Macaronésia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Extensão da Macaronésia.

Macaronésia é um nome moderno para designar os vários grupos de ilhas no Atlântico Norte, perto da Europa e da África, e mais uma extensa faixa costeira do Noroeste da África, fronteira a esses grupos de ilhas, que se estende desde Marrocos até ao Senegal.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome é originário do grego (μακάρων = feliz, afortunado; e νῆσοι = ilhas) para "ilhas abençoadas" ou "ilhas afortunadas", termo utilizado pelos antigos geógrafos para as ilhas a oeste do estreito de Gibraltar.

Composição[editar | editar código-fonte]

A Macaronésia é composta por quatro arquipélagos:

Natureza[editar | editar código-fonte]

Estas ilhas isoladas têm biogeografias únicas no mundo. Atualmente, a maioria dos seres vivos endémicos no mundo está em risco de extinção. A derrubada das florestas para madeira e lenha, a limpeza de vegetação para pastoreio e agricultura, bem como a introdução de plantas e animais exóticos pelos seres humanos deslocou grande parte da vegetação nativa dessas ilhas.

Presidência e Secretariado da Macaronésia[editar | editar código-fonte]

Desde o dia 12 de dezembro de 2010, Cabo Verde assumiu a Presidência e o secretariado da Cimeira dos Arquipélagos da Macaronésia (CAM) por um período de dois anos. Esta 1º CAM, que decorreu na cidade do Mindelo, na ilha de São Vicente, em Cabo Verde, visou essencialmente a criar um espaço de concertação política e de cooperação para o desenvolvimento entre as ilhas de Canárias, Açores, Madeira e Cabo Verde.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Macaronésia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.