Elemento sintético

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um elemento sintético é um elemento obtido através de síntese (composição) em laboratório. São elementos instáveis, e com meia-vida pequena de tal modo que não teriam sobrevivido à época atual, desde a formação da Terra. Desde modo, não são encontrados em qualquer forma na natureza. Os cientistas conseguem criar elementos sintéticos ao usar dois átomos naturais: a combinação de seus núcleos podem formar átomos não-naturais - os sintéticos.

O primeiro elemento sintético descoberto foi o tecnécio, por cientistas italianos, em 1937. Eles bombardearam átomos de molibdênio com deutérios em um ciclotron. O elemento, de número atômico 43, tampava o buraco na tabela periódica previsa por Dmitri Mendeleyev (o criador da tabela periódica atual).

A partir da criação do tecnécio, outros elementos foram encontrados da mesma maneira, como o promécio e o rádio.

Lista[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.