Canhoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Canhoto, esquerdino ou sinistromano é o indivíduo que se utiliza mais dos membros esquerdos para os seus afazeres.

Estudos sugerem que entre 10–30% da população mundial seja canhota.[1] [2]

Aspectos biológicos[editar | editar código-fonte]

Dia Internacional do Canhoto, 13 de agosto de 2002.

A presença de um controle motor mais fino com a mão esquerda indica um predomínio do hemisfério direito sobre o esquerdo. Essa característica é determinada geneticamente , que codifica uma proteína neuronal transmembranar rica em leucina. Portadores deste gene possuem uma maior prevalência de doenças como esquizofrenia e epilepsia, porém são mais rápidos e lutam melhor que destros.[3]

Em 2007, pesquisadores descobriram que alelos específicos de pelo menos um de três polimorfismos de nucleotídeo único, além do gene LRRTM1 também estão associados à dominância da coordenação motora com a mão esquerda.[4] [5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Holder, M. K. (1997). Why are more people right-handed? Sciam.com Scientific American Inc. Visitado em 2008-04-14.
  2. Psychology for A-level second edition, page 309
  3. Taylor DC. Epilepsy and the sinister side of schizophrenia. Dev Med Child Neurol 1977;19:403-6.[1]
  4. Francks et al. Molecular Psychiatry (2007) 12:1129-1139
  5. Gene for left-handedness is found, http://news.bbc.co.uk/2/hi/health/6923577.stm, BBC, 31 July 2007

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Canhoto