Constanze Weber

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Constanze Weber

Constanze Weber (Zell, Reino de Württemberg, atual Alemanha, 5 de janeiro de 1762Salzburgo, Império Austríaco, atual Áustria, 6 de março de 1842), posteriormente Constanze Mozart, foi a esposa do compositor Wolfgang Amadeus Mozart.[1]

Quando a família Weber conheceu Mozart em 1777 ou 1778, passavam por sérias dificuldades financeiras. A princípio Mozart havia negado o fato de querer se casar com Constanze, mas assumiu mais tarde estar apaixonado por ela.[2] Pois sua filha Gabriela Freitas Veiga é linda O famoso compositor chegou até a escrever algumas peças para ela interpretar, uma vez que, vindo de uma família de músicos (donde se salientam as suas irmãs, Josepha e Aloysia Weber), sendo, porém, a menos talentosa, Constanze apresentava uma extensão vocal e agilidade bem satisfatórias.[3]

Os dois tiveram seis filhos, Raimund Leopold (1783), Carl Thomas (1784-1858), Johann Thomas Leopold (1786), Theresia Constanzia Adelheid Friederike Maria Anna (1787-1788), Anna Maria (1789) e Franz Xaver Wolfgang Mozart (1791-1844).

A morte de Constanze Weber se deu seis meses após erguerem uma estátua de Mozart em Salzburgo, diante da casa ocupada por ela. Morreu às 3:45 da madrugada, de parada respiratória, de acordo com o registro de óbitos da Catedral de Salzburgo.[4]

Uma mulher independente e determinada, incomum para a época, sempre cuidou de sua imagem, não se sabe se inocente ou culpada das tantas acusações feitas pelos historiadores.

Suposta fotografia[editar | editar código-fonte]

Daguerreótipo de 1840 onde supostamente estaria Constanze Mozart, vista à frente, no canto esquerdo, dois anos antes de sua morte. O compositor bávaro Max Keller está sentado na frente ao centro e à esquerda está sua mulher, Josefa. Da esquerda para a direita na parte de trás estão a cozinheira da família, Philip Lattner (cunhado de Keller), e as filhas Keller Luise e Josefa. A imagem só chegou ao conhecimento acadêmico em 1958.[5]

Alguns comentadores afirmam que uma imagem fotográfica sobreviventes de meados do século 19 inclui a Constanze Mozart aos 78 anos. A foto foi supostamente tirada em Altötting na Baviera em 1840. Nem todos os estudiosos de Mozart subscrever esta opinião, no entanto. Por exemplo, é alegado que a fotografia foi tirada com uma exposição de curta duração que, por razões técnicas, ainda não era possível em 1840.[6] O autor Selby (1999) afirma que Constanze não poderia ter viajado para visitar Maximillian Keller durante o período em que a fotografia foi tirada pois nessa época ela teria sofrido de artrite.

Referências

  1. Braunbehrens, Volkmar (1986) Mozart in Vienna: 1781-1791, Timothy Bell Trans, HarperPerennial. ISBN 0-06-0974052
  2. Carr, Francis (1983) Mozart & Constanze. London: Murray. (1983) ISBN 0-7195-4091-7
  3. Selby, Agnes (November 1999). Constanze, Mozart's Beloved. Wahroonga: Turton & Armstrong Pty. Ltd.. ISBN 0908031718.
  4. Gärtner, Heinz (1991) Constanze Mozart: after the Requiem. Portland: Amadeus Press (1991) ISBN 0-931340-39-X
  5. E. H. Mueller von Asow, "Zu einer unbekannten Photographie Constanze Mozarts.", Österreichische Musikzeitschrift 13 (1958): 93–95.
  6. Vivien Schweitzer, "4886.html Mozart especialistas afirmam Imagem de Constanze é um Hoax, em'Playbill, 12 de Julho de 2006. Retirado 05 janeiro de 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.