Desastre industrial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Desastre industrial é um grande acidente causado por companhias industriais, quaisquer que sejam suas causas.

Alguns grandes desastres industriais[editar | editar código-fonte]

  • De 1908 - atualidade (descoberto em 1956) - O Desastre de Minamata foi causado pelo derramamento de componentes com mercúrio na baía de Minamata, Japão, durante décadas. A Corporação Chisso, uma empresa de fertilizantes e depois de produtos petroquímicos, foi declarada responsável por poluir a baía entre 1932 e 1968. Estima-se que mais de 3000 pessoas sofreram várias deformidades, severos sintomas de envenenamento por mercúrio ou morte pelo que se chamou de doença de Minamata.
  • 24 de fevereiro de 1984 - Ocorrido na noite de 24 de fevereiro de 1984 em Cubatão, por volta das 23h30 um duto de gasolina explodiu na favela de Vila São José matando mais de 100 pessoas ,A tragédia voltou os olhos do planeta para Cubatão e colocou a nu outro problema: a poluição industrial que, desde a década de 70, deu à Cidade o apelido de "Vale da Morte".
  • 3 de dezembro de 1984 - Um dos piores desastres industriais de todos é o desastre de Bhopal, na Índia, no qual um vazamento de produtos químicos de uma instalação da Union Carbide matou mais de 7000 pessoas, feriu muitas outras e causa às populações humanas e animais da região severos problemas de saúde até hoje.

Outros desastres podem ser considerados desastres industriais, porque suas causas podem ser rastreadas até os produtos ou processos da indústria. Por exemplo, o grande incêndio de Chicago, de 1871 foi severo devido à grande concentração de indústria madeireira, casas de madeira, combustíveis e outros produtos químicos numa pequena área.