Diário do Povo (Campinas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diário do Povo (Campinas)
Diário do Povo
Periodicidade Diário
Proprietário Rede Anhangüera de Comunicação
Fundador(es) Antônio Joaquim Ribeiro
Fundação 1912 (102 anos)
Sede Campinas, São Paulo
Página oficial diariodopovo.rac.com.br

Diário do Povo é um jornal diário que era publicado no município brasileiro de Campinas, estado de São Paulo. Foi fundado em 1912, por Antônio Joaquim Ribeiro,[1] porém a versão impressa teve como última edição os exemplares que circularam em 4 de novembro de 2012. Apenas a versão on-line do jornal continuou disponível após essa data.[2]

É detido e gerido por uma empresa de comunicações, a Rede Anhangüera de Comunicação, que opera uma agência de notícias (AAN), uma unidade de impressão (Grafcorp), uma empresa de sondagens (Datacorp) e possui também vários outros jornais nas cidades de Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto, como o Correio Popular (o maior jornal em Campinas, com uma quota de mercado de 65%), Gazeta do Cambuí, Gazeta de Piracicaba, Gazeta de Ribeirão e da revista Metrópole, que circula aos domingos com o Correio Popular.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. EPTV Campinas (11 de maio de 2007). Antônio Ribeiro. Visitado em 22 de junho de 2011.
  2. Marcelo Araújo (8 de novembro de 2012). Jornal Diário do Povo encerrou suas atividades Sobre Isso. Visitado em 8 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.