Forbidden Planet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Forbidden Planet
Planeta Proibido (PT)
O Planeta Proibido (BR)
 Estados Unidos
1956 • cor • 98 min 
Direção Fred M. Wilcox
Produção Nicholas Nayfack
Roteiro Cyril Hume
Irving Block
Allen Adler
Elenco Walter Pidgeon
Anne Francis
Leslie Nielsen
Warren Stevens
Jack Kelly
Richard Anderson
Earl Holliman
Frankie Darro
George Wallace
Robert Dix
Género ficção científica
Idioma Inglês
Música Bebe Barron
Louis Barron
Direção de arte Cedric Gibbons
Arthur Lonergan
Efeitos especiais A. Arnold Gillespie
Joshua Meador
Warren Newcombe
Irving G. Ries
Doug Hubbard
Figurino Walter Plunkett
Cinematografia George J. Folsey
Edição Ferris Webster
Estúdio Metro-Goldwyn-Mayer
Distribuição Estados Unidos Metro-Goldwyn-Mayer
Lançamento Estados Unidos 15 de março de 1956
Página no IMDb (em inglês)

Forbidden Planet (br:O Planeta Proibido pt: Planeta Proibido) é um filme estadunidense, do ano de 1956, do gênero ficção científica, dirigido por Fred M. Wilcox.

O roteiro, vagamente inspirado na peça A tempestade, de Shakespeare, depois foi adaptado para a literatura por W.J. Stuart. Além dos excelentes efeitos especiais, o filme traz um dos mais famosos e influentes personagens de ficção científica da história do cinema internacional: Robby, o Robô (que apareceria em outro filme, The Invisible Boy).

Também serviu de inspiração para a futura série Star Trek, conforme contou Gene Roddenberry em sua autobiografia.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Leslie Nielsen em cena com Anne Francis
Outra cena do filme

Em 2200, a nave United Planets Cruiser C-57D é enviada ao planeta Altair IV, no sistema estelar da estrela Altair, a 16 anos-luz da Terra, para descobrir o que teria acontecido com a expedição Belerofonte (nome do mítico herói grego que derrotou o monstro Quimera), que partira 20 anos antes. Quando aterrissam no estranho planeta, a tripulação logo detecta um imenso poder em volta da nave.

Em seguida conseguem contatar pelo rádio o Dr. Edward Morbius (que corresponde a Próspero da peça clássica), o psicólogo da expedição perdida, que envia seu servo robô Robby para conduzir o capitão da nave, o primeiro oficial e o médico da tripulação para a sua morada. Morbius explica que após 1 ano da chegada, uma força desconhecida vaporizou os membros da expedição, só restando ele, sua filha e sua esposa (que morreu de causas naturais). Morbius entrou em contato com a avançada tecnologia deixada por seres que habitaram o planeta no passado (chamados de Krell), incluindo Robby e o sistema de segurança que protege a morada do cientista. Ele pede ao comandante e sua tripulação que deixem o planeta, com receio de que eles sofram o mesmo destino que vitimara seus antigos companheiros. Mas o comandante está determinado a enfrentar o perigo desconhecido e mortal que os ronda.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Nome Personagem
Walter Pidgeon Dr. Edward Morbius
Anne Francis Altaira 'Alta' Morbius
Leslie Nielsen Commander J. J. Adams
Warren Stevens Tenente Ostrow
Jack Kelly Tenente Jerry Farman
Richard Anderson Chefe Quinn
Earl Holliman Cozinheiro
Frankie Darro Robby
George Wallace Bosun
Robert Dix Grey
Jimmy Thompson Youngerford
James Drury Strong
Harry Harvey Jr. Randall
Roger McGee Lindstrom
Peter Miller Moran
Morgan Jones Nichols
Richard Grant Silvers
James Best Tripulante não creditado
William Boyett Tripulante não creditado
Marvin Miller Voz do robô
Les Tremayne Narrador

Influência em outras produções[editar | editar código-fonte]

  • O robô Robby fez uma participação especial no episódio 20 ("Guerra dos Robôs") da primeira temporada da série Perdidos no Espaço (Lost in Space), como um personagem diferente. O Robô da série foi diretamente inspirado nele. Apareceu rapidamente no filme Gremlins de 1984, em três episódios da série The Twilight Zone, em um episódio de Columbo, e outro de Mork and Mindy.
  • O aço adamantino dos Krell usado por Morbius para proteger seu lar lembra o fictício metal chamado adamantium, muito citado nos quadrinhos do Universo Marvel.

Remake[editar | editar código-fonte]

O Planeta Proibido poderá ganhar um remake, que antes era previsto para o final de 2009 e agora está sem previsão, só que dessa vez o filme seria lançado pelos estúdios da Warner Bros. e não pela MGM, como originalmente foi feito. O filme poderia ser dirigido por J. Michael Straczynski, criador da série Babylon 5.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Academy Awards
Categoria Melhores Efeitos Especiais A. Arnold Gillespie, Irving G. Ries e Wesley C. Miller
Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films
Categoria Melhor Lançamento de Cinema Classico em DVD

Outros nomes do filme[editar | editar código-fonte]

Nome País(es)
Alarm im Weltall Austria / Alemanha Ocidental
El planeta desconocido Argentina / Venezuela
Planète interdite Bélgica / França
Apagorevmenos planitis / Monomahia dyo kosmon Grécia
Förbjuden värld Suécia
Il pianeta proibito Itália
Kampen på dødskloden Dinamarca
Kielletty planeetta Finlândia
Meçhul dünya Turquia
Planeta prohibido / Planeta prohibit Espanha
Tiltott bolygó Hungria
Verboden planeet Bélgica
Zakazana planeta Polônia

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O canal TCM exibiu o filme Planeta Proibido para o Brasil apos 20 anos de sua ultima exbiçao pela Rede Globo de Televisao.

Recentemente, o simpático robô Robby apareceu na propaganda da AT&T, famosa por seus produtos de informática.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.