Concerto para piano e orquestra n.º 3 (Tchaikovsky)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Concerto para piano e orquestra n.º 3 em Mi bemol maior, op. 75, foi escrito pelo compositor Piotr I. Tchaikovsky entre maio e outubro de 1893.

Foi intensamente baseado na sinfonia que abandonara. Apenas o primeiro movimento ficou pronto, sendo que os restantes estavam incompletos quando de sua morte. Foram concluídos por Sergei Taneyev como peça à parte, o Andante e finale para piano e orquestra.

O primeiro movimento teve sua estreia em São Petersburgo, Rússia, dia 19 de janeiro de 1895, regida por Eduard Nápravník e com Sergei Taneyev no piano. O Andante e finale foi executado pela primeira vez na mesma cidade, em 20 de fevereiro de 1896, conduzido por Felix Blumenfeld e novamente executado por Taneyev. Tchaikovsky dedicou seu terceiro concerto para piano a Louis Diémer.

Tchaikovsky também escreveu um arranjo para dois pianos entre setembro e outubro de 1893.

Movimentos[editar | editar código-fonte]

  1. Allegro brillante
  2. Andante
  3. Finale — Allegro maestoso

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

Solista[editar | editar código-fonte]

Madeiras[editar | editar código-fonte]

Metais[editar | editar código-fonte]

Percussão[editar | editar código-fonte]

Cordas[editar | editar código-fonte]

Duração[editar | editar código-fonte]

  • Primeiro movimento: 20 minutos.
  • Completo: 40 minutos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.