Eid al-Fitr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Eid al-Fitr
A Ceia do Eid al-Fitr na Malásia.
Outro(s) nome(s) "Celebração do fim do jejum"
Tipo islâmico
Seguido por Muçulmanos
Data 1 Shawwal
Ano de 2013 7 de agosto
Ano de 2014 28 de julho

Eid al-Fitr (árabe: عيد الفطر) é uma celebração muçulmana que marca o fim do jejum do Ramadã. Eid al-Fitr significa literalmente "Celebração do fim do jejum". Celebra-se no primeiro dia do mês de Shawwal, o décimo mês do calendário islâmico. Em algumas sociedades muçulmanas esta celebração é também conhecida como a "Doce Celebração" ou a "Pequena Celebração". O Eid religioso é um só dia, mas ele é muitas vezes celebrado por 3 dias. O primeiro Eid al-Fitr foi celebrado em 624 pelo profeta Maomé e os seus familiares e amigos em regozijo pela vitória na Batalha de Badr.

Forma de celebração[editar | editar código-fonte]

Durante o mês do Ramadã os muçulmanos devem abster-se de fumar, comer, beber, ter relações sexuais desde antes do nascer do dia até ao anoitecer. O festival do Eid al-Fitr celebra o fim deste jejum, bem como a força que os muçulmanos acreditam ter recebido de Allah para poderem executá-lo. À semelhança de outras celebrações muçulmanas inicia-se como o registo visual da lua nova.

Este festival é assinalado com uma oração comunal a meio da manhã, geralmente realizada em praças ou recintos de feiras, uma vez que as mesquitas não possuem espaço para tantas pessoas.

Antes da oração se iniciar a congregação recita o Takbir, uma prece que glorifica a grandeza de Deus. Depois da oração segue-se um sermão (khutba) e uma oração especial que pede perdão e ajuda a todos os muçulmanos do mundo.

É tradição a realização de um grande almoço (o primeiro almoço que os muçulmanos tomam após o jejum diurno de um mês), geralmente na casa de um parente mais velho. As crianças recebem prendas, que podem ser novas roupas ou dinheiro.