Bone Thugs-n-Harmony

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bone Thugs-n-Harmony
Ao vivo, em 2010
Informação geral
Origem Cleveland, Ohio
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pop Rap
Gangsta rap
Midwest hip hop
Hip Hop
Horrorcore
Período em atividade 1991 - atualmente
Gravadora(s) Ruthless, Full Surface, BTNH Worldwide, Warner Bros
Afiliação(ões) DJ U-Neek, Eazy-E, Tupac Shakur, Swizz Beatz, Twista, The Notorious B.I.G., Game, Mariah Carey, Akon, Lyfe Jennings
Página oficial bonethugsnharmony.com
Integrantes
Krayzie Bone
Layzie Bone
Bizzy Bone
Wish Bone
Flesh-n-Bone
Eazy-E

Bone Thugs-n-Harmony é um grupo de rap dos Estados Unidos formado por Kayzie Bone (Anthony Henderson), Layzie Bone (Steven Howse), Bizzy Bone (Bryon Anthony McCane II), Wish Bone (Charles C. Scruggs) e Flesh n Bone (Stanley Howse) em Cleveland, Ohio em 1991. É conhecido pelo seu estilo de rap harmonizado com os vocais. Em 1997, o grupo ganhou o Grammy Award pelo melhor desempenho de rap, com sua canção "Tha Crossroads". Desde sua criação nos anos 1990, o grupo foi honrado com outras numerosas premiações.

História[editar | editar código-fonte]

O início[editar | editar código-fonte]

O grupo começou em 1987 com o nome de "The Band Aid Boys", formado por Layzie Bone, Krayzie Bone, Flesh-n-Bone (irmão de Layzie) e K-Chill. Usaram todo o dinheiro que tinham para fazer uma fita demo, porém não tiveram reconhecimento nenhum.

K-Chill abandonou o grupo e no lugar dele entraram Bizzy Bone e Wish Bone (primo de Layzie e Flesh). Em 1993 eles lançaram o seu primeiro álbum com o nome Faces of Death mas não foi muito conhecido. O grupo mudou algumas vezes de nome até se tornar Bone Thugs-n-Harmony.

Ajuda de Eazy-E[editar | editar código-fonte]

Krayzie Bone decidiu que o grupo precisava de um padrinho, alguém que pudesse dar um empurrão ao Bone Thugs. Ele escolheu o rapper Eazy-E, líder do maior grupo de rap da época, o N.W.A. Em 1993 Eazy-E estava em Los Angeles fazendo shows. Os Bones juntaram todo o dinheiro e compraram passagens para lá, na esperança de falar com Eazy. Não conseguiram o tal encontro, mas conseguiram falar com ele pelo telefone, Krayzie Bone, a pedido de Eazy-E, cantou um verso pelo telefone mesmo, Eazy-E ficou impressionado com o talento, mas mesmo assim não chegaram a fazer qualquer tipo de acordo.

Depois de um certo tempo, Eazy-E foi fazer um show em Cleveland, então os Bone Thugs voltaram a sua cidade natal, e desta vez não poderiam deixar a chance escapar. E eles conseguiram, fizeram o acordo e se tornaram um grupo da Ruthless Records, gravadora que pertencia à Eazy-E.

1994 - 2002[editar | editar código-fonte]

Os Bone Thugs foram à Los Angeles para gravarem o seu mais novo álbum bancado por Eazy-E chamado Creepin on ah Come Up que foi lançado em 21 de junho de 1994. Sucesso total que repercutiu mundialmente, este álbum rendeu ao grupo dois singles e dois videoclipes, "Thuggish Ruggish Bone" e "Foe tha Love of $", com participação especial de Eazy-E. Na época este álbum vendeu mais de três milhões de cópias e o primeiro lugar disparado da Billboard.

Mas nem tudo foi como o grupo queria, em 26 de março de 1995 o mentor do grupo, Eazy-E, morreu devido à complicações do vírus HIV. Em 25 de julho do mesmo ano o grupo lança seu mais novo álbum, intitulado E 1999 Eternal, homenageando seu mentor e outras pessoas que morreram, na canção "Crossroad". East 1999 Eternal foi um marco em toda a música vendendo mais de cinco milhões de cópias (hoje está em mais de 12 milhões de cópias vendidas).

"Crossroad" rendeu ao Bone Thugs-n-Harmony um Grammy e fez com que o grupo entrasse para a história ao quebrar um recorde de 32 anos da canção "Can't Buy Me Love" de 1964, dos Beatles, pelo single que subiu mais rápido nas paradas de todo o mundo. No ano de 1997 o grupo lançou o álbum The Art of War, cujo a canção "Thug Luv" em parceria com Tupac Shakur tornou-se um clássico do álbum e do grupo. The Art of War vendeu 394 mil unidades em sua primeira semana de lançamento. Em 2000 sai BTNHResurrection, primeiro álbum do grupo lançado sem Flesh-n-Bone. Neste mesmo ano, Flesh-n-Bone foi preso e sentenciado a 11 anos de prisão por ameaçar um amigo com uma AK-47. Em 29 de outubro de 2002 é lançado o álbum Thug World Order.

O grupo hoje[editar | editar código-fonte]

No ano de 2005, Bizzy Bone por vários motivos foi expulso do grupo, principalmente por causa das drogas e álcool. No ano seguinte, saiu o álbum Thug Stories, lançado pela gravadora Koch Records. Em 2008, Bizzy lançou seu terceiro álbum solo, intitulado A Song for You. Em 8 de maio de 2007 é lançado o álbum Strength & Loyalty.

No dia 13 de julho de 2008 Flesh-n-Bone saiu da prisão. O grupo se reuniu com todos os membros em Los Angeles para um show de reunião. Bizzy Bone lançou seu mais novo trabalho, intitualado Back with the Thugz, e Krayzie Bone lançou uma mixtape de nome The Fixtape Vol. 2: Just One Mo' Hit, que conta com as participações de Keyshia Cole e Kevin Federline.

Lançaram em 2010 o álbum, Uni-5: The World's Enemy, com os cinco integrantes reunidos. Foi lançado pela sua própria gravadora, BTNH Worldwide, com distribuição pela Warner Bros. O primeiro single, "See Me Shine", foi lançado em 20 de outubro de 2009, e o segundo chamado "Rebirth" foi lançado em 16 de fevereiro de 2010 juntamente com o seu videoclipe.1 Um terceiro single, "Meet Me in the Sky ", foi lançado em 22 de março. Uni-5: The World's Enemy foi lançado em 4 de maio de 2010.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

  • 1993 - Faces of Death (como B.O.N.E. Enterpri$e)
  • 1994 - Creepin on ah Come Up
  • 1995 - E 1999 Eternal
  • 1997 - The Art of War
  • 2000 - BTNHResurrection
  • 2002 - Thug World Order
  • 2006 - Thug Stories
  • 2007 - Strength & Loyalty
  • 2010 - Uni-5: The World's Enemy

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

  • 1998 - The Collection Volume One
  • 2000 - The Collection: Volume Two
  • 2004 - Greatest Hits
  • 2005 - Greatest Hits (Chopped & Screwed)
  • 2007 - T.H.U.G.S.

Álbuns de internet[editar | editar código-fonte]

  • 2005 - Bone 4 Life

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Posições nas paradas Álbum
Hot 100 Hot R&B/Hip-Hop Hot Rap UK Singles RIANZ
1994 Thuggish Ruggish Bone feat. Shatasha Williams 22 17 2 3 7 Creepin on ah Come Up
1995 Foe Tha Love Of $ feat. Eazy-E 41 33 4 8 23
1st f tha Month 14 12 4 2 1 E. 1999 Eternal
1996 East 1999 62 39 8
Tha Crossroads 1 1 1 1 1
1997 Look Into My Eyes 4 4 2 4 2 The Art of War
If I Could Teach The World 27 20 3 7 9
2000 Resurrection (Paper, Paper) 52 BTNHResurrection
Can't Give It Up
Change the World feat. Big B 31
2002 Get Up & Get it feat. 3LW & Felecia Thug World Order
Money, Money
2003 Home feat. Phil Collins 93 19 6
2006 Fire Thug Stories
Don't Stop
2007 I Tried feat. Akon 6 45 6 69 4 Strength & Loyalty
Lil' L.O.V.E. feat. Mariah Carey & Bow Wow 7 Jermaine Dupri 117 66 24 6
2009 See Me Shine feat. Lyfe Jennings, Jay Rush & Phaedra Butler Uni-5: The World's Enemy
2010 Rebirth feat. Thin-C
"Meet Me in the Sky" feat. K-Young

Trilhas sonoras[editar | editar código-fonte]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

  • 1994 - Thuggish Ruggish Bone
  • 1994 - Foe Tha Love Of $" feat. Eazy-E
  • 1995 - 1st of tha Month
  • 1995 - Buddah Lovaz
  • 1995 - East 1999
  • 1996 - Tha Crossroads
  • 1996 - Days Of Our Livez
  • 1997 - Look Into My Eyes
  • 1997 - If I Could Teach The World
  • 1998 - War
  • 1998 - BNK
  • 2000 - Resurrection (Paper, Paper)
  • 2000 - Change The World feat. Big B
  • 2000 - Can't Give It Up
  • 2000 - Weed Song
  • 2002 - Money, Money
  • 2003 - Home feat. Phil Collins
  • 2005 - Hip Hop Baby
  • 2006 - Intro/Fire
  • 2007 - I Tried feat. Akon
  • 2007 - Lil L.O.V.E. feat. Mariah Carey, Bow Wow & JD
  • 2007 - Young Thugs
  • 2009 - D.O.A (remix)
  • 2010 - Rebirth
  • 2010 - Meet Me In The Sky feat. K-Young
  • 2010 - See Me Shine
  • 2010 - Determination
  • 2013 - 100 Everything feat. Ty Dolla $ign

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grammy Award
  • 1996: Melhor Álbum de Rap: E. 1999 Eternal - indicado
  • 1996: Melhor Performance de Rap por Duo ou Grupo: "1st of tha Month" - indicado
  • 1997: Melhor Performance de Rap por Duo ou Grupo: "Tha Crossroads" - vencedor
American Music Awards
  • 1996: Artista Favorito de Rap/Hip-Hop - indicado
  • 1997: Artista Favorito de Rap/Hip-Hop - vencedor
  • 1998: Artista Favorito de Rap/Hip-Hop - vencedor
  • 2007: Banda, Duo ou Grupo Favorito de Rap/Hip-Hop" - vencedor
MTV Video Music Awards
  • 1996: Melhor Efeitos Especiais: "Tha Crossroads" - indicado
  • 1996: Escolha do Público: "Tha Crossroads" - indicado
  • 1996: Vídeo do Ano: "Tha Crossroads" - indicado
  • 1996: Melhor Vídeo de Grupo: "Tha Crossroads" - indicado

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]