Violeta (cor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Violeta
Coordenadas espectrais
Comprimento de onda 380–450 nm
Frequência 800–715 THz
Coordenadas de cor
Tripleto hexadecimal #8F00FF
sRGB (r, g, b) (143, 0, 255)
CMYK (c, m, y, k) (44, 100, 0, 0)
HSV (h, s, v) (274.º, 100%, 100%)

O violeta é uma cor constituída pelos menores comprimentos de onda da luz visível, entre 455 e 390 nanômetros. Acima da frequência do violeta (comprimentos de onda menores do que 390 nm até 15 nm) a luz passa a não ser mais visível, denominando-se ultravioleta. Esta cor, assim como cinza ou rosa, nunca deve ser flexionada no plural (cartões violeta, tecidos violeta etc.).

Como pigmento, pode ser obtido da mistura de magenta e azul.

O violeta é uma cor fria presente em flores e organismos vegetais de maneira geral, mas seu pigmento é dificilmente extraído.

Hematomas, coágulos de sangue sob a pele, adquirem um tom violeta por alguns dias após uma pancada.

Diz-se que a luz violeta tem propriedades relaxantes e bactericidas. O roxo está associado à noite.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Violeta

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.