Banda V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A banda V do espectro eletromagnético das micro-ondas varia de 50 a 75 GHz. A banda V não é muito utilizada, exceto para pesquisa de radar de ondas milimétricas e outros tipos de pesquisas científicas.

A banda V também é usada para sistemas terrestres de alta capacidade de comunicações de ondas milimétricas. Nos Estados Unidos, a Comissão Federal de Comunicações Alocou a banda de freqüências 57-64 GHz para sistemas sem fio sem licença.[1] Estes sistemas são utilizados principalmente para alta capacidade, de curta distância (1 km) de comunicação.

Além disso, as freqüências de 70, 80 e 90 GHz foram alocadas como bandas de comunicação multi-gigabit wireless. Todos os links de comunicação na banda V requerem linha de visão desobstruída entre o ponto de transmissão e o ponto de recepção, e o efeito de rain fade deve ser levado em consideração quando executar análise do orçamento da conexão.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

Em 15 de dezembro de 1995 a banda V de 60 GHz foi utilizada para realizar a primeira intercomunicação entre satélites em uma constelação. Esta comunicação foi entre os satélites militares americanos Milstar 1 e Milstar 2 [2]

Outras bandas de Micro-ondas[editar | editar código-fonte]

O espectro de micro-ondas é geralmente definida como a energia eletromagnética que varia de freqüência de cerca de 1 GHz a 100 GHz. As aplicações mais comuns estão dentro da faixa de 1 ate 40 GHz. As bandas de freqüência de micro-ondas, assim como definidas pela Sociedade de Radio da Grã-Bretanha (RSGB), são mostradas na tabela abaixo:

Banda L 1 ate 2 GHz
Banda S 2 ate 4 GHz
Banda C 4 ate 8 GHz
Banda X 8 ate 12 GHz
Ku band 12 ate 18 GHz
Banda K 18 ate 26.5 GHz
Ka band 26.5 ate 40 GHz
Banda Q 30 ate 50 GHz
Banda U 40 ate 60 GHz
Banda V 50 ate 75 GHz
Banda E 60 ate 90 GHz
Banda W 75 ate 110 GHz
Banda F 90 ate 140 GHz
Banda D 110 ate 170 GHz

Referencias[editar | editar código-fonte]