Diplodus sargus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaSargo,
sargo-comum
Um sargo comum.

Um sargo comum.
Diplodus sargus helenae.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Sparidae
Género: Diplodus
Espécie: D. sargus
Nome binomial
Diplodus sargus
Linnaeus, 1758
Distribuição geográfica
Diplodus sargus sargus mapa.svg
Sinónimos
Sargus rondelettii Valenciennes, 1830

Sargus vetula Valenciennes 1830
Sargus sargus Cadenat, 1951

Diplodus sargus Linnaeus, 1758 é uma espécie de peixes marinhos ósseos conhecidos pelo nome comum de sargo. A espécie é originária da costa leste do Atlântico[1] , com uma distribuição que vai desde o Golfo da Biscaia até ao sul da África, incluindo as ilhas da Macaronésia, o Mediterrâneo e, embora rara, o Mar Negro. São ocasionalmente encontrados indivíduos na costa africana do Índico, incluindo as costas da África do Sul, Moçambique e Madagáscar, e muito raramente em outras áreas daquele oceano, como na costa de Omã. É um peixe activo que habita a zona de rebentação das vagas, embora possa ser encontrado até 50 m de profundidade.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Corpo oval, elevado e comprimido dorso-ventralmente, com a boca ligeiramente protáctil permitindo a distenção anterior dos maxilares no momento de ingestão da presa, com comprimento em geral 20–30 cm, com uma média de 22 cm. Alguns indivíduos atingem 45 cm de comprimento. A cor dominante é o prateado e, para além de uma mancha no pedúnculo caudal, apresenta faixas verticais escuras, mesmo nos maiores indivíduos[2] .

Atinge a maturidade sexual quando atinge por volta dos 17 cm, em geral aos dois anos de vida. O período de reprodução coincide com o final do inverno e a primavera (no caso de D. sargus cadenati nos Açores ocorre entre Março e Junho)[2] . A espécie é hermafrodita protândrica, com os indivíduos atingindo a maturidade sexual como machos, com alguns indivíduos mutando para fêmeas num período de vida posterior.

O habitat preferencial são as zonas do infralitoral de fundo rochoso ou semi-arenoso, sendo frequente a sua concentração em zonas portuárias, independentemente do tipo de fundo, onde se alimentam de restos de peixe rejeitados pelos pescadores.

É um peixe omnívoro cuja alimentação preferida são os pequenos moluscos, crustáceos, salpas, algas, poliquetas e equinodermes[2] . Apresentam também comportamento necrófago, reflexo da versatilidade alimentar da espécie, o que lhe permite associação alimentar alimentar com outros peixes, como os salmonetes (Mullus surmuletus). As fortes maxilas e os dentes bem desenvolvidos permitem-lhe esmagar conchas e corais.

Ocorrem em geral em cardumes com cerca de uma dezena de indivíduos, muitas vezes incluindo indivíduos de outras espécies, sendo comuns em buracos de média dimensão e nas zonas de rebentação junto à costa[2] .

A espécie é alvo de uma pescaria comercial com capturas de 3 713 t no ano de 2008[1] . A espécie é também produzida em aquacultura. A espécie é consumida apenas em fresco, sendo que o seu sabor se altera rapidamente após a morte do animal.

Subespécies[editar | editar código-fonte]

A espécie apresenta pelo menos 7 subespécies taxonomicamente validadas com a seguinte distribuição geográfica:

  • Diplodus sargus ascensionis (Valenciennes, 1830), em torno da ilha de Ascensão;
  • Diplodus sargus cadenati (de la Paz, et al., 1974), ao largo das costas da Macaronésia e do noroeste da África;
  • Diplodus sargus capensis (Smith, 1846): nas costas de Angola, África do Sul e Moçambique;
  • Diplodus sargus helenae (Sauvage, 1879): no litoral da ilha de Santa Helena;
  • Diplodus sargus kotschyi (Steindachner, 1876): ao largo de Madagáscar e outras regiões costeiras do Oceano Índico;
  • Diplodus sargus lineatus (Valenciennes, 1830): ao largo de Cabo Verde;
  • Diplodus sargus sargus (Linnaeus, 1758) no Mediterrâneoe Mar Negro.

Trívia[editar | editar código-fonte]

A Marinha dos Estados Unidos da América deu o nome de Sargo a dois dos seus submarinos, o USS Sargo (SS-188) e o USS Sargo (SSN-583).

Notas

  1. a b Diplodus sargus Fisheries Global Information System Food and Agriculture Organization of the United Nations. Visitado em 04 May 2011.
  2. a b c d Frederico Cardigos, O Sargo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Diplodus sargus
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Diplodus sargus