Hermann Emil Fischer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hermann Emil Fischer Medalha Nobel
Química
Residência  Alemanha
Nascimento 9 de outubro de 1852
Local Euskirchen
Morte 15 de julho de 1919 (66 anos)
Local Berlim
Atividade
Campo(s) Química
Instituições Universidade de Munique (1875-81), Universidade de Erlangen-Nuremberga (1881-88), Universidade de Würzburgo (1888-92), Universidade Humboldt de Berlim
Alma mater Universidade de Bonn, Universidade de Estrasburgo (1892-1919)
Orientador(es) Adolf von Baeyer
Orientado(s) Alfred Stock, Otto Paul Hermann Diels, Otto Ruff, Walter Abraham Jacobs, Ludwig Knorr, Oskar Piloty, Julius Tafel
Prêmio(s) Medalha Cothenius (1898), Nobel prize medal.svg Nobel de Química (1902)

Hermann Emil Fischer (Euskirchen, 9 de outubro de 1852Berlim, 15 de julho de 1919) foi um químico alemão.

É considerado o pai da química orgânica. Recebeu o Nobel de Química de 1902.

Filho de um homem de negócios, depois de graduar-se em ciências naturais, trabalhou com seu pai na empresa da família, até concluir que não era adequado para este tipo de trabalho.

Em 1872 estudou na Universidade de Bonn e Universidade de Estrasburgo. Obteve o doutorado em 1874, e foi eleito para trabalhar na universidade como professor auxiliar, posição que desempenhou de 1874 até 1878. Foi nesta época que realizou a primeira de suas pesquisas sobre corantes. Mais tarde lecionou na Universidade de Munique (1879), Universidade de Erlangen-Nuremberga (1882), Universidade de Würzburgo (1885) e Universidade Humboldt de Berlim (1892).

Com a descoberta do veronal (chamado assim porque as notícias do bom resultado dos ensaios realizados sobre o produto chegaram-lhe quando se encontrava em Verona, Itália), Fischer criou uma classe totalmente nova de medicamentos. Também demonstrou que as proteínas eram compostas por cadeias de aminoácidos, e que a ação das enzimas eram específicas. Determinou a estrutura molecular da glicose e da frutose. Foi o primeiro químico que identificou as fórmulas dos derivados da purina, como o ácido úrico e a cafeína. Efetuou a hidrólise de proteínas complexas em aminoácidos. Estabeleceu um vínculo entre a biologia, a química orgânica e a estereoquímica.

Entre suas obras mais importantes está o título Einleitung zur Darstellung organicher Präparate (1901).

Por seus trabalhos sobre a síntese dos açúcares recebeu o Nobel de Química de 1902.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Jacobus Henricus van't Hoff
Nobel de Química
1902
Sucedido por
Svante Arrhenius