Egon Krenz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Egon Krenz
Presidente da Alemanha Oriental Alemanha Oriental
Período de governo 18 de outubro de 1989
a 7 de dezembro de 1989
Antecessor(a) Erich Honecker
Sucessor(a) Manfred Gerlach
Vida
Nascimento 25 de agosto de 1937
Kolberg, Polónia
Dados pessoais
Partido Partido Socialista Unificado
Profissão político

Egon Krenz (n. 19 de março de 1937) é um político alemão retirado da vida pública, considerado como o último dirigente da República Democrática Alemã (RDA) antes da sua dissolução.

Krenz nasceu em Kolberg, actualmente na Polónia. A sua família foi realojada em 1944, após o avanço do Exército Vermelho para Berlim. Cresceu na República Democrática Alemã e em 1955 afiliou-se no Partido Socialista Unificado da Alemanha (SED). Ocupou numerosos cargos durante a existência da RDA, sendo secretário-geral da FDJ, deputado e membro do Comité Central do SED. Em 1983 foi eleito membro do Politburo.

Com as numerosas mobilizações contra o regime em finais de 1989, Erich Honecker foi forçado a demitir-se em 18 de outubro, sendo substituído por Egon Krenz na secretaria-geral do SED e como chefe-de-Estado da RDA. Ultrapassado pelos acontecimentos, durante o seu curto mandato começou a ser derrubado o Muro de Berlim e a fronteira interna alemã, e colapsou a estrutura do Estado da RDA. Perante tal situação, Krenz demitiu-se dos seus cargos em 7 de dezembro e em 1990 foi expulso do novo Partido do Socialismo Democrático (PDS).

Em 1997 foi processado pelas autoridades da Alemanha unificada, acusado pela morte de pessoas que tentaram escapar ilegalmente através do Muro de Berlim e de "fraude eleitoral". Krenz recorreu da sentença alegando que não podia ser julgado por leis de outro Estado por factos que ocorreram na RDA, embora em 1999 fosse encarcerado.

Em 2003 foi libertado depois de cumprir metade da sua pena de prisão e retirou-se para a tranquila Dierhagen, em Mecklemburgo. Krenz é um dos últimos defensores ferrenhos da reconstrução da antiga República Democrática Alemã.

Precedido por
Erich Honecker
Chefe de Estado da República Democrática Alemã
18 de outubro de 19897 de dezembro de 1989
Sucedido por
Manfred Gerlach