Fritz Pregl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fritz Pregl Medalha Nobel
Química, medicina
Nacionalidade Áustria Austríaco
Nascimento 3 de setembro de 1869
Local Liubliana
Morte 13 de dezembro de 1930 (61 anos)
Local Graz
Atividade
Campo(s) Química, medicina
Alma mater Universidade de Graz
Orientador(es) Wilhelm Ostwald, Franz Joseph Emil Fischer
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Química (1923)

Fritz Pregl (Laibach, 3 de setembro de 1869Graz, 13 de dezembro de 1930) foi um químico austríaco. Foi laureado com o Prêmio Nobel de Química de 1923, por contribuições fundamentais para a microanálise orgânica quantitativa, um dos quais foi a melhoria do trem de combustão técnica para análise elementar.

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Pregl nasceu em Liubliana na Áustria-Hungria, filho de um pai de língua eslovena e de uma mãe de língua alemã. Ele morreu em Graz, Áustria, em 1930.

Estudou na Universidade de Graz, onde foi professor auxiliar de química a partir de 1904. Em 1910 transferiu-se para a Universidade de Innsbruck e três anos mais tarde regressou a Graz como diretor do Instituto de Química Médica.

Suas primeiras pesquisas versaram sobre a constituição química dos ácidos biliares dos animais e humanos. Pelo planejamento e desenvolvimento de métodos de microanálises orgânicas foi honrado com o Nobel de Química de 1923.

Em 1950, o departamento da Universidade de Graz, onde Fritz Pregl tinha trabalhado foi nomeado o Instituto de Química Médica e Laboratório Pregl. Ruas em Graz, Innsbruck, Viena e Klagenfurt foram nomeados após ele.

É autor da obra Die quantitative organische Mikroanalyse (1917).

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Zupanič-Slavec, Zvonka. . "Zdravnik Friderik Pregl, nobelov nagrajenec slovenskega rodu". Zdravniški vestnik (70): 399–404. Slovenian Medical Association. Página visitada em 11 de dezembro de 2012.
  • H. Lieb. (1950). "Zum Gedächtnis an Fritz Pregl, den Begründer der quantitativen organischen Mikroanalyse (1869–1930)" 35 (2–3): 123–129. Chemistry and Materials Science. DOI:10.1007/BF01460581.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Francis William Aston
Nobel de Química
1923
Sucedido por
Richard Adolf Zsigmondy


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.