Catherine Ashton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Catherine Ashton,
baronesa Ashton de Upholland
Baronesa Ashton numa sessão do
Fórum Económico Mundial, em 2009.
União Europeia
Alta Representante da União para os
Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança
Período 1 de dezembro de 2009
até
31 de outubro de 2014
Antecessor(a) Javier Solana;
Benita Ferrero-Waldner
União Europeia
Vice-Presidente da Comissão Europeia
Período 9 de fevereiro de 2010 até
31 de outubro de 2014
Presidente José Manuel Barroso
Antecessor(a) Margot Wallström
Vida
Nascimento 20 de março de 1956
Upholland, Lancashire
Nacionalidade Reino Unido britânica
Dados pessoais
Alma mater Bedford College de Londres
Cônjuge Peter Kellner (c. 1998)
Partido Trabalhista

Catherine Margaret Ashton, baronesa Ashton de Upholland, GCMG, PC (20 de março de 1956) é uma política trabalhista britânica que serviu com o cargo de Alta-Representante para os Negócios Estrangeiros e de Comissária do Comércio Europeu. Anteriormente foi Líder da Câmara dos Lordes e Lord Presidente do Conselho.

Em novembro de 2009 foi designada como a primeira Alta Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança de carácter permanente, com a entrada em vigor do Tratado de Lisboa.[1]

Anglófona unilingue, ela foi criticada, sobretudo na França e na Alemanha, por dúvidas em relação ao fraco desempenho linguístico e internacional, somente tendo um conhecimento bastante restrito de uma única língua estrangeira (o francês).[2] [3] Além disso, obteve muita crítica por não ter quase nenhuma experiência no ramo diplomático, supostamente só estando no cargo por causa de questões de proporcionalidade entre os estados membros da UE.[4]

Títulos e condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Catherine Ashton