Bjarne Riis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bjarne Riis

Bjarne Lykkegård Riis (3 de abril de 1964, Herning), apelidado de a Águia de Herning[1] (em dinamarquês: Ørnen fra Herning), é um ex-ciclista profissional dinamarquês que competia em provas de ciclismo de estrada e que tem como principal destaque em sua carreira a vitória no Tour de France de 1996. Entre outros feitos destacam-se também a vitória na Amstel Gold Race de 1997 e vários campeonatos nacionais dinamarqueses, além de vitórias em etapas do Giro d'Italia.

Atualmente ele é proprietário e dirigente da equipe dinamarquesa do UCI ProTour Team Saxo Bank, que até 2008 chamava-se Team CSC[2] .

Em maio de 2007, ele admitiu o uso de substâncias proibidas quando competiu no Tour de France de 1996, do qual sagrou-se vencedor, e devido a este fato a organização deixou de considerá-lo vencedor da prova[3] . Em 2008 os organizadores voltaram a exibir seu nome na lista de vencedores do Tour de France e, além disso, a União Ciclistica Internacional não retirou seu título, uma vez que, segundo suas regras, o período limite de dez anos já havia decorrido[4] .

Referências

  1. Matt Rendell and Susanne Horsdal. "Life After Lance", The Observer, 2006-07-02.
  2. "Team CSC to become Team Saxo Bank", Cycling News, 2008-06-10.
  3. "Tour no longer lists Riis as champ after doping admission", Associated Press/ESPN, 2007-06-07.
  4. "Riis reinstated as Tour winner", Cycling News, 2008-06-10.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bjarne Riis