Califórnia (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto.
Califórnia (Belo Horizonte)
Califa
—  Bairro do Brasil  —
Distritos
População
 - Total 14,260
 - IDH 0,835
 - Índice de Gini 0,51
 - Expectativa de vida ao nascer (anos) 75,37 anos
Rendimento médio mensal R$ 572,43
Energia elétrica (%) Sim 100
Água encanada (%) Sim 100
Coleta de lixo (%) Sim 100
Fonte: Guilherme Cardoso/01/08/2010
Picasa.svg

Califórnia é um bairro da região administrativa Noroeste, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais.[1]

Vista parcial do bairro Califórnia a partir da BR-40 Km 533, observado na proximidade do viaduto que passa sobre o Anel Rodoviário.

Origem e fundação[editar | editar código-fonte]

A área conhecida atualmente como Califórnia fazia parte da Fazenda Coqueiros, pertencente à Família Camargos. Com a expansão urbana a partir dos anos 1920 os herdeiros das terras ficaram com medo de uma possível ocupação e lotearam a área relativa à Fazenda Coqueiros, surgindo o bairro Camargos como a primeira aglomeração, porém a área concernente ao que hoje é o Bairro e Conjunto Califórnia continuou desabitada.

Quando foi lançado o loteamento do Bairro Califórnia, em 01.07.1964, o local onde hoje é o conjunto Califórnia II era um só espaço, com todas as ruas calçadas. Não havia energia elétrica, água era de cisterna, esgoto era com fossa, e ônibus era o Alto dos Pinheiros. Onde é o conjunto Califórnia I, havia apenas uma grande área desabitada.

A BR-040 foi concluída no ano de 1969 e com ela houve a separação do loteamento em duas partes. Detalhe: Em setembro de 2009 a BR-40, trecho compreendido entre Brasília e Belo Horizonte, passou a chamar-se Rodovia Juscelino Kubitschek.[2] Ficou o Califórnia Velho de um lado da BR-040 e os Conjuntos Califórnia I e II mais a Vila Califórnia do outro. Nesta época o Califórnia Novo não existia.

O Bairro Califórnia não tinha planta aprovada na Prefeitura e isso dificultava conseguir obras urbanísticas do poder público e impedia os moradores de obter financiamentos para construções. A aprovação só veio a acontecer em 1978. [3]

Com muito esforço e dedicação dos dirigentes da ASSUCAL-Associação Urbanizadora do Bairro Califórnia, fundada em 1973 e tendo a frente Oswaldo Cardoso como presidente, Guilherme Cardoso como vice, Luciano Pereira, como secretário, Alberto Rosa como tesoureiro, Odilon de Souza como vice, foi conseguida a aprovação do bairro, com a denominação de Califórnia, nome quase perdido numa disputa com o conjunto I, que precisava ter o seu espaço aprovado para a construção de centenas de apartamentos e queria ficar com o nome.

A aprovação da planta do bairro aconteceu em 1978. Politicamente, a PBH foi obrigada a aprovar os dois loteamentos com o mesmo nome, apesar de separadas geograficamente por uma rodovia.E esta divisão geográfica tem causado até hoje muitas confusões para quem se dirige ao Bairro Califórnia pela primeira vez, pois faltam placas indicativas que distingam o Bairro Califórnia dos conjuntos Califórnia I e II.

Anel Rodoviário em seu trecho que passa no bairro Califórnia. Sentido Belo Horizonte - acesso à Vitória-ES e Norte e Nordeste do Brasil
Anel Rodoviário em seu trecho que passa no bairro Califórnia. Sentido Belo Horizonte - acesso ao Rio de Janeiro-RJ e sul do Brasil

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Somente a partir do ano de 1976 que o Bairro Califórnia conseguiu quase todos os melhoramentos urbanísticos que precisava. Até então, tinha apenas calçamento e luz elétrica. Com o trabalho eficiente de algumas pessoas, o antigo DNER, hoje DNIT, permitiu a abertura e o asfaltamento da Av. Vereador Cícero Idelfonso, saída para a BR-040. Com muita insistência, o Dr. Ocelo Cirino Nogueira, superintendente do DBO, hoje BHTrans, obrigou a empresa de ônibus a colocar um ramal da então linha 28, Alto dos Pinheiros, para o bairro, mais tarde transformado-a em linha direta ao centro. A iluminação pública das ruas veio junto, e em seguida a COPASA colocou água encanada e esgoto nas residências.

No código urbano de posturas da PBH não se permitiu a construção de prédios de mais de quatro andares no Bairro Califórnia. Os prédios maiores foram liberados para os conjuntos Califórnia I e II. Por esse motivo, o bairro não se desenvolveu para mais habitantes e não houve surgimento de supermercado, padaria, farmácia e açougues no local. Todo esse comércio está presente do outro lado da rodovia BR-40, no Conjunto Califórnia I.

Outro elemento de desarticulação interna do Bairro Califórnia é a rede viária que o segmenta dos Conjuntos Califórnia I e II e dos bairros adjacentes Alto dos Pinheiros, Santa Maria, Camargos e Água Branca tais como a Via Expressa (oficialmente Avenida Juscelino Kubitschek), Br-40 e Anel Rodoviário "Celso Mello Azevedo".

Um problema que incomodou os moradores foi em 1975 o lixão ter sido transferido para o Aterro Sanitário da BR-040, Km 513, contíguo ao Conjunto Califórnia I e II, local desapropriado da Fazenda Taiobeiras. A partir de novembro de 2009 não se permitiu a aceitação de mais lixo domiciliar e a partir de dezembro de 2009 não mais o recebimento de terra e nem entulho.[4] Desde julho de 2011 o inativo aterro sanitário da BR-040 ganhou uma central de aproveitamento energético do biogás cujo processamento queima o gás metano que é produzido a partir da decomposição do lixo.[5]

Educação[editar | editar código-fonte]

No ano de 1976 foi inaugurada a Escola Municipal João Camilo Torres - EMJOCAT. Foi uma conquista de um grupo de moradores, comandados pela ASSUCAL, Associação Urbanizadora do Bairro Califórnia, atual AMBCALI, que com muita dedicação e perseverança conseguiu sensibilizar o então secretário municipal de Educação, professor Orlando Vaz Filho a destinar para o Bairro Califórnia uma das 22 unidades prometidas para serem construídas na cidade.

Igreja de Nossa Senhora Aparecida[editar | editar código-fonte]

Em 1978 foi construída pelos moradores a Igreja de N. S Aparecida que fica localizada entre as ruas Sebastião Fernandes Brandão e Nevada.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Compreende-se como bairro Califórnia as áreas à esquerda e direita da BR-040 Km 533, sentido Belo Horizonte - Brasília. O bairro Califórnia ainda é limitado pelo Anel Rodoviário ao leste, a Avenida Presidente Juscelino Kubitscheck (antiga Via Expressa) ao sul, o município de Contagem a sudoeste e com os bairros Filadélfia e Pindorama também a oeste, o bairro Glória ao norte e os bairros Álvaro Camargos e Dom Bosco ao nordeste. Os logradouros que compõem o Califórnia Velho são os seguintes (em ordem alfabética):

  • R. Adorino Ferreira
  • R. Augusto Ferreira
  • R. Benjamim José dos Santos
  • R. Crepúsculo
  • R. Cristina Maria de Assis
  • R. Delfim Vieira Coelho
  • R. E
  • R. Emerenciana Batista Camargos
  • R. Ernesto Pereira
  • R. Estér Batista Vieira
  • R. Evangelina Prates
  • R. Felisberta Camargos
  • R. Francisca Carvalho
  • R. Francisco Teles
  • R. João Avelino Pereira
  • R. José Cláudio Sanches
  • R. José Viriato Bahia
  • R. L
  • R. Margarida Assis Fonseca
  • R. Maria Francisca de Carvalho
  • R. Nevada
  • R. Romualdo Cançado Netto
  • R. Sebastião Fernandes Brandão
  • Av. Vereador Cícero Ildefonso (trecho que deve receber o nome de Av.Osvaldo Cardoso)
  • R. Valfrido de Gramont
  • R. Visconde de Mauá
  • R. Walfrido Mendes
  • R. 12 de Agosto
  • R. 28 de Outubro


As linhas de coletivos que atendem o bairro Califórnia são o 1509, o 4501 e o S41.

  • A linha de coletivos que atende o Califórnia Velho é a 1509, Califórnia-Tupi, que tem seu ponto final na R. João Avelino Pereira, esquina com R. Adorino Ferreira. Seu trajeto segue pela Av. Amazonas até o centro e daí pela R. Jacuí até a Av. Cristiano Machado nas imediações do Minas Shopping, seguindo até o Bairro Tupi.
  • A linha 4501, Califórnia-São Paulo, que tem seu ponto final na R. Patrício Barbosa, no Conjunto Califórnia II. Ele segue pelo Califórnia Novo e o Conj. Califórnia I antes de sair pelo Anel Rodoviário. Segue por dentro dos bairros Padre Eustáquio e Carlos Prates até o centro e de lá ao bairro São Paulo, pela R. Jacuí e a Av. Cristiano Machado.
  • O S41, Califórnia-Prado, cumpre dentro do bairro Califórnia a mesma rota geral do que o 4501, mas deixa o bairro através da R. Deusdedith de Assis. Após sair do bairro Califórnia, segue respectivamente por dentro dos bairros Dom Bosco, Padre Eustáquio, Minas Brasil, Coração Eucarístico, Gameleira, Nova Suíssa, Calafate, Barroca e Prado, antes de voltar pelos mesmos bairros, na mesma rota geral.

Conjunto Via Expressa[editar | editar código-fonte]

Em 2003, a Prefeitura de Belo Horizonte construiu 144 apartamentos populares em uma área ao lado da R. Cristina Maria de Assis e a R. José Claudio Sanches, para abrigar família atingidas pelas chuvas de anos anteriores na Capital. Este conjunto ficou conhecido como Conjunto Via Expressa e está na área aprovada como bairro Califórnia.Em 2014, a MRV construiu um condomínio fechado de 220 apartamentos de 2 quartos na R.Visconde de Mauá, conforme link http://www.mrv.com.br/imoveis/apartamentos/minasgerais/belohorizonte/california/parqueplazabella

População[editar | editar código-fonte]

O bairro Califórnia tem uma população de 14.260 pessoas, segundo o Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.[6] Entende-se como bairro Califórnia a região que compreende o Califórnia Velho e o Califórnia Novo (6.076 moradores), o Conjunto Califórnia I (3.347 moradores), o Califórnia II (1.737 moradores) e a Vila Califórnia (3.100 moradores). Uma vez que o mesmo Censo citou a população de Belo Horizonte como sendo de 2.375.444 habitantes, 0,6% moram no Bairro Califórnia.

Interessante notar que os moradores do Bairro Califórnia escolheram para viver num dos locais mais altos da capital mineira. A sede da cidade de Belo Horizonte está 852,19 metros de altitude[7] e o ponto mais alto do Bairro Califórnia está aos 980 metros,[8] decrescendo nas direções das bacias hidrográficas da Pampulha e do Arrudas.

Distingue-se ser o Bairro Califórnia ter moradores principalmente de médio poder aquisitivo, maioria tem telefone,tv a cabo e carro próprio, excetuando-se os moradores da Vila Califórnia, que tem baixo poder aquisitivo. A Vila Califórnia, localizada entre os conjuntos Califórnia I e II, foi formada inicialmente por operários das obras do Conjunto Califórnia I e II, na década de 1970. [9] Também ergueram barracos no local desempregados e pessoas vindas do interior do Estado. 26% das famílias de renda até um salário mínimo; 38% entre um e dois salários mínimos e 19% entre dois e três salários mínimos. O índice de desemprego atinge 27% da população economicamente ativa, enquanto 19% trabalha no setor informal. Quanto à escolaridade, 73% dos moradores tem ensino fundamental incompleto, 14% ensino médio incompleto e 11% são analfabetos.

Eleitorado[editar | editar código-fonte]

Fachada da Escola Estadual Professor Clóvis Salgado, local da 29a. Zona Eleitoral
Fachada do Centro Educacional Carlo Collodi, ex- Pinóquio, local da 29a. Zona Eleitoral
Fachada da Escola Municipal João Camilo de Oliveira Torres, local da 37a. Zona Eleitoral

Belo Horizonte tem 4.287 Seções Eleitorais[10] , sendo que destas dezoito se encontram instaladas no bairro Califórnia, sendo dezesseis da 29a. Zona Eleitoral no Conjunto Califórnia I e duas da 37a. Zona Eleitoral no Califórnia "Velho".

Os eleitores do bairro Califórnia, inclusive as regiões do bairro denominadas por Conjunto Califórnia I e II, Conjunto Via Expressa e Vila Califórnia votam na 29a. e 37a. Zonas Eleitorais. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais - TRE-MG, por meio do Cartório Eleitoral situado na Avenida do Contorno, 7.038, determinou os seguintes locais de votação:[11]

  • Escola Estadual Professor Clóvis Salgado, situada à Av. das Castanholas, 80 - Conjunto. Califórnia I:

    Eleitores que votam na 29a. Zona Eleitoral e nas Seções Eleitorais: 110, 111, 112, 113, 114, 115, 116, 117, 118, 267 e 276.

  • Centro Educacional Carlo Collodi, ex-Pinóquio, situado à R. das Guitarras, 60 - Conjunto Califórnia I:

    Eleitores que votam na 29a. Zona Eleitoral e nas Seções Eleitorais: 245, 248, 253 e 278.

  • Escola Municipal João Camilo de Oliveira Torres, situada à R. Ester Batista Vieira, 12 - Califórnia ("Velho"):

    Eleitores que votam na 37a. Zona Eleitoral e nas Seções Eleitorais: 362 e 370.

No resultado das últimas eleições em 2010 o TRE-MG[12] computou a presença de 5.035 eleitores no bairro Califórnia, representando 0,33% do total de 1.539.672 eleitores que compareceram, isto para o cargo de Governador.

No bairro Califórnia a quantidade média de votos brancos e nulos considerando todas as Seções Eleitorais foi de 16,24%. A quantidade de votos brancos e nulos considerando apenas as Seções Eleitorais da 29a. Zona Eleitoral foi de 15,95% e a quantidade de votos brancos e nulos considerando apenas as Seções Eleitorais da 37a. Zona Eleitoral foi de 17,87%.

Com a falta de disponibilização de dados estatísticos mais precisos pode-se cogitar que no bairro Califórnia a quantidade de eleitores, em 2010, por gênero, deva refletir à do eleitorado total da Capital, isto é, 46,07% são homens e 53,93% são mulheres.[13]

  1. Bairros de Belo Horizonte
  2. Deputados aprovaram projeto que denomina a BR-040, que liga Brasília a Belo Horizonte e ao Rio de Janeiro (RJ), como Rodovia Presidente Juscelino Kubitschek
  3. PBH / Arquivo Público / Caderno Regional Noroeste
  4. Belo Horizonte fica sem aterro sanitário.
  5. Aterro de BH vira central de energia
  6. Bairros por população - Censo 2010 IBGE, Parte I
  7. PBH / Estatíticas e Mapas / Geografia
  8. PBH / História / Noroeste
  9. Histórico e aspectos sociais da Vila Califórnia
  10. TRE-MG - Eleitorado por Zona Eleitoral em Belo Horizonte - 2010
  11. TRE-MG - Consulta Locais de Votação - Eleições 2010
  12. TRE-MG - Resultados Eleições 2010 - por seção
  13. TSE - Estatística do Eleitorado por Sexo e Faixa Etária, junho 2012












Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.