Brometo de fenilmagnésio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Brometo de fenilmagnésio
Alerta sobre risco à saúde
PhMrBrL2.png
Phenylmagnesium-bromide-dietherate-from-1964-xtal-3D-balls.png
Phenylmagnesium bromide.svg
Nome IUPAC bromido(phenyl)magnesium
Outros nomes PMB
Identificadores
Número CAS 100-58-3
PubChem 66852
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C6H5MgBr
Massa molar 181.31 g/mol
Aparência Cristais incolores
Densidade 1.14 g/cm3
Solubilidade em água Reage violentamente
Basicidade (pKb) base forte
Riscos associados
MSDS External MSDS
Principais riscos
associados
inflamável
Frases R R12 R14 R15 R20 R22 R35 R41
Frases S S16 S26 S30 S33 S36
S37 S39 S43 S45
Ponto de fulgor -45°C
Compostos relacionados
Brometos relacionados Brometo de magnésio
Brometo de metilmagnésio
Brometo de (4-metilfenil)magnésio
Brometo de 1-naftilmagnésio
Compostos relacionados Fenil-lítio
Cloreto de fenilmagnésio
Cloreto de metilmagnésio
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Brometo de fenilmagnésio, com a fórmula simplificada C6H5MgBr, é um composto organometálico contendo magnésio. É tão comumente usado que é disponibilizado comercialmente como uma solução em éter dietílico ou tetraidrofurano (THF). Brometo de fenilmagnésio é um reagente de Grignard. É frequentemente usado como um equivalente sintético para o fenil "Ph" synthon.

Preparação[editar | editar código-fonte]

Brometo de fenilmagnésio é disponível comercialmente como solução em éter etílico ou THF. Pode ser preparado em laboratório por tratamento de bromobenzeno com magnésio metálico, geralmente sob a forma de fita. Uma pequena quantidade de iodo pode ser usada para ativar o magnésio para iniciar a reação.[1]

Solventes polares, como o éter ou o THF, são requeridos para solvatar (complexar), o centro magnésio (II). Os solventes devem ser apróticos já que álcoois e água reagem com o brometo de fenilmagnésio resultando benzeno. Solventes contendo carbonila, como acetona e acetato de etila são incompatíveis com o reagente.

Referências

  1. Donald L. Robertson (2007-01-03). Grignard Synthesis: Synthesis of Benzoic Acid and of Triphenylmethanol MiraCosta College. Página visitada em 2008-01-25.