AutoCAD

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
AutoCAD
Captura de tela
Desenvolvedor Autodesk, Inc.
Lançamento Dezembro 1982
Versão estável 2013 (R20) (mar 2012)
Sistema operacional Windows, Mac OS
Gênero(s) CAD
Licença Proprietário
Página oficial www.autodesk.com

AutoCAD é um software do tipo CADcomputer aided design ou desenho auxiliado por computador - criado e comercializado pela Autodesk, Inc. desde 1982. É utilizado principalmente para a elaboração de peças de desenho técnico em duas dimensões (2D) e para criação de modelos tridimensionais (3D). Além dos desenhos técnicos, o software vem disponibilizando, em suas versões mais recentes, vários recursos para visualização em diversos formatos. É amplamente utilizado em arquitetura, design de interiores, engenharia civil, engenharia mecânica, engenharia geográfica , engenharia elétrica e em vários outros ramos da indústria. O AutoCAD é atualmente disponibilizado em versões para o sistema operacional Microsoft Windows e Mac OS, embora já tenham sido comercializadas versões para UNIX.

A partir da versão R14 (publicada em 1997) potencializa a expansão de sua funcionalidade por meio da adição de módulos específicos para desenho arquitetônico, SIG, controle de materiais, etc.

Outra característica marcante do AutoCAD é o uso de uma programação consolidada em linguagem interpretada, conhecida como AutoLISP (derivado da linguagem LISP) ou uma variação do Visual Basic que permitem personalizações de rotinas e comandos.

Interpreta também sequências de comandos comuns gravados em arquivos de texto geralmente com a extensão .scr carregados através do comando script, estes sem relação com a linguagem lisp, embora possam também conter este código.

Versões AutoCAD[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:Bike-zeichnung.png
Desenho de uma bicicleta produzida no AutoCAD.
  • AutoCAD Versão 1.0 (Release 1.0) - Dezembro 1982

Dezembro de 82 a Autodesk Lança o AutoCAD v.1.0 (R1). A especificação R1 não existia, serve apenas como referência.

  • AutoCAD Versão 1.2 (Release 2.0) - Abril 1983
  • AutoCAD Versão 1.3 (Release 3.0) - Agosto 1983
  • AutoCAD Versão 1.4 (Release 4.0) - Outubro 1983
  • AutoCAD Versão 2.0 (Release 5.0) - Outubro 1984
  • AutoCAD Versão 2.1 (Release 6.0) - Maio 1985

Maio de 85 a Autodesk Lança o AutoCAD v.2.1 (R6) as mudanças no AutoCAD começam a ser marcantes, pois nesta versão surgia os comandos E-LEV, VPOINT, HIDE Permitindo extrusões e visualização da plotagem. É nesta versão que o AutoCAD começa a trabalhar em 3D.

  • AutoCAD Versão 2.5 (Release 7.0) - Junho 1986

Junho de 86 a Autodesk Lança o AutoCAD v.2.5 (R7) o espaçamento entre os lançamentos das atualizações são compensadas pelas evoluções no programa.

  • AutoCAD Versão 2.6 (Release 8.0) - Abril 1987

Abril de 87 a Autodesk Lança o AutoCAD v.2.6 (R8) chegam os comandos 3DLINE (linha 3D), 3DFACE (plano em 3D).

  • AutoCAD Release 9.0 - Setembro 1987

Setembro de 87 surge o AutoCAD Release 9, muito semelhante à versão 2.6, porém com o pull-down menu, o AutoCAD começa ser mais interativo.

  • AutoCAD Release 10.0 - Outubro 1988

Outubro de 88 surge o AutoCAD Release 10, O AutoCAD se torna mais profissional, um novo sistema de coordenadas UCS (User Coordinates System) novos recursos em 3D comandos como: 3DPOLY, 3DMESH, RULE-SURF, VIEWPORTS, etc.

  • AutoCAD Release 11.0 - Outubro 1990

Outubro de 90 surge o AutoCAD Release 11 para MS-DOS ou UNIX, oferecia suporte a redes, maior controle das variáveis de dimensionamento. O AutoCAD começava a se impor como plataforma.

  • AutoCAD Release 12.0 - Junho 1992

Junho de 92 surge o AutoCAD Release 12 para MS-DOS ou UNIX, Com mais recursos em 2D, se establece como plataforma bastante popular no mundo todo. Os recursos em 3D passam a ser um módulo vendido separado como 3D AME, a adoção de caixas de diálogo para funções acessíveis antes somente pela linha de comando o tornam mais fácil de trabalhar

  • AutoCAD Release 12.1 - Novembro 1993

Março de 93 surge o AutoCAD Release 12 For Windows, mais fácil de ser personalizado, com uma caixa flutuante de ícones para acesso aos comandos mais usados.

  • AutoCAD Release 12.2 - Novembro 1993

Novembro de 93 surge o AutoCAD LT For Windows que é basicamente o mesmo AutoCAD R12, porém com menos recursos, dirigido para pequenos usuários que procuram um Programa CAD de baixo custo.

  • AutoCAD Release 13.0 - Dezembro 1994

Dezembro de 94 surge o AutoCAD Release 13. Inicialmente era tanto para MS-DOS, Windows e UNIX, mas o que deveria ser um programa polivalente causou uma grande dor de cabeça aos usuários, pois foi o AutoCAD mais instável de todos, mas com grandes avanços como a toolbar com funções de acesso rápido, funções de layers (como por exemplo, ligar/desligar), que antes era somente pela caixa de diálogo ou linha de comando, a possibilidade de importar figuras nos formatos GIF, TIFF e BMP, o uso de textos completos e não apenas linhas individuais (MTEXT), e fontes TrueType incrementaram as opções e corretor ortográfico foram algumas das inovações. A Autodesk resolve unificar o lançamento de sua versão principal com a do seu programa mais simples o AutoCAD LT R13.

  • AutoCAD Release 13.1 - Outubro 1995

Outubro de 95 surge o AutoCAD Release 13 for Windows, com uma versão específica para o Windows 95 tornou-se mais estável. Mas muitos usuários ainda preferiam o R12.

  • AutoCAD Release 14.0 - Março 1997

Março de 97 surge o AutoCAD Release 14 for Windows. Acaba a versão para DOS e UNIX. Poderoso, oferecendo a estabilidade do R12 e as facilidades do R13, fixa como a plataforma mais usada no mundo dominando perto dos 70% do mercado mundial de CAD. Apesar dos recursos 3D evoluírem bastante, a Autodesk, começa a direcionar os usuários em 3D para ferramentas mais específicas como o Autodesk Mechanical Desktop já na sua versão 3, mas a evolução das ferramentas de trabalho em 2D não param de evoluir, modos de seleção são simplificados, novos comandos como por exemplo: o Autotrack (o Osnap fica mais interativo) o uso da tecla F3 para ligar/desligar o OSNAP, o sistema de plotagem também melhora. Sendo possível armazenar as configurações de plotagem num arquivo externo facilitando a padronização. Surge uma única caixa de diálogo para configurar o sistema e preferências entre outras benfeitorias.

  • AutoCAD Release 14.1 - Junho 1998

Em junho de 98 surge o AutoCAD Release 14 em língua portuguesa. Mas os usuários experientes de AutoCAD não se interessaram pela versão, pois já estavam acostumados com os comandos em inglês, juntando a isso uma tradução duvidosa, como por exemplo: o comando OFFSET, que faz cópias paralelas, tinha o nome: COPPAR; o comando ARRAY que faz cópias múltiplas, tinha o nome de MATRIZ. Para os iniciantes seria uma boa opção, mas muito poucas empresas se dispuseram a comprá-lo.

  • AutoCAD 2000 (Release 15.0) - Março 1999

Março de 1999 a Autodesk lança o AutoCAD 2000 (Release 15) como uma evolução natural do R14 mais poderoso de todas as versões, porém a versão anterior do AutoCAD é tão eficiente, que grande parte das empresas não fizeram a actualização, os grandes destaques ficam por conta, da plotagem onde os parâmetros ficam gravados no próprio desenho, a opção de criar quantos layouts, forem necessários com parâmetros distintos, o comando DDMODIFY desaparece e surge o comando PROPERTIES, muito mais completo, podendo alterar, todos os parâmetros no mesmo local, surge também o DESIGN CENTER, que permite pesquisar e importar STYLE’s, BLOCK’s e LAYER’s dos desenhos sem abri-los. E a possibilidade de abrir vários desenhos ao mesmo tempo.

  • AutoCAD 2000i (Release 15.1) - Julho 2000

Em Julho de 2000 foi lançado o AutoCAD 2000i (Release 15.1). Esta foi uma versão baseada na internet, para conseguir o máximo destas ferramentas de negócios essenciais. Como a plataforma de desenho na internet, o AutoCAD 2000i ofereceu a base para as soluções Autodesk, servindo para as indústrias de arquitetura, engenharia, construção, comunicações, governos, utilidade pública, topografia e manufatura. Combinando o poder do design e a internet em um software eficiente.

  • AutoCAD 2002 (Release 15.2) - Junho 2001

Em Junho de 2001 foi lançado o AutoCAD 2002 (Release 15.2). Como destaques podemos citar a cota associativa, o novo gerenciamento dos blocos com atributos, o comando ARRAY ganhou uma caixa de diálogo, capacidade de manipular a geometria do desenho e visualizar a mudança correspondente imediata na dimensão ou anotação. Novas ferramentas de layer, de texto e de atributos, entre outros.

  • AutoCAD 2004 (Release 16.0) - Março 2003

Em Março de 2003 foi lançado o AutoCAD 2004 (Release 16.0). Ele é uma remodelagem do AutoCAD 2002, oferecendo novas e melhoradas funcionalidades que permitem criar com rapidez, compartilhar com facilidade e administrar com eficiência. AutoCAD 2004 oferece novas características como ferramentas de produtividade, uma interface modernizada, e gráficos da apresentação para a criação dos dados mais rápidos e produtivos. Oferece proteção por senhas, ferramenta padrão CAD e um formato DWF multifolha, facilitando o compartilhamento de informação.

  • AutoCAD 2005 (Release 16.1) - Março 2004

Em março de 2004 foi lançado o AutoCAD 2005 (Release 16.1). Dentre as novidades ressaltamos o comando para criar tabelas. Outra inovação é o suporte a um número ilimitado de Camadas. O novo comando Campo sim-plifica as tarefas de criar posicionar e editar os textos. Um campo pode ser usado como um marcador de posição para conteúdos que possam sofrer alterações durante o projeto.

  • AutoCAD 2006 (Release 16.2) - Março 2005

Em março de 2005 foi lançado o AutoCAD 2006 (Release 16.2). A interface foi melhorada. Inclusão de funcionalidade que permite uma migração das personalizações, entre versões anteriores do AutoCAD e a nova. Modo de seleção colorido. Entrada Dinâmica foi projetada para substituir a janela Comando. Calculadora com inúmeras funções. Melhoras no comando Texto. Tabela com possibilidade de cálculo. Comando "Hatch" melhorado. Blocos Dinâmicos. Paletas de Ferramentas melhoradas.

  • AutoCAD 2007 (Release 17.0) - Março 2006

Em Março de 2006, foi lançado o AutoCAD 2007. O novo AutoCAD 2007 disponibiliza novas formas de trabalhar: uma nova forma de conjugar o desenho 2D com o modelo 3D, uma nova forma de projetar, visualizar, apresentar e documentar. Sucintamente, trata-se do projeto conceitual, que nos permitirá antever possíveis falhas e, de uma forma ou de outra, tornar-nos mais céleres e produtivos. Agora com possibilidade de publicar os arquivos de desenho em formato PDF. Esta versão está orientado a melhorar a capacidade dos projetistas de criar, navegar e editar um projeto conceitual, apresentar claramente o projeto a um público não-técnico e posteriormente documentar o projeto com facilidade utilizando todas as poderosas ferramentas de desenho do AutoCAD. Algumas das novas funcionalidades do AutoCAD 2007: Ferramentas avançadas de desenho conceitual que ajudam o usuário a projetar mais facilmente; Comandos avançados para visualização de projetos; Comandos para criar cortes e fachadas, blocos dinâmicos e tabelas avançadas; Exporta arquivos DWG de versões anteriores; Importa arquivos DWF e Gera arquivos PDF entre outras funcionalidades. Introdução do formato de ficheiro DWG 2007.

  • AutoCAD 2008 (Release 17.1) - Março 2007

Em Março de 2007, a Autodesk lançou o AutoCAD 2008. Traz novidades na produtividade de desenhos com novas ferramentas para gerenciar escalas de cotas, textos e objetos, como elementos de anotação do projeto.

  • AutoCAD 2009 (Release 17.2) - Março 2008

Em Março de 2008, a Autodesk lançou o AutoCAD 2009. Novidades no visual e melhorias na navegação 3D são os destaques desta versão. Há também uma melhora na compatibilidade com o Windows Vista, depois de alguns problemas gerados na versão 2008

  • AutoCAD 2010 (Release 18.0) - Março 2009

Esta nova versão do AutoCad traz grandes novidades, a interface em relação a versão anterior não mudou. Houve o acréscimo de ferramentas de desenho paramétrico, definição de sistema de trabalho, localização de comandos, melhoria nas hachuras, tabela de propriedade dos blocos dinâmicos, Autodesk Seek, Free-form, Anexar arquivos PDF e impressão em 3D. Outra novidade importante é que o AutoCad 2010 tem desempenho melhor que suas versões de 2007 - 2009. Introdução do formato de ficheiro DWG 2010.

  • AutoCAD 2011 (Release 18.1) - Março 2010
  • AutoCAD 2012 (Release 18.2) - Março 2011
  • AutoCAD 2013 (Release 19.0) - Março 2012

Introdução do formato de ficheiro DWG 2013.

Esta nova versão do AutoCad traz novidades, a interface em relação a versão anterior não mudou. Houve o acréscimo de ferramentas de desenho paramétrico, definição de sistema de trabalho, localização de comandos, melhoria nas hachuras, tabela de propriedade dos blocos dinâmicos, Autodesk Seek, Free-form, Anexar arquivos PDF e impressão em 3D

  • AutoCAD 2014 (Release 19.1) - Abril 2013

As primeiras ideias do AutoCad pertencem ao egipcio Sarah Mourad.

Versões AutoCAD LT[editar | editar código-fonte]

Existe também versões do AutoCAD LT, LT vem de "LimiTed", que são mais simplificadas. Para se avaliar o custo de uma destas versões é aproximadamente, entre 700 a 800 dólares americanos em comparação ao valor de 3.000 dólares americanos da versão completa do AutoCAD.

Programação[editar | editar código-fonte]

O AutoCAD permite adicionar novas funcionalidades através de várias linguagens, das quais destacam-se:

  • AutoLISP - Uma adaptação do LISP para AutoCad.
  • Visual LISP - Nova versão do AutoLISP para as últimas versões do AutoCAD, com mais funções e uma IDE integrada.
  • VBA - Programação com Visual Basic.
  • .NET - Acesso à diversas funcionalidades através de bibliotecas. Permite qualquer linguagem compatível.
  • ObjectARX - Permite criar novos comandos e entidades gráficas com C++.

Alternativas[editar | editar código-fonte]

Embora o AutoCAD tenha se consolidado como software padrão mundial na área de CAD, muitas alternativas em ambiente software proprietário e software livre, vem também sendo difundidos. Exemplos são todos os softwares baseados em tecnologia IntelliCAD do consórcio Intellicad, Vcad, QCad, ProgeCAD, Bricscad, DataCAD, Gstarcad, MSCad e o ZWCAD, além do ArchiCAD e do VectorWorks.

Resumo dos Tipos de Arquivos Exportados[editar | editar código-fonte]

Opções do Comando Export:

  • Metafile (.wmf)
  • ACIS (*.sat)
  • Lithography (*.stl)
  • Encapsulated PS (*.eps)
  • DXX Extract (*.dxx)
  • Bitmap (*.bmp)
  • 3D Studio (*.3ds)
  • Block (*.dwg)

PHP

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre AutoCAD

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.