Creme azedo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma torrada com creme azedo e pimenta.
Tigela de chili com creme azedo e queijo.
Frutas vermelhas com creme azedo e açúcar.

Creme azedo, também conhecido pelo seu nome em inglês, "sour cream", ou ainda como natas azedas[1] ou natas ácidas,[2] é um laticínio rico em gordura obtido da fermentação de creme de leite normal por determinados tipos de bactérias lácteas.[3] As bactérias, introduzidas deliberadamente ou naturalmente, azedam e engrossam o creme. O sabor do creme azedo, como o nome diz, é levemente ácido.

Creme azedo[editar | editar código-fonte]

Tradicional[editar | editar código-fonte]

O creme azedo feito do creme comum contém de 12 a 16 por cento de gordura láctea (por volta de 14 gramas de gordura em uma porção de 110 gramas) e seu sabor picante vem do ácido láctico criado pelas bactérias. Comercialmente produzido, ele pode ter agentes engrossante como a gelatina, renina, goma guar e carragenina, e ácido para azedar artificialmente o produto.

Variedades light[editar | editar código-fonte]

O creme azedo light contém por volta de 40 por cento menos gordura láctea por ser feito de uma mistura de leite e menos creme em vez do puro creme de leite.

Variedades sem gordura[editar | editar código-fonte]

Esta variedade é engrossada com estabilizantes e engrossantes como amido de milho, gelatina, carragenina e goma guar, e não contém quantidades significativas de gordura láctea.

Usos[editar | editar código-fonte]

Usado principalmente na cozinha europeia e na América do Norte, ele é usado como condimento. Nos Estados Unidos é usado como cobertura para batatas de forno com cebolinhas. Pode ser usado em diversos pratos salgados da cozinha estadunidense, mas adoçado pode ser misturado a bolos, bolachas salgadas, rosquinhas e frutas. Na América Central, há uma variação chamada de crema, que é um ingrediente básico em um café da manhã completo.

Na cozinha tex mex é o substituto da crema nos nachos, burritos, tacos ou guacamole.[4] É um dos ingredientes mais comuns no strogonoff de carne da cozinha americana.

Referências