Balneário Bica das Andréas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Balneário Bica das Andréas
Localização Pacatuba,  Ceará,  Brasil
Endereço Rua Carlos Costa do Carmo, s/n
Aberto em 28 de julho de 1984 (30 anos)[1]
Funcionamento Diariamente, das 8h às 16h
Área 42.687,30m²[2]
Atrações Balneário, trilhas ecológicas, lagos, grutas e bicas.

O Balneário Bica das Andréas é um complexo turístico localizado na Estação Ecoturística Parque das Andréas, um patrimônio ecológico que preserva um dos ecossistemas mais belos da Região Metropolitana de Fortaleza, mais precisamente na cidade de Pacatuba, no Estado do Ceará, com uma área de 42.687,30m²[3] [2] .

Localização[editar | editar código-fonte]

O balneário está situado dentro da Sede Urbana da cidade, na rua Carlos Costa do Carmo, atrás da Igreja Matriz da cidade.

Principais atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz da cidade, uma das atrações próximas ao Balneário Bica das Andréas.

Além do balneário e suas piscinas naturais, a Estação Ecoturística oferece outros atrativos, como trilhas, lagos, grutas, bicas e edificações históricas[4] .

Outras atrações[2]
  1. Mirante
  2. Pedra Preta
  3. Lago do Boaçu
  4. Gruta do Pimpim
  5. Pico do Bicudo
  6. CETREFP (propriedade privada, que inclui a Cachoeira do Paraíso)
  7. Pico de Letreiro
  8. Pedreira
  9. Açude do Piripau
  10. Igreja Matriz (Igreja Nossa Senhora da Conceição)
  11. Estação Ferroviária

Clima e relevo[editar | editar código-fonte]

Formada por um extraordinário conjunto de cascatas e piscinas naturais, suas fontes situam-se no cume da Serra da Aratanha.

A região possui uma flora muito diversificada, cuja vegetação até 400m é do tipo da caatinga arbórea; entre 400 e 600m, a vegetação é do tipo mata seca; e, acima dos 600m, a vegetação é a floresta húmida, caracterizando-se pelas árvores, arbustos e trepadeiras próprias das regiões serranas[2] .

A fisionomia da vegetação apresenta árvores de caules retilíneos, espessos, cobertos muitas vezes com orquídeas, samambaias e bromeliáceas, o que atrai ainda mais os turistas pela exuberância que o complexo tem a oferecer. A fauna é constituída por uma grande variedade de roedores, pássaros, mamíferos, serpentes e insetos[2] . A altitude da serra é de, aproximadamente, 653,7 metros.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Nos últimos anos, o Balneário tem sofrido com abandono, escassez e insegurança, o que reduz drasticamente o número de turistas e visitantes. Segundo os permissionários do balneário, o custo para obter água de um outro açude para encher as piscinas naturais do parque é de R$ 500 reais/semana[1] .

Tragédia em 1982[editar | editar código-fonte]

Edson Queiroz, empresário brasileiro. Ele foi uma das dezenas de vítimas do trágico acidente.

No dia 8 de junho de 1982, por volta das 2h25min, um Boeing 727-200 da VASP chocou-se contra a Serra da Aratanha, matando seus 137 passageiros, dentre os quais o industrial Edson Queiroz. Assim como ele, a maioria das vítimas vinha de São Paulo, onde participaram da Feira Internacional da Indústria Têxtil (FENIT). Por conta da violência da colisão e pelo difícil acesso ao local onde a aeronave caiu, o resgate e a localização dos corpos foi muito dificultada. Um enterro coletivo foi realizado, no Parque da Paz, em Fortaleza.

Durante 24 anos, o desastre cearense foi lembrado como o maior da aviação brasileira. Até que, pouco tempo depois, com a queda do Boeing 737-800 da Gol, no estado do Mato Grosso, resultando em 154 mortes, o acidente de Pacatuba foi superado em número de óbitos.[5]

Referências

  1. a b SARAIVA, Raone (13 de dezembro de 2012). Balneário sofre com abandono e escassez de água (em português) DiárioDoNordeste.com. Visitado em 19 de agosto de 2013.
  2. a b c d e LIMA, Hélio Rocha (6 de dezembro de 2009). Pacatuba é um dos locais mais atraentes da Serra da Aratanha (em português) OEstadoCE.com. Visitado em 19 de agosto de 2013.
  3. Projeto Análise Sócio-ambiental do Complexo Ecoturístico de Pacatuba - CE (em português) SBPCnet.org. Visitado em 19 de agosto de 2013.
  4. Grandes emoções em Pacatuba (em português) ConhecendoOCeará.com (18 de Outubro de 2011). Visitado em 19 de agosto de 2013.
  5. VIANA, Antônio. Tragédia da queda do avião em Pacatuba completa 28 anos (em português) JusBrasil.com. Visitado em 19 de agosto de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.