Túlio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Túlio Stylised Lithium Atom.svg
ÉrbioTúlioItérbio
-
  Hexagonal.png
 
69
Tm
 
               
               
                                   
                                   
                                                               
                                                               
Tm
Md
Tabela completaTabela estendida
Aparência
cinza prateado


Túlio dendrítico sublimado de alta pureza (99,99%) e um cubo de túlio puro (99,9%) de 1 cm3 para comparação.
Informações gerais
Nome, símbolo, número Túlio, Tm, 69
Série química Lantanídios
Grupo, período, bloco n/a, 6, f
Densidade, dureza 9321 kg/m3, n/a
Número CAS 7440-30-4
Número EINECS
Propriedade atómicas
Massa atômica 168,93421(2) u
Raio atómico (calculado) 175 pm
Raio covalente 190±10 pm
Raio de Van der Waals pm
Configuração electrónica [Xe] 4f13 6s2
Elétrons (por nível de energia) 2, 8, 18, 31, 8, 2 (ver imagem)
Estado(s) de oxidação 2, 3, 4 (óxido básico)
Óxido
Estrutura cristalina hexagonal
Propriedades físicas
Estado da matéria sólido
Ponto de fusão 1818 K
Ponto de ebulição 2223 K
Entalpia de fusão 16,84 kJ/mol
Entalpia de vaporização 191 kJ/mol
Temperatura crítica  K
Pressão crítica  Pa
Volume molar m3/mol
Pressão de vapor 10 Pa a 1235 K
Velocidade do som m/s a 20 °C
Classe magnética
Susceptibilidade magnética
Permeabilidade magnética
Temperatura de Curie  K
Diversos
Eletronegatividade (Pauling) 1,25
Calor específico 160 J/(kg·K)
Condutividade elétrica 1,5×106 S/m
Condutividade térmica 16,8 W/(m·K)
Potencial de ionização 596,7 kJ/mol
2º Potencial de ionização 1160 kJ/mol
3º Potencial de ionização 2285 kJ/mol
4º Potencial de ionização 4120 kJ/mol
5º Potencial de ionização kJ/mol
6º Potencial de ionização kJ/mol
7º Potencial de ionização kJ/mol
8º Potencial de ionização kJ/mol
9º Potencial de ionização kJ/mol
10º Potencial de ionização kJ/mol
Isótopos mais estáveis
iso AN Meia-vida MD Ed PD
MeV
167Tm sintético 9,25 d ε 0,748 167Er
168Tm sintético 93,1 d ε 1,679 168Er
169Tm 100% estável com 96 neutrões
170Tm sintético 128,6 d β 0,968 170Yt
171Tm sintético 1,92 a β 0,096 171Yt
Unidades do SI & CNTP, salvo indicação contrária.

O túlio (do grego "Thule", nome de uma ilha) é um elemento químico de símbolo Tm, número atômico 69 ( 69 prótons e 69 elétrons ) com massa atómica igual a 168,9 u. À temperatura ambiente, o túlio encontra-se no estado sólido. Faz parte do grupo das terras raras.

É encontrado com outros "terras raras" no mineral monazita. Devido ao preço elevado, o túlio e seus compostos não apresentam, ainda, aplicação economicamente viável.

Foi descoberto em 1879 pelo sueco Per Teodor Cleve.

Características principais[editar | editar código-fonte]

É um elemento do grupo dos lantanídios , sendo o menos abundante das terras raras. Seu metal é fácil de ser trabalhado, apresenta boa ductilidade , tem um brilho cinza prateado e pode ser cortado com uma faca. Apresenta uma certa resistência a corrosão quando no ar seco. O túlio natural é composto inteiramente de um único isótopo estável , o Tm-169.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

O túlio foi usado para produzir lasers, porém os custos de produção elevados impediram que outros usos comerciais para o túlio fossem desenvolvidos. Outros usos/potenciais usos:

História[editar | editar código-fonte]

O elemento túlio foi descoberto pelo químico sueco Per Teodor Cleve em 1879 procurando impurezas nos óxidos de outros elementos terras raras ( mesmo método usado anteriormente por Carl Gustaf Mosander para descobrir alguns outros terras raras ). Cleve iniciou removendo todos os contaminadores conhecidos da “érbia” ( Er2O3 ) obtendo duas novas substâncias, uma marrom e outra verde. A substância marrom era o óxido do elemento hólmio que foi denominada de "hólmia" por Cleve e a substância verde era um óxido de um elemento desconhecido. Cleve denominou o óxido de "túlia" e o seu elemento de túlio , de "Thule" , um nome romano antigo para um país mítico no norte distante, talvez a Escandinávia.

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

O elemento nunca foi encontrado na forma pura na natureza, mas é encontrado em pequenas quantidades em minerais com outras terras raras. É extraído principalmente da monazita (~0,007% de túlio), minério encontrado em areias de rios, por troca iônica. Técnicas mais novas de extração por troca iônica e solventes conduziram a uma separação mais fácil das terras raras, com custos muito mais baixos, para a obtenção do túlio. O metal pode ser isolado completamente por redução com o metal lantânio ou pela redução com o cálcio , em recipiente fechado. Nenhum dos compostos de túlio são comercialmente importantes.

Isótopos[editar | editar código-fonte]

O túlio natural é composto de 1 isótopo estável, Tm-169 ( 100% de abundância natural ). 31 radioisótopos tem sido identificados , sendo os mais estáveis Tm-171 com meia-vida de 1,92 anos, Tm-170 com uma meia-vida de 128,6 dias, Tm-168 com meia-vida de 93,1 dias, e Tm-167 com meia-vida de 9.25 dias. Todos os demais isótopos radioativos com meias-vidas abaixo de 64 horas, e a maioria destes abaixo de 2 minutos. Este elemento tem 14 meta estados, sendo os mais estáveis Tm-164m ( t½ 5,1 minutos ), Tm-160m ( t½ 74,5 segundos ) e Tm-155m ( t½ 45 segundos ).

As massas atômicas do túlio variam de 145,966 u ( Tm-146 ) até 176,949 u ( Tm-177 ). O principal modo de decaimento anterior ao isótopo estável mais abundante, Tm-169, é a captura eletrônica , e o primeiro modo após é a emissão beta. Os produtos de decaimento primários antes do Tm-169 são os isótopos do elemento 68 ( érbio ) , e os produtos primários após são os isótopos do elemento 70 ( itérbio ).

Precauções[editar | editar código-fonte]

O túlio apresenta uma toxicidade de baixa a moderada, porém deve ser manuseado com cuidado. O pó metálico de túlio é passível de entrar em combustão e tornar-se explosivo. O Túlio é um elemento um pouco perigoso.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Túlio