Cinecittà

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Entrada dos estúdios da Cinecittà,.

Cinecittà é um complexo de teatros e estúdios situados na periferia oriental de Roma (cerca de 9 km de distância) responsável pela maior parte da produção cinematográfica italiana: aí vários filmes são rodados e espetáculos televisivos são gravados.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os estúdios foram uma idéia e realização do regime fascista. As obras começaram em 26 de janeiro de 1936 e somente quinze meses depois, em 28 de abril de 1937, ocorreu a inauguração. Entre 1937 e 1943 foram rodados cerca de trezentos filmes, mostrando a vitalidade da produção cinematográfica italiana da época. Em 1940, com a permissão dos ditadores Francisco Franco (espanhol) e Benito Mussolini foi rodado o filme Sin novedad en el Alcázar!, recebendo o Prêmio Mussolini.

Depois da Segunda Guerra Mundial a produção retomou lentamente seu ritmo, mas foi nos anos 50 que Cinecittà estabeleceu-se com um dos estúdios cinematográficos mais importantes do mundo, com as películas estadunidenses Quo Vadis de Mervyn LeRoy (1951) e Ben Hur de William Wyler (1959). Este boom teve origem na competitividade econômica dos estúdios romanos, que receberam o título informal de "Hollywood no Tibre". Nos anos 90 toda a estrutura foi privatizada e profundamente modificada para adaptá-la às novas exigências do mercado das comunicações, como a digitalização.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]