Livermório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Livermório Stylised Lithium Atom.svg
UnunpêntioLivermórioUnunséptio
Po
   
 
116
Lv
 
               
               
                                   
                                   
                                                               
                                                               
Lv
Tabela completaTabela estendida
Aparência
desconhecida
Informações gerais
Nome, símbolo, número Livermório, Lv, 116
Série química desconhecida
Grupo, período, bloco 16, 7, p
Densidade, dureza 12 900 (est.)[1] kg/m3,
Número CAS 54100-71-9
Número EINECS
Propriedade atómicas
Massa atômica (293) u
Raio atómico (calculado) pm
Raio covalente 175 (est.)[2] pm
Raio de Van der Waals pm
Configuração electrónica [Rn] 5f14 6d10 7s2 7p4
(prev.)[1]
Elétrons (por nível de energia) 2, 8, 18, 32, 32, 18, 6 [1] (ver imagem)
Estado(s) de oxidação 2, 4 [1]
Óxido
Estrutura cristalina
Propriedades físicas
Estado da matéria
Ponto de fusão  K
Ponto de ebulição  K
Entalpia de fusão kJ/mol
Entalpia de vaporização kJ/mol
Temperatura crítica  K
Pressão crítica  Pa
Volume molar m3/mol
Pressão de vapor
Velocidade do som m/s a 20 °C
Classe magnética
Susceptibilidade magnética
Permeabilidade magnética
Temperatura de Curie  K
Diversos
Eletronegatividade (Pauling)
Calor específico J/(kg·K)
Condutividade elétrica S/m
Condutividade térmica W/(m·K)
Potencial de ionização 723,6 (est.)[1] kJ/mol
2º Potencial de ionização kJ/mol
3º Potencial de ionização kJ/mol
4º Potencial de ionização kJ/mol
5º Potencial de ionização kJ/mol
6º Potencial de ionização kJ/mol
7º Potencial de ionização kJ/mol
8º Potencial de ionização kJ/mol
9º Potencial de ionização kJ/mol
10º Potencial de ionização kJ/mol
Isótopos mais estáveis
iso AN Meia-vida MD Ed PD
MeV
293Lv Sin. 61 ms α 10,54 289Fl
292Lv Sin. 18 ms α 10,66 288Fl
291Lv Sin. 18 ms α 10,74 287Fl
290Lv Sin. 7,1 ms α 10,84 286Fl
Unidades do SI & CNTP, salvo indicação contrária.

O Livermório[3] [4] é um elemento químico sintético, símbolo Lv , número atômico 116 (116 prótons e 116 elétrons), com provável massa atómica de [292] u, pertencente ao grupo 16 (VIA) da tabela periódica. O nome foi adotado pela IUPAC em 31 de maio de 2012.[5] Antes disso era conhecido pelo nome sistemático Unun-héxio (Uuh).

É um elemento transurânico, radioativo, superpesado, provavelmente metálico, sólido e com aspecto prateado. A descoberta foi relatada por cientistas norte-americanos em 1999 e russos em 2001.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1999, pesquisadores do Laboratório Nacional de Lawrence Livermore anunciaram o descobrimento elemento 116, em um artigo publicado na revista norte-americana Physical Review Letters, explicando o decaimento α de um átomo de maior número atômico. No ano seguinte, publicaram uma retratação depois de não conseguirem obter novamente o elemento em laboratório. [6] Em junho de 2002, o diretor do laboratório anunciou que os dados experimentais foram distorcidos pelo autor Victor Ninov.

Em junho de 2000, do Instituto Conjunto de Pesquisa Nuclear, na cidade de Dubna (Rússia), realizaram estudos que descreviam o decaimento-α do isótopo 292Fl que era produto da reação de fusão um núcleo de 248Cm quando bombardeados com íons de 48 Ca acelerado por um cíclotron, obtendo como subproduto 4 neutrons. Tem tempo de meia-vida de cerca de 6 milésimos de segundo (0,006 segundos). Após isso, tem um decaimento α em 288Fl - (Fleróvio) -, seguido por mais dois átomos de menor número atômico para mais tarde ter uma fissão espontânea.

Novos experimentos foram feitos entre o final de 2000 e início de 2001, mas estes não conseguiram reproduzir novamente o átomo.

Em outubro de 2006 foi anunciado que por três vezes, bombardeando átomos de califórnio-249 com íons de cálcio-48 produziram ununóctio (elemento 118), que então decaiu para livermório em milissegundos [7] Confirmado isso, a síntese do elemento 116 havia então sido demonstrada conclusivamente.

A reação de obtenção do livermório é:


\,^{248}_{96}\mathrm{Cm} + \,^{48}_{20}\mathrm{Ca} \, \to \,^{292}_{116}\mathrm{Lv} + 4 \; ^1_0\mathrm{n} \;


Decai em 47 milissegundos para um isótopo previamente identificados do elemento 114, fleróvio.


\,^{292}_{116}\mathrm{Lv} \to \,^{288}_{114}\mathrm{Fl} \, + \,^{4}_{2}\mathrm{He} \;


Por sua instabilidade, reduzido tempo de meia-vida e dificuldade de coleta, não existem aplicação industriais ou comerciais para este elemento e sua implementação é relegada apenas para pesquisa científica.

Nome definitivo[editar | editar código-fonte]

Unun-héxio era um nome temporário recomendado pela IUPAC para o elemento 116.[8] Alguns cientistas do Instituto Conjunto de Pesquisa Nuclear haviam proposto o nome "Flyorovium" para este elemento - em homenagem a G. N. Flyorov, diretor do grupo que sintetizou elementos 102 a 110.

Em 8 de dezembro de 2011, a Divisão de Química Inorgânica da IUPAC confirmou o nome e o símbolo desse elemento. O nome definifivo escolhido foi livermório (Lv), em menção ao Laboratório Nacional da cidade de Livermore, na Califórnia.[3] [9] Assim, após a adesão à tabela periódica, os nomes livermório e fleróvio (o elemento 114, antigamente denominado ununquádio) foram aprovados e anunciados em 31 de maio de 2012 pela União Internacional de Química Pura e Aplicada.[10]

Referências

  1. a b c d e Hoffman, Darleane C.; Lee, Diana M.; Pershina, Valeria. In: Darleane C.. The Chemistry of the Actinide and Transactinide Elements. 3rd ed. Dordrecht, The Netherlands: Springer Science+Business Media, 2006. ISBN 1-4020-3555-1
  2. Chemical Data. Livermorium - Lv, Royal Chemical Society
  3. a b Two elements named: livermorium and flerovium
  4. publico.pt. Elemento químico 117 foi confirmado e já pode ter direito a nome oficial. Página visitada em 6-5-2014.
  5. Element 114 is Named Flerovium and Element 116 is Named Livermorium IUPAC (2012-05-31). Página visitada em 2012-05-31.
  6. Editorial note on the preceding.
  7. YU et al. Synthesis of the isotopes of elements 118 and 116 in the 249Cf and 245Cm+48Ca fusion reactions. Physical Review, v. 74, p. 44602, 2006Artigo científico em inglês
  8. Enfim, reconhecidos Ciência Hoje (9 de junho de 2011). Página visitada em 10 de junho de 2011. "O 114 (ununquadium, em latim) e o 116 (ununhexium, em latim) foram reconhecidos esta semana pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (Iupac, na sigla em inglês), depois de três anos de avaliação pelo comitê de cientistas Joint Working Party on Discovery of Elements."
  9. Anoten: Los nombres definitivos de los nuevos elementos son flerovio y livermorio
  10. Livermorio y flerovio se unen a tabla periódica