitos por votação direta ou indireta (por escolha da Câmara Municipal)
Bege Mandatários nomeados diretamente pelo Governo Central em épocas de convulsão político-social
Azul claro Vice-prefeitos que assumiram o cargo de prefeito.

Referências

  1. a b SOARES, Nildomar da Silveira. Leis Básicas do Município de Teresina. 3. ed. Teresina: Jolenne, 2001.
  2. Renunciou para assumir o cargo de delegado fiscal.
  3. Renunciou para assumir o cargo de diretor de Obras Públicas.
  4. Reeleito.
  5. O ex-governador João Luís Ferreira é eleito para o quadriênio seguinte, mas não assume.
  6. Mandato interrompido pela Revolução de 1930 que instalou Getúlio Vargas no poder por quinze anos. O governador João de Deus Pires Leal é deposto e assume o vice-governador Humberto de Arêa Leão. Monteiro recusa continuar no cargo e Raimundo de Arêa Leão assume a Intendência na condição de prefeito.
  7. Primeiro prefeito eleito após o fim do Estado Novo e a consequente promulgação da Constituição de 1946.
  8. a b Vice-prefeito eleito, assumiu o cargo após a renúncia do titular.
  9. Eleito governador do Piauí em 1962, não precisou afastar-se do cargo.
  10. a b c d e f g h i Prefeito nomeado segundo as regras do Ato Institucional Número Três.
  11. Chefe de gabinete da prefeitura, cargo equivalente ao de vice-prefeito, assumiu interinamente após o titular ter renunciado para concorrer ao mandato de deputado estadual.
  12. Foi o primeiro prefeito eleito pelo voto direto após o Regime Militar de 1964.
  13. Licenciado para tratamento de saúde, faleceu no exercício do cargo.
  14. Assumiu o cargo após a morte do titular.
  15. a b Reeleito conforme a Emenda Constitucional nº 16 de 4 de junho de 1997.
  16. Renunciou ao mandato a fim de candidatar-se a governador do Piauí em 2010 sendo derrotado pelo governador Wilson Martins, que foi reeleito em segundo turno.