Arquidiocese de Nanquim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Nanquim
Archidiœcesis Nanchinensis
Localização
País República Popular da China
Dioceses Sufragâneas Diocese de Haimen
Diocese de Xangai
Diocese de Suzhou
Diocese de Xuzhou
Estatísticas
Área km²
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 1659
Elevação a Arquidiocese 11 de abril de 1946
Governo da Arquidiocese
Arcebispo sede vacante
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Endereço Catedral da Imaculada Conceição

A Arquidiocese de Nanquim (Archidiœcesis Nanchinensis, em chinês, 天主教南京总教区) é uma arquidiocese da Igreja Católica situada em Nanquim, na República Popular da China. É fruto da elevação da diocese de Nanquim. Atualmente está em sede vacante, desde 1978, devido as relações estremecidas entre a Santa Sé e o governo local. Sua é a Catedral da Imaculada Conceição.

Possui 17 paróquias (1951).

História[editar | editar código-fonte]

O vicariato apostólico de Nanquim foi eregido em 1659 pelo Papa Alexandre VII. O vicariato foi eregido para servir as necessidades dos católicos chineses e coordenar melhor a evangelização em várias províncias chinesas, principalmente as do norte da China. Antes da formação do vicariato apostólico, todo o território chinês estava sob jurisdição eclesiástica da Diocese de Macau.1

O vicariato apostólico foi promovido a diocese de Nanquim no dia 10 de abril de 1690, pela bula papal “Romanus Pontifex” do Papa Alexandre VIII. Surgiu pela necessidade de se dividir o território chinês em 3 dioceses: Nanquim, Pequim e Macau, todas elas vinculadas ao Padroado português e sufragâneas da Arquidiocese de Goa.

Após disputas entre o Padroado português e a Congregação de Propaganda Fide, a diocese foi transformada no vicariato apostólico de Kiangnan, em 1856, desvinculando-se assim do Padroado. Em 1921, teve seu nome alterado para vicariato apostólico de Kiangsu e, em 1922, para vicariato apostólico de Nanquim.

Em 11 de abril de 1946, aquando da o Papa Pio XII eleva o vicariato apostólico a Arquidiocese. Após a morte do Cardeal Paul Yü Pin, em 1978, não foram mais nomeados arcebispos para a Arquidiocese, devido ao regime comunista de Pequim, que não permite as atividades da Igreja no país.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Vigários Apostólicos de Nanquim (1659 - 1690)[editar | editar código-fonte]

Bispos de Nanquim (1690 - 1856)[editar | editar código-fonte]

Vigários apostólicos de Kiangnan[editar | editar código-fonte]

  • André-Pierre Borgniet, S.J. (1859 - 1862)
  • Adrien-Hyppolyte Languillat, S.J. (1864 - 1878)
  • Valentin Garnier, S.J. (1879 - 1898)
  • Jean-Baptiste Simon, S.J. (1899)
  • Próspero París, S.J. (1900 - 1921)

Vigário apostólico de Kiangsu[editar | editar código-fonte]

Vigários apostólicos de Nanquim[editar | editar código-fonte]

Arcebispos de Nanquim[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Macau e a sua Diocese, do Monsenhor Manuel Teixeira; págs. 37, 38 e 39