Estádio Råsunda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Råsunda
O estádio em 2006
Nome Råsunda Fotbollstadion
Características
Local Solna, Estocolmo, Suécia
Capacidade 36 000
Construção
Inauguração
Data 1937 - 2012
Partida inaugural AIK-Malmö
Último Jogo
Outras informações
Proprietário PEAB
Arquiteto Birger Borgström e Sven Ivar Lind
Mandante AIK
Seleção Sueca de Futebol

O Estádio Råsunda (em sueco: Råsundastadion) foi um estádio de futebol localizado em Solna, na região metropolitana de Estocolmo, Suécia. No dia 27.11.2012, 6 mil torcedores entraram em campo e começaram a demolição do estádio de maneira antológica. Em 20.11.2012 foi substituído pelo novo Friends Arena.

Inaugurado em 1937, o estádio contou com 35.000-36.600 lugares. O estádio foi a casa do AIK nos clássicos contra times da capital, recebendo 75% dos jogos da Seleção Sueca de Futebol em casa, junto com o Estádio Ullevi de Gotemburgo. Os dois estádios são considerados 4 Estrelas pela UEFA.

Em 1958, na final da Copa do Mundo entre Suécia e Brasil, um então jovem de 17 anos, mostrava ao mundo do futebol, para que veio. Edson Arantes do Nascimento, O Rei Pelé, anotou duas vezes para o Brasil contra os donos da casa.

O maior público do estádio foi em 26 de Setembro de 1965, entre Suécia e Alemanha Ocidental, com 52.943 pessoas.

O estádio foi o primeiro a receber as finais da Copa do Mundo de Futebol masculina (1958) e feminina (1995).

Em jogo marcado para 15 de agosto de 2012 entre Brasil e Suécia, confirma que será a última partida da seleção sueca no estádio, deixando, assim, de ser a casa seleção local que passará a mandar jogos na moderna Swedbank Arena.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Suécia se despede do Estádio Rasunda contra o Brasil Caderno de Esportes do Jornal Gazeta do Povo - acessado em 9 de novembro de 2011