Captain Beefheart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Captain Beefheart
Captain Beefheart in Toronto.jpg
Informação geral
Nome completo Don Glen Vliet
Nascimento 15 de janeiro de 1941 Glendaele, Califórnia
Data de morte 17 de dezembro de 2010 (69 anos)
Gênero(s) Rock Progressivo, Rock experimental, art rock, outsider, blues-rock, Rock psicodélico, protopunk
Instrumento(s) Voz, gaita, saxofone, baixo, clarinete, teclados
Período em atividade 1964–1982
Outras ocupações Músico, compositor, pintor, poeta, produtor musical
Gravadora(s) A&M, Buddah, Blue Thumb, ABC, Reprise, Straight, Virgin, Mercury, DiscReet, Warner Bros., Atlantic, Epic
Afiliação(ões) The Magic Band, Frank Zappa, Ry Cooder, Zoot Horn Rollo, Rockette Morton, John French, The Tubes, Jack Nitzsche, Gary Lucas, Moris Tepper

Don Glen Vliet, conhecido por Don Van Vliet ou Captain Beefheart (Glendaele, 15 de janeiro de 1941 - 17 de dezembro de 2010) foi um pintor e músico estadunidense.

Seu trabalho musical tinha o acompanhamento de um grupo rotativo de músicos chamado Magic Band, que esteve ativo desde o meio dos anos 60 até o início dos anos 80. Van Vliet era principalmente um cantor, mas também tocava harmônica, e ocasionalmente tocava saxofone de uma forma barulhenta, sem didática, num estilo free jazz. Suas composições são caracterizadas pela estranha mistura de marcações de tempo inusitadas e pelas letras surrealistas, enquanto Van Vliet é lembrado como um ditador rude em relação aos seus músicos, e também pelo seu relacionamento enigmático com o público.

Van Vliet se uniu a recém-formada Magic Band em 1965, logo assumindo o cargo de líder. A sonoridade do grupo tinha raízes no blues e no rock, mas Captain Beefheart & The Magic Band adotou uma linha mais experimental. Em 1969 foi lançado o disco mais conhecido do grupo, Trout Mask Replica, que foi produzido por Frank Zappa, amigo de infância de Van Vliet. O disco hoje é visto como uma obra-prima revolucionária e altamente influente. Van Vliet lançou vários discos no decorrer da década de 1970, com várias mudanças na formação da Magic Band e com praticamente nenhum sucesso comercial. No fim da década de 1970 a formação estabilizou com um grupo de músicos jovens, com uma derradeira série de três discos com grande sucesso de critíca. O legado de Van Vliet é de más vendas, mas sua música possui muitos admiradores, e inclusive teve grande influência nos movimentos punk e New Wave.

Desde o fim de sua carreira musical em 1982, Van Vliet fez poucas aparições em público, preferindo uma vida tranqüila na sua casa em Mojave Desert, e concentrando-se na sua carreira como pintor. Seu interesse por arte vinha desde sua infância, quando já demonstrava aptidão para escultura. Sua arte é denominada como "abstrata-expressionista aestética neo-primitiva", e têm recebido bom reconhecimento internacional.

Captain Beefheart faleceu na California, na sexta-feira dia 17 de dezembro de 2010, aos 69 anos de idade, em decorrência à esclerose múltipla.[1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Safe as Milk (1967)
  • Strictly Personal (1968)
  • Trout Mask Replica (1969)
  • Lick My Decals Off, Baby (1970)
  • Mirror Man (Captain Beefheart album)|Mirror Man (1971)
  • The Spotlight Kid (1972)
  • Clear Spot (1972)
  • Unconditionally Guaranteed (1974)
  • Bluejeans & Moonbeams (1974)
  • Shiny Beast (Bat Chain Puller) (1978)
  • Doc at the Radar Station (1980)
  • Ice Cream for Crow (1982)

Referências

  1. Morre Captain Beefheart Terra / Rolling Stone - 17 de dezembro de 2010
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.